Ajude a manter o Amor e Esperança! |

Ajude a manter o Amor e Esperança!

Ajude Tia Jane a manter o projeto Amor e Esperança de Recife!

Projeto por: Projeto Amor e Esperança
R$ 85.569,00
arrecadado
meta R$ 89.000,00

205
benfeitores

96%
arrecadado

8
dias restantes

A primeira meta foi batida! O projeto será realizado, mas a arrecadação continua até 30/11/2019 - 23:59

POR

Projeto Amor e Esperança

Projeto Amor e Esperança

R$ 30
Gratidão
72 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! Esse valor é suficiente para cobrir o lanche de 10 crianças =) Gratidão por seu apoio!
R$ 65
Olha o gás!
16 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! O gás mensal está garantido =) Gratidão por seu apoio!
R$ 100
Inclusão
44 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! Com ele, conseguimos manter a mão de obra para manutenção da casa por 1 mês =) Gratidão por seu apoio!
R$ 150
Muita luz!
21 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! Com ele, conseguimos pagar a conta de luz do mês =) Gratidão por seu apoio!
R$ 600
Cultura
5 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! Nosso aluguel mensal está garantido com esse valor =) Gratidão por seu apoio!
R$ 1.000
Afeto
5 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! Nosso aluguel mensal está garantido com esse valor =) Gratidão por seu apoio!
R$ 2.000
Educação
2 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! Nosso aluguel mensal está garantido com esse valor =) Gratidão por seu apoio!
R$ 5.486
Amor
1 benfeitor apoiando
Seu apoio é muito importante para nós! Com ele, conseguimos manter todos os custos da casa por 1 mês! Gratidão por seu apoio!
R$ 10.000
Esperança
Seja o primeiro a apoiar!
Respiramos aliviados: Quase 2 meses de operação garantidos! Gratidão por seu apoio!
R$ 25.000
Realização
Seja o primeiro a apoiar!
Respiramos aliviados: Quase 1/3 do ano de operação garantidos! Gratidão por seu apoio!
R$ 50.000
Sonho
Seja o primeiro a apoiar!
sonho que se sonha junto