Suíte para Eletrodos |

Suíte para Eletrodos

Produção do EP Suíte para Eletrodos, novo trabalho de Tatá e Danú

Projeto por: Tatá e Danú
R$ 9.990,00
arrecadado
meta R$ 27.000,00

39
benfeitores

37%
arrecadado

24
dias restantes

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 12/02/2019 - 23:59

POR

Tatá e Danú

Tatá e Danú

R$ 20
Ligue o Foda-se
5 benfeitores apoiando
Tenha o prazer de Ligar o Foda-se (Foda-se On, obra de Tatá Weber e Rodrigo Severo) em cerimônias exclusivas a serem realizadas em mesas de botecos do Distrito Federal. Receba um agradecimento nas redes sociais :)

92 disponíveis.
R$ 30
Link em primeira mão
5 benfeitores apoiando
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba um agradecimento nas redes sociais :)

93 disponíveis.
R$ 50
Cartões postais-siderais dO Leve
6 benfeitores apoiando
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Receba um agradecimento nas redes sociais :)

89 disponíveis.
R$ 100
Link em primeira mão e EP autografado
7 benfeitores apoiando
- Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) - Receba o EP Suíte para Eletrodos autografado em sua casa - Tenha o prazer de Ligar o Foda-se (Foda-se On, obra de Tatá Weber e Rodrigo Severo) em cerimônias exclusivas a serem realizadas em mesas de botecos do Distrito Federal. - Receba um agradecimento nas redes sociais :)

93 disponíveis.
R$ 150
EP autografado + Cartões postais
6 benfeitores apoiando
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba o EP Suíte para Eletrodos autografado em sua casa Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Tenha o prazer de Ligar o Foda-se (Foda-se On, obra de Tatá Weber e Rodrigo Severo) em cerimônias exclusivas a serem realizadas em mesas de botecos do Distrito Federal. Receba um agradecimento nas redes sociais :)

93 disponíveis.
R$ 200
Todos os trabalhos da dupla autografados
5 benfeitores apoiando
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba o EP Suíte para Eletrodos, o EP Cantadas e o álbum O Leve autografados em sua casa Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Receba um agradecimento nas redes sociais :)

94 disponíveis.
R$ 300
Trabalhos autografados + 3 CDs
Seja o primeiro a apoiar!
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba o EP Suíte para Eletrodos, o EP Cantadas e o álbum O Leve autografados em sua casa e outros 3 à sua escolha, para presentear pessoas queridas. Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Receba um agradecimento nas redes sociais :)

50 disponíveis.
R$ 400
Ganhe o Lé com Cré
4 benfeitores apoiando
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba o EP Suíte para Eletrodos, o EP Cantadas e o CD O Leve autografados em sua casa Receba a obra pop de Tatá Weber, Lé com Cré em sua casa Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Receba um agradecimento nas redes sociais :)

2 disponíveis.
R$ 400
Venha para um pocket show
4 benfeitores apoiando
Receba em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu email (link para download) Receba o EP Suíte para Eletrodos, o EP Cantadas e o CD O Leve autografados em sua casa Seja nossa convidada para um pocket show para 30 pessoas na Casa Passarinha (data a ser marcada. Brasília – DF) Tenha o prazer de ligar o Foda-se (Foda-se On, obra de Tatá Weber e Rodrigo Severo) Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Receba um agradecimento nas redes sociais :)

29 disponíveis.
R$ 600
Pacotão pra presentear durante o ano
1 benfeitor apoiando
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba um pacote de 10 EPs Suíte para Eletrodos, 10 EPs Cantadas e 10 CDs O Leve para presentear durante o ano inteiro Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Receba um agradecimento nas redes sociais :)

19 disponíveis.
R$ 1.000
Receba uma música de Danú Gontijo
1 benfeitor apoiando
Receba, em primeira mão, a master de Suíte para Eletrodos em seu e-mail (link para download) Receba o EP Suíte para Eletrodos, o EP Cantadas e o CD O Leve autografados Receba uma composição exclusiva feita por Danú Gontijo (Projeto “musico sua tese, musico sua vida”), gravada em voz e violão. Tenha o prazer de ligar o Foda-se (Foda-se On, obra de Tatá Weber e Rodrigo Severo) Receba um pacote de 10 cartões postais com o desenho psicodélico dO Leve, do artista Miguel Haru Receba um agradecimento nas redes sociais :)

01 disponível.

