3ª Festa do Fandango Caiçara de Cananeia |

3ª Festa do Fandango Caiçara de Cananeia

Um encontro de celebração da cultura e da resistência caiçara que vive e se reinventa em harmonia com a Mata Atlântica. Entre nesse mutirão e colabore conosco.

Projeto por: Fernando Oliveira Silva
R$ 1.510,00
arrecadado
meta R$ 6.000,00

21 benfeitores
apoiaram essa campanha

Não foi dessa vez :/

A meta de arrecadação não foi atingida e todas as colaborações foram estornadas. Obrigado pelo apoio ainda assim!

POR

Fernando Oliveira Silva

Fernando Oliveira Silva

Biólogo, Educador e Guia de Turismo

R$ 10
Adufo
Seja o primeiro a apoiar!
Citaremos os nomes das/os colaboradoras/es na lista de agradecimento do mutirão que será publicada na página virtual www.fandangoemcananeia.art.br.
R$ 20
Machete
1 benfeitor apoiando
Além de citar os nomes na página virtual enviaremos um certificado digital de agradecimento via email as/aos colaboradoras/es.
R$ 50
Caixa de folia
3 benfeitores apoiando
Além das recompensas citadas anteriormente, entregaremos as/aos colaboradoras/es um CD de um grupo de fandango (a definir) no dia da festa em Cananeia. Caso a/o colaboradora/r não venha o envio via postal também será possível, mas as despesas de envio deverão ser custeadas pela/o premiada/o.

77 disponíveis.
R$ 100
Viola caiçara
2 benfeitores apoiando
Quem colaborar receberá no dia da festa todas as recompensas anteriores e também uma garrafa da tradicional bebida caiçara, conhecida como "cataia", produzida nas cidades de Iguape, Peruíbe e Cananeia (SP) e Guaraqueçaba e Paranaguá (PR). Caso a/o colaboradora/r não venha o envio via postal também será possível, mas as despesas de envio deverão ser custeadas pela/o premiada/o.

48 disponíveis.
R$ 300
Rabeca caiçara
Seja o primeiro a apoiar!
Acrescentaremos aos prêmios descritos anteriormente, uma garrafa da tradicional Mãe 'ca fia, bebida caiçara produzida em Paranaguá e Guaraqueçaba (PR), e réplicas em miniatura de um oratório e de uma canoa caiçara . A entrega será no dia da festa, mas caso a/o colaboradora/r não venha o envio via postal será possível desde que as despesas de envio sejam custeadas pela/o premiada/o.

30 disponíveis.
R$ 500
Salve Mestre!!!
Seja o primeiro a apoiar!
A recompensa "Salve Mestre!!!" inclui todos os outros itens anteriores (Agradecimento + Certificado + CD Fandango Caiçara + Cataia + Mãe 'ca Fia + Oratório e canoa caiçara réplicas) e ainda uma garrafa de Consertada, bebida caiçara produzida em Ubatuba (SP), e também um passeio de escuna para conhecer e observar os botos do Lagamar e visitar a Comunidade Caiçara do Itacuruça e Pereirinha (Ilha do Cardoso - Cananeia/SP). Caso a/o colaboradora/r não venha a festa poderá agendar o passeio para outra data. O envio via postal dos outros prêmios o envio via postal será possível desde que as despesas de envio sejam custeadas pela/o premiada/o.

10 disponíveis.
R$ 1.000
Salve Mestra!!!
Seja o primeiro a apoiar!
A recompensa "Salve Mestra!!!" inclui todos os outros itens anteriores e ainda um pacote de viagem com a equipe da Matimpererê Turismo de Experiência (www.matimperere.com.br) onde além de participar da festa você conhecerá comunidades caiçaras que vivem em harmonia com a natureza exuberante da Mata Atlântica da Ilha do Cardoso. Caso a/o colaboradora/r não venha a festa poderá agendar o passeio para outra data. O envio via postal dos outros prêmios será possível desde que as despesas de envio sejam custeadas pela/o premiada/o.

6 disponíveis.

Os fandangueiros cananeenses, em parceria com o Ponto de Cultura Caiçaras e com o Comitê de Salvaguarda do Fandango Caiçara, realizará entre os dias 11 e 13 de outubro de 2018 a 3ª Festa do Fandango Caiçara de Cananeia. Será como nos antigos mutirões, ou seja, baseado no trabalho coletivo visando a receber as caravanas que virão de todas as cidades que fazem parte do Território do Fandango Caiçara, a saber: Paranaguá e Guaraqueçaba (PR), Iguape, Peruíbe e Ubatuba (SP) e Paraty (RJ).

Por isso, convidamos a todas e a todos que compõem a nossa rede no Território do Fandango Caiçara a colaborarem com a nossa campanha de financiamento colaborativo. Como não contamos ainda com recursos financeiros pedimos o seu apoio financeiro para que possamos custear primeiramente as despesas de alimentação e em seguida as despesas relacionadas a hospedagem, transporte e cachê artístico das caravanas convidadas para o nosso grande encontro de celebração.

