Kombi Coroteira |

Kombi Coroteira

Campanha para presentear com uma Kombi a ocupa Alcântara Machado e o time Corote & Molotov

Projeto por: Corote Molotov
R$ 9.050,00
arrecadado
meta R$ 21.000,00

41
benfeitores

43%
arrecadado

37
dias restantes

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 21/09/2018 - 23:59

POR

Corote Molotov

Corote Molotov

Corote e Molotov é um time de várzea formado por pessoas que moram e okupam as ruas e autonomistas que correm com a rua. Contra o Futebol Moderno!

R$ 10
Rabo de galo
4 benfeitores apoiando
Apoiando com R$10 a campanha Kombi Coroteira, Vamos agradecer você nas redes sociais, nas mesas de bar, nas resenhas pós jogo e em todas as oportunidades!
R$ 20
Pinga com mel
12 benfeitores apoiando
Apoiando com R$20 a campanha Kombi Coroteira, Além dos agradecimentos em todas as oportunidades, a gente envia pra você um adesivo lindão e exclusivo do time, pra mostrar sua paixão por futebol de várzea e revolução social!

52 disponíveis.
R$ 100
Litrão de breja
11 benfeitores apoiando
Apoiando com R$100 a campanha Kombi Coroteira, Como mostra de nossa gratidão e como prova de seu apoio à luta contra o futebol moderno uma camiseta de algodão da campanha Kombi Coroteira e de desgosto com o escanteio curto.

39 disponíveis.
R$ 150
Litrão de breja e porção de batata frita
3 benfeitores apoiando
Apoiando com R$150 a campanha Kombi Coroteira, você recebe: + Camiseta Kombi Coroteira + 2 adesivos + Pra desfilar seu desgosto com o futebol moderno, mostrar seu apreço pelo time de várzea mais maloqueiro de São Paulo e personalizar sua barrigudinha.

25 disponíveis.
R$ 200
Corotinho
8 benfeitores apoiando
Apoiando com R$200 a campanha Kombi Coroteira, Só quem é. Além de gratidão eterna, você recebe uma camiseta como só o time e a velha guarda tem. Além de uma puta camiseta linda, você vai estar usando o manto sagrado do jogar, beber e brigar.

42 disponíveis.
R$ 1.000
Caixa de barrigudinha
3 benfeitores apoiando
Apoiando com R$1000 a campanha Kombi Coroteira, Já entrou pra diretoria! Apoiando a gente com essa grana de uma vez você ganha todos os prêmios anteriores e é nossx convidadx de honra pra um jogo do corote no Bicudão. Se tem um time pode trazer ele pra um amistoso ou pode vir só pra assistir e fazer a resenha com cerveja depois!

5 disponíveis.

 
SOBRE O COROTE & MOLOTOV E A CAMPANHA KOMBI COROTEIRA:
 
O Corote & Molotov vai completar dois anos de (r)existência, e a gente quer sonhar alto com o presente.
 

Em 2016 o povo maloqueiro da Alcântara Machado, junto a amigas e amigos de outros cantos da cidade fundaram um time. Não um time qualquer, um time de várzea. Um time de luta. Um time de vitórias.

A várzea é símbolo, assim como as malocas do centro e de toda parte, da resistência à gentrificação e higienização da cidade. O futebol, que nasceu nas margens dos rios hoje esquecidos de São Paulo, ocupa historicamente e ainda hoje a área onde viviam negras e negros aquilombados, onde formou-se a primeira periferia da cidade, onde ainda há resistência à especulação. Nosso cotidiano, embaixo do viaduto, não é diferente. Manter-se morando no centro de um bairro e uma cidade hostil exigem força e alegria. Assim como na várzea, assim como no futebol, assim como no nosso time, na alegria, solidariedade e luta compartidos nos Corotes e nos molotovs.

Para ir nos jogos, nos organizamos como dá: é vaquinha, é carona, é catracaço em dia de festa. Não vamos deixar que a falta de grana nos impeça de usar a cidade que ajudamos a construir, mas nem sempre o dinheiro acontece. E muitas vezes, mal conseguimos que todos os jogadores cheguem ao campo. A torcida maloqueira vibra a distância, mas nem sempre consegue os trocados pra pagar a tarifa de ônibus.

