Romola & Nijinsky |

Romola & Nijinsky

Espetáculo imersivo sobre a relação entre o bailarino Vaslav Nijinsky, considerado o "Deus da Dança" e sua mulher, a aristocrata e bailarina Romola de Pulsz

Projeto por: Regina Miranda
R$ 11.075,00
arrecadado
meta R$ 1.500,00

40 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Regina Miranda

Regina Miranda

R$ 15
TEMPOS DIFÍCEIS, MAS QUERO COLABORAR!
1 benfeitor apoiando
Aqui você investe em nosso espetáculo e ganha nosso reconhecimento com seu nome publicado na página de Facebook da peça.
R$ 40
AJUDA NOS PRIMEIROS PASSOS
10 benfeitores apoiando
Você garante a sua meia entrada antes que os ingressos sejam colocados `a venda para o publico, colabora com a campanha e ganha nosso reconhecimento na página de Facebook da peça e no nosso Instagram.
R$ 80
ESTAMOS JUNTOS!
7 benfeitores apoiando
Você garante uma entrada inteira antes que os ingressos sejam colocados à venda para o público, garante as recompensas anteriores, colabora com a campanha e ganha uma foto com o elenco que será publicada na página de Facebook da peça e no nosso Instagram.
R$ 100
APOIADORES ÂMBAR
1 benfeitor apoiando
Você garante as recompensas anteriores, terá seu depoimento publicado na página de Facebook da peça e no nosso Instagram e seu nome incluído entre os “Apoiadores Âmbar” no Programa do espetáculo.
R$ 150
APOIADORES AMETISTA
8 benfeitores apoiando
Você garante 2 ingressos para o espetáculo e as recompensas anteriores. Terá seu depoimento publicado nas nossas páginas de Facebook e Instagram e seu nome incluído entre os “Apoiadores Ametista” no Programa do espetáculo.
R$ 200
APOIADORES SAFIRA
4 benfeitores apoiando
Você garante 2 ingressos para o espetáculo e 50% de desconto para mais 2 acompanhantes, além das outras recompensas anteriores. Terá seu depoimento publicado nas nossas páginas de Facebook e Instagram e seu nome incluído entre os “Apoiadores Safira” no Programa do espetáculo.
R$ 400
APOIADORES PÉROLA
2 benfeitores apoiando
Você garante 4 ingressos para o espetáculo e as recompensas anteriores. Terá seu depoimento publicado nas nossas páginas de Facebook e Instagram e seu nome incluído entre os “Apoiadores Pérola” no Programa do espetáculo.
R$ 500
APOIADORES RUBI
2 benfeitores apoiando
Você garante 4 ingressos para o espetáculo e 50% de desconto para mais 2 acompanhantes, além das outras recompensas anteriores. Terá agradecimento ao vivo publicado nas páginas de Instagram e Facebook da peça e seu nome incluído entre os “Apoiadores Rubi” no Programa do espetáculo
R$ 1.000
APOIADORES DIAMANTE
4 benfeitores apoiando
Você garante 6 ingressos para o espetáculo e 50% de desconto para mais 2 acompanhantes, além das outras recompensas anteriores. Terá agradecimento ao vivo publicado nas páginas de Instagram e Facebook da peça, seu nome incluído entre os “Apoiadores Diamante” no Programa do espetáculo

Olá! Muito obrigada por desejar saber sobre nosso novo trabalho e como você pode nos ajudar!

O fato é que algumas estórias precisam ser contadas e outras precisam ser recontadas porque parte delas foi ocultada, ou simplesmente ignorada. Neste momento em que perspectivas femininas começam a ser redimensionadas e identidades sexuais se ampliam para além do binário homo ou heterossexual, nos parece importante revisitar e recontar cenicamente a relação entre Vaslav Nijinsky, aquele que foi considerado o "Deus da Dança", no começo do século XX e sua mulher, a aristocrata e bailarina Romola de Pulszky.

Mais do que narrar, nossa intenção é envolver a plateia na trama e oferecer possibilidades para que cada pessoa possa se relacionar com as questões propostas em cena. Enquanto a versão inicial se apressou em apontar Romola como a vilã da história do afastamento do bailarino dos "Ballets Russes", a mais inovadora companhia de dança da história do Ballet, dirigida por Diaghilev, também amante de Nijinsky, optamos por pesquisar a intimidade deste casamento, que se desenvolveu em meio a sexualidades múltiplas e flutuantes; traçamos uma trajetória de recuperação da voz de Romola em diálogo com a voz dilacerante de Nijinsky e, sobretudo, buscamos criar um território cênico propício à experimentação da vertiginosa pulsação emocional e artística vivida pelo casal até o último dia de vida do bailarino. Para tanto, privilegiamos o formato itinerante e imersivo, que possibilita uma vivência corpo a corpo com a ação cênica.

