AfroAporte |

AfroAporte

“Apoiar empreendedores e empreendedoras negros é também fortalecer a economia da cidade de Salvador”.

Project by: Lázaro Raimundo dos Passos Cunha
R$ 92.675,00
pledged
goal R$ 90.000,00

104 backers
backed this campaign

We did it \o/

Thanks to all backers for another successful project. Now, follow the news and comments on the project


BY

Lázaro Raimundo dos Passos Cunha

Lázaro Raimundo dos Passos Cunha
R$ 10
E-mail de agradecimento
4 backers
Vamos te enviar um e-mail agradecendo por apoiar esse iniciativa que vai ajudar a manter vivo o sonho de empreendedor@s negr@s
R$ 20
Vídeo de agradecimento
4 backers
Você receberá um vídeo de agradecimento de um@ empreendedor@ que está sendo diretamente beneficiad@ com o seu apoio financeiro + um adesivo
R$ 50
Máscara de proteção
12 backers
Para continuar se protegendo contra a Covid-19 e para que você possa sair de casa com segurança, vamos encaminhar uma máscara personalizada com a marca do projeto que você apoia.
R$ 75
Kit AfroAporte
2 backers
Nossa equipe vai te enviar um kit com caneta + bloco de notas personalizado com a marca do Afoaporte.
R$ 100 + SHIPPING
Café diferenciado
6 backers
Seu café ou chá não serão mais os mesmos! Você receberá uma linda caneca persnalizada com a nossa marca Afroaporte.
R$ 300
Serviço
1 backer
Se você estiver em Salvador ou passando pela cidade, vai poder conhecer de perto o trabalho de um de nossos empreendedores e usufruir de um serviço que ele/ela ofereça . Pode ser um serviço estético como manicure e pedicure, corte de cabelo, barba, um kit cosmético ( a combinar). Se você está longe, você pode optar por ter 30 min de consultoria, via internet, sobre empreendedorismo. Será uma experiência incrível de troca de conhecimento.
R$ 500
Agradecimento público
Be the first to back!
Seu nome, foto, rede social e região onde mora, serão divulgados em nossa sessão especial, no site que vamos desenvolver para os negócios que serão apoiados pelo Afroaoporte.
R$ 1.000 + SHIPPING
Jantar + peça decorativa
Be the first to back!
hummmm Que tal receber em casa um delivery com delícias da Bahia para 02 (duas) pessoas?! Maravilhoso, não é. Melhor ainda se for preparado por empreendedor@s que participam do Afroaporte. Caso não esteja em Salvador, você poderá trocar por um voucher válido por 07 (sete) mêses - para uso pessoal - para quando estiver em Salvador ou poderá presentear algum@ amig@ com essa delícia. + Uma máscara afrinacana para você decorar um dos ambientes da sua casa, escritório, empresa

O PROJETO

 

O Afroaporte é uma iniciativa que visa fortalecer empreendedores e empreendedoras negras no desenvolvimento de suas atividades econômicas impactadas pelos efeitos da pandemia da Covid-19. Será desenvolvido junto a empreendedores negros e negras nos segmentos de alimentação, estética, serviços, moda, terceiro setor, tecnologia da informação e comunicação.

                                                       

Oriundos das periferias, esses trabalhadores e trabalhadoras atuam na região do centro antigo de Salvador devido ao alto potencial econômico da região. Este projeto, portanto, visa estabelecer um fortalecimento desses empreendedores, apoiando-os no desenvolvimento de suas iniciativas econômicas diante do contexto da economia de mercado brasileira — marcadamente hierarquizada pelo racismo e o sexismo.

                                                      

COMO FUNCIONA

O Projeto AfroAporte está dividido em 03 etapas complementares, distribuídas ao longo de três anos: desenvolvimento de uma plataforma digital que dará visibilidade aos negócios dos empreendedores negros(as), divulgando e fornecendo informações sobre os(as) empreendedores(as), seus produtos e onde encontra-los; realização de trilha formativa que visa oferecer capacitação técnica aos empreendedores negros(as); e a estruturação de redes de empreendedores negros(as) por segmento, que objetiva a ação coletiva de cooperação mútua frente aos desafios da economia de mercado brasileira. 

                                                                                       

Para realização dessa iniciativa precisamos contar com a colaboração de vocês. O financiamento do Projeto Afroaporte está condicionado à nossa capacidade de mobilização de parceiros e parceiras dispostos a contribuir com nossa ideia.

