Apoie Aldeia Velha |

Apoie Aldeia Velha

Apoie a construção de um centro cultural e de uma cozinha comunitária na comunidade Pataxó de Aldeia Velha e fortaleça a causa dos povos indígenas.

Projeto por: Samaúma
R$ 7.640,00
arrecadado
meta R$ 25.652,00

54
benfeitores

29%
arrecadado

12
dias restantes

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 04/04/2019 - 23:59

POR

Samaúma

Samaúma

R$ 20
Carta de Agradecimento
6 benfeitores apoiando
Você recebe um email de agradecimento da comunidade e seu nome aparece como colaborador nos materiais de comunicação.
R$ 30
Cantos Pataxó
8 benfeitores apoiando
Você recebe um email com arquivos de áudio com cantos tradicionais pataxó, um email de agradecimento e seu nome aparece como colaborador nos materiais de comunicação.
R$ 40
Peça de Artesanato I
8 benfeitores apoiando
Você recebe uma peça de artesanato produzida pela comunidade (colar, colher de pau ou farinheira em madeira). Acompanha email de agradecimento e seu nome aparece como colaborador nos materiais de comunicação. *As peças poderão ser retiradas em pontos estratégicos nas cidades de Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo ou enviadas pelos correios com frete por conta do apoiador.

51 disponíveis.
R$ 60
Peça de Artesanato II
17 benfeitores apoiando
Você recebe uma peça de artesanato de maior valor produzida pela comunidade (maracá, brincos, anéis ou colares). Acompanha email de agradecimento e seu nome aparece como colaborador nos materiais de comunicação. *As peças poderão ser retiradas em pontos estratégicos nas cidades de Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo ou enviadas pelos correios com frete por conta do apoiador.

43 disponíveis.
R$ 120
Encontro e Oficina Pataxó
9 benfeitores apoiando
Participação em um encontro especial com integrantes da comunidade Pataxó. O encontro inclui uma roda de conversa sobre a cultura pataxó e o uso de plantas medicinais, além de uma oficina de artesanato. Acompanha peça de artesanato, email de agradecimento da comunidade e seu nome aparece como colaborador nos materiais de comunicação. *A princípio, as oficinas acontecem nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. As datas serão definidas após o término da campanha e avisadas com antecedência a todos os apoiadores.

68 disponíveis.
R$ 180
Peça de Artesanato III
4 benfeitores apoiando
Você recebe uma incrível peça do artesanato mais singular produzido pela comunidade pataxó, como um cocar, um arco e flecha ou um tacape. Acompanha email de agradecimento da comunidade e seu nome aparece como colaborador nos materiais de comunicação. *As peças poderão ser retiradas em pontos estratégicos nas cidades de Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo ou enviadas pelos correios com frete por conta do apoiador.

56 disponíveis.
R$ 300
Vivência na Aldeia
1 benfeitor apoiando
Você terá a oportunidade de visitar Aldeia Velha e experimentar um roteiro de 1 dia na comunidade. Inclui roda de conversa, visita à reserva, uma peça de artesanato e um almoço tradicional pataxó. Acompanha email de agradecimento da comunidade e seu nome aparece como colaborador nos materiais de comunicação. *A aldeia está localizada em Arraial D'Ajuda, Bahia e os custos de transporte até a aldeia não estão incluídos. As datas serão definidas após o término da campanha e avisadas com antecedência a todos os apoiadores.

49 disponíveis.
R$ 500
Apresentação Awê
1 benfeitor apoiando
Você poderá receber em seu espaço uma apresentação do Awê, ritual tradicional Pataxó que inclui cantos e danças tradicionais. *Experiência exclusiva para apoiadores da região de Porto Seguro e Arraial D'Ajuda. Custos de transporte não inclusos.

9 disponíveis.
R$ 800
Imersão na Aldeia
2 benfeitores apoiando
Imersão de 3 dias na cultura indígena dentro de Aldeia Velha. A recompensa inclui atividades culturais, trilhas pela reserva, uma vivência do Awê, ritual tradicional Pataxó, hospedagem e alimentação. Acompanha uma peça de artesanato, email de agradecimento da comunidade e seu nome aparecerá como colaborador nos materiais de comunicação. *A aldeia está localizada em Arraial D'Ajuda, Bahia e os custos de transporte até a aldeia não estão incluídos. As datas serão definidas após o término da campanha e avisadas com antecedência a todos os apoiadores.