O QUE PRECISAMOS DE VOCÊ: A intenção desta campanha é solicitar seu apoio financeiro para a finalização da produção de ROMOLA & NIJINSKY, que acontecerá em Agosto de 2019, ocupando 3 andares do Castelinho do Flamengo. Acreditamos que você, assim como nós, deseja que o Rio de Janeiro continue a ser sinônimo de uma cidade criativa e artisticamente inovadora. Romper limites, atravessar fronteiras e trazer o novo esta no DNA da nossa cidade!

Estamos há dois meses da estreia mas, mesmo com nossos esforços bem sucedidos de produção e os apoios institucionais e de materiais que estamos recebendo, há despesas das quais não podemos escapar. São elas: o aluguel, afinação e transporte do piano; o seguro e transporte de móveis e objetos, a maioria dos quais graciosamente emprestada; uma semana de montagem e desmontagem de cenários, som e luz; aluguel de som; aluguel de projetores, gráfica para impressão de programa e painéis, entre outros. E, somente esta parte, não custará menos de R$13.000,00. Sua contribuição será para o pagamento destes itens fundamentais.

O QUE OFERECEMOS: Para que este espetáculo tenha a qualidade artística que desejamos, estamos há 2 anos em pesquisas para a criação do textoe dramaturgia cênica . A partir de março começamos a desenhar a produção e convidar a equipe. Os ensaios de 4 horas diárias já começaram e continuam em Junho e Julho de forma intensiva. Em cena, dois consagrados atores-bailarinos Marina Salomon (Prêmio Cesgranrio 2018 - Melhor Bailarina) e Antonio Negreiros (vindo de NYC especialmente para a montagem), contracenam ao vivo com Clarice Gonzalles, que encarna a grande pianista húngara Lili Kraus, prima de Romola e testemunha discreta desta relação explosiva e não convencional. A concepção, texto, direção, cenário e roteiro musical e coreográfico são de Regina Miranda e o desenho de luz interno e arquitetónico de Paulo Brakarz. 

Mais que tudo, oferecemos o capital artístico e cultural da nossa Companhia. Por 39 anos, a Cia. Regina Miranda & AtoresBailarinos tem apresentado trabalhos que refletem sua investigação de uma linguagem híbrida entre teatro, literatura e dança, que chamamos de Teatro Coreográfico. Desde 1991, quando criamos a Divina Comédia no MAM RJ temos enfatizado as possibilidades imersivas em nossos espetáculos. Este trabalho, amplamente reconhecido nacional e internacionalmente, tem contribuido para a vitalidade das artes do Rio e exemplificado a potência das artes cênicas do Brasil.

Com alegria e dedicação, temos investido nosso tempo e recursos pessoais em ROMOLA & NIJINSKY, mesmo sabendo que a lotação máxima do Castelinho (40 pessoas) não permitirá um retorno financeiro significativo nesta primeira temporada. Mas acreditamos na importância da arte, como expressão de identidade, imaginação e liberdade, sabemos que é preciso estarmos unidos para que as artes cênicas do Rio continuem apresentando sua potência inovadora e contamos que as doações individuais através desta campanha nos farão chegar juntos ao nosso objetivo.

SUA CONTRIBUIÇÃO vai nos ajudar a lhe oferecer mais um belo trabalho. Mesmo que ela seja pequena, por favor não pense que não vai fazer a diferença! O seu gesto será apreciado e você estará declarando publicamente seu apoio ao nosso trabalho artístico de quase 40 anos.

Agradecemos desde já pela sua generosidade, esperando contar também com sua presença no espetáculo!

Obrigada!

Regina Miranda, Marina Salomon, Antonio Negreiros e Clarice Gonzalles 

 

Regina Miranda ainda não publicou nenhuma notícia.

Olá! Muito obrigada por desejar saber sobre nosso novo trabalho e como você pode nos ajudar!

O fato é que algumas estórias precisam ser contadas e outras precisam ser recontadas porque parte delas foi ocultada, ou simplesmente ignorada. Neste momento em que perspectivas femininas começam a ser redimensionadas e identidades sexuais se ampliam para além do binário homo ou heterossexual, nos parece importante revisitar e recontar cenicamente a relação entre Vaslav Nijinsky, aquele que foi considerado o "Deus da Dança", no começo do século XX e sua mulher, a aristocrata e bailarina Romola de Pulszky.