Estamos aqui, Tatá e Danú, pra compartilhar um projeto com vocês. É sobre um EP que se chama Suíte para Eletrodos: uma obra composta por 6 temas musicais ligados por pontes sonoras (6 músicas em sucessão, sem pausas). Há uma estória importante que conecta essas músicas, e essa estória diz mais ou menos o seguinte: Os humanos, certa vez, mataram um rio. Por isso algumas entidades e orixás foram chamados à terra para ver e saber desse e de outros horrores dessa civilização. O tempo da justiça começou a se aproximar.

 

Vocês sabem quem somos, não é? Somos dessas que querem cantar os nossos tempos. Com O Leve, lançado em 2015, entoamos orações para lidar com os pesos do mundo. Nas Cantadas, que acabamos de gravar com o Trio Brasileiro (recém indicado ao Grammy!), quisemos falar do amor que está fora das regras do romance. Agora queremos cantar um pouco desses momentos-limite do nosso arranjo civilizatório.

 

Gente, nós matamos um rio. Nós seguimos matando a juventude negra. Mulheres seguem sendo oprimidas. As músicas de Suíte para Eletrodos falam disso tudo e mais um pouco. Ao mesmo tempo, convocam a energia de alguns orixás, como que buscando caminhos, saídas. Tudo isso trabalhado na sonoridade asfáltica do som eletrônico e na batida do couro, na pulsação de tambores de axé.

 

Neste ponto, todas as canções do EP já estão compostas. Vocês já conhecem algumas, temos cantado ao menos duas delas em apresentações. Os títulos das músicas e as próprias canções vão conduzindo essa narrativa no trabalho (com certa teatralidade), e contam essa pequena estória aos ouvintes:

 

1. Bento e Mariana – não é uma história de amor;

2. Araruê – Seu Zé Pilintra é chamado;

3. Vem Iara – são muitas as dores das mães;

4. Caô Xangô – o tempo da Justiça;

5. Com olhos de Oyá – andar pra quê?;

6. Obatalá – com serenidade se reage.

 

Que viagem, né? Imagine. Esse deve ser um EP de cerca de 30 minutos ininterruptos e a gente pensa até que isso pode virar um espetáculo de dança, acreditam? Mas ainda não. Nesse projeto, o que desejamos fazer é: 1) produzir musical e graficamente o EP. A campanha dando super certo, a gente aumenta a tarefa e pode 2) realizar um videoclipe de lançamento.

 

Vocês sabem que aqui no Benfeitoria a campanha é do tipo “ou tudo ou nada” – ou seja, se não atingirmos a nossa meta, o projeto não se realiza e o dinheiro é devolvido às pessoas. Sendo assim, a gente precisa contar com a super ajuda de vocês. Tá valendo contribuir com grana (as recompensas são bem legais!), tá valendo contribuir com compartilhamento da campanha (uma, duas, três vezes!). O axé de todes também é muito bem-vindo!

 

Quem está no projeto

 

Nosso time de luxo conta com:

 

Larissa Umaytá – percussionista da pesada, responsável por todos os toques nos couros Residente emBrasília, Larissa Umaytá começou a tocar ainda criança, desenvolvendo habilidade

Samuel Mota – Muntchaqueiro, guitarrista, produtor e cabeça da Zarabatana Records, responsável, junto com Pedro Miranda, pela linguagem eletrônica do EP

Pedro Miranda – Compositor, produtor, baixista de A Engrenagem, responsável, junto com Samuel Mota, pela construção de timbres e linguagem eletrônica do EP

Wilson Bebel – compositor e cantor, diretor musical de Suíte para Eletrodos

Dudu Maia – produtor, compositor, bandolinista, cabeça da Casa do Som, é parceiro responsável pela finalização e tratamento das vozes do EP

Felipe Cavalcante - designer e ilustrador, responsável por todo o trabalho gráfico da Suíte

 

Recompensas

 

Além das recompensas adoráveis que a gente sempre vê e gosta nas campanhas de arrecadação, aqui a gente resolveu botar pra jogo outras cositas a mais.

 

Quem aqui sabe que a Tatá é uma tipa que também se expressa através das artes plásticas? Pois! Contribuindo com Suíte para Eletrodos vocês poderão entrar em contato com dois trabalhos plásticos da Tatá. Por uma pequena contribuição, por exemplo, vocês poderão ter o prazer de ligar o Foda-se!