13 disponíveis.
R$ 1.500
Logo Institucional
1 benfeitor apoiando
Sua marca vai aparecer nos materiais de comunicação, no site e em uma placa no kijeme cultural construída como um de nossos apoiadores principais. Você também ganha a vivência de 1 dia na aldeia e recebe uma peça de artesanato e um email de agradecimento.

9 disponíveis.

#APOIE ALDEIA VELHA (english version below)

>> A COMUNIDADE 

Aldeia Velha é uma aldeia indígena da etnia Pataxó, localizada em Arraial D’Ajuda, no extremo sul da Bahia. Atualmente vivem na comunidade cerca de 1500 pessoas em uma área de 2010 hectares, dos quais 80% formam a Reserva Indígena Pataxó de Aldeia Velha - uma área de Mata Atlântica nativa e preservada. O espaço é um território sagrado para a comunidade e um importante espaço para o fortalecimento da cultura indígena Pataxó.

>> A HISTÓRIA

Entre os anos de 2006 e 2010, a comunidade desenvolveu suas atividades culturais dentro de um centro construído no coração da Reserva Indígena. O centro funcionava tanto como lugar de encontro, reunindo a comunidade para a prática de atividades culturais, quanto como um espaço de recepção de visitantes em um projeto de turismo de base comunitária, favorecendo a troca e o intercâmbio de saberes com outras pessoas e grupos.

No ano de 2010, um incêndio destruiu o Kijeme principal (centro cultural) da Reserva Indígena Pataxó e interrompeu todas as atividades. Após muitos anos de luto e luta, a comunidade novamente se organizou com um grupo de jovens e lideranças para, uma vez mais, ocupar o espaço da Reserva e retomar suas atividades.

Agora, Aldeia Velha precisa de nosso apoio.

>> O PROJETO

Nosso sonho é reconstruir o centro cultural de Aldeia Velha. Os recursos financeiros serão utilizados para a construção do Kijeme principal, dois banheiros e uma cozinha comunitária, além de cobrir custos com o lançamento e a divulgação do projeto após a construção. O espaço será utilizado para retomar as atividades culturais dentro da aldeia, contribuindo para o desenvolvimento e o fortalecimento da cultura Pataxó dentro da própria comunidade e também para servir como um novo centro de recepção e acolhida de visitantes, fortalecendo as atividades de turismo de base comunitária.

 

 

>> CUSTOS

O dinheiro arrecadado com o projeto será utilizado da seguinte forma:

Materiais de construção: R$18.090,00  |  Mão de obra: R$11.400,00*  |  Materiais e serviços de comunicação: R$12.790,00  |  Divulgação da campanha: R$1.200,00  |  Recompensas: R$6.510,00  |  Plataforma: R$3.223,00  |  Taxas financeiras: R$1.814,00

Total: R$55.027,00

*Grande parte da mão de obra necessária ao projeto será assumida pela própria comunidade, que já está se organizando em mutirões para limpeza do terreno e demarcação de trilhas. A mão de obra apresentada aqui inclui um carpinteiro e dois auxiliares.

 

 

>>POR QUE APOIAR?

- O povo Pataxó foi um dos primeiros a ter contato com o homem branco e, por conta disso, viu suas tradições se perderem ou se enfraquecerem ao longo dos anos. O espaço comunitário será fundamental para fortalecer a cultura Pataxó e suas expressões tradicionais, servindo como lugar de prática e transmissão de conhecimentos para os mais novos, garantindo a continuidade da cultura Pataxó dentro da aldeia.

- O projeto de turismo de base comunitária é uma estratégia de promoção da cultura pataxó e também de geração de renda para a comunidade. O trabalho na Reserva estimula a geração de recursos dentro da própria comunidade, evitando a frequente migração de jovens para as cidades em busca de oportunidades de trabalho, muitas vezes informal e mal remunerado.  

