Álbum Atlas |

Álbum Atlas

Faça parte do meu primeiro disco! Me ajude a alcançar esse sonho e aproveite pra sonhar comigo.

Projeto por: Yan Paiva
R$ 10.875,00
arrecadado
meta R$ 10.000,00

74 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Yan Paiva

Yan Paiva

Meu nome é Yan Paiva, tenho 20 anos de idade, sou um artista que preza pelo "nunca feito", e assim vou buscando desenvolver minha própria identidade poética e musical. Componho há 6 anos e comecei a tocar violão há 3, e cantar, por consequência. Já compus cerca de 250 músicas, mas só tenho 5 gravadas em estúdio. Elas fazem parte do meu primeiro trabalho autoral, o EP "Atlas". Minha principal influência musical é a banda Los Hermanos, enquanto minha veia poética veio de minha mãe. Uso o processo criativo pra me desafogar de pensamentos, uma espécie de diário, então, não há jeito melhor de me conhecer do que ouvindo minhas músicas.

R$ 15
"Tô duro, mas tenho uns trocados"
14 benfeitores apoiando
Pra você que está sem grana, mas gosta de minha música e quer contribuir... Colaborando com a cota 1, você recebe 10 músicas do álbum em arquivo digital pra fazer o download antes do lançamento oficial.
R$ 25
Cifras em poucas cifra$
18 benfeitores apoiando
Pra você que quer tocar minha música nas rodas de violão da vida; Colaborando com a cota 2, você recebe o disco inteiro em arquivo digital antes do lançamento oficial + Um caderninho virtual com as cifras de todas as músicas do álbum.
R$ 45
Atlas em sua casa
12 benfeitores apoiando
Pra você que quer um CD autografado sem precisar sair de casa; Colaborando com a cota 3, você recebe o CD autografado, bem aí no conforto de sua casa, com o frete já incluso (válido pra todo o Brasil). + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.
R$ 70
Atlas em sua casa (dose dupla)
3 benfeitores apoiando
Essa é pra você presentear alguém especial; Contribuindo com a cota 4, você recebe 2 CDs autografados, em sua casa (frete incluso pra todo Brasil). + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.
R$ 85
Cartinha manuscrita (ó a exclusividade!)
5 benfeitores apoiando
Essa é uma recompensa muito mais pessoal do que material; Colaborando com a cota 5, você recebe uma cartinha minha agradecendo a sua contribuição (por favor, não repare na letra... foco na mensagem, foco no amor kkk), além de ter o seu nome no encarte do Álbum, como colaborador; + 2 CDs autografados + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.
R$ 100
Bora pro show! (a dois)
10 benfeitores apoiando
Essa também é pra se partilhar com alguém especial; Contribuindo com essa cota, você recebe 2 ingressos pro show de lançamento desse álbum nosso, além de ter o seu nome no encarte dele; + 2 CDs autografados + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.
R$ 150
Brusinha bunita e musiquinha manuscrita
4 benfeitores apoiando
A recompensa pra quem contribuir com essa cota é pra quem quer vestir a camisa da campanha, literalmente; Contribuindo com essa quantia, você recebe uma camisa com o desenho da capa do álbum e ainda ganha uma folhinha com a letra de uma das músicas do disco, manuscrita por mim + 1 ingresso pro show de lançamento do álbum + 1 CD autografado + Seu nome no encarte do disco + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.
R$ 180
Vídeo-spoiler (ó a exclusividade²)
2 benfeitores apoiando
Essa recompensa é para os curiosos de plantão; Contribuindo com esse valor, você recebe por e-mail um videozinho que eu vou fazer cantando uma das músicas do álbum, antes mesmo dele ser gravado; + 2 ingressos pro show de lançamento + 2 CDs autografados + Seu nome no encarte do disco + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.
R$ 250
"Rôu, rôu, rôu!"
3 benfeitores apoiando
Pra você que quer dar uma de papai noel e sair distribuindo CDs pra família inteira... Colaborando com essa cota, você recebe um pacote de 10 CDs autografados pra presentear seus amigos e familiares, aí em sua casa mesmo, com o frete incluso (válido pra todo Brasil); + 2 ingressos pro show de lançamento + Seu nome no encarte do disco + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.
R$ 400
Ao vivo na roça (com acompanhante)
Seja o primeiro a apoiar!
Essa cota é para as pessoas que moram na região de Irecê (ou pra você, que mora longe, mas quer vir pra esse show de qualquer jeito); Colaborando com essa quantia, você vai poder participar de uma noite de música e conversa sobre o álbum, um show bastante intimista aqui no sítio onde moro (aprox.: 2h.) e ainda trazer um(a) acompanhante; + 2 camisas do álbum + 2 ingressos pro show de lançamento + 2 CDs autografados + Seu nome no encarte do disco + Caderno virtual com cifras das músicas do álbum + Álbum em arquivo digital.

