Peça Teatral "O Planeta dos Esquecidos" |

Peça Teatral "O Planeta dos Esquecidos"

Produzir e fazer temporada do espetáculo O PLANETA DOS ESQUECIDOS nos meses de abril e maio de 2018 na cidade de São Paulo.

Projeto por: Luccas Papp
R$ 6.060,00
arrecadado
meta R$ 5.000,00

40 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Luccas Papp

Luccas Papp

Ator, dramaturgo e filósofo. Produtor e consumidor de teatro.

R$ 30
Mercúrio
15 benfeitores apoiando
- E-mail de Agradecimento - 2 ingressos com 50% de desconto cada (do valor inteiro)
R$ 60
Marte
15 benfeitores apoiando
- E-mail de agradecimento - 1 ingresso para qualquer sessão da peça a ser retirado na bilheteria em dia a combinar com a produção.
R$ 150
Terra
8 benfeitores apoiando
- E-mail de agradecimento, nome no banner ficará dentro do teatro - 2 ingressos para qualquer sessão da peça a serem retirados na bilheteria em dia a combinar com a produção - Um exemplar do livro “Os donos do Mundo” autografado pelo autor Luccas Papp e nome no programa da peça.
R$ 500
Netuno
2 benfeitores apoiando
- E-mail de agradecimento - Nome no banner ficará dentro do teatro - 4 ingressos para qualquer sessão da peça a serem retirados na bilheteria em dia a combinar com a produção - Um exemplar do livro “Os donos do Mundo” autografado pelo autor Luccas Papp - Nome no programa da peça - Visita aos bastidores da peça antes do espetáculo.

18 disponíveis.
R$ 1.000
Saturno
Seja o primeiro a apoiar!
- E-mail de agradecimento - Nome no banner ficará dentro do teatro - 6 ingressos para qualquer sessão da peça a serem retirados na bilheteria em dia a combinar com a produção - Um exemplar do livro “Os donos do Mundo” autografado pelo autor Luccas Papp - Nome no programa da peça - Jantar com o elenco após a apresentação - Workshop de maquiagem com o maquiador do espetáculo, Daniel Morgado, na cidade de São Paulo. (transporte, alimentação e hospedagem por conta do participante).

10 disponíveis.
R$ 2.000
Júpiter
1 benfeitor apoiando
- Título de apoiador cultural do espetáculo com inserção de logomarca em todo o material gráfico. - E-mail de agradecimento - 10 ingressos para quaisquer sessões da peça a serem retirados na bilheteria em dias a combinar com a produção - Um exemplar do livro “Os donos do Mundo” autografado pelo autor Luccas Papp - Visita aos bastidores da peça antes do espetáculo - Jantar com o elenco após a apresentação - Workshop de maquiagem com o maquiador do espetáculo Daniel Morgado - Workshop de iniciação teatral com 5 horas de duração ministrado por Luccas Papp, ambos em local à combinar na cidade de São Paulo. (hospedagem, transporte e alimentação por conta do participante).

5 disponíveis.
R$ 3.500
Sol
Seja o primeiro a apoiar!
- Título de PATROCINADOR do espetáculo, com inserção de possível logomarca em todo o material gráfico - E-mail de agradecimento - 15 ingressos para quaisquer sessões da peça a serem retirados na bilheteria em dias a combinar com a produção - Um exemplar do livro “Os donos do Mundo” autografado pelo autor Luccas Papp - Visita aos bastidores da peça antes do espetáculo - Jantar com o elenco após a apresentação - Workshop de maquiagem com o maquiador do espetáculo, Daniel Morgado. - Workshop de iniciação teatral com 5 horas de duração ministrado por Luccas Papp. - Sessão de fotos de 60 minutos com a atriz Raissa Chaddad com PARTICIPAÇÃO ESPECIAL EM UM VÍDEO NO CANAL DO YOUTUBE DELA. (Todos na cidade de São Paulo com hospedagem, transporte e alimentação por conta do participante)

4 disponíveis.

“O homem mudará sua atitude ao mudar de casa?”

