Quilombo Quartel do Indaiá |

Quilombo Quartel do Indaiá

Campanha para compra e instalação de mangueira, da nascente à caixa d`água, no quilombo do Quartel de Indaiá, na região de Diamantina - MG.

Projeto por: ...
R$ 3.650,00
arrecadado
meta R$ 3.500,00

35 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

...

...

R$ 20
Boneca artesanal
7 benfeitores apoiando
Os brindes poderão ser retirados em Belo Horizonte ou em Diamantina, em local a combinar com a organização da campanha, pelo whatsapp: (038) 99977-1969.
R$ 50
Bonecos artesanais
8 benfeitores apoiando
Os brindes poderão ser retirados em Belo Horizonte ou em Diamantina, em local a combinar com a organização da campanha, pelo whatsapp: (038) 99977-1969.
R$ 100
Esteira artesanal
10 benfeitores apoiando
Os brindes poderão ser retirados em Belo Horizonte ou em Diamantina, em local a combinar com a organização da campanha, pelo whatsapp: (038) 99977-1969.
R$ 500
Esteira, bonecos e cesta orgânica
Seja o primeiro a apoiar!
Os brindes poderão ser retirados em Belo Horizonte ou em Diamantina, em local a combinar com a organização da campanha, pelo whatsapp: (038) 99977-1969.
R$ 1.000
Esteiras, bonecos e cestas orgânicas
Seja o primeiro a apoiar!
Os brindes poderão ser retirados em Belo Horizonte ou em Diamantina, em local a combinar com a organização da campanha, pelo whatsapp: (038) 99977-1969.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

O Quartel do Indaiá é uma comunidade quilombola, na região de Diamantina (MG), em que famílias de descendentes de africanos escravizados durante o período do Ciclo do Diamante residem e resistem há mais de dois séculos.

 

                

                                   

A comunidade do Quartel do Indaiá recebeu o certificado de quilombo da Fundação Palmares, em 2011. No entanto, as famílias enfrentam muitas dificuldade no dia a dia. Entre as dificuldades, está a insuficiência de água potável, devido ao pouco e irregular abastecimento que depende da época de chuva.

 

                

 

Algumas famílias perderam sua fonte de água em função de ações dos fazendeiros brancos da região que tomaram terras dos negros e secaram nascentes de onde vinha a água. Atualmente, essas famílias estão canalizando a água de um pequeno curso, que seca quando demora a chover.                                               

Esta campanha possibilitará a independência de famílias negras em relação a latifundiários brancos em relação a uma das necessidades humanas mais básicas, que é o abastecimento de água.

A quantia arrecada servirá para a compra de 1.700 metros de mangueira de polietileno, com o diâmetro de 2 polegadas, para canalizar a água de uma nascente localizada numa serra próxima, de modo que o abastecimento de uma água limpa e potável estará garantido independentemente da concessão dos fazendeiros brancos da região e da época e da frequência das chuvas.

 

            

 

A luta pela conquista de um modo de vida autônomo e sustentável, preservando o meio ambiente e a cultura tradicional, é uma longa caminha estruturada em várias etapas. O abastecimento de água da comunidade é um passo importante e urgente nessa luta.

Conclamamos a todos e todas para apoiar essa causa contribuindo com a quantia que cada um puder. A comunidade quilombola do Quartel do Indaiá agradece a todos os apoiadores.

 

O Quartel do Indaiá é uma comunidade quilombola, na região de Diamantina (MG), em que famílias de descendentes de africanos escravizados durante o período do Ciclo do Diamante residem e resistem há mais de dois séculos.

 

                

                                   

A comunidade do Quartel do Indaiá recebeu o certificado de quilombo da Fundação Palmares, em 2011. No entanto, as famílias enfrentam muitas dificuldade no dia a dia. Entre as dificuldades, está a insuficiência de água potável, devido ao pouco e irregular abastecimento que depende da época de chuva.

 

                

 

Algumas famílias perderam sua fonte de água em função de ações dos fazendeiros brancos da região que tomaram terras dos negros e secaram nascentes de onde vinha a água. Atualmente, essas famílias estão canalizando a água de um pequeno curso, que seca quando demora a chover.                                               

Esta campanha possibilitará a independência de famílias negras em relação a latifundiários brancos em relação a uma das necessidades humanas mais básicas, que é o abastecimento de água.

A quantia arrecada servirá para a compra de 1.700 metros de mangueira de polietileno, com o diâmetro de 2 polegadas, para canalizar a água de uma nascente localizada numa serra próxima, de modo que o abastecimento de uma água limpa e potável estará garantido independentemente da concessão dos fazendeiros brancos da região e da época e da frequência das chuvas.

 

            

 

A luta pela conquista de um modo de vida autônomo e sustentável, preservando o meio ambiente e a cultura tradicional, é uma longa caminha estruturada em várias etapas. O abastecimento de água da comunidade é um passo importante e urgente nessa luta.

Conclamamos a todos e todas para apoiar essa causa contribuindo com a quantia que cada um puder. A comunidade quilombola do Quartel do Indaiá agradece a todos os apoiadores.

 

... ainda não publicou nenhuma notícia.