40 disponíveis.
R$ 800
"Ê, lá em casa..."
Seja o primeiro a apoiar!
Essa é pra quem quer MUITO que o álbum saia, só que, diferente de mim, está numa situação financeira tranquila; Contribuindo com essa cota, você vai ganhar um Poket Show Acústico exclusivo do disco, voz e violão, em sua casa; + 3 camisas do álbum + 3 CDs autografados + Seu nome no encarte do disco + Recompensas da cota 2. *1 h e 30 min de show *Esta cota é válida por até 4 meses após o lançamento do Álbum. *Para apresentação fora da cidade/região de Irecê, custos adicionais de transporte, hospedagem e alimentação, aparelhagem de som e iluminação por conta do contratante.

5 disponíveis.
R$ 1.500
Show completo do disco!
2 benfeitores apoiando
Pra você que quer CONTRATAR o show completo do Álbum, para um evento a seu gosto, essa é sua cota; Colaborando com essa quantia, você vai ter direito a um Show com 2h de duração, onde vou estar acompanhado de outros 3 músicos; + 5 CDs autografados + 5 Camisas do álbum + Seu nome no encarte do disco + Recompensas da cota 2. *Esta cota é válida por até 4 meses após o lançamento do Álbum. *Para apresentação fora da cidade/região de Irecê, custos adicionais de transporte, hospedagem e alimentação (3 pessoas), aparelhagem de som e iluminação por conta do contratante.

3 disponíveis.

EU E O TAL DE ATLAS

Oi, pessoas! Meu nome é Yan Paiva, tenho 20 anos de idade e descobri minha paixão pela poesia e pela música aos 14. Desde então, sonho em desenvolver minha própria identidade poética e musical. O meu primeiro passo em busca desta realização foi lançar um Minidisco (EP) com 5 faixas, que faz parte de um projeto maior: a produção desse Álbum, que será composto por 17 músicas de minha autoria.

Para tirá-lo do campo das ideias, decidi fazer uso do financiamento coletivo, pois acredito que, assim, a relação entre artista e público fica ainda mais próxima e verdadeira, afinal, todo mundo pode acompanhar de perto o processo de produção e desenvolvimento do projeto, conhecendo a fundo suas ideias e pretenções. Além do mais, a mensagem principal do Álbum Atlas é justamente a de cumplicidade, empatia e aproximação entre as pessoas. E por fim, mas não menos importante, como já dizia o poeta: "money, que é good, nós num have". Pois é, eu realmente não tenho dinheiro: é vero.


A recepção positiva que o EP teve me deu um gás pra pôr o projeto pra frente. No dia do show de lançamento do trabalho, a grande maioria das pessoas que ali estavam já sabia cantar minhas músicas. Literalmente, tomei um susto. Me senti acolhido de uma forma que não esperava. Foi um dos momentos mais bonitos que já vivi. A sensação de estar fazendo o que se gosta e ver que há pessoas que gostam do que você faz é algo que pra explicar eu teria que gastar quase todos os clichês que conheço, incluindo esse que acabei de dizer.

