AJUDE EU A TER PASSAPORTE |

AJUDE EU A TER PASSAPORTE

Necessito de um passaporte, pra várias finalidades. Mas fui perseguido pela Maçonaria/CIA, que acabou me deixando com diversas dificuldades financeiras. Ajude!

Projeto por: Haijin Miguel Léo
R$ 0,00
arrecadado
meta R$ 777,00

0 benfeitores
apoiaram essa campanha

Não foi dessa vez :/

A meta de arrecadação não foi atingida e todas as colaborações foram estornadas. Obrigado pelo apoio ainda assim!

POR

Haijin Miguel Léo

Haijin Miguel Léo

  Há quase meia década vinha, e veio, enfrentando stalking e cybertortura por parte dos fétidos e desengonçados cães maçonicos, e seus "alto-iniciados cultivadores de florzinha, mestres do verdadeiro zen-bonsai". Quando perceberam minha mediunidade, tudo piorou, e tentaram me demonizar em meio aos seus círculos de hipocrisia espiritista-neopentecostais, enquanto conduziam diversas "experiências" ( na verdade, mero sadismo). Isto comprometeu muito minha vida financeira e social, e neste momento me vejo sem perspectiva de conseguir um passaporte trabalhando por ele, pois toda vez que arrumo trabalho, passam dois ou tres dias aparece um deles. A despeito dos prejuízos que tive, toda essa perseguição foi muito importante para evidenciar os traidores da Blockchain; portanto, venho aqyi pedir ajuda, pra finalmente deixar este inferno para trás (e esses ratos e vermes se comendo uns aos outros). Deixe sua contribuição em prol de uma Alma Livre! Necessito apenas do suficiente para o passaporte, maa arredondei os r$550 e poucos em um valor mais "simbólico", R$777,00 (o que pagará as fotos e a COMISSÃO DA BENFEITORIA sem comprometer o passaporte). Depois lançarei uma campanha em prol de uma passagem (só de ida). 

Haijin Miguel Léo ainda não publicou nenhuma notícia.

  Há quase meia década vinha, e veio, enfrentando stalking e cybertortura por parte dos fétidos e desengonçados cães maçonicos, e seus "alto-iniciados cultivadores de florzinha, mestres do verdadeiro zen-bonsai". Quando perceberam minha mediunidade, tudo piorou, e tentaram me demonizar em meio aos seus círculos de hipocrisia espiritista-neopentecostais, enquanto conduziam diversas "experiências" ( na verdade, mero sadismo). Isto comprometeu muito minha vida financeira e social, e neste momento me vejo sem perspectiva de conseguir um passaporte trabalhando por ele, pois toda vez que arrumo trabalho, passam dois ou tres dias aparece um deles. A despeito dos prejuízos que tive, toda essa perseguição foi muito importante para evidenciar os traidores da Blockchain; portanto, venho aqyi pedir ajuda, pra finalmente deixar este inferno para trás (e esses ratos e vermes se comendo uns aos outros). Deixe sua contribuição em prol de uma Alma Livre! Necessito apenas do suficiente para o passaporte, maa arredondei os r$550 e poucos em um valor mais "simbólico", R$777,00 (o que pagará as fotos e a COMISSÃO DA BENFEITORIA sem comprometer o passaporte). Depois lançarei uma campanha em prol de uma passagem (só de ida). 

Haijin Miguel Léo ainda não publicou nenhuma notícia.