Ação Cidadania contra o Coronavírus |

Ação Cidadania contra o Coronavírus

Campanha de arrecadação para levar alimentos para os mais atingidos pela crise. Colabore! Quem tem fome, tem pressa!

Projeto por: ASSOCIAÇÃO COMITÊ RIO DA AÇÃO DA CIDADANIA CONTRA A FOME, A MISÉRIA E PELA VIDA
R$ 280.791,00
arrecadado
meta R$ 500.000,00

838
benfeitores

56%
arrecadado

50
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

A primeira meta foi batida! O projeto será realizado, mas a arrecadação continua até 18/05/2020 - 23:59

POR

ASSOCIAÇÃO COMITÊ RIO DA AÇÃO DA CIDADANIA CONTRA A FOME, A MISÉRIA E PELA VIDA

ASSOCIAÇÃO COMITÊ RIO DA AÇÃO DA CIDADANIA CONTRA A FOME, A MISÉRIA E PELA VIDA
R$ 20
Obrigado!
123 benfeitores apoiando
A sua colaboração vai alimentar 20 pessoas!
R$ 50
Vamos juntos!
150 benfeitores apoiando
Com esse valor, conseguimos doar 50 refeições
R$ 100
Cem palavras!
165 benfeitores apoiando
Com essa colaboração, vc alimenta 100 pessoas e ganha um banho de ocitona que será liberado pelo seu corpo pelo prazer de ajudar tanta gente.
R$ 150
Fome zero!
42 benfeitores apoiando
O Brasil tem fome. E você sede de fazer a diferença. Nesta faixa, você alimenta 150 pessoas!
R$ 200
Atitude que inspira!
105 benfeitores apoiando
Sua generosidade nos inspira e alimenta 200 pessoas!!
R$ 500
Mega impacto!
54 benfeitores apoiando
O impacto tá cada vez maior! Com este valor, você alimenta 500 pessoas!!
R$ 1.000
Poder da colaboração!
31 benfeitores apoiando
Com este valor, você alimenta 1000 pessoas! M-I-L! É o poder da união acontecendo e se espalhando pelo Brasil!!
R$ 10.000
Cota solidária
1 benfeitor apoiando
Contribuindo com esse valor, a sua empresa receberá um diploma de Empresa Parceira da Ação contra o Coronavírus!
R$ 25.000
Cota Coletiva
Seja o primeiro a apoiar!
Contribuindo com esse valor, a sua empresa receberá um diploma de Empresa Parceira da Ação contra o Coronavírus!
R$ 50.000
Cota união
Seja o primeiro a apoiar!
Contribuindo com esse valor, a sua empresa receberá um diploma de Empresa Parceira da Ação contra o Coronavírus e garante a distribuição de 50 mil refeições.
R$ 100.000
Cota sonho
Seja o primeiro a apoiar!
Contribuindo com esse valor, a sua empresa receberá um diploma de Empresa Parceira da Ação contra o Coronavírus e impacta a vida de mais de 10 mil pessoas.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

As vítimas econômicas são as mais impactadas pela crise.

Não bastasse a tragédia que é o impacto direto na saúde da população que está contraindo o Coronavirus e a provável explosão de casos quando ela atingir comunidades em risco social devido a altíssima densidade, aglomeração e falta completa de serviços sanitários, o aspecto do impacto econômico desta crise pode ser ainda mais brutal que a própria doença.

Centenas de milhares de famílias nos grande centros urbanos do país, que dependem de trabalho informal ou trabalhos pontuais, estão totalmente desamparados neste momento. A cada semana que passa, com a necessidade do fechamento de empresas e locomoção, estas famílias estão, pouco a pouco, sofrendo a crise da pior forma, ou seja, sem qualquer ajuda financeira para que possam sobreviver.

Se de um lado é muito importante que se respeite as regras impostas pela OMS e governos locais, é mais importante ainda pensar em como essas comunidades, que são a maioria da população do país, vão sobreviver a este período. Muitas famílias podem sobreviver ao Coronavirus mas não à fome.

Nesse sentido, a Ação da Cidadania, com o apoio do Movimento Bem Maior, está intensificando sua atuação de distribuição de alimentos, álcool gel e  folhetos informativos por todo o país e apela a sociedade civil e setor privado que ajudem a levar o mínimo de dignidade para estas famílias, tão atingidas pela grave crise de saúde que o mundo passa.