- O projeto fará com que a comunidade volte a ocupar a Reserva Indígena - uma área de mata preservada sob constante ameaça de desmatamento e invasão. As atividades contribuirão para a fiscalização do território e a garantia de sua preservação natural.

- Vivemos no Brasil um período extremamente delicado para comunidades tradicionais e povos indígenas. Políticas governamentais recentes colocam em risco direitos básicos desses povos, como a demarcação de terras e o direito ao território. A mobilização de cada um de nós é fundamental nesse momento, para assegurar a integridade das Terras Indígenas, a preservação de nossos ecossistemas e riquezas naturais e a continuidade de povos e expressões culturais centenárias.

- Além de colaborar com uma comunidade indígena, você pode ganhar recompensas incríveis como belíssimas peças artesanais feitas pela comunidade local, participar de um encontro pra lá de especial com indígenas da comunidade ou aproveitar para visitar Aldeia Velha e conhecer o centro cultural quando ele estiver pronto :)

>> QUEM SOMOS?

O projeto é uma iniciativa da Associação de Etnoturismo Pataxó de Aldeia Velha, em conjunto com a organização Samaúma.

A Associação criada em 2007 é coordenada e formada por indígenas residentes de Aldeia Velha e tem por objetivo organizar e promover atividades culturais e de turismo de base comunitária no território indígena. A Samaúma é uma organização parceira, que desenvolve ações de fomento à cultura brasileira e que contribuem ao desenvolvimento sustentável de territórios e comunidades tradicionais. A Samaúma atua em três frentes: promoção de vivências em destinos que representam um Brasil inspirador, produção de conteúdo fotográfico e audiovisual sobre culturas brasileiras e apoio à comunidades na elaboração e execução de projetos.    

Para saber mais sobre nós, acesse:

www.aldeiavelha.wordpress.com/quem-somos/

www.samaumaviagens.com.br | www.facebook.com/samaumaviagens | www.instagram.com/samaumaviagens

CONTAMOS COM SUA COLABORAÇÃO!

 

#SUPPORTALDEIAVELHA

>> THE COMMUNITY

Aldeia Velha is an indigenous community from the Pataxó group, located in Arraial D'Ajuda, at the extreme south of Bahia state, Brazil. Nowadays, around 1500 people live there, in a area of 2010 hectares. 80% of this area forms the Pataxó Ecological Reserve of Aldeia Velha - an area of native and preserved atlantic forest. The area is a sacred space for the community and an important place for the indigenous Pataxó culture.    

>> THE HISTORY

Between 2006 and 2010, the communitiy developed their cultural activities in a center built at the heart of the Ecological Reserve. The space served both as a meeting place, gathering the community for the practice of cultural activities as well as a center to welcome visitors in a community-based tourism project, favoring knowledge interchange with other people and groups.

In 2010, a fire destroyed the main Kijeme of the Pataxó Ecological Reserve and interrupted all activities. After several years of fight and grief, the community gathered leaders, elders and young people to once again occupy the Reserve and resume their activities. 

Now, Aldeia Velha needs our support. 

>> THE PROJECT

Our dream is to rebuild Aldeia Velha's cultural center. The financial resources will be used for the construction of the main Kijeme (cultural center), two bathrooms and a communitarian kitchen. Besides, the project covers costs with it's launch and dissemination after the construction. The place will be used for the continuity of cultural activities at Aldeia Velha, contributing to develop and strengthen the Pataxó culture within the community and it will serve as a new reception center and a place to welcome visitors, favoring community-based tourism activities. 

 

 

>> COSTS

The money raised with the project will be used as follows:

Construction materials:  R$18.090,00  |  Labor costs: R$11.400,00*  |  Communication materials and services: R$12.790,00  |  Campaign launch: R$1.200,00  |  Rewards: R$6.510,00  |  Benfeitoria Costs: R$3.223,00  |  Financial costs: R$1.814,00

Total: R$55.027,00

*A considerable part of labor needs will be assumed by the community, that is already engaged in a joint effort to clean the area and set trails. The labor costs presented refers to one carpenter and two helpers.

 

 

>> WHY SUPPORT ALDEIA VELHA?