A faixa n° 1 do EP, chamada "Castelo de Areia", ganhou um videoclipe, do qual tenho muito orgulho. Foi uma produção totalmente independente, onde eu e 3 amigos-irmãos, de ousados que somos, nos reviramos pra fazer. O que nós tínhamos de ideias e força de vontade pra fazê-lo, nos faltava em experiência e recursos técnicos e financeiros. Mas, no fim das contas, essa falta passou quase despecebida, porque, além de ideias e vontade, tinha um outro detalhe a nosso favor: a cumplicidade. (ownnt <3)


POR QUE “ATLAS”?

As músicas do Álbum têm um estilo Indie Rock (mas, justamente pela independência do estilo, há uma liberdade criativa que faz com que o rótulo se torne quase que obsoleto). Elas abordam temas que vão da desconstrução à reafirmação pessoal, tendo como ideal base o fato de que necessitamos uns dos outros para nos reerguermos e nos mantermos firmes (profundo, não? rs). Na música que dá nome ao disco, há um trecho que diz: "portanto fique ao meu lado e que desabem céus, podemos dividir o peso". Essa frase resume bem a mensagem que quero transmitir com o CD.

"Atlas" é o nome de uma figura mitológica grega, um titã, que é condenado por Zeus a carregar o peso do céu nas costas por toda a eternidade. Esse castigo sustenta, metaforicamente, a ideologia do disco, pois descarrego em Atlas uma parte do peso de minhas indagações e afins. Além disso, o Álbum também é uma espécie de convite para dividirmos o peso que carregamos sozinhos, já que, apesar de só nós sabermos a dor e a delícia de sermos quem somos, podemos contar uns com os outros para nos entendermos melhor. E como ninguém vai a lugar algum sozinho, eu espero erguer esse projeto junto a vocês, afinal, ”eu não me chamo Atlas”.

Aí vocês me perguntam: "mas, Yan, por que mitologia grega?". Simples: primeiramente ("Fora, Temer", dessa vez, não, rs), sou fascinado pela cultura grega desde muito novo. Ela me "apresentou" dois dos meus maiores amores na vida: Cinema e Livros; sendo a animação da Disney "Hércules" o meu filme predileto quando criança, e  "Percy Jackson e os Olimpianos", a primeira saga de livros que li na vida, ela narra a história de um semideus filho de Poseidon. A segunda coisa que me motivou foi o fato da Grécia ser o berço da cultura ocidental. Achei interessante que o meu primeiro projeto artístico, o berço da minha arte, tivesse um pé lá.


A SUA PARTICIPAÇÂO NO PROJETO

As redes sociais possibilitam uma relação muito mais direta entre o artista e seu público. Tenho pra mim que essa interação seja o ponto forte para que o projeto se concretize. Essa troca me mobiliza e motiva a estar sempre criando, tentando inovar e buscando materializar minhas ideias para que, assim, projetos como o "Álbum Atlas" se tornem realidade, e que essa realidade aconteça da melhor maneira possível.

O financiamento coletivo acontece da seguinte maneira: tenho um projeto, só que não tenho o capital para realizá-lo. Para isto, crio cotas, com diferentes recompensas, para que as pessoas que tenham interesse no projeto possam contribuir, recebendo em troca a gratificação equivalente ao valor de sua contribuição. No meu projeto, as cotas são diversas e com recompensas (bem caprichadas, por sinal, rs) que terei o maior prazer em oferecê-las a quem estiver ao meu lado nessa empreitada. Essas recompensas vão desde o download virtual das músicas a um show completo do disco, em qualquer lugar do Brasil. Vale a pena conferir qual é a mais interessante pra você, e olha, tem um monte de coisa legal. Caso o projeto atinja a meta, todos saem felizes, saltitantes, serelepes e pirilampos, pois, significa que o disco saiu do papel e vai se tornar realidade!! (Aêeeee!) Porém... se não atingirmos a meta, todo o valor é devolvido aos colaboradores e o projeto não acontece. Por isso é fundamental a sua contribuição e ajuda na divulgação!!

