Pré Vestibular Comunitário Brota na Laje |

Pré Vestibular Comunitário Brota na Laje

O Brota na Laje visa possibilitar o acesso a educação para moradores das favelas da grande Tijuca e ampliar seu pensamento crítico sobre realidade em que viv

Projeto por: Vivian Kristinny Campos Silveira Dias Gonçalves
R$ 3.215,00
arrecadado
meta R$ 2.220,00

30 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Vivian Kristinny Campos Silveira Dias Gonçalves

Vivian Kristinny Campos Silveira Dias Gonçalves

R$ 10
Ponta Pé Inicial
1 benfeitor apoiando
Essa recompensa é para quem acredita no projeto, mas não pode contribuir muito. Mesmo assim seu apoio é fundamental para nós! Iremos ao final da campanha agradecer em todas as nossas redes e no seu email a sua contribuição.
R$ 30
Quando bate a fome...
5 benfeitores apoiando
Nosso pré começa a ganhar mais força, esse valor é equivalente a um dia do nosso lanche para 25 estudantes. Em forma de agradecimento iremos fazer um post em nossas redes sociais e um cartão postal digital no seu email.
R$ 50
Você no mosaico!
6 benfeitores apoiando
Além dos itens que mencionados anteriormente faremos um mosaico com foto dos doadores e publicaremos em nossas redes e enviaremos por email. =)
R$ 100
Atividade com xs alunxs
7 benfeitores apoiando
Com esse valor você podera participar de uma atividade extra que iremos organizar para xs alunxs, além dos itens mencionados anteriormente. =)
R$ 200
Carta dxs Alunxs
4 benfeitores apoiando
Os alunos vão escrever uma carta especial e personalizada para as pessoas que contribuirem com essa quantia. Além de todos os outros itens citados a cima.
R$ 500
Arte produzida pelxs Alunxs
1 benfeitor apoiando
Que tal receber uma arte exclusiva produzida pelos alunos? Um quadro perfeito para guardar de lembrança. Ainda conta com todos os itens citados a cima. Que demais né?!
R$ 1.000
Adote um aluno
Seja o primeiro a apoiar!
Tem atitude mais bonita do que ajudar quem precisa ? Que tal adotar umx alunx e custear os gastos com xerox, material e tantos outros custos que umx vestibulando possuí. Um ato nobre e necessário que vai fazer toda diferença na vida de um dos nossos vestibulandos. Todos os outros itens estão inclusos nessa modalidade .
SOBRE O COLETIVO

Inconformados com a realidade social vivenciada no Rio de Janeiro, atravessados por um cotidiano precarizado por conta da ausência do Estado, O Brota na Laje surge a partir de encontros entre jovens de favelas da Tijuca, em especial o Morro do Borel, onde há um histórico de resistência e insurreições, para discutir a vida política cotidiana e as violações de direitos nestes territórios. 

Somos os primeiros de nossas familias a entrar em uma universidades, e ao identifcar a falta de oportunidades para que outros jovens no nosso territorio acessem as mesmas, decidmos direcionar as atividades do coletivo na criação do primeiro pré vestibular coumunitario construido por jovens de favela.

O PRÉ-VESTIBULAR

O Brota construiu o pré-vestibular comunitário em parceria com a escola Oga Mitá, por acreditar que a educação é um dos caminhos que auxiliam nesse processo, procuramos não apenas colocar mais jovens favelados nas universidades, mas criar vínculos com os alunos, professores e colaboradores para formular uma rotina de discussões e debates acerca da vida cotidiana.

O projeto teve inicio no mês de março e contamos com mais de 70 inscrições entre jovens e adultos das comunidades da grande Tijuca. Hoje atuamos com 25 alunos e 25 professores.

As aulas acontecem num espaço cedido pela escola Oga Mitá, de segunda a sexta-feira das 18:30 as 21:30. As mesmas são ministrados voluntariamente por professores formados e estudantes universitários. Contamos com uma equipe psicossocial que realiza o acompanhamento dos alunos do pré e também com apoio de um grupo de pais de alunos do Oga na construção do projeto.

CAMPANHA

O pré vestibular além das aulas regulares, oferece material didático, atividades extra-curriculares e lanche para alunos no intervalo da aula. Todos estas atividades foram através de doações, porém estamos esgotando os nossos recursos. Queremos continuar com essas ações e também oferecer aos alunos o auxilio do transporte, com intuito de garantir a permanencia deles, evitar a evasão e melhorar nossa infra-instrutura. +

No gráfico abaixo mostramos como será dividido o valor arrecado da campanha. Hoje nossa maior demanda se encontra no material didático, que ainda não podemos prover aos alunxs, estamos trabalhando somente com base de cópias e arquivos enviados por email. 

O lanche e material coletivo são outros dois maiores custos do projeto para manter nossa infra-estrutra de funcionamento. 

Vivian Kristinny Campos Silveira Dias Gonçalves ainda não publicou nenhuma notícia.

SOBRE O COLETIVO

Inconformados com a realidade social vivenciada no Rio de Janeiro, atravessados por um cotidiano precarizado por conta da ausência do Estado, O Brota na Laje surge a partir de encontros entre jovens de favelas da Tijuca, em especial o Morro do Borel, onde há um histórico de resistência e insurreições, para discutir a vida política cotidiana e as violações de direitos nestes territórios. 

Somos os primeiros de nossas familias a entrar em uma universidades, e ao identifcar a falta de oportunidades para que outros jovens no nosso territorio acessem as mesmas, decidmos direcionar as atividades do coletivo na criação do primeiro pré vestibular coumunitario construido por jovens de favela.

O PRÉ-VESTIBULAR

O Brota construiu o pré-vestibular comunitário em parceria com a escola Oga Mitá, por acreditar que a educação é um dos caminhos que auxiliam nesse processo, procuramos não apenas colocar mais jovens favelados nas universidades, mas criar vínculos com os alunos, professores e colaboradores para formular uma rotina de discussões e debates acerca da vida cotidiana.

O projeto teve inicio no mês de março e contamos com mais de 70 inscrições entre jovens e adultos das comunidades da grande Tijuca. Hoje atuamos com 25 alunos e 25 professores.

As aulas acontecem num espaço cedido pela escola Oga Mitá, de segunda a sexta-feira das 18:30 as 21:30. As mesmas são ministrados voluntariamente por professores formados e estudantes universitários. Contamos com uma equipe psicossocial que realiza o acompanhamento dos alunos do pré e também com apoio de um grupo de pais de alunos do Oga na construção do projeto.

CAMPANHA

O pré vestibular além das aulas regulares, oferece material didático, atividades extra-curriculares e lanche para alunos no intervalo da aula. Todos estas atividades foram através de doações, porém estamos esgotando os nossos recursos. Queremos continuar com essas ações e também oferecer aos alunos o auxilio do transporte, com intuito de garantir a permanencia deles, evitar a evasão e melhorar nossa infra-instrutura. +

No gráfico abaixo mostramos como será dividido o valor arrecado da campanha. Hoje nossa maior demanda se encontra no material didático, que ainda não podemos prover aos alunxs, estamos trabalhando somente com base de cópias e arquivos enviados por email. 

O lanche e material coletivo são outros dois maiores custos do projeto para manter nossa infra-estrutra de funcionamento. 

Vivian Kristinny Campos Silveira Dias Gonçalves ainda não publicou nenhuma notícia.