- The Pataxó people was one of the first to have contact with the Europeans and, for this reason, they saw its traditions get lost or weakened along the years. The communitarian space will be fundamental to support the Pataxó culture and its traditional expressions, serving as a place for cultural practice and knowledge transmission for the generations to come, ensuring the continuity of the Pataxó culture within the community.

- The community-based tourism project is a strategy to promote the Pataxó culture and it is also a way to generate an income for the community. On one hand, the community can strengthen their culture, building visibility and recognition inside and outside the community. On the other hand, it encourages income generation within the community, avoiding the frequent migration of young people to the cities, in the pursuit of labor opportunities, many times informal and poorly paid.

- The project will bring the community back to the Indigenous Reserve - a native forest area under constant threat of deforestation and invasion. The activities will contribute to the surveillance of the territory and will assure its natural preservation.

- Right now, traditional indigenous communities in Brazil are experiencing an extremely sensitive time. Recent governamental politics jeopardize basic rights of indigenous people, as demarcation of land and territorial rights. At this moment, the actions of each one of us are crucial to ensure the integrity of indigenous lands, preservation of our ecosystems and natural resources and the future of centennial groups and cultural expressions.

-Besides contributing to an indigenous community in Brazil, you can get really cool rewards, such as beautiful handmade pieces made by local community, take part in a very special encounter with locals or get the chance to visit Aldeia Velha and know the cultural center once it is ready :)   

>> WHO ARE WE?

The project is an initiative of the Pataxó Ethno-Tourism Association of Aldeia Velha, together with Samaúma organization.

The Association created in 2007 is coordinated and formed by indigenous people residents of Aldeia Velha and its purpose is to organize and promote cultural and community-based tourism  activities in the indigenous territory. Samaúma is a partner organization that develops actions to promote Brazilian culture and contribute to the sustainable development of territories and traditional communities. The social business is offering technical support for the association and it acts on three fronts: promotion of experiences for destinations that represent an inspiring Brazil, production of photographic and video content on Brazilian cultures and support to communities in the elaboration and execution of projects.  

To know more about us, access:

www.aldeiavelha.wordpress.com/quem-somos/

www.samaumaviagens.com.br | www.facebook.com/samaumaviagens | www.instagram.com/samaumaviagens

 

Finally, if you need help on how to support our project and process your payment throught the platform, acess: https://benfeitoria.com/howtoback

 

WE COUNT ON YOUR SUPPORT!

 

 

#APOIE ALDEIA VELHA (english version below)

>> A COMUNIDADE 

Aldeia Velha é uma aldeia indígena da etnia Pataxó, localizada em Arraial D’Ajuda, no extremo sul da Bahia. Atualmente vivem na comunidade cerca de 1500 pessoas em uma área de 2010 hectares, dos quais 80% formam a Reserva Indígena Pataxó de Aldeia Velha - uma área de Mata Atlântica nativa e preservada. O espaço é um território sagrado para a comunidade e um importante espaço para o fortalecimento da cultura indígena Pataxó.

>> A HISTÓRIA

Entre os anos de 2006 e 2010, a comunidade desenvolveu suas atividades culturais dentro de um centro construído no coração da Reserva Indígena. O centro funcionava tanto como lugar de encontro, reunindo a comunidade para a prática de atividades culturais, quanto como um espaço de recepção de visitantes em um projeto de turismo de base comunitária, favorecendo a troca e o intercâmbio de saberes com outras pessoas e grupos.

No ano de 2010, um incêndio destruiu o Kijeme principal (centro cultural) da Reserva Indígena Pataxó e interrompeu todas as atividades. Após muitos anos de luto e luta, a comunidade novamente se organizou com um grupo de jovens e lideranças para, uma vez mais, ocupar o espaço da Reserva e retomar suas atividades.

Agora, Aldeia Velha precisa de nosso apoio.

>> O PROJETO

Nosso sonho é reconstruir o centro cultural de Aldeia Velha. Os recursos financeiros serão utilizados para a construção do Kijeme principal, dois banheiros e uma cozinha comunitária, além de cobrir custos com o lançamento e a divulgação do projeto após a construção. O espaço será utilizado para retomar as atividades culturais dentro da aldeia, contribuindo para o desenvolvimento e o fortalecimento da cultura Pataxó dentro da própria comunidade e também para servir como um novo centro de recepção e acolhida de visitantes, fortalecendo as atividades de turismo de base comunitária.