Quem tem fome, tem pressa.

ENTREGAS DE CESTAS A TODO VAPOR

Desde o início de 2020, após o Natal Sem Fome de 2019,  já foi distribuido quase 1.000 toneladas de alimentos (que corresponde a 4 milhões de pratos de comida), a Ação da Cidadania já distribuiu só no início deste ano mais de 300 toneladas de alimentos para comunidades carentes, primeiro vitimados pelas terríveis chuvas do sudeste e agora afetados pela dramática crise de saúde pública pelo coronavírus que afeta estas comunidades especialmente na questão econômica e social.

São dezenas de milhões de trabalhadores informais ou precarizados que, neste momento, se vêem sem qualquer possibilidade de gerara renda. Famílias que já viviam com muito pouco hoje estão sem nada, se juntando aos quase 15 milhões de brasileiros que já viviam na extrema pobreza no Brasil.

Estamos em um momento trágico e por isto estamos fazendo todo o possível para tentar minimizar os impactos entregando alimentos nestas comunidades atingidas.

Já estamos entregando em RJ, SP e MG e estamos ampliando em breve a entrega para outras localidades do Brasil bastante afetadas pelo coronavírus como o DF e alguns estados do Nordeste e Sul.

A medida que os recursos vão entrando através de doações de pessoas físicas e apoio de empresas, vamos aumentando a capacidade de distribuição e atendendo mais famílias desamparadas. Para isso, estamos criando essa campanha de financiamento coletivo. 

Queremos arrecadar alimentos não perecíveis para levar para às vítimas econômicas da crise em todo o Brasil - e precisamos da sua ajuda! Você pode colaborar financeiramente com a campanha aqui pela plataforma da Benfeitoria. Basta clicar no botão rosa APOIAR e escolher o valor da sua contribuição. As doações são seguras e podem ser feitas por boleto bancário ou cartão de crédito nacional e internacional.

O valor arrecadado por aqui financiará a compra dos alimentos a serem doados e todos os custos logísticos e de mobilização envolvidos na campanha (detalhes abaixo). 

SEGURANÇA DA OPERAÇÃO

A distribuição é feita através dos nossos comitês comunitários,  que estão orientados a tomar todas precauções recomendadas no processo de manuseio e entrega dos alimentos. Nós também estamos repassando orientações de segurança para as famílias beneficiárias da ação.

Como o alimento é entregue em uma cesta fechada e embalada em um saco plástico de segurança, basta que passem água e sabão em volta dela e lavem bem as mãos após a entrega. 

Atentos ao cenário atual, todos nosso comitês foram orientados em relação aos procedimentos de segurança e cuidado. 

 

Com apenas 1 real, a Ação Cidadania, através das entrega das cestas básicas, consegue oferecer um prato de comida! Já imaginou quantas refeições podemos oferecer se o Brasil todo se unir nessa causa??  

Nesta campanha, queremos unir todas esferas sociais para provar que, na mesma proporção da fome, há sede - e movimento - de mudança. 

A campanha de arrecadação pela Benfeitoria dura 60 dias, mas os repasses para o projeto começam a partir do atingimento da primeira meta.  Quem tem fome, tem pressa. 

Sabemos que campanhas de finaciamento coletivo costuma ter recompesas físicas para quem colabora como contrapartida. Aqui, essa relação ganha-ganha recebe um novo sentido! As recompensas têm custos com produção e  com frete para entrega. Por isso, vamos usar esse valor para oferecer mais refeições pelo Brasil. 

Fundada pelo Sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, em 1993, formou uma imensa rede de mobilização de alcance nacional para ajudar 32 milhões de brasileiros que, segundo dados do Ipea, estavam abaixo da linha da pobreza.

É um movimento social que nasceu baseado em um conceito simples: SOLIDARIEDADE, TODOS NÓS PODEMOS. Entre 1993 e 2019 foram arrecadadas mais de 33.000 toneladas de alimentos em todo o Brasil, beneficiando mais de 3.500.000 famílias com o equivalente a 132.000.000 de pratos de comida distribuídos.

