[SP] Alma Preta |

[SP] Alma Preta

Colabore para que o portal Alma Preta consiga trazer uma cobertura jornalística dos impactos do Coronavirus nas periferias de SP durante 03 meses.

Projeto por: AP Comunicação e Jornalismo Eireli
R$ 34.181,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

20 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

AP Comunicação e Jornalismo Eireli

AP Comunicação e Jornalismo Eireli
R$ 10
Colabore com 10 reais!
Seja o primeiro a apoiar!
Seu apoio é fundamental!
R$ 30
Colabore com 30 reais!
1 benfeitor apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 60
Colabore com 60 reais!
Seja o primeiro a apoiar!
Seu apoio é fundamental!
R$ 100
Colabore com 100 reais!
1 benfeitor apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 200
Colabore com 200 reais!
1 benfeitor apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 400
Colabore com 400 reais!
Seja o primeiro a apoiar!
Seu apoio é fundamental!

“Tempo de cuidar de si, do outro e do todo”

O planeta todo sofre com os efeitos do novo Coronavírus, mas sabemos que o impacto da pandemia nas periferias é ainda mais grave - seja na saúde física e emocional da população, seja nos desdobramentos econômicos impostos pela quarentena.

O Alma Preta constituirá uma equipe de jornalismo formado por pessoas de diferentes áreas da comunicação para cobrir da maneira mais completa e precisa os impactos do coronavírus sobre as periferias da cidade de São Paulo.

Os integrantes do Alma Preta estão em territórios diferentes de São Paulo e o portal traz na centralidade da pauta e cobertura o marcador racial. Por conta desses dois fatores, a cobertura se amplia para todas as periferias da cidade e tentar abordar temas e desafios inerentes a todos os territórios marginalizados na cidade.

A partir de informações recebidas dos diferentes territórios e da necessidade de informar fatos de utilidade pública, o Alma Preta preparará conteúdos em diferentes formatos de linguagem, como foto, ilustração, texto e vídeo sobre e para as periferias da cidade. 

Contamos com o seu apoio para tornar essa cobertura possível!

O Alma Preta surgiu em Abril de 2015, na cidade de Bauru, interior de São Paulo, depois do encontro dos jovens estudantes negros da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Pedro Borges, Solon Neto, Vinícius de Araújo, Vinicius de Almeida Martins. O portal surge com o intuito de impulsionar as diversas ações em curso no combate ao racismo no Brasil e nasce com o objetivo de fortalecer as múltiplas identidades negras e de periferia existentes no país.

Desde então, o Alma Preta já produziu milhares de conteúdos autorais, no formato texto, foto, vídeo, charge, entre outros, sempre com a perspectiva de denunciar as desigualdades sociais e raciais nas periferias do país.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que a meta mínima da campanha de arrecadação seja atingida.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

AP Comunicação e Jornalismo Eireli ainda não publicou nenhuma notícia.

“Tempo de cuidar de si, do outro e do todo”

O planeta todo sofre com os efeitos do novo Coronavírus, mas sabemos que o impacto da pandemia nas periferias é ainda mais grave - seja na saúde física e emocional da população, seja nos desdobramentos econômicos impostos pela quarentena.

O Alma Preta constituirá uma equipe de jornalismo formado por pessoas de diferentes áreas da comunicação para cobrir da maneira mais completa e precisa os impactos do coronavírus sobre as periferias da cidade de São Paulo.

Os integrantes do Alma Preta estão em territórios diferentes de São Paulo e o portal traz na centralidade da pauta e cobertura o marcador racial. Por conta desses dois fatores, a cobertura se amplia para todas as periferias da cidade e tentar abordar temas e desafios inerentes a todos os territórios marginalizados na cidade.

A partir de informações recebidas dos diferentes territórios e da necessidade de informar fatos de utilidade pública, o Alma Preta preparará conteúdos em diferentes formatos de linguagem, como foto, ilustração, texto e vídeo sobre e para as periferias da cidade. 

Contamos com o seu apoio para tornar essa cobertura possível!

O Alma Preta surgiu em Abril de 2015, na cidade de Bauru, interior de São Paulo, depois do encontro dos jovens estudantes negros da Universidade Estadual Paulista (UNESP), Pedro Borges, Solon Neto, Vinícius de Araújo, Vinicius de Almeida Martins. O portal surge com o intuito de impulsionar as diversas ações em curso no combate ao racismo no Brasil e nasce com o objetivo de fortalecer as múltiplas identidades negras e de periferia existentes no país.

Desde então, o Alma Preta já produziu milhares de conteúdos autorais, no formato texto, foto, vídeo, charge, entre outros, sempre com a perspectiva de denunciar as desigualdades sociais e raciais nas periferias do país.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que a meta mínima da campanha de arrecadação seja atingida.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

AP Comunicação e Jornalismo Eireli ainda não publicou nenhuma notícia.