A Gafieira Elite contra o Coronavirus |

A Gafieira Elite contra o Coronavirus

Como você descreveria sua campanha em poucas palavras? Uma campanha para a resistência da arte e do entretenimento no Rio de Janeiro.

Projeto por: Nieves Ester Page lopez
R$ 1.602,00
arrecadado
meta R$ 170.000,00

32
benfeitores

0%
arrecadado

17
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

Ajude-nos a bater nossa meta até 19/07/2020 - 23:59

POR

Nieves Ester Page lopez

Nieves Ester Page lopez
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
11 benfeitores apoiando
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
1 benfeitor apoiando
R$ 80
Apoiar essa campanha com R$ 80
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 100
Apoiar essa campanha com R$ 100
2 benfeitores apoiando
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
2 benfeitores apoiando
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!

Não encontrou o que queria?

Outro valor

A Gafieira Elite é parte da história do Rio de Janeiro e dos cariocas. Fundada em 17 de julho de 1930, em seus quase 90 anos de história, viveu intensamente as mudanças culturais e artísticas pelas quais a cidade passou, tendo sido palco de muitas delas – foi lá, inclusive, que a palavra “gafieira” foi inventada. Nesses muitos anos, seus salões foram frequentados por artistas como Grande Otelo, Braguinha, Pixinguinha, Ciro Monteiro, Cartola, Elza Soares, Elizeth Cardoso, Caetano Veloso, João Bosco, Elba Ramalho, Beth Carvalho e, até mesmo, Mick Jagger (que gravou um clipe lá). A madrinha da casa é Alcione e o seu palco foi batizado em homenagem a João Nogueira. Três presidentes também conheceram a casa: Getúlio, JK e Lula. Hoje, a Gafieira é um espaço que movimenta a noite do Rio de Janeiro com festas de todo o tipo e representa um dos raros espaços de continuidade e preservação da memória cultural carioca. 

Com a chegada da epidemia de COVID-19 e a necessidade do isolamento social, entretanto, a Elite tem passado por um momento muito difícil. Sem poder realizar eventos e sem fontes de renda, em um imóvel alugado, a casa se vê diante da possibilidade de fechar as portas – pela primeira vez, em 90 anos. Caso isso ocorra, morre quase um século de história cultural da cidade. O propósito dessa campanha é angariar fundos para que a Gafieira possa se manter durante o período de isolamento social e voltar com força total, assim que superarmos esse momento difícil.

Em troca das contribuições serão ofertados ingressos para festas a serem trocados no momento em que a casa voltar. Participar dessa campanha é uma forma de garantir, na ausência da atuação do Estado, que as artes e o entretenimento terão condições de sobreviver a pandemia. Patrocinar a Gafieira Elite é uma forma de resistência e de proteção de um futuro para nossa memória coletiva. Contribua!

Nieves Ester Page lopez ainda não publicou nenhuma notícia.

A Gafieira Elite é parte da história do Rio de Janeiro e dos cariocas. Fundada em 17 de julho de 1930, em seus quase 90 anos de história, viveu intensamente as mudanças culturais e artísticas pelas quais a cidade passou, tendo sido palco de muitas delas – foi lá, inclusive, que a palavra “gafieira” foi inventada. Nesses muitos anos, seus salões foram frequentados por artistas como Grande Otelo, Braguinha, Pixinguinha, Ciro Monteiro, Cartola, Elza Soares, Elizeth Cardoso, Caetano Veloso, João Bosco, Elba Ramalho, Beth Carvalho e, até mesmo, Mick Jagger (que gravou um clipe lá). A madrinha da casa é Alcione e o seu palco foi batizado em homenagem a João Nogueira. Três presidentes também conheceram a casa: Getúlio, JK e Lula. Hoje, a Gafieira é um espaço que movimenta a noite do Rio de Janeiro com festas de todo o tipo e representa um dos raros espaços de continuidade e preservação da memória cultural carioca. 

Com a chegada da epidemia de COVID-19 e a necessidade do isolamento social, entretanto, a Elite tem passado por um momento muito difícil. Sem poder realizar eventos e sem fontes de renda, em um imóvel alugado, a casa se vê diante da possibilidade de fechar as portas – pela primeira vez, em 90 anos. Caso isso ocorra, morre quase um século de história cultural da cidade. O propósito dessa campanha é angariar fundos para que a Gafieira possa se manter durante o período de isolamento social e voltar com força total, assim que superarmos esse momento difícil.

Em troca das contribuições serão ofertados ingressos para festas a serem trocados no momento em que a casa voltar. Participar dessa campanha é uma forma de garantir, na ausência da atuação do Estado, que as artes e o entretenimento terão condições de sobreviver a pandemia. Patrocinar a Gafieira Elite é uma forma de resistência e de proteção de um futuro para nossa memória coletiva. Contribua!

Nieves Ester Page lopez ainda não publicou nenhuma notícia.