 

 

>> CUSTOS

O dinheiro arrecadado com o projeto será utilizado da seguinte forma:

Materiais de construção: R$18.090,00  |  Mão de obra: R$11.400,00*  |  Materiais e serviços de comunicação: R$12.790,00  |  Divulgação da campanha: R$1.200,00  |  Recompensas: R$6.510,00  |  Plataforma: R$3.223,00  |  Taxas financeiras: R$1.814,00

Total: R$55.027,00

*Grande parte da mão de obra necessária ao projeto será assumida pela própria comunidade, que já está se organizando em mutirões para limpeza do terreno e demarcação de trilhas. A mão de obra apresentada aqui inclui um carpinteiro e dois auxiliares.

 

 

>>POR QUE APOIAR?

- O povo Pataxó foi um dos primeiros a ter contato com o homem branco e, por conta disso, viu suas tradições se perderem ou se enfraquecerem ao longo dos anos. O espaço comunitário será fundamental para fortalecer a cultura Pataxó e suas expressões tradicionais, servindo como lugar de prática e transmissão de conhecimentos para os mais novos, garantindo a continuidade da cultura Pataxó dentro da aldeia.

- O projeto de turismo de base comunitária é uma estratégia de promoção da cultura pataxó e também de geração de renda para a comunidade. O trabalho na Reserva estimula a geração de recursos dentro da própria comunidade, evitando a frequente migração de jovens para as cidades em busca de oportunidades de trabalho, muitas vezes informal e mal remunerado.  

- O projeto fará com que a comunidade volte a ocupar a Reserva Indígena - uma área de mata preservada sob constante ameaça de desmatamento e invasão. As atividades contribuirão para a fiscalização do território e a garantia de sua preservação natural.

- Vivemos no Brasil um período extremamente delicado para comunidades tradicionais e povos indígenas. Políticas governamentais recentes colocam em risco direitos básicos desses povos, como a demarcação de terras e o direito ao território. A mobilização de cada um de nós é fundamental nesse momento, para assegurar a integridade das Terras Indígenas, a preservação de nossos ecossistemas e riquezas naturais e a continuidade de povos e expressões culturais centenárias.

- Além de colaborar com uma comunidade indígena, você pode ganhar recompensas incríveis como belíssimas peças artesanais feitas pela comunidade local, participar de um encontro pra lá de especial com indígenas da comunidade ou aproveitar para visitar Aldeia Velha e conhecer o centro cultural quando ele estiver pronto :)

>> QUEM SOMOS?

O projeto é uma iniciativa da Associação de Etnoturismo Pataxó de Aldeia Velha, em conjunto com a organização Samaúma.

A Associação criada em 2007 é coordenada e formada por indígenas residentes de Aldeia Velha e tem por objetivo organizar e promover atividades culturais e de turismo de base comunitária no território indígena. A Samaúma é uma organização parceira, que desenvolve ações de fomento à cultura brasileira e que contribuem ao desenvolvimento sustentável de territórios e comunidades tradicionais. A Samaúma atua em três frentes: promoção de vivências em destinos que representam um Brasil inspirador, produção de conteúdo fotográfico e audiovisual sobre culturas brasileiras e apoio à comunidades na elaboração e execução de projetos.    

Para saber mais sobre nós, acesse:

www.aldeiavelha.wordpress.com/quem-somos/

www.samaumaviagens.com.br | www.facebook.com/samaumaviagens | www.instagram.com/samaumaviagens

CONTAMOS COM SUA COLABORAÇÃO!

 

#SUPPORTALDEIAVELHA

>> THE COMMUNITY

Aldeia Velha is an indigenous community from the Pataxó group, located in Arraial D'Ajuda, at the extreme south of Bahia state, Brazil. Nowadays, around 1500 people live there, in a area of 2010 hectares. 80% of this area forms the Pataxó Ecological Reserve of Aldeia Velha - an area of native and preserved atlantic forest. The area is a sacred space for the community and an important place for the indigenous Pataxó culture.    

