[SP] Apoie o Grajaú |

[SP] Apoie o Grajaú

É preciso conter os impactos da crise gerada pelo Covid-19 na população periférica. Um caminho possível é investir na manutenção da economia criativa.

Projeto por: Barbara Terra
R$ 41.891,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

167 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Barbara Terra

Barbara Terra
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
14 benfeitores apoiando
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
19 benfeitores apoiando
R$ 80
Apoiar essa campanha com R$ 80
4 benfeitores apoiando
R$ 100
Apoiar essa campanha com R$ 100
25 benfeitores apoiando
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
7 benfeitores apoiando
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
7 benfeitores apoiando
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
2 benfeitores apoiando
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!

Há 03 anos a Rede Nóis por Nóis vem criando novas conexões, fortalecendo suas raízes e construindo uma trajetória que contempla a todes, sem deixar nenhum de nós para trás. Hoje, somos uma rede de fomento a economia periférica, atuando em diversas frentes do desenvolvimento humano e profissional dessa população, principalmente no distrito do Grajaú, extremos sul de São Paulo. 

Acreditamos na emancipação econômica e sustentável do nosso povo, a partir de um caminho auto-consciente e coletivo. Queremos deixar um legado para nossos descendentes que possa ser aprimorado a cada nova geração, até que todas as desigualdades se dissolvam e que todo ser tenha sua potência desperta e vivida em sua plenitude. Sonhamos alto e sabemos que quando nóis trabalhamos por nóis tudo é possível.
 
 
 Nesse momento histórico tão complexo que estamos vivendo com a pandemia do Covid-19, a população periférica é a que mais sofre. Estamos trabalhando em ações emergenciais, cuidando de pessoas em situação de vulnerabilidade: dando suporte de moradia, alimentação, materiais de limpeza entre outros. Graças ao apoio da rede, já conseguimos auxiliar com cestas básicas, itens de higiene e limpeza, mais de 400 pessoas dentro das quebradas da ZR e Sucupira, mas sabemos que ainda não é o suficiente, devido as proporções em que estamos chegando a cada dia.

Nosso foco agora é ofertar suporte para que a comunidade encontre caminhos internos para superar os desafios gerados pela crise. É preciso conter os impactos negativos da pandemia na população do Grajaú, investindo na manutenção da economia periférica, por isso, necessitamos de todo apoio possível para fortalecer a nossa rede que conta hoje com mais de 30 micro-empreendedores vinculados. Sabemos que garantir a sobrevivência desses negócios fortalecendo os empreendedores, é uma maneira de manter a economia criativa no Grajaú ativa e forte o suficiente para atravessar esse período.
 
Ações previstas:
 
-Compra de materiais de saúde e segurança (Luvas, álcool em gel, máscaras) para os empreendedores manterem a segurança enquanto trabalham.  
 
-Apoio para que costureiras e estilistas do bairro, possam produzir máscaras de segurança, as quais podem ser distribuídas entre os moradores do Grajaú.
 
-Rede virtual de auto-cuidado para empreendedores (grupo de profissionais da saúde, que fazem parte da rede, colocam-se a serviço da quebrada, oferecendo serviços de escuta, para ajudar a manter a saúde mental durante a crise e, ao mesmo tempo, nutrir o auto-conhecimento dos empreendedores.
 
-Fundo emergencial para a manutenção de pequenos  empreendedores. (Um fundo que permite que a Rede NPN compre e  produtos dos empreendedores credenciados, evitando que seus produtos não sejam consumidos e que os empreendimentos quebrem). Obs: os produtos comprados serão distribuídos pelos empreendedores para a população periférica, ou sorteados pela Rede NPN via redes sociais.
 
-Apoio à comunidade de mulheres Trans no Grajaú, incluindo-as nas ações da rede de auto-cuidado e de apoio à necessidades básicas (alimentação, materiais de higiene e saúde

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

Barbara Terra ainda não publicou nenhuma notícia.

Há 03 anos a Rede Nóis por Nóis vem criando novas conexões, fortalecendo suas raízes e construindo uma trajetória que contempla a todes, sem deixar nenhum de nós para trás. Hoje, somos uma rede de fomento a economia periférica, atuando em diversas frentes do desenvolvimento humano e profissional dessa população, principalmente no distrito do Grajaú, extremos sul de São Paulo. 

Acreditamos na emancipação econômica e sustentável do nosso povo, a partir de um caminho auto-consciente e coletivo. Queremos deixar um legado para nossos descendentes que possa ser aprimorado a cada nova geração, até que todas as desigualdades se dissolvam e que todo ser tenha sua potência desperta e vivida em sua plenitude. Sonhamos alto e sabemos que quando nóis trabalhamos por nóis tudo é possível.
 
 
 Nesse momento histórico tão complexo que estamos vivendo com a pandemia do Covid-19, a população periférica é a que mais sofre. Estamos trabalhando em ações emergenciais, cuidando de pessoas em situação de vulnerabilidade: dando suporte de moradia, alimentação, materiais de limpeza entre outros. Graças ao apoio da rede, já conseguimos auxiliar com cestas básicas, itens de higiene e limpeza, mais de 400 pessoas dentro das quebradas da ZR e Sucupira, mas sabemos que ainda não é o suficiente, devido as proporções em que estamos chegando a cada dia.

Nosso foco agora é ofertar suporte para que a comunidade encontre caminhos internos para superar os desafios gerados pela crise. É preciso conter os impactos negativos da pandemia na população do Grajaú, investindo na manutenção da economia periférica, por isso, necessitamos de todo apoio possível para fortalecer a nossa rede que conta hoje com mais de 30 micro-empreendedores vinculados. Sabemos que garantir a sobrevivência desses negócios fortalecendo os empreendedores, é uma maneira de manter a economia criativa no Grajaú ativa e forte o suficiente para atravessar esse período.
 
Ações previstas:
 
-Compra de materiais de saúde e segurança (Luvas, álcool em gel, máscaras) para os empreendedores manterem a segurança enquanto trabalham.  
 
-Apoio para que costureiras e estilistas do bairro, possam produzir máscaras de segurança, as quais podem ser distribuídas entre os moradores do Grajaú.
 
-Rede virtual de auto-cuidado para empreendedores (grupo de profissionais da saúde, que fazem parte da rede, colocam-se a serviço da quebrada, oferecendo serviços de escuta, para ajudar a manter a saúde mental durante a crise e, ao mesmo tempo, nutrir o auto-conhecimento dos empreendedores.
 
-Fundo emergencial para a manutenção de pequenos  empreendedores. (Um fundo que permite que a Rede NPN compre e  produtos dos empreendedores credenciados, evitando que seus produtos não sejam consumidos e que os empreendimentos quebrem). Obs: os produtos comprados serão distribuídos pelos empreendedores para a população periférica, ou sorteados pela Rede NPN via redes sociais.
 
-Apoio à comunidade de mulheres Trans no Grajaú, incluindo-as nas ações da rede de auto-cuidado e de apoio à necessidades básicas (alimentação, materiais de higiene e saúde

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

Barbara Terra ainda não publicou nenhuma notícia.