Projeto Serendipidade |

Projeto Serendipidade

S E R E N D I P I D A D E: ” É o ato de fazer felizes descobertas ao acaso, assim como aconteceu quando o Pedro nasceu”.
Henri e Marina Zylberstajn


Meta 1: R$ 5.000

Entrega:

Celebração:

 

O Projeto Serendipidade nasceu a partir do contato do Henri e da Marina Zylberstajn (Pais do Pepo) com diversas iniciativas de apoio à pessoas com necessidades específicas, principalmente deficiência intelectual e autismo. Eles conheceram muitas famílias com filhos e parentes com necessidades semelhantes às do Pepo, mas que infelizmente não possuíam as condições de proporcionar os tratamentos, terapias e estímulos para um desenvolvimento adequado. Adicionalmente, o casal se preocupa em desmistificar o tema: difundir informações, diminuir o preconceito e quebrar tabus.

O Projeto Serendipidade é uma iniciativa de cunho social - sem fins lucrativos - e tem os seguintes objetivos principais:

1 – Sensibilizar pessoas que não têm contato com a inclusão, de modo a mostrar os benefícios que a convivência inclusiva gera a todos com ela envolvidos;

2 – Mostrar às famílias de pessoas com deficiência e que ainda não “aceitaram” tal situação que inclusão é virtude e não fragilidade;

3 – Apoiar financeira e operacionalmente projetos ligados à inclusão.

Conheça mais sobre o Projeto Serendipidade, acessando http://serendipidade.org ou o perfil de Instagram @PepoZylber

***Assista ao vídeo (1 minuto) com o resumo do Evento Digital feito em Dezembro de 2018:

 

INSTITUIÇÕES E PROJETOS APOIADOS EM 2018:

(Prestação de contas disponível no link http://serendipidade.org/arrecadacao/)

1)    TURMA DO JILÓ – http://turmadojilo.com.br

A Turma do Jiló é uma associação social sem fins lucrativos que realiza projetos de educação inclusiva em escolas públicas. O programa, que conta com desenvolvimento profissional de professores e funcionários, acolhimento e orientação de familiares, diversidade através da música para alunos e reforma do espaço escolar, tem como objetivo principal não deixar nenhuma criança para trás tornando a escola uma referência em inclusão e desenvolvimento para a vida de todos os envolvidos.

Público atendido: Escolas públicas do estado de SP.

Vídeo institucional:  https://youtu.be/65T0ZjWEvM8

Iniciativas (e valores) a serem apoiadas:

I.    Construção de uma Sala de Atendimento Educacional Especializado (AEE): o AEE caracteriza-se em salas multifuncionais e sensoriais, com o intuito de proporcionar um modelo de ensino complementar ao ensino regular das escolas. Contempla um conjunto de atividades e recursos de acessibilidade e pedagógicos, para atender alunos com algum tipo de necessidade especial. Com este método de complemento escolar acessível é possível eliminar as barreiras de um aluno com algum tipo de deficiência para garantir sua plena participação na sociedade, o desenvolvimento de sua aprendizagem e autonomia. Apesar de ser obrigatório o Estado garantir o AEE aos portadores de deficiências, a maior parte das escolas não dispõe do espaço e arquitetura adaptados, como a iluminação e decoração personalizadas, e divisão de ambientes. Valor: R$ 45.000 (por escola)

II.    Projeto completo de inclusão numa escola pública, já incluindo a construção da Sala de Atendimento Educacional Especializado: impacto de 1000 alunos e 1000 famílias, 60 professores e melhorias nos espaços. Valor: R$ 150.000 (por escola)

2)    CENHA – Centro Social Nossa Senhora da Penha – http://cenha.org.br

O CENHA é uma instituição social de caráter filantrópico que atua com apoio educacional e clinica terapêutica para pessoas de baixa renda com deficiência intelectual e motora. Dispõe de equipe de educadores e terapeutas que oferecem apoio pedagógico, oficinas pré-profissionalizantes, esportes e clínica de reabilitação (atendimento nas áreas de Serviço Social, Pedagogia, Psicologia, Terapia Ocupacional, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Equoterapia e Hidroterapia). Desenvolve ações extensivas aos familiares promovendo apoio, informação, orientação e encaminhamento, com o foco na qualidade de vida, exercício da cidadania e inclusão social.