 

COMO VAMOS INVESTIR

Nosso projeto tem um custo anual orçado em R$ 90.000,00. Para financiar o primeiro ano de execução do projeto, precisamos arrecadar pelo menos 1 terço desse valor, ou seja, R$ 30.000,00..Isso porque a cada R$ 1,00 arrecadado, o Fundo Enfrente triplica a colaboração. A campanha é Tudo o Nada! Caso a campanha não atinja a meta de arrecadar os R$ 30.000,00, o valor é devolvido aos colaboradores.

Colabore com nosso projeto e ajude a fortalecer empreendedoras e empreendedores negros. A economia da cidade de Salvador sairá fortalecida e sua marca também, pois estará associada a uma causa extremamente relevante.

Conheça agumas de nossas recompensas para quem apoiar o Afroaporte: 

                                                                                     

                

 

             

 

                                                            

QUEM SOMOS

Essa ação é gestada pelo Instituto Cultural Steve Biko. Organização fundada em 31 de julho de1992, na Bahia que recebeu o nome do líder sul-africano, Bantu Steve Biko, morto na África do Sul pelo regime segregacionista do apartheid na década de setenta do século passado.

A Biko, como é carinhosamente chamada pelos seus colaboradores e beneficiários, tem sua origem na ação pioneira de ativistas do movimento negro que a partir de reflexões sobre a baixa representatividade de estudantes negros e negras nas universidades brasileiras desenvolveram o primeiro curso no Brasil destinado à preparação de estudantes negros e negras para o acesso universitário.

Lázaro Raimundo dos Passos Cunha No posted news yet.

O PROJETO

 

O Afroaporte é uma iniciativa que visa fortalecer empreendedores e empreendedoras negras no desenvolvimento de suas atividades econômicas impactadas pelos efeitos da pandemia da Covid-19. Será desenvolvido junto a empreendedores negros e negras nos segmentos de alimentação, estética, serviços, moda, terceiro setor, tecnologia da informação e comunicação.

                                                       

Oriundos das periferias, esses trabalhadores e trabalhadoras atuam na região do centro antigo de Salvador devido ao alto potencial econômico da região. Este projeto, portanto, visa estabelecer um fortalecimento desses empreendedores, apoiando-os no desenvolvimento de suas iniciativas econômicas diante do contexto da economia de mercado brasileira — marcadamente hierarquizada pelo racismo e o sexismo.

                                                      

COMO FUNCIONA

O Projeto AfroAporte está dividido em 03 etapas complementares, distribuídas ao longo de três anos: desenvolvimento de uma plataforma digital que dará visibilidade aos negócios dos empreendedores negros(as), divulgando e fornecendo informações sobre os(as) empreendedores(as), seus produtos e onde encontra-los; realização de trilha formativa que visa oferecer capacitação técnica aos empreendedores negros(as); e a estruturação de redes de empreendedores negros(as) por segmento, que objetiva a ação coletiva de cooperação mútua frente aos desafios da economia de mercado brasileira. 

                                                                                       

Para realização dessa iniciativa precisamos contar com a colaboração de vocês. O financiamento do Projeto Afroaporte está condicionado à nossa capacidade de mobilização de parceiros e parceiras dispostos a contribuir com nossa ideia.

 

COMO VAMOS INVESTIR

Nosso projeto tem um custo anual orçado em R$ 90.000,00. Para financiar o primeiro ano de execução do projeto, precisamos arrecadar pelo menos 1 terço desse valor, ou seja, R$ 30.000,00..Isso porque a cada R$ 1,00 arrecadado, o Fundo Enfrente triplica a colaboração. A campanha é Tudo o Nada! Caso a campanha não atinja a meta de arrecadar os R$ 30.000,00, o valor é devolvido aos colaboradores.

Colabore com nosso projeto e ajude a fortalecer empreendedoras e empreendedores negros. A economia da cidade de Salvador sairá fortalecida e sua marca também, pois estará associada a uma causa extremamente relevante.

Conheça agumas de nossas recompensas para quem apoiar o Afroaporte: 

                                                                                     

                

 

             

 

                                                            

QUEM SOMOS

Essa ação é gestada pelo Instituto Cultural Steve Biko. Organização fundada em 31 de julho de1992, na Bahia que recebeu o nome do líder sul-africano, Bantu Steve Biko, morto na África do Sul pelo regime segregacionista do apartheid na década de setenta do século passado.

A Biko, como é carinhosamente chamada pelos seus colaboradores e beneficiários, tem sua origem na ação pioneira de ativistas do movimento negro que a partir de reflexões sobre a baixa representatividade de estudantes negros e negras nas universidades brasileiras desenvolveram o primeiro curso no Brasil destinado à preparação de estudantes negros e negras para o acesso universitário.

Lázaro Raimundo dos Passos Cunha No posted news yet.