 

 

Perguntem a quem já ligou e vejam se não vale a pena! O esquema é simples: nos reuniremos em horários marcados em algum boteco da cidade e já está – quem contribuiu terá a máquina de ligar o foda-se ao alcance das mãos.

 

Temos também disponíveis para as recompensas 6 unidades da obra pop Lé com Cré (da Tatá), um tipo de bússola para orientar nossas vidas cotidianas. Quem não precisa de uma bússola nestes tempos sombrios?

 

Além disso, temos sensacionais cartões-postais siderais feitos por Miguel Haru :)

Mas não acaba aqui. Vindo diretamente das mãos e da mente de Danú Gontijo temos 2 recompensas perturbadoras. Vocês vão querer, que eu sei. É o projeto Musico sua tese, musico sua vida! Sim! Contribuindo substancialmente com Suíte para Eletrodos, você poderá ter uma canção para chamar de sua, feita pela Danú! :)

 

No mais, teremos 30 vagas para um pocket show na Casa Passarinha, que vai ser tudo de bom!

 

Pois então, tendo tempo, passem ali nas recompensas (tem coisas de todo tamanho) e se não puderem contribuir neste momento, compartilhem a campanha, recomendem pras amigas, mostrem nosso som por aí – isso faz muita diferença!

 

 

 

 

Efemérides de Tatá e Danú:

 

* 2015

lançam O Leve nas plataformas digitais

participam do Sofar Sounds Bsb

 

* 2016

o single Foi foda quando você soltou a minha mão ganha os prêmios de melhor intérprete e melhor arranjo do Festival da Rádio Nacional;

 

*2017

lançam o clipe de O Leve

o single Terra Seca chega à final do Festival da Rádio Nacional

 

*2018

 

lançam o EP Cantadas, com o Trio Brasileiro

o single Papai Coragem (com o Triptuiu, com Dudu Maia e Pretx Breu) é classificado para a primeira fase do Festival da RádioNacional

 

*Nossos agradecimentos a Walter Guimarães (foto capa) e a Mônica Siqueira e Sarah Malta (captação do vídeo). O que faríamos sem as/os amigas(os)?

 

 

Estamos aqui, Tatá e Danú, pra compartilhar um projeto com vocês. É sobre um EP que se chama Suíte para Eletrodos: uma obra composta por 6 temas musicais ligados por pontes sonoras (6 músicas em sucessão, sem pausas). Há uma estória importante que conecta essas músicas, e essa estória diz mais ou menos o seguinte: Os humanos, certa vez, mataram um rio. Por isso algumas entidades e orixás foram chamados à terra para ver e saber desse e de outros horrores dessa civilização. O tempo da justiça começou a se aproximar.

 

Vocês sabem quem somos, não é? Somos dessas que querem cantar os nossos tempos. Com O Leve, lançado em 2015, entoamos orações para lidar com os pesos do mundo. Nas Cantadas, que acabamos de gravar com o Trio Brasileiro (recém indicado ao Grammy!), quisemos falar do amor que está fora das regras do romance. Agora queremos cantar um pouco desses momentos-limite do nosso arranjo civilizatório.

 

Gente, nós matamos um rio. Nós seguimos matando a juventude negra. Mulheres seguem sendo oprimidas. As músicas de Suíte para Eletrodos falam disso tudo e mais um pouco. Ao mesmo tempo, convocam a energia de alguns orixás, como que buscando caminhos, saídas. Tudo isso trabalhado na sonoridade asfáltica do som eletrônico e na batida do couro, na pulsação de tambores de axé.

 

Neste ponto, todas as canções do EP já estão compostas. Vocês já conhecem algumas, temos cantado ao menos duas delas em apresentações. Os títulos das músicas e as próprias canções vão conduzindo essa narrativa no trabalho (com certa teatralidade), e contam essa pequena estória aos ouvintes:

 

1. Bento e Mariana – não é uma história de amor;

2. Araruê – Seu Zé Pilintra é chamado;

3. Vem Iara – são muitas as dores das mães;

4. Caô Xangô – o tempo da Justiça;

5. Com olhos de Oyá – andar pra quê?;

6. Obatalá – com serenidade se reage.

 

Que viagem, né? Imagine. Esse deve ser um EP de cerca de 30 minutos ininterruptos e a gente pensa até que isso pode virar um espetáculo de dança, acreditam? Mas ainda não. Nesse projeto, o que desejamos fazer é: 1) produzir musical e graficamente o EP. A campanha dando super certo, a gente aumenta a tarefa e pode 2) realizar um videoclipe de lançamento.