Público atendido: Pessoas com deficiência intelectual, física e motora que vivenciam situações de vulnerabilidade social , risco e violações de direitos ou pela ausência de acesso a possibilidades de inserção e inclusão social.

Vídeo institucional:  https://www.youtube.com/watch?v=zV-bo2v1hH0 

Iniciativas a serem apoiadas:
I.    Equoterapia (custo mensal de R$ 600 por pessoa assistida);
II.    Hidroterapia (custo mensal de R$ 350 por pessoa assistida);
III.    Fisioterapia, Fonoaudiologia, Psicologia e Terapia Ocupacional (custo mensal de R$ 160, por pessoa assistida, por terapia);

3)    ADERE – Associação para Desenvolvimento, Educação e Recuperação do Excepcional –  www.adere.org.br

A Adere é uma instituição sem fins lucrativos que atua desde 1972 em prol da causa da pessoa com deficiência intelectual em programas inclusivos. No decorrer desse tempo investiu esforços na sua crença e buscou quebrar paradigmas e acreditar que as oportunidades, o investimento nas pessoas, o desafio de sua história de vida e o trabalho com a diversidade justificam a luta pela inclusão social. A Adere atende 90 usuários, jovens, adultos e idosos com o objetivo de minimizar os riscos de violência, vulnerabilidade social e exclusão social, fortalecendo os vínculos familiares e promovendo a inclusão da pessoa com deficiência e famílias com e na sociedade.

Público atendido: Jovens, adultos e idosos com deficiência intelectual.

Vídeo institucional: https://www.youtube.com/watch?v=vLODNdDu0IM 

Iniciativas a serem apoiadas:

O Projeto Adere de capacitação e inclusão da pessoa com deficiência intelectual no mercado de trabalho atende atualmente 22 casos que frequentam diariamente as atividades e 8 casos que já estão incluídos no mercado corporativo. O custo per capita mensal é de R$ 2.700.

4)    SIMBORA GENTE – https://www.simboragente.com

O Simbora Gente favorece o desenvolvimento pessoal do participante, a formação de indivíduos questionadores, autônomos e responsáveis capazes de interagirem com conhecimento, refletir e viver como cidadãos numa sociedade pluralista e em permanente transformação.  O Instituto oferece suporte pedagógico, terapêutico, lazer, orientação profissional, dança, teatro e consultoria a empresas e escolas. Mobiliza o participante a desejar o convívio social em diversos contextos, onde exercitam o ouvir e fundamentam sua posição, bem como fazer escolhas e responsabilizar-se pelas consequências a partir de um diálogo aberto pautado no respeito às diferenças. O trabalho do Simbora Gente também é pautado em ações conjuntas com as famílias e com a comunidade da qual está criança, adolescente ou adulto participa, com o foco no empoderamento, para que os envolvidos tomem reconhecimento de sua capacidade produtiva, se apropriando de seus direitos, deveres, necessidades, sonhos e tantos outros ideais possíveis de serem conquistados tornando-os assim agentes do processo de construção de uma sociedade comprometida com a inclusão e com a diversidade.

Público atendido: Pessoas com deficiência intelectual (a maioria com Síndrome de Down e Autismo). O ‘Simborinha, programa para crianças de 5 a 9 anos. O ‘Simbora Teen’, para adolescentes de 10 a 17 anos. O Simbora Gente público maior de 18 anos. O Simbora Gente Maturecer para maiores de 40 anos.