>> THE HISTORY

Between 2006 and 2010, the communitiy developed their cultural activities in a center built at the heart of the Ecological Reserve. The space served both as a meeting place, gathering the community for the practice of cultural activities as well as a center to welcome visitors in a community-based tourism project, favoring knowledge interchange with other people and groups.

In 2010, a fire destroyed the main Kijeme of the Pataxó Ecological Reserve and interrupted all activities. After several years of fight and grief, the community gathered leaders, elders and young people to once again occupy the Reserve and resume their activities. 

Now, Aldeia Velha needs our support. 

>> THE PROJECT

Our dream is to rebuild Aldeia Velha's cultural center. The financial resources will be used for the construction of the main Kijeme (cultural center), two bathrooms and a communitarian kitchen. Besides, the project covers costs with it's launch and dissemination after the construction. The place will be used for the continuity of cultural activities at Aldeia Velha, contributing to develop and strengthen the Pataxó culture within the community and it will serve as a new reception center and a place to welcome visitors, favoring community-based tourism activities. 

 

 

>> COSTS

The money raised with the project will be used as follows:

Construction materials:  R$18.090,00  |  Labor costs: R$11.400,00*  |  Communication materials and services: R$12.790,00  |  Campaign launch: R$1.200,00  |  Rewards: R$6.510,00  |  Benfeitoria Costs: R$3.223,00  |  Financial costs: R$1.814,00

Total: R$55.027,00

*A considerable part of labor needs will be assumed by the community, that is already engaged in a joint effort to clean the area and set trails. The labor costs presented refers to one carpenter and two helpers.

 

 

>> WHY SUPPORT ALDEIA VELHA?

- The Pataxó people was one of the first to have contact with the Europeans and, for this reason, they saw its traditions get lost or weakened along the years. The communitarian space will be fundamental to support the Pataxó culture and its traditional expressions, serving as a place for cultural practice and knowledge transmission for the generations to come, ensuring the continuity of the Pataxó culture within the community.

- The community-based tourism project is a strategy to promote the Pataxó culture and it is also a way to generate an income for the community. On one hand, the community can strengthen their culture, building visibility and recognition inside and outside the community. On the other hand, it encourages income generation within the community, avoiding the frequent migration of young people to the cities, in the pursuit of labor opportunities, many times informal and poorly paid.

- The project will bring the community back to the Indigenous Reserve - a native forest area under constant threat of deforestation and invasion. The activities will contribute to the surveillance of the territory and will assure its natural preservation.

- Right now, traditional indigenous communities in Brazil are experiencing an extremely sensitive time. Recent governamental politics jeopardize basic rights of indigenous people, as demarcation of land and territorial rights. At this moment, the actions of each one of us are crucial to ensure the integrity of indigenous lands, preservation of our ecosystems and natural resources and the future of centennial groups and cultural expressions.

-Besides contributing to an indigenous community in Brazil, you can get really cool rewards, such as beautiful handmade pieces made by local community, take part in a very special encounter with locals or get the chance to visit Aldeia Velha and know the cultural center once it is ready :)   

>> WHO ARE WE?

The project is an initiative of the Pataxó Ethno-Tourism Association of Aldeia Velha, together with Samaúma organization.

The Association created in 2007 is coordinated and formed by indigenous people residents of Aldeia Velha and its purpose is to organize and promote cultural and community-based tourism  activities in the indigenous territory. Samaúma is a partner organization that develops actions to promote Brazilian culture and contribute to the sustainable development of territories and traditional communities. The social business is offering technical support for the association and it acts on three fronts: promotion of experiences for destinations that represent an inspiring Brazil, production of photographic and video content on Brazilian cultures and support to communities in the elaboration and execution of projects.  

To know more about us, access:

www.aldeiavelha.wordpress.com/quem-somos/

www.samaumaviagens.com.br | www.facebook.com/samaumaviagens | www.instagram.com/samaumaviagens

 

Finally, if you need help on how to support our project and process your payment throught the platform, acess: https://benfeitoria.com/howtoback

 

WE COUNT ON YOUR SUPPORT!

 

 

Samaúma ainda não publicou nenhuma notícia.