 

 

Música, dança, aprendizado e festa em um mergulho na sabedoria ancestral relacionada a tradição musical do povo caiçara que vive em harmonia com a natureza no maior trecho de Mata Atlântica do Brasil.

No próximo feriado a cidade histórica de Cananeia se transformará na Capital do Fandango Caiçara. O município fica entre o litoral sul de São Paulo e norte do Paraná, num local que abriga o maior trecho de mata atlântica preservado do país e em que vivem comunidades tradicionais caiçaras que ainda resguardam antigos saberes e fazeres relacionados a sua secular cultura.

Dentre eles, o Fandango Caiçara, nome dado a principal manifestação cultural popular fortemente associada ao seu modo de vida, une dança e música num contexto social mais amplo. Sua prática sempre esteve vinculada à organização de trabalhos coletivos (mutirões) onde o organizador oferecia como pagamento aos voluntários um baile farto em comida e alegria.

Um jeito de viver em profunda integração com a natureza que também era a principal diversão e momento de socialização durante as festas religiosas, batizados, casamentos e, especialmente, no carnaval, onde comemorava-se os quatro dias ao som de seus instrumentos.

 

 

Um grande encontro que reunirá de mestras e mestres da cultura popular caiçara das cidades de Paraty (RJ), Ubatuba (SP), Peruíbe (SP), Iguape (SP), Cananeia (SP), Guaraqueçaba (PR) e Paranaguá (PR).

Como num grande mutirão à cidade receberá caravanas de todas as cidades que compõem o chamadoTerritório do Fandango Caiçara. Oportunidade única de conviver com mestras e mestres fandangueiros nas ruas da cidade histórica de Cananeia.

Um momento de intensas trocas numa experiência que o levará ainda à conhecer os lugares em que vivem ou viveram os detentores desse saber reconhecido como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo Governo Federal através do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

 

 

Os fandangueiros cananeenses, em parceria com o Ponto de Cultura Caiçaras e com o Comitê de Salvaguarda do Fandango Caiçara, realizará entre os dias 11 e 13 de outubro de 2018 a 3ª Festa do Fandango Caiçara de Cananeia. Será como nos antigos mutirões, ou seja, baseado no trabalho coletivo visando a receber as caravanas que virão de todas as cidades que fazem parte do Território do Fandango Caiçara, a saber: Paranaguá e Guaraqueçaba (PR), Iguape, Peruíbe e Ubatuba (SP) e Paraty (RJ).

Por isso, convidamos a todas e a todos que compõem a nossa rede no Território do Fandango Caiçara a colaborarem com a nossa campanha de financiamento colaborativo. Como não contamos ainda com recursos financeiros pedimos o seu apoio financeiro para que possamos custear primeiramente as despesas de alimentação e em seguida as despesas relacionadas a hospedagem, transporte e cachê artístico das caravanas convidadas para o nosso grande encontro de celebração.

 

 

Música, dança, aprendizado e festa em um mergulho na sabedoria ancestral relacionada a tradição musical do povo caiçara que vive em harmonia com a natureza no maior trecho de Mata Atlântica do Brasil.

No próximo feriado a cidade histórica de Cananeia se transformará na Capital do Fandango Caiçara. O município fica entre o litoral sul de São Paulo e norte do Paraná, num local que abriga o maior trecho de mata atlântica preservado do país e em que vivem comunidades tradicionais caiçaras que ainda resguardam antigos saberes e fazeres relacionados a sua secular cultura.

Dentre eles, o Fandango Caiçara, nome dado a principal manifestação cultural popular fortemente associada ao seu modo de vida, une dança e música num contexto social mais amplo. Sua prática sempre esteve vinculada à organização de trabalhos coletivos (mutirões) onde o organizador oferecia como pagamento aos voluntários um baile farto em comida e alegria.

Um jeito de viver em profunda integração com a natureza que também era a principal diversão e momento de socialização durante as festas religiosas, batizados, casamentos e, especialmente, no carnaval, onde comemorava-se os quatro dias ao som de seus instrumentos.

 

 

Um grande encontro que reunirá de mestras e mestres da cultura popular caiçara das cidades de Paraty (RJ), Ubatuba (SP), Peruíbe (SP), Iguape (SP), Cananeia (SP), Guaraqueçaba (PR) e Paranaguá (PR).

Como num grande mutirão à cidade receberá caravanas de todas as cidades que compõem o chamadoTerritório do Fandango Caiçara. Oportunidade única de conviver com mestras e mestres fandangueiros nas ruas da cidade histórica de Cananeia.

Um momento de intensas trocas numa experiência que o levará ainda à conhecer os lugares em que vivem ou viveram os detentores desse saber reconhecido como Patrimônio Cultural Brasileiro pelo Governo Federal através do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

 

 

Fernando Oliveira Silva ainda não publicou nenhuma notícia.