Mesmo com nossa resiliência, a cidade que só existe pra quem pode pagar insisti cotidianamente em nos ignorar e quando possível exterminar. É assim por exemplo, quando precisamos de alguma ambulância no Espaço Tia Estela, que recebeu esse nome justamente por causa de uma guerreira negligenciada pelo socorro do SUS. Se o endereço que pede socorro é uma maloca, na maior parte das vezes a ambulância nem sai da garagem.

Um meio de transporte para o time não só garantiria nosso maior acesso à cidade e nossa participação em jogos mais longes de casa, como também e principalmente contribuiria para aumentar a dignidade e segurança do Espaço de Convivência Tia Estela. Nossas chances de contar corpos negligenciados e abandonados pela saúde pública diminuiriam. Nossa organização, possibilidades e oportunidades aumentariam.

É pensando nisso que queremos uma kombosa de aniversário. A gente tem certeza que, assim como na nossa luta, um pouquinho de cada umx que simpatiza com a gente vai fazer a diferença, e assim como a gente dá tudo de nós dentro do campo, a gente vai fazer todas as jogadas possíveis pra cumprir nosso sonho.

RECOMPENSAS: 


ORÇAMENTO: 

CONTATOS: 

FACEBOOK: http://facebook.com/corotemolotov

INSTAGRAM:  https://twitter.com/corotemolotov

TWITTER: https://twitter.com/corotemolotov

 

 

 
SOBRE O COROTE & MOLOTOV E A CAMPANHA KOMBI COROTEIRA:
 
O Corote & Molotov vai completar dois anos de (r)existência, e a gente quer sonhar alto com o presente.
 

Em 2016 o povo maloqueiro da Alcântara Machado, junto a amigas e amigos de outros cantos da cidade fundaram um time. Não um time qualquer, um time de várzea. Um time de luta. Um time de vitórias.

A várzea é símbolo, assim como as malocas do centro e de toda parte, da resistência à gentrificação e higienização da cidade. O futebol, que nasceu nas margens dos rios hoje esquecidos de São Paulo, ocupa historicamente e ainda hoje a área onde viviam negras e negros aquilombados, onde formou-se a primeira periferia da cidade, onde ainda há resistência à especulação. Nosso cotidiano, embaixo do viaduto, não é diferente. Manter-se morando no centro de um bairro e uma cidade hostil exigem força e alegria. Assim como na várzea, assim como no futebol, assim como no nosso time, na alegria, solidariedade e luta compartidos nos Corotes e nos molotovs.

Para ir nos jogos, nos organizamos como dá: é vaquinha, é carona, é catracaço em dia de festa. Não vamos deixar que a falta de grana nos impeça de usar a cidade que ajudamos a construir, mas nem sempre o dinheiro acontece. E muitas vezes, mal conseguimos que todos os jogadores cheguem ao campo. A torcida maloqueira vibra a distância, mas nem sempre consegue os trocados pra pagar a tarifa de ônibus.

Mesmo com nossa resiliência, a cidade que só existe pra quem pode pagar insisti cotidianamente em nos ignorar e quando possível exterminar. É assim por exemplo, quando precisamos de alguma ambulância no Espaço Tia Estela, que recebeu esse nome justamente por causa de uma guerreira negligenciada pelo socorro do SUS. Se o endereço que pede socorro é uma maloca, na maior parte das vezes a ambulância nem sai da garagem.

Um meio de transporte para o time não só garantiria nosso maior acesso à cidade e nossa participação em jogos mais longes de casa, como também e principalmente contribuiria para aumentar a dignidade e segurança do Espaço de Convivência Tia Estela. Nossas chances de contar corpos negligenciados e abandonados pela saúde pública diminuiriam. Nossa organização, possibilidades e oportunidades aumentariam.

É pensando nisso que queremos uma kombosa de aniversário. A gente tem certeza que, assim como na nossa luta, um pouquinho de cada umx que simpatiza com a gente vai fazer a diferença, e assim como a gente dá tudo de nós dentro do campo, a gente vai fazer todas as jogadas possíveis pra cumprir nosso sonho.

RECOMPENSAS: 


ORÇAMENTO: 

CONTATOS: 

FACEBOOK: http://facebook.com/corotemolotov

INSTAGRAM:  https://twitter.com/corotemolotov

TWITTER: https://twitter.com/corotemolotov

 

 

Corote Molotov ainda não publicou nenhuma notícia.