CUSTOS

A meta base da nossa campanha é arrecadar R$ 10 mil reais. Este valor será destinado aos custos de: gravação, músicos, mixagem, masterização, prensagem, envio das recompensas, e os custos das plataformas da campanha. 

  • Pré-Produção: divulgação nas redes sociais,, contratação de equipe de produção do CD e custos com as plataformas da campanha.
  • Produção: direção musical, fotógrafo, site, gravação, mixagem e masterização.
  • Prensagem CD’s: 500 cópias
  • Recompensas: camisetas e custos de envio.
  • Músicos: Contratação dos músicos, ensaios e logística.



ATLAS É SOBRE CUMPLICIDADE

O disco terá 17 faixas: 12 inéditas e as outras 5 do EP. Os arranjos já estão sendo pensados e trabalhados com o cuidado que cada música requer. Elas caminham juntas, tendo como ponto de encontro a incompletude do ser humano e o olhar afetuoso do eu lírico para a pessoa a quem se refere, porém, sem deixar de olhar com cuidado pra si mesmo. Acredito que somos seres que não nos sustentamos sozinhos. Não é que precisamos de um alguém específico que nos trará a felicidade romântica que é vendida em nossa sociedade, mas, sim, de “alguéns” diversos, que nos façam bem e que estejam conosco quando nem nós estamos. Convoco-lhes a serem meus cúmplices nesse projeto e a me ajudarem a “cantar” essa história. Agora é a hora em que aquelas frases feitas famosas em filmes de sessão da tarde e livros de autoajuda ganham significado: “Um por todos e todos por um!”, “A união faz a força!”, “Que o tom do nosso canto contagie o mundo...” não, pera... Essa frase aí é de minha música, kkkkkk foi mal, me empolguei aqui hahaha. Enfim, conto com vocês!

>> Para ajudar na divulgação faça o seguinte ritual:
Paaso 1: Tire uma foto segurando a #AlbumAtlas (preferencialmente uma imagem quadrada)!
Passo 2: Publique no instagram! A foto entrará aqui no site como um GRANDE apoiador deste cd!
Passo 3: Tome aqui minha gratidão <3

 

Três meses depois, temos um álbum vindo aí....

Em: 12/05/2017 22:49

Olá, pessoas!

Durante esses três meses desde o término da campanha, eu venho elaborando os arranjos das músicas, gravando-as e agora estou no processo de finalização das canções. Tive que correr contra o tempo, pois agora estou começando a cursar uma faculdade e tinha ideia do quão difícil seria conciliar as duas coisas. Nos próximos dias, estarei lhes deixando a par dos passos seguintes.

Quanto às recompensas?, já estou começando a elaborá-las, porém, o processo deverá demorar um pouco, já que estou longe de casa e terei que negociar tudo de longe. No mais, tá tudo caminhando pra dar certo e eu agradeço demais a vocês por toda ajuda que recebi.

Atlas vem aí...


EU E O TAL DE ATLAS

Oi, pessoas! Meu nome é Yan Paiva, tenho 20 anos de idade e descobri minha paixão pela poesia e pela música aos 14. Desde então, sonho em desenvolver minha própria identidade poética e musical. O meu primeiro passo em busca desta realização foi lançar um Minidisco (EP) com 5 faixas, que faz parte de um projeto maior: a produção desse Álbum, que será composto por 17 músicas de minha autoria.