Criada no auge do Movimento pela Ética na Política, a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida se transformou no movimento social mais reconhecido do Brasil. Seu principal eixo de atuação é uma extensa rede de mobilização formada por comitês locais da sociedade civil organizada em todo o país, em sua maioria compostos por lideranças comunitárias, mas com participação de todos os setores sociais.

O MBM é uma organização social cujo objetivo é trabalhar em rede para fortalecer o terceiro setor e a cultura de colaboração. Fundada em 2018 pelos empresários Elie Horn, Rubens Menin e Eugênio Matar, a organização tem a meta de dobrar até 2030 o volume financeiro de doações realizadas no Brasil. 

Para atingir estes objetivos, o Movimento Bem Maior vem atuando em duas frentes:

1. Articulando pontes entre projetos sociais estratégicos e grandes filantropos, incentivando o co-investimento social privado para viabilizar projetos nas mais variadas áreas desde que tenham de amplo potencial de escalabilidade e de impacto sistêmico no setor filantrópico.

2. Fomentando a cultura de colaboração no dia a dia, a partir campanhas de comunicação, ações pontuais ou recorrentes com parceiros estratégicos, criação de conteúdo relevante para as mídias, dentre outros.

Contem conosco!

 

COLABORAÇÕES EXTERNAS

R$133.022,00

192 colaboradores

A campanha A campanha Ação Cidadania contra o Coronavírus captou o valor acima através do Programa Sócio-Benfeitor. Quer saber mais? Conheça a ação aqui

ASSOCIAÇÃO COMITÊ RIO DA AÇÃO DA CIDADANIA CONTRA A FOME, A MISÉRIA E PELA VIDA ainda não publicou nenhuma notícia.

As vítimas econômicas são as mais impactadas pela crise.

Não bastasse a tragédia que é o impacto direto na saúde da população que está contraindo o Coronavirus e a provável explosão de casos quando ela atingir comunidades em risco social devido a altíssima densidade, aglomeração e falta completa de serviços sanitários, o aspecto do impacto econômico desta crise pode ser ainda mais brutal que a própria doença.

Centenas de milhares de famílias nos grande centros urbanos do país, que dependem de trabalho informal ou trabalhos pontuais, estão totalmente desamparados neste momento. A cada semana que passa, com a necessidade do fechamento de empresas e locomoção, estas famílias estão, pouco a pouco, sofrendo a crise da pior forma, ou seja, sem qualquer ajuda financeira para que possam sobreviver.

Se de um lado é muito importante que se respeite as regras impostas pela OMS e governos locais, é mais importante ainda pensar em como essas comunidades, que são a maioria da população do país, vão sobreviver a este período. Muitas famílias podem sobreviver ao Coronavirus mas não à fome.

Nesse sentido, a Ação da Cidadania, com o apoio do Movimento Bem Maior, está intensificando sua atuação de distribuição de alimentos, álcool gel e  folhetos informativos por todo o país e apela a sociedade civil e setor privado que ajudem a levar o mínimo de dignidade para estas famílias, tão atingidas pela grave crise de saúde que o mundo passa.

Quem tem fome, tem pressa.

ENTREGAS DE CESTAS A TODO VAPOR

Desde o início de 2020, após o Natal Sem Fome de 2019,  já foi distribuido quase 1.000 toneladas de alimentos (que corresponde a 4 milhões de pratos de comida), a Ação da Cidadania já distribuiu só no início deste ano mais de 300 toneladas de alimentos para comunidades carentes, primeiro vitimados pelas terríveis chuvas do sudeste e agora afetados pela dramática crise de saúde pública pelo coronavírus que afeta estas comunidades especialmente na questão econômica e social.

São dezenas de milhões de trabalhadores informais ou precarizados que, neste momento, se vêem sem qualquer possibilidade de gerara renda. Famílias que já viviam com muito pouco hoje estão sem nada, se juntando aos quase 15 milhões de brasileiros que já viviam na extrema pobreza no Brasil.

Estamos em um momento trágico e por isto estamos fazendo todo o possível para tentar minimizar os impactos entregando alimentos nestas comunidades atingidas.

Já estamos entregando em RJ, SP e MG e estamos ampliando em breve a entrega para outras localidades do Brasil bastante afetadas pelo coronavírus como o DF e alguns estados do Nordeste e Sul.