Mais do que narrar, nossa intenção é envolver a plateia na trama e oferecer possibilidades para que cada pessoa possa se relacionar com as questões propostas em cena. Enquanto a versão inicial se apressou em apontar Romola como a vilã da história do afastamento do bailarino dos "Ballets Russes", a mais inovadora companhia de dança da história do Ballet, dirigida por Diaghilev, também amante de Nijinsky, optamos por pesquisar a intimidade deste casamento, que se desenvolveu em meio a sexualidades múltiplas e flutuantes; traçamos uma trajetória de recuperação da voz de Romola em diálogo com a voz dilacerante de Nijinsky e, sobretudo, buscamos criar um território cênico propício à experimentação da vertiginosa pulsação emocional e artística vivida pelo casal até o último dia de vida do bailarino. Para tanto, privilegiamos o formato itinerante e imersivo, que possibilita uma vivência corpo a corpo com a ação cênica.

O QUE PRECISAMOS DE VOCÊ: A intenção desta campanha é solicitar seu apoio financeiro para a finalização da produção de ROMOLA & NIJINSKY, que acontecerá em Agosto de 2019, ocupando 3 andares do Castelinho do Flamengo. Acreditamos que você, assim como nós, deseja que o Rio de Janeiro continue a ser sinônimo de uma cidade criativa e artisticamente inovadora. Romper limites, atravessar fronteiras e trazer o novo esta no DNA da nossa cidade!

Estamos há dois meses da estreia mas, mesmo com nossos esforços bem sucedidos de produção e os apoios institucionais e de materiais que estamos recebendo, há despesas das quais não podemos escapar. São elas: o aluguel, afinação e transporte do piano; o seguro e transporte de móveis e objetos, a maioria dos quais graciosamente emprestada; uma semana de montagem e desmontagem de cenários, som e luz; aluguel de som; aluguel de projetores, gráfica para impressão de programa e painéis, entre outros. E, somente esta parte, não custará menos de R$13.000,00. Sua contribuição será para o pagamento destes itens fundamentais.

O QUE OFERECEMOS: Para que este espetáculo tenha a qualidade artística que desejamos, estamos há 2 anos em pesquisas para a criação do textoe dramaturgia cênica . A partir de março começamos a desenhar a produção e convidar a equipe. Os ensaios de 4 horas diárias já começaram e continuam em Junho e Julho de forma intensiva. Em cena, dois consagrados atores-bailarinos Marina Salomon (Prêmio Cesgranrio 2018 - Melhor Bailarina) e Antonio Negreiros (vindo de NYC especialmente para a montagem), contracenam ao vivo com Clarice Gonzalles, que encarna a grande pianista húngara Lili Kraus, prima de Romola e testemunha discreta desta relação explosiva e não convencional. A concepção, texto, direção, cenário e roteiro musical e coreográfico são de Regina Miranda e o desenho de luz interno e arquitetónico de Paulo Brakarz. 

Mais que tudo, oferecemos o capital artístico e cultural da nossa Companhia. Por 39 anos, a Cia. Regina Miranda & AtoresBailarinos tem apresentado trabalhos que refletem sua investigação de uma linguagem híbrida entre teatro, literatura e dança, que chamamos de Teatro Coreográfico. Desde 1991, quando criamos a Divina Comédia no MAM RJ temos enfatizado as possibilidades imersivas em nossos espetáculos. Este trabalho, amplamente reconhecido nacional e internacionalmente, tem contribuido para a vitalidade das artes do Rio e exemplificado a potência das artes cênicas do Brasil.

Com alegria e dedicação, temos investido nosso tempo e recursos pessoais em ROMOLA & NIJINSKY, mesmo sabendo que a lotação máxima do Castelinho (40 pessoas) não permitirá um retorno financeiro significativo nesta primeira temporada. Mas acreditamos na importância da arte, como expressão de identidade, imaginação e liberdade, sabemos que é preciso estarmos unidos para que as artes cênicas do Rio continuem apresentando sua potência inovadora e contamos que as doações individuais através desta campanha nos farão chegar juntos ao nosso objetivo.

SUA CONTRIBUIÇÃO vai nos ajudar a lhe oferecer mais um belo trabalho. Mesmo que ela seja pequena, por favor não pense que não vai fazer a diferença! O seu gesto será apreciado e você estará declarando publicamente seu apoio ao nosso trabalho artístico de quase 40 anos.

Agradecemos desde já pela sua generosidade, esperando contar também com sua presença no espetáculo!

Obrigada!

Regina Miranda, Marina Salomon, Antonio Negreiros e Clarice Gonzalles 

 

Regina Miranda ainda não publicou nenhuma notícia.