Para tirá-lo do campo das ideias, decidi fazer uso do financiamento coletivo, pois acredito que, assim, a relação entre artista e público fica ainda mais próxima e verdadeira, afinal, todo mundo pode acompanhar de perto o processo de produção e desenvolvimento do projeto, conhecendo a fundo suas ideias e pretenções. Além do mais, a mensagem principal do Álbum Atlas é justamente a de cumplicidade, empatia e aproximação entre as pessoas. E por fim, mas não menos importante, como já dizia o poeta: "money, que é good, nós num have". Pois é, eu realmente não tenho dinheiro: é vero.


A recepção positiva que o EP teve me deu um gás pra pôr o projeto pra frente. No dia do show de lançamento do trabalho, a grande maioria das pessoas que ali estavam já sabia cantar minhas músicas. Literalmente, tomei um susto. Me senti acolhido de uma forma que não esperava. Foi um dos momentos mais bonitos que já vivi. A sensação de estar fazendo o que se gosta e ver que há pessoas que gostam do que você faz é algo que pra explicar eu teria que gastar quase todos os clichês que conheço, incluindo esse que acabei de dizer.

A faixa n° 1 do EP, chamada "Castelo de Areia", ganhou um videoclipe, do qual tenho muito orgulho. Foi uma produção totalmente independente, onde eu e 3 amigos-irmãos, de ousados que somos, nos reviramos pra fazer. O que nós tínhamos de ideias e força de vontade pra fazê-lo, nos faltava em experiência e recursos técnicos e financeiros. Mas, no fim das contas, essa falta passou quase despecebida, porque, além de ideias e vontade, tinha um outro detalhe a nosso favor: a cumplicidade. (ownnt <3)


POR QUE “ATLAS”?

As músicas do Álbum têm um estilo Indie Rock (mas, justamente pela independência do estilo, há uma liberdade criativa que faz com que o rótulo se torne quase que obsoleto). Elas abordam temas que vão da desconstrução à reafirmação pessoal, tendo como ideal base o fato de que necessitamos uns dos outros para nos reerguermos e nos mantermos firmes (profundo, não? rs). Na música que dá nome ao disco, há um trecho que diz: "portanto fique ao meu lado e que desabem céus, podemos dividir o peso". Essa frase resume bem a mensagem que quero transmitir com o CD.

"Atlas" é o nome de uma figura mitológica grega, um titã, que é condenado por Zeus a carregar o peso do céu nas costas por toda a eternidade. Esse castigo sustenta, metaforicamente, a ideologia do disco, pois descarrego em Atlas uma parte do peso de minhas indagações e afins. Além disso, o Álbum também é uma espécie de convite para dividirmos o peso que carregamos sozinhos, já que, apesar de só nós sabermos a dor e a delícia de sermos quem somos, podemos contar uns com os outros para nos entendermos melhor. E como ninguém vai a lugar algum sozinho, eu espero erguer esse projeto junto a vocês, afinal, ”eu não me chamo Atlas”.

Aí vocês me perguntam: "mas, Yan, por que mitologia grega?". Simples: primeiramente ("Fora, Temer", dessa vez, não, rs), sou fascinado pela cultura grega desde muito novo. Ela me "apresentou" dois dos meus maiores amores na vida: Cinema e Livros; sendo a animação da Disney "Hércules" o meu filme predileto quando criança, e  "Percy Jackson e os Olimpianos", a primeira saga de livros que li na vida, ela narra a história de um semideus filho de Poseidon. A segunda coisa que me motivou foi o fato da Grécia ser o berço da cultura ocidental. Achei interessante que o meu primeiro projeto artístico, o berço da minha arte, tivesse um pé lá.


A SUA PARTICIPAÇÂO NO PROJETO

As redes sociais possibilitam uma relação muito mais direta entre o artista e seu público. Tenho pra mim que essa interação seja o ponto forte para que o projeto se concretize. Essa troca me mobiliza e motiva a estar sempre criando, tentando inovar e buscando materializar minhas ideias para que, assim, projetos como o "Álbum Atlas" se tornem realidade, e que essa realidade aconteça da melhor maneira possível.