A medida que os recursos vão entrando através de doações de pessoas físicas e apoio de empresas, vamos aumentando a capacidade de distribuição e atendendo mais famílias desamparadas. Para isso, estamos criando essa campanha de financiamento coletivo. 

Queremos arrecadar alimentos não perecíveis para levar para às vítimas econômicas da crise em todo o Brasil - e precisamos da sua ajuda! Você pode colaborar financeiramente com a campanha aqui pela plataforma da Benfeitoria. Basta clicar no botão rosa APOIAR e escolher o valor da sua contribuição. As doações são seguras e podem ser feitas por boleto bancário ou cartão de crédito nacional e internacional.

O valor arrecadado por aqui financiará a compra dos alimentos a serem doados e todos os custos logísticos e de mobilização envolvidos na campanha (detalhes abaixo). 

SEGURANÇA DA OPERAÇÃO

A distribuição é feita através dos nossos comitês comunitários,  que estão orientados a tomar todas precauções recomendadas no processo de manuseio e entrega dos alimentos. Nós também estamos repassando orientações de segurança para as famílias beneficiárias da ação.

Como o alimento é entregue em uma cesta fechada e embalada em um saco plástico de segurança, basta que passem água e sabão em volta dela e lavem bem as mãos após a entrega. 

Atentos ao cenário atual, todos nosso comitês foram orientados em relação aos procedimentos de segurança e cuidado. 

 

Com apenas 1 real, a Ação Cidadania, através das entrega das cestas básicas, consegue oferecer um prato de comida! Já imaginou quantas refeições podemos oferecer se o Brasil todo se unir nessa causa??  

Nesta campanha, queremos unir todas esferas sociais para provar que, na mesma proporção da fome, há sede - e movimento - de mudança. 

A campanha de arrecadação pela Benfeitoria dura 60 dias, mas os repasses para o projeto começam a partir do atingimento da primeira meta.  Quem tem fome, tem pressa. 

Sabemos que campanhas de finaciamento coletivo costuma ter recompesas físicas para quem colabora como contrapartida. Aqui, essa relação ganha-ganha recebe um novo sentido! As recompensas têm custos com produção e  com frete para entrega. Por isso, vamos usar esse valor para oferecer mais refeições pelo Brasil. 

Fundada pelo Sociólogo Herbert de Souza, o Betinho, em 1993, formou uma imensa rede de mobilização de alcance nacional para ajudar 32 milhões de brasileiros que, segundo dados do Ipea, estavam abaixo da linha da pobreza.

É um movimento social que nasceu baseado em um conceito simples: SOLIDARIEDADE, TODOS NÓS PODEMOS. Entre 1993 e 2019 foram arrecadadas mais de 33.000 toneladas de alimentos em todo o Brasil, beneficiando mais de 3.500.000 famílias com o equivalente a 132.000.000 de pratos de comida distribuídos.

Criada no auge do Movimento pela Ética na Política, a Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida se transformou no movimento social mais reconhecido do Brasil. Seu principal eixo de atuação é uma extensa rede de mobilização formada por comitês locais da sociedade civil organizada em todo o país, em sua maioria compostos por lideranças comunitárias, mas com participação de todos os setores sociais.

O MBM é uma organização social cujo objetivo é trabalhar em rede para fortalecer o terceiro setor e a cultura de colaboração. Fundada em 2018 pelos empresários Elie Horn, Rubens Menin e Eugênio Matar, a organização tem a meta de dobrar até 2030 o volume financeiro de doações realizadas no Brasil. 

Para atingir estes objetivos, o Movimento Bem Maior vem atuando em duas frentes:

1. Articulando pontes entre projetos sociais estratégicos e grandes filantropos, incentivando o co-investimento social privado para viabilizar projetos nas mais variadas áreas desde que tenham de amplo potencial de escalabilidade e de impacto sistêmico no setor filantrópico.

2. Fomentando a cultura de colaboração no dia a dia, a partir campanhas de comunicação, ações pontuais ou recorrentes com parceiros estratégicos, criação de conteúdo relevante para as mídias, dentre outros.

Contem conosco!

 

ASSOCIAÇÃO COMITÊ RIO DA AÇÃO DA CIDADANIA CONTRA A FOME, A MISÉRIA E PELA VIDA ainda não publicou nenhuma notícia.