Abrace a Oceânica, cuide do mar! |

Abrace a Oceânica, cuide do mar!

Essa campanha emergencial tem o objetivo de garantir a manutenção da Casa Oceânica, dos projetos e da equipe pelos próximos seis meses.

Projeto por: Oceânica - Pesquisa, Educação e Conservação
R$ 3.910,00
arrecadado
meta R$ 15.000,00

32 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Oceânica - Pesquisa, Educação e Conservação

Oceânica - Pesquisa, Educação e Conservação
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
1 benfeitor apoiando
Mini-book digital para colorir com ilustrações do Jorake (8 pág) Agradecimento nas redes sociais
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
5 benfeitores apoiando
1 ilustração do Jorake em formato digital A3 Mini-book digital para colorir com ilustrações do Jorake (8 pág) Agradecimento nas redes sociais
R$ 150
Apoiar essa campanha com R$ 150
8 benfeitores apoiando
1 camiseta com ilustração do Jorake 1 ilustração do Jorake em formato digital A3 Mini-book digital para colorir com ilustrações do Jorake (8 pág) Agradecimento nas redes sociais
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
2 benfeitores apoiando
1 livro - Opções: Mar Doce Lar ou Vida Marinha no Litoral Sul 1 camiseta com ilustração do Jorake 2 ilustrações do Jorake em formato digital A3 Mini-book digital para colorir com ilustrações do Jorake (8 pág) Agradecimento nas redes sociais
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
1 livro - Opções: Vivendo com o Mar, Mar Doce Lar ou Vida Marinha no Litoral Sul 1 camiseta com ilustração do Jorake 5 ilustrações do Jorake em formato digital A3 Mini-book digital para colorir com ilustrações do Jorake (8 pág) 1 atividade exclusiva do portifólio da Oceânica (a combinar) Agradecimento nas redes sociais

A Oceânica - Pesquisa, Educação e Conservação  é uma organização da sociedade civil que atua há 18 anos no litoral do Rio Grande do Norte. Multiplicar o conhecimento sobre os ambientes estudados, transformar o conhecimento em cidadania, fortalecer as comunidades litorâneas e a conservação da natureza é o que move e direciona as ações da Oceânica. Acreditamos que integrando atores, instituições, conhecimentos e políticas públicas, colaboramos ativamente para a sustentabilidade de um litoral mais justo para todas as formas de vida.

Como a maioria das organizações do terceiro setor, dependemos de projetos e  doações para garantir a realização de nossas atividades. A pandemia do Covid-19 nos pegou justamente no período de  encerramento dos financiamentos de projetos que mantiveram a Oceânica nos últimos 3 anos.  Diante do atual cenário, nossa preocupação é garantir, pelos próximos 6 meses,  o pagamento das despesas com funcionamento da sede e o apoio financeiro de forma direta ao profissionais que trabalham na Oceânica. 

A campanha emergencial “Abrace a Oceânica e cuide do mar!” surge em parceria com o artista visual Jorake para assegurar o funcionamento da organização e a continuidade das nossas atividades como: apoio aos pescadores(as) e a Rede Manguemar no enfrentamento das crises do Covid-19 e do petróleo no litoral, monitoramento das desovas das tartarugas marinhas, monitoramento dos recifes costeiros diante do branqueamento dos corais, monitoramento do Rio Pirangi, publicações de materiais e ações educativas que valorizam a biodiversidade e as comunidades litorâneas, articulação com as comunidades litorâneas, gestores ambientais, pesquisadores e pescadores em busca da justiça socioambiental e sustentabilidade no litoral.

Atualmente 15 profissionais fazem parte da nossa equipe entre de técnicos, bolsistas e prestadores de serviço. Sua colaboração neste financiamento além da manutenção por 6 meses da nossa Casa Oceânica garante a continuidade do trabalho socioambiental que, apenas nos últimos dois anos, já beneficiou 10 mil pescadores e pescadoras e 12.152 pessoas diretamente e indiretamente no litoral potiguar. 

A parceria entre a arte e a causa socioambiental, é o mote da campanha “Abrace a Oceânica, cuide do mar!”, e nos proporciona entregar trabalhos artísticos e científicos para quem contribuir conosco. Acreditamos que a arte pode sensibilizar as pessoas para às causas ambientais e fortalecer um elo de cuidado com o ambiente. Sendo assim, nós da Oceânica e o artista visual Jorake,  pensamos com muito carinho nas recompensas para você. 