O financiamento coletivo acontece da seguinte maneira: tenho um projeto, só que não tenho o capital para realizá-lo. Para isto, crio cotas, com diferentes recompensas, para que as pessoas que tenham interesse no projeto possam contribuir, recebendo em troca a gratificação equivalente ao valor de sua contribuição. No meu projeto, as cotas são diversas e com recompensas (bem caprichadas, por sinal, rs) que terei o maior prazer em oferecê-las a quem estiver ao meu lado nessa empreitada. Essas recompensas vão desde o download virtual das músicas a um show completo do disco, em qualquer lugar do Brasil. Vale a pena conferir qual é a mais interessante pra você, e olha, tem um monte de coisa legal. Caso o projeto atinja a meta, todos saem felizes, saltitantes, serelepes e pirilampos, pois, significa que o disco saiu do papel e vai se tornar realidade!! (Aêeeee!) Porém... se não atingirmos a meta, todo o valor é devolvido aos colaboradores e o projeto não acontece. Por isso é fundamental a sua contribuição e ajuda na divulgação!!

CUSTOS

A meta base da nossa campanha é arrecadar R$ 10 mil reais. Este valor será destinado aos custos de: gravação, músicos, mixagem, masterização, prensagem, envio das recompensas, e os custos das plataformas da campanha. 

  • Pré-Produção: divulgação nas redes sociais,, contratação de equipe de produção do CD e custos com as plataformas da campanha.
  • Produção: direção musical, fotógrafo, site, gravação, mixagem e masterização.
  • Prensagem CD’s: 500 cópias
  • Recompensas: camisetas e custos de envio.
  • Músicos: Contratação dos músicos, ensaios e logística.



ATLAS É SOBRE CUMPLICIDADE

O disco terá 17 faixas: 12 inéditas e as outras 5 do EP. Os arranjos já estão sendo pensados e trabalhados com o cuidado que cada música requer. Elas caminham juntas, tendo como ponto de encontro a incompletude do ser humano e o olhar afetuoso do eu lírico para a pessoa a quem se refere, porém, sem deixar de olhar com cuidado pra si mesmo. Acredito que somos seres que não nos sustentamos sozinhos. Não é que precisamos de um alguém específico que nos trará a felicidade romântica que é vendida em nossa sociedade, mas, sim, de “alguéns” diversos, que nos façam bem e que estejam conosco quando nem nós estamos. Convoco-lhes a serem meus cúmplices nesse projeto e a me ajudarem a “cantar” essa história. Agora é a hora em que aquelas frases feitas famosas em filmes de sessão da tarde e livros de autoajuda ganham significado: “Um por todos e todos por um!”, “A união faz a força!”, “Que o tom do nosso canto contagie o mundo...” não, pera... Essa frase aí é de minha música, kkkkkk foi mal, me empolguei aqui hahaha. Enfim, conto com vocês!

>> Para ajudar na divulgação faça o seguinte ritual:
Paaso 1: Tire uma foto segurando a #AlbumAtlas (preferencialmente uma imagem quadrada)!
Passo 2: Publique no instagram! A foto entrará aqui no site como um GRANDE apoiador deste cd!
Passo 3: Tome aqui minha gratidão <3

 

Três meses depois, temos um álbum vindo aí....

Em: 12/05/2017 22:49

Olá, pessoas!

Durante esses três meses desde o término da campanha, eu venho elaborando os arranjos das músicas, gravando-as e agora estou no processo de finalização das canções. Tive que correr contra o tempo, pois agora estou começando a cursar uma faculdade e tinha ideia do quão difícil seria conciliar as duas coisas. Nos próximos dias, estarei lhes deixando a par dos passos seguintes.

Quanto às recompensas?, já estou começando a elaborá-las, porém, o processo deverá demorar um pouco, já que estou longe de casa e terei que negociar tudo de longe. No mais, tá tudo caminhando pra dar certo e eu agradeço demais a vocês por toda ajuda que recebi.

Atlas vem aí...