[RJ] Água é direito |

[RJ] Água é direito

Garanta o abastecimento de água para 80 famílias da Serra da Misericórdia com a construção de uma cisterna de 20 mil litros.

Projeto por: Ana Paula da Cruz Santos
R$ 39.555,00
arrecadado
meta R$ 29.800,00

104 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Ana Paula da Cruz Santos

Ana Paula da Cruz Santos
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
10 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
11 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 80
Apoiar essa campanha com R$ 80
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 100
Apoiar essa campanha com R$ 100
9 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
7 benfeitores apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
1 benfeitor apoiando
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pela sua colaboração!

O acesso à água potável é um direito de todos. Nas favelas do Complexo da Penha, moradores passam mais de um mês sem água por falta abastecimento da CEDAE. Isso nas favelas que tem encanamento e recebem abastecimento de água. Ao mesmo tempo, estamos no último maciço verde da Zona Norte, a Serra da Misericórdia, que já foi chamada de Serra Chorona, pelo grande número de nascentes no Morro. Temos água, mas não temos como armazená-la para garantir que não falte água para a população.

Garantir água potável para as pessoas é uma questão de soberania alimentar, saúde e bem viver. Queremos construir uma cisterna de 20 mil litros, semelhante às cisternas do semi-árido. A água servirá tanto para consumo, quanto para a irrigação, ampliando o plantio nos quintais e hortas da Serra da Misericórdia. Assim, promovemos o cuidado com a saúde e higiene, e ainda a produção de alimentos saudáveis para alimentar e fortalecer a imunidade das famílias.

Todas os doadores terão o nome registrado em uma placa na cisterna, no site do Arranjo Local Penha e nas postagens de agradecimento nas nossas redes sociais.

Com a sua colaboração iremos:

- Prover água para famílias sem acesso à água encanada, contribuindo com a autonomia de água nas casas.
- garantir abastecimento de água para ampliar o plantio nos quintais e hortas na Serra da Misericórdia buscando a produção de alimentos saudáveis para prover melhor alimentação e fortalecer a imunidade das famílias.
- Prover água para a conscientização e cuidados de higiene.

O CEM trabalha para promoção de soberania alimentar nutricional na Serra da Misericórdia nas bases da agroecologia. Oferecemos um contraponto ao que a realidade social insiste em impor à população, promovendo assim o fortalecimento da comunidade, a socialização, autonomia, voltados a práticas alimentares, de agricultura urbana e de saúde integral.

O Arranjo Local Penha é uma rede de parceiros cujo objetivo é promover a soberania alimentar e agricultura urbana no Complexo de favelas da Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro. O Arranjo Local é entendido como um esforço de diversos atores sociais (pessoas físicas e jurídicas) para promover ações e impulsionar o debate sobre alimentação saudável e agroecologia. São desenvolvidas diretamente no território atividades como oficinas, vivências, palestras, mutirões, formação e articulações junto a redes e outros movimentos.

O foco será nas comunidades mais carentes do Complexo da Penha/RJ, situadas no meio da Serra da Misericórdia: as favelas Terra Prometida e Estradinha. Lá vivem 80 famílias, em sua maioria nordestinas, que moram em barracos improvisados. O Estado é ausente e não há serviços de energia elétrica, encanamento de água, saneamento básico ou asfalto.

Nessa região, as famílias trabalham em serviços ligados à entrega, obra civil, ou são empregadas domésticas, ambulantes que, com a quarentena, se viram sem estrutura em casa e sem renda, tornando as condições de vida na favela ainda mais difíceis.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

COLABORAÇÕES EXTERNAS

R$1.000,00

colaborador

A campanha [RJ] Água é direito captou os valores acima através de ações de arrecadação independentes, ou seja, fora da plataforma Benfeitoria. Ficou com dúvidas? Clique aqui

Instabilidade nos pagamento com cartão

Em: 05/05/2020 14:11

Pessoal, a plataforma tem apresentado instabilidades com os pagamentos com cartão. Caso o pagamento com o cartão não funcionar, a opção boleto está funcionando normalmente. Se você não quiser depositar por boleto, envie um e-mail pra cem.contatos@gmail.com que enviamos uma conta bancária para depósito e depois depositaremos sua doação na campanha.


O acesso à água potável é um direito de todos. Nas favelas do Complexo da Penha, moradores passam mais de um mês sem água por falta abastecimento da CEDAE. Isso nas favelas que tem encanamento e recebem abastecimento de água. Ao mesmo tempo, estamos no último maciço verde da Zona Norte, a Serra da Misericórdia, que já foi chamada de Serra Chorona, pelo grande número de nascentes no Morro. Temos água, mas não temos como armazená-la para garantir que não falte água para a população.

Garantir água potável para as pessoas é uma questão de soberania alimentar, saúde e bem viver. Queremos construir uma cisterna de 20 mil litros, semelhante às cisternas do semi-árido. A água servirá tanto para consumo, quanto para a irrigação, ampliando o plantio nos quintais e hortas da Serra da Misericórdia. Assim, promovemos o cuidado com a saúde e higiene, e ainda a produção de alimentos saudáveis para alimentar e fortalecer a imunidade das famílias.

Todas os doadores terão o nome registrado em uma placa na cisterna, no site do Arranjo Local Penha e nas postagens de agradecimento nas nossas redes sociais.

Com a sua colaboração iremos:

- Prover água para famílias sem acesso à água encanada, contribuindo com a autonomia de água nas casas.
- garantir abastecimento de água para ampliar o plantio nos quintais e hortas na Serra da Misericórdia buscando a produção de alimentos saudáveis para prover melhor alimentação e fortalecer a imunidade das famílias.
- Prover água para a conscientização e cuidados de higiene.

O CEM trabalha para promoção de soberania alimentar nutricional na Serra da Misericórdia nas bases da agroecologia. Oferecemos um contraponto ao que a realidade social insiste em impor à população, promovendo assim o fortalecimento da comunidade, a socialização, autonomia, voltados a práticas alimentares, de agricultura urbana e de saúde integral.

O Arranjo Local Penha é uma rede de parceiros cujo objetivo é promover a soberania alimentar e agricultura urbana no Complexo de favelas da Penha, Zona Norte do Rio de Janeiro. O Arranjo Local é entendido como um esforço de diversos atores sociais (pessoas físicas e jurídicas) para promover ações e impulsionar o debate sobre alimentação saudável e agroecologia. São desenvolvidas diretamente no território atividades como oficinas, vivências, palestras, mutirões, formação e articulações junto a redes e outros movimentos.

O foco será nas comunidades mais carentes do Complexo da Penha/RJ, situadas no meio da Serra da Misericórdia: as favelas Terra Prometida e Estradinha. Lá vivem 80 famílias, em sua maioria nordestinas, que moram em barracos improvisados. O Estado é ausente e não há serviços de energia elétrica, encanamento de água, saneamento básico ou asfalto.

Nessa região, as famílias trabalham em serviços ligados à entrega, obra civil, ou são empregadas domésticas, ambulantes que, com a quarentena, se viram sem estrutura em casa e sem renda, tornando as condições de vida na favela ainda mais difíceis.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Instabilidade nos pagamento com cartão

Em: 05/05/2020 14:11

Pessoal, a plataforma tem apresentado instabilidades com os pagamentos com cartão. Caso o pagamento com o cartão não funcionar, a opção boleto está funcionando normalmente. Se você não quiser depositar por boleto, envie um e-mail pra cem.contatos@gmail.com que enviamos uma conta bancária para depósito e depois depositaremos sua doação na campanha.