 Essa é a questão principal discutida no espetáculo juvenil “O planeta dos esquecidos”, escrito por Luccas Papp e dirigido por Dan Rosseto. A peça, que se passa em 2087, conta a história de Cora, uma sagaz jovem que vive em uma pequena construção em meio ao vazio do planeta Terra pós-apocalíptico Suas únicas companhias são Malone, um misterioso senhor de personalidade infantil, e Íris, uma inteligência artificial da qual só escuta sua voz. Sua rotina muda quando uma misteriosa figura do espaço desembarca na terra. É Hector, um clone vindo de Dynamo, um planeta colonizado anos antes pelos homens mais ricos para garantirem a sobrevivência da espécie humana. A presença de Hector no planeta esquecido e sua relação com Cora mudará para sempre os rumos da existência humana e o futuro dos dois mundos.

 A linguagem cinematográfica da dramaturgia e da montagem levam o gênero da ficção científica aos palcos de maneira acessível e humana, visando, sobretudo, questionar as ações do homem no presente para um melhor futuro.

Tendo como público-alvo não só o público juvenil, mas também o adulto, o espetáculo utiliza-se da relação entre os quatro personagens e o contexto apresentado do para abordar temáticas como a relação entre homem e máquina, tecnologia, clonagem, traumas, perdas, alienação, etc.

Além da importância da mensagem, a peça preza pela qualidade nos quesitos de produção, técnicos e artísticos, com uma equipe formada por profissionais consagrados como Dan Rosseto, Fred Silveira, Kleber Montanheiro, Luiza Curvo e Wagner Pinto e um elenco estrelado, formado por Raissa Chaddad, Francis Helena Cozta, Luccas Papp e Milton Levy.

A sua colaboração é fundamental e essencial para que este espetáculo seja viabilizado e ganhe o palco para cumprir temporada de 2 meses na cidade de São Paulo. Incentive este projeto e seja um colaborador, permitindo que os artistas tenham o tablado para exercer o seu ofício e que o público presencie um espetáculo de rara qualidade.

Esta é uma campanha TUDO OU NADA, portanto a sua participação é fundamental para que consigamos atingir o mínimo de 100% do valor pedido para a produção e temporada do espetáculo. Se a meta mínima não for atingida, a contribuição será devolvida para as pessoas que tiverem investido neste projeto.

“O homem mudará sua atitude ao mudar de casa?”

 Essa é a questão principal discutida no espetáculo juvenil “O planeta dos esquecidos”, escrito por Luccas Papp e dirigido por Dan Rosseto. A peça, que se passa em 2087, conta a história de Cora, uma sagaz jovem que vive em uma pequena construção em meio ao vazio do planeta Terra pós-apocalíptico Suas únicas companhias são Malone, um misterioso senhor de personalidade infantil, e Íris, uma inteligência artificial da qual só escuta sua voz. Sua rotina muda quando uma misteriosa figura do espaço desembarca na terra. É Hector, um clone vindo de Dynamo, um planeta colonizado anos antes pelos homens mais ricos para garantirem a sobrevivência da espécie humana. A presença de Hector no planeta esquecido e sua relação com Cora mudará para sempre os rumos da existência humana e o futuro dos dois mundos.

 A linguagem cinematográfica da dramaturgia e da montagem levam o gênero da ficção científica aos palcos de maneira acessível e humana, visando, sobretudo, questionar as ações do homem no presente para um melhor futuro.

Tendo como público-alvo não só o público juvenil, mas também o adulto, o espetáculo utiliza-se da relação entre os quatro personagens e o contexto apresentado do para abordar temáticas como a relação entre homem e máquina, tecnologia, clonagem, traumas, perdas, alienação, etc.

Além da importância da mensagem, a peça preza pela qualidade nos quesitos de produção, técnicos e artísticos, com uma equipe formada por profissionais consagrados como Dan Rosseto, Fred Silveira, Kleber Montanheiro, Luiza Curvo e Wagner Pinto e um elenco estrelado, formado por Raissa Chaddad, Francis Helena Cozta, Luccas Papp e Milton Levy.

A sua colaboração é fundamental e essencial para que este espetáculo seja viabilizado e ganhe o palco para cumprir temporada de 2 meses na cidade de São Paulo. Incentive este projeto e seja um colaborador, permitindo que os artistas tenham o tablado para exercer o seu ofício e que o público presencie um espetáculo de rara qualidade.

Esta é uma campanha TUDO OU NADA, portanto a sua participação é fundamental para que consigamos atingir o mínimo de 100% do valor pedido para a produção e temporada do espetáculo. Se a meta mínima não for atingida, a contribuição será devolvida para as pessoas que tiverem investido neste projeto.

Luccas Papp ainda não publicou nenhuma notícia.