 

Vocês sabem que aqui no Benfeitoria a campanha é do tipo “ou tudo ou nada” – ou seja, se não atingirmos a nossa meta, o projeto não se realiza e o dinheiro é devolvido às pessoas. Sendo assim, a gente precisa contar com a super ajuda de vocês. Tá valendo contribuir com grana (as recompensas são bem legais!), tá valendo contribuir com compartilhamento da campanha (uma, duas, três vezes!). O axé de todes também é muito bem-vindo!

 

Quem está no projeto

 

Nosso time de luxo conta com:

 

Larissa Umaytá – percussionista da pesada, responsável por todos os toques nos couros Residente emBrasília, Larissa Umaytá começou a tocar ainda criança, desenvolvendo habilidade

Samuel Mota – Muntchaqueiro, guitarrista, produtor e cabeça da Zarabatana Records, responsável, junto com Pedro Miranda, pela linguagem eletrônica do EP

Pedro Miranda – Compositor, produtor, baixista de A Engrenagem, responsável, junto com Samuel Mota, pela construção de timbres e linguagem eletrônica do EP

Wilson Bebel – compositor e cantor, diretor musical de Suíte para Eletrodos

Dudu Maia – produtor, compositor, bandolinista, cabeça da Casa do Som, é parceiro responsável pela finalização e tratamento das vozes do EP

Felipe Cavalcante - designer e ilustrador, responsável por todo o trabalho gráfico da Suíte

 

Recompensas

 

Além das recompensas adoráveis que a gente sempre vê e gosta nas campanhas de arrecadação, aqui a gente resolveu botar pra jogo outras cositas a mais.

 

Quem aqui sabe que a Tatá é uma tipa que também se expressa através das artes plásticas? Pois! Contribuindo com Suíte para Eletrodos vocês poderão entrar em contato com dois trabalhos plásticos da Tatá. Por uma pequena contribuição, por exemplo, vocês poderão ter o prazer de ligar o Foda-se!

 

 

Perguntem a quem já ligou e vejam se não vale a pena! O esquema é simples: nos reuniremos em horários marcados em algum boteco da cidade e já está – quem contribuiu terá a máquina de ligar o foda-se ao alcance das mãos.

 

Temos também disponíveis para as recompensas 6 unidades da obra pop Lé com Cré (da Tatá), um tipo de bússola para orientar nossas vidas cotidianas. Quem não precisa de uma bússola nestes tempos sombrios?

 

Além disso, temos sensacionais cartões-postais siderais feitos por Miguel Haru :)

Mas não acaba aqui. Vindo diretamente das mãos e da mente de Danú Gontijo temos 2 recompensas perturbadoras. Vocês vão querer, que eu sei. É o projeto Musico sua tese, musico sua vida! Sim! Contribuindo substancialmente com Suíte para Eletrodos, você poderá ter uma canção para chamar de sua, feita pela Danú! :)

 

No mais, teremos 30 vagas para um pocket show na Casa Passarinha, que vai ser tudo de bom!

 

Pois então, tendo tempo, passem ali nas recompensas (tem coisas de todo tamanho) e se não puderem contribuir neste momento, compartilhem a campanha, recomendem pras amigas, mostrem nosso som por aí – isso faz muita diferença!

 

 

 

 

Efemérides de Tatá e Danú:

 

* 2015

lançam O Leve nas plataformas digitais

participam do Sofar Sounds Bsb

 

* 2016

o single Foi foda quando você soltou a minha mão ganha os prêmios de melhor intérprete e melhor arranjo do Festival da Rádio Nacional;

 

*2017

lançam o clipe de O Leve

o single Terra Seca chega à final do Festival da Rádio Nacional

 

*2018

 

lançam o EP Cantadas, com o Trio Brasileiro

o single Papai Coragem (com o Triptuiu, com Dudu Maia e Pretx Breu) é classificado para a primeira fase do Festival da RádioNacional

 

*Nossos agradecimentos a Walter Guimarães (foto capa) e a Mônica Siqueira e Sarah Malta (captação do vídeo). O que faríamos sem as/os amigas(os)?

 

 

Tatá e Danú ainda não publicou nenhuma notícia.