Vídeo institucional: https://www.youtube.com/watch?v=KxXc9HdhIBQ

Iniciativas a serem apoiadas:

I. Programa Sexualidade: Objetivos:

a.    Reduzir a vulnerabilidade de jovens com deficiências intelectuais frente as questões de sexualidade,  promovendo espaços para a discussão dos Direitos Humanos, Direitos Sexuais e Reprodutivos e Projeto de Vida.
b.    Estimular a reflexão das pessoas com deficiência intelectual no que diz respeito a construção de seus afetos e pensamentos sobre sua sexualidade e identidade sexual.
c.    Favorecer reflexões objetivando a tomada de consciência e aprimoramento de atitudes referentes à comunicação com a família e aos grupos sociais que esteja envolvida.
d.    Através da construção dos diversos contextos, favorecer a elaboração, a expressão e o exercício em situações de afetos e sexualidade, para que venha a ser protagonista de sua própria história

Não existe valor pré-estabelecido para cada programa. Qualquer ajuda é bem-vinda.

5)    ASSOCIAÇÃO PARADESPORTIVA JR – www.jrparadesporto.com.br

A JR PARADESPORTO é uma instituição pioneira no desenvolvimento do esporte para o deficiente intelectual no Brasil. Atualmente atende  90 atletas que participam de eventos esportivos regionais, nacionais e internacionais nas modalidades de natação, atletismo, futsal, ginástica artística e rítmica, além de apresentações em diversos eventos.

Público atendido: Deficientes intelectuais de 5 a 66 anos, em sua maioria de baixa renda, atendidos em 5 modalidades esportivas.
Iniciativas a serem apoiadas:

I. Aumentar o número de atletas atendidos (possuem demanda represada e não têm como atender). O custo por atleta é 300,00 por mês.

6)    INSTITUTO MOVIMENTARTE DE TEATRO E DANÇA – www.facebook.com/institutomovimentarte

O Instituto Movimentarte é uma organização sem fins lucrativos que divulga a arte como um novo caminho de transformação social e uma importante ferramenta no desenvolvimento humano. A atividade principal são aulas de dança e teatro para, intervenções artísticas, apresentações e mobilizações sociais.

Público atendido: Deficientes intelectuais, 90% do público pessoas com Sindrome de Down.

Iniciativas a serem apoiadas:

I.    Produção de um Musical. Custo de uma cota de patrocínio: R$ 6.000.

7)    APOIE – ASSOCIAÇÃO PARA PROFISSIONALIZAÇÃO, ORIENTAÇÃO E INTEGRAÇÃO DO EXCEPCIONAL – www.apoie.org.br

O Apoie contribui com a formação profissional de jovens e adultos com deficiência intelectual, a partir dos 14 anos, sustentado pelos valores de Transparência – Ética – Profissionalismo – Credibilidade – Respeito – Experiência. A instituição promove um espaço de trabalho para que a pessoa com deficiência intelectual desenvolva o seu potencial, objetivando melhorar a qualidade de vida dos seus aprendizes, oferecendo-lhes ferramentas para sua autonomia, bem como a conscientização do seu papel dentro do núcleo familiar e da sociedade. A APOIE faz questão de envolver a família do aprendiz assistido no seu processo de desenvolvimento.

Público atendido: Jovens e adultos a partir de 14 anos com deficiência intelectual de leve a moderada, incluindo grupos de vulnerabilidade social.

Iniciativas a serem apoiadas:

Reforma da quadra de esportes existente no espaço, atualmente disfuncional sem piso (o chão de areia), cobertura ou qualquer infraestrutura necessária para que os aprendizes possam utilizar este espaço. Atualmente, a APOIE atende 63 famílias em suas oficinas. As atividades de apoio à saúde acontecem em espaços que se tornaram muito pequenos. Por exemplo, a associação recebeu pelo projeto de Condicionamento Físico, equipamentos de bicicleta ergométricas e esteiras, mas estes equipamentos dividem o mesmo espaço com os instrumentos de música. Sendo assim, quando se têm atividades físicas, não se faz as atividades de musicoterapia. Por isso, o ideal seria reformar o piso e construir uma cobertura na área onde hoje está uma quadra de areia obsoleta.