 

 

 


 

Através das doações vai ser possível receber mini-book para colorir, camisetas, livros e artes digitais produzidas com exclusividade para a campanha “Abrace e Oceânica e cuide do mar”, as quais você poderá imprimir e/ou estampar onde sua imaginação desejar: quadros, almofadas, canecas, etc. Nós vamos compartilhar várias ideias com vocês nas redes sociais. Nos apoia por aqui e acompanha por lá!

Nossos abraços e nosso contato diário tão precioso podem demorar certo tempo até termos de volta, mas AGORA todos podem abraçar forte uma instituição que precisa de suporte em tempos tão incertos para a ciência, meio ambiente, cultura e defesa de direitos das comunidades tradicionais envolvidas na pesca artesanal. É o momento de abraçar boas ações! Precisamos da sua doação para continuar.

 

CONHECEÇA MAIS SOBRE AS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELA OCEÂNICA

>> 

Monitoramento da reprodução de tartarugas marinhas


Somos um elo da grande corrente de instituições e cientistas que lutam pela conservação das tartarugas marinhas no litoral brasileiro. Da temporada de 2018 até hoje monitoramos 240 ninhos e protegemos 16.847 filhotes para chegarem ao mar. E as solturas públicas já emocionaram mais de 600 pessoas que acompanharam os primeiros passos dos filhotes até o mar...​


>>
Unidade de Conservação Costeiro-Marinha

Sabe aquelas paisagens bonitas que você vê por aí quando está viajando? Grande parte delas são Unidades de Conservação. Cuidar do litoral e dos oceanos é uma prioridade da Oceânica. Alinhada à Década Mundial dos Oceanos declarada pela ONU, a Oceânica coordena desde 2014 o processo de discussão sobre a criação de uma Área de Proteção Ambiental (APA Recifes de Pirangi) no Rio Grande do Norte. Enquanto nossa proposta está em avaliação pelo Governo Federal, continuamos com as discussões locais sobre ordenamento do uso e ocupação no litoral. Assim, a Oceânica espera subsidiar órgãos ambientais na avaliação das áreas prioritárias e criação de novas áreas protegidas costeiro-marinhas, de maneira integrada às comunidades litorâneas.

 

>>
Comunidade Tradicional da Pesca Artesanal

A Oceânica trabalha intensamente pelo reconhecimento e regularização do território da pesca artesanal no Rio Grande do Norte desde 2010. O processo de articulação junto aos pescadores(as), colônias de pesca, Secretaria do Patrimônio da União (SPU), e órgãos ambientais já resultou em duas importantes conquistas nos últimos dois anos: a concessão de Termos de Autorização de Uso Sustentável (TAUS) para duas colônias de pesca, assegurando assim o uso dos ranchos de pesca nas praias de Cotovelo e Tabatinga. Nesse período também foram realizados mapeamentos marinhos a partir do conhecimento dos pescadores artesanais e desenvolvido uma pesquisa e um livros sobre a história da cultura da pesca no litoral potiguar. 

 

>>
Educação Ambiental 

A educação ambiental é um dos tripés de ação da Oceânica. Trabalhamos este eixo de forma transversal dentro e fora do ambiente escolar. Dentre nossas ações de educação estão o estímulo à ciência cidadã e à participação em fóruns, conselhos e formações. A educação ao ar livre, a educomunicação e a arte educação se somam às nossas estratégias de estímulo, sensibilização e valorização do ambiente costeiro-marinho. A publicação de materiais educativos como livros e vídeos complementam nossas ações. Nos últimos dois anos desenvolvemos os projetos: Águas da Mata Atlântica, Ponta de Pirangi, Oceânica vai a Escola, Observando os Rios e Mar Limpo, envolvendo mais de 12.152 pessoas em ações transversais de educação. 

 

>>
Observando os rios 

A Oceânica é parceira da SOS Mata Atlântica no projeto Observando os Rios, que tem como objetivo avaliar e monitorar a qualidade de águas nas bacias hidrográficas dos estados brasileiros onde ocorre o bioma Mata Atlântica. Durante os 3 anos de atividades foram feitas 35 análises no rio Pirangi. Além de gerar informação sobre a qualidade das águas, este projeto estimula o exercício da ciência cidadã e a participação democrática na gestão das águas litorâneas. 

 

>>
Redes, Comitês e Conselhos pelo ordenamento e sustentabilidade do litoral

Em busca da sustentabilidade no litoral e da gestão compartilhada, a Oceânica participa em várias instâncias de articulações inter-institucionais ligadas ao ordenamento do uso dos bens costeiro-marinhos no litoral do Rio Grande do Norte. Sempre representando a sociedade civil organizada, a Oceânica participa da Rede MangueMar (Secretaria Executiva), Rede de Conservação de Tartarugas Marinhas no Nordeste/Retamane, Comitê Técnico Estadual do Projeto Orla, Gestor  Conselho da APA Bonfim Guaraíra, Comitê de Urbanismo, Planejamento e Meio Ambiente de Parnamirim (CUPLAM) e Comitê Gestor da Orla de Natal. 


Mais informações no site 
www.oceanica.org.br 

Siga Oceânica @oceanica.osc 
Siga Jorake Jadiel @jorake_12 

Oceânica - Pesquisa, Educação e Conservação ainda não publicou nenhuma notícia.

A Oceânica - Pesquisa, Educação e Conservação  é uma organização da sociedade civil que atua há 18 anos no litoral do Rio Grande do Norte. Multiplicar o conhecimento sobre os ambientes estudados, transformar o conhecimento em cidadania, fortalecer as comunidades litorâneas e a conservação da natureza é o que move e direciona as ações da Oceânica. Acreditamos que integrando atores, instituições, conhecimentos e políticas públicas, colaboramos ativamente para a sustentabilidade de um litoral mais justo para todas as formas de vida.

Como a maioria das organizações do terceiro setor, dependemos de projetos e  doações para garantir a realização de nossas atividades. A pandemia do Covid-19 nos pegou justamente no período de  encerramento dos financiamentos de projetos que mantiveram a Oceânica nos últimos 3 anos.  Diante do atual cenário, nossa preocupação é garantir, pelos próximos 6 meses,  o pagamento das despesas com funcionamento da sede e o apoio financeiro de forma direta ao profissionais que trabalham na Oceânica. 

A campanha emergencial “Abrace a Oceânica e cuide do mar!” surge em parceria com o artista visual Jorake para assegurar o funcionamento da organização e a continuidade das nossas atividades como: apoio aos pescadores(as) e a Rede Manguemar no enfrentamento das crises do Covid-19 e do petróleo no litoral, monitoramento das desovas das tartarugas marinhas, monitoramento dos recifes costeiros diante do branqueamento dos corais, monitoramento do Rio Pirangi, publicações de materiais e ações educativas que valorizam a biodiversidade e as comunidades litorâneas, articulação com as comunidades litorâneas, gestores ambientais, pesquisadores e pescadores em busca da justiça socioambiental e sustentabilidade no litoral.

Atualmente 15 profissionais fazem parte da nossa equipe entre de técnicos, bolsistas e prestadores de serviço. Sua colaboração neste financiamento além da manutenção por 6 meses da nossa Casa Oceânica garante a continuidade do trabalho socioambiental que, apenas nos últimos dois anos, já beneficiou 10 mil pescadores e pescadoras e 12.152 pessoas diretamente e indiretamente no litoral potiguar. 

A parceria entre a arte e a causa socioambiental, é o mote da campanha “Abrace a Oceânica, cuide do mar!”, e nos proporciona entregar trabalhos artísticos e científicos para quem contribuir conosco. Acreditamos que a arte pode sensibilizar as pessoas para às causas ambientais e fortalecer um elo de cuidado com o ambiente. Sendo assim, nós da Oceânica e o artista visual Jorake,  pensamos com muito carinho nas recompensas para você. 

 

 

 


 

Através das doações vai ser possível receber mini-book para colorir, camisetas, livros e artes digitais produzidas com exclusividade para a campanha “Abrace e Oceânica e cuide do mar”, as quais você poderá imprimir e/ou estampar onde sua imaginação desejar: quadros, almofadas, canecas, etc. Nós vamos compartilhar várias ideias com vocês nas redes sociais. Nos apoia por aqui e acompanha por lá!

Nossos abraços e nosso contato diário tão precioso podem demorar certo tempo até termos de volta, mas AGORA todos podem abraçar forte uma instituição que precisa de suporte em tempos tão incertos para a ciência, meio ambiente, cultura e defesa de direitos das comunidades tradicionais envolvidas na pesca artesanal. É o momento de abraçar boas ações! Precisamos da sua doação para continuar.