Não existe valor pré-estabelecido para isto. Qualquer ajuda é bem-vinda.

8)    FRIENDSHIP CIRCLE SP –  www.friendshipcircle.com.br

O Friendship Circle atua na inclusão social de crianças e jovens deficientes intelectuais por meio de ações que destacam a sociabilidade. O foco do projeto não é assistencial pelas áreas da saúde, e sim, social. O intuito é estreitar os laços entre os voluntários (adolescentes) e os assistidos, criando amigos verdadeiros que trocam experiências em momentos de interação lúdica. O Friendship Circle acredita que criança tem que brincar, se divertir e precisa de parceiros para que os vínculos de amizade sejam verdadeiros e cada vez mais fortes.

Público atendido: Crianças e jovens com deficiência intelectual a partir dos 3 anos de idade.

Vídeo institucional: https://www.youtube.com/watch?v=KZW2PhrbtFc

Iniciativas a serem apoiadas:

I.    Visitas domiciliares semanais: uma hora fixa por semana, uma dupla de voluntários vai à casa da criança assistida para brincar e interagir.
II.    Festas de aniversário: o projeto fornece bolo e enfeites personalizados com os temas preferidos da criança, e um grupo de voluntários fazem uma pequena festa para o assistido.
III.    Dia da Alegria: domingos de atividades com foco no encontro das famílias dos assistidos, como oportunidade para saírem com seus filhos em ambiente dedicado às crianças especiais.
IV.    Mom’s night: encontro de mães dos voluntários e mães dos assistidos, no sentido de integrar as famílias que veem seus filhos se desenvolvendo, crescendo e aprendendo tanto sobre o sentido da vida, da amizade e da inclusão social.

O custo mensal de cada assistido é de R$ 400/mês.

9)    ALMA DE BATERA –  www.almadebatera.org.br

O Alma de Batera é uma associação sem fins lucrativos que atua em parceria com outras instituições e espaços culturais, atendendo pessoas com deficiência interessadas em fazer aulas de bateria. Além das aulas, os alunos se apresentam em eventos e apresentações públicas. Atualmente,

Público atendido: Pessoas com deficiência física, motora e intelectual.

Vídeo institucional: https://www.youtube.com/watch?v=6iij3ikLyyg

Iniciativas a serem apoiadas:

Aumentar a quantidade de alunos do Projeto. O custo mensal de cada aluno atualmente é de R$ 370. 

Aguarde, carregando...



R$ 1.868,00
arrecadado por mês
meta R$ 5.000
25
assinantes
37%
arrecadado





Financiamento Recorrente

Faça parte desse projeto!
Vire um assinante mensal.



assinar com este valor
R$20 por mês

8 assinantes mensais

assinar com este valor
R$40 por mês

4 assinantes mensais

assinar com este valor
R$60 por mês

5 assinantes mensais

assinar com este valor
R$100 por mês

3 assinantes mensais

assinar com este valor
R$250 por mês

3 assinantes mensais

assinar com este valor
R$500 por mês

Seja o primeiro assinante

É uma forma de viabilizar projetos de impacto positivo. Essa não é uma compra. É um ato de confiança.

A Benfeitoria não pode assegurar a execução do projeto nem a entrega das recompensas. Essa é uma responsabilidade direta dos realizadores. Estamos empenhados em fazer uma nova economia acontecer. Vamos juntos?

Saiba mais sobre as responsabilidades

  • Henri Zylberstajn
  • Categoria: Esporte e Lazer, Inclusão Social, Saúde e Bem-Estar

Henri Zylberstajn

Cintia Ferro
Regiane Moreira
Felipe Szpigel
Vanessa Blatt Rossi
Gustavo Cotta Piersanti
Mariana Gallão
Mara Luísa de Mesquita Mendonça
Felipe Machado
Felipe De Toledo Piza A. Policastro
Flávia Cortinovis
João Henrique M Bordignon
Thais Salgado
Fabio Mansur
Michel Frankfurt
fernanda de almeida carneiro
Flavia Sternberg Epstein