 

CONHECEÇA MAIS SOBRE AS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS PELA OCEÂNICA

>> 

Monitoramento da reprodução de tartarugas marinhas


Somos um elo da grande corrente de instituições e cientistas que lutam pela conservação das tartarugas marinhas no litoral brasileiro. Da temporada de 2018 até hoje monitoramos 240 ninhos e protegemos 16.847 filhotes para chegarem ao mar. E as solturas públicas já emocionaram mais de 600 pessoas que acompanharam os primeiros passos dos filhotes até o mar...​


>>
Unidade de Conservação Costeiro-Marinha

Sabe aquelas paisagens bonitas que você vê por aí quando está viajando? Grande parte delas são Unidades de Conservação. Cuidar do litoral e dos oceanos é uma prioridade da Oceânica. Alinhada à Década Mundial dos Oceanos declarada pela ONU, a Oceânica coordena desde 2014 o processo de discussão sobre a criação de uma Área de Proteção Ambiental (APA Recifes de Pirangi) no Rio Grande do Norte. Enquanto nossa proposta está em avaliação pelo Governo Federal, continuamos com as discussões locais sobre ordenamento do uso e ocupação no litoral. Assim, a Oceânica espera subsidiar órgãos ambientais na avaliação das áreas prioritárias e criação de novas áreas protegidas costeiro-marinhas, de maneira integrada às comunidades litorâneas.

 

>>
Comunidade Tradicional da Pesca Artesanal

A Oceânica trabalha intensamente pelo reconhecimento e regularização do território da pesca artesanal no Rio Grande do Norte desde 2010. O processo de articulação junto aos pescadores(as), colônias de pesca, Secretaria do Patrimônio da União (SPU), e órgãos ambientais já resultou em duas importantes conquistas nos últimos dois anos: a concessão de Termos de Autorização de Uso Sustentável (TAUS) para duas colônias de pesca, assegurando assim o uso dos ranchos de pesca nas praias de Cotovelo e Tabatinga. Nesse período também foram realizados mapeamentos marinhos a partir do conhecimento dos pescadores artesanais e desenvolvido uma pesquisa e um livros sobre a história da cultura da pesca no litoral potiguar. 

 

>>
Educação Ambiental 

A educação ambiental é um dos tripés de ação da Oceânica. Trabalhamos este eixo de forma transversal dentro e fora do ambiente escolar. Dentre nossas ações de educação estão o estímulo à ciência cidadã e à participação em fóruns, conselhos e formações. A educação ao ar livre, a educomunicação e a arte educação se somam às nossas estratégias de estímulo, sensibilização e valorização do ambiente costeiro-marinho. A publicação de materiais educativos como livros e vídeos complementam nossas ações. Nos últimos dois anos desenvolvemos os projetos: Águas da Mata Atlântica, Ponta de Pirangi, Oceânica vai a Escola, Observando os Rios e Mar Limpo, envolvendo mais de 12.152 pessoas em ações transversais de educação. 

 

>>
Observando os rios 

A Oceânica é parceira da SOS Mata Atlântica no projeto Observando os Rios, que tem como objetivo avaliar e monitorar a qualidade de águas nas bacias hidrográficas dos estados brasileiros onde ocorre o bioma Mata Atlântica. Durante os 3 anos de atividades foram feitas 35 análises no rio Pirangi. Além de gerar informação sobre a qualidade das águas, este projeto estimula o exercício da ciência cidadã e a participação democrática na gestão das águas litorâneas. 

 

>>
Redes, Comitês e Conselhos pelo ordenamento e sustentabilidade do litoral

Em busca da sustentabilidade no litoral e da gestão compartilhada, a Oceânica participa em várias instâncias de articulações inter-institucionais ligadas ao ordenamento do uso dos bens costeiro-marinhos no litoral do Rio Grande do Norte. Sempre representando a sociedade civil organizada, a Oceânica participa da Rede MangueMar (Secretaria Executiva), Rede de Conservação de Tartarugas Marinhas no Nordeste/Retamane, Comitê Técnico Estadual do Projeto Orla, Gestor  Conselho da APA Bonfim Guaraíra, Comitê de Urbanismo, Planejamento e Meio Ambiente de Parnamirim (CUPLAM) e Comitê Gestor da Orla de Natal. 


Mais informações no site 
www.oceanica.org.br 

Siga Oceânica @oceanica.osc 
Siga Jorake Jadiel @jorake_12 

Oceânica - Pesquisa, Educação e Conservação ainda não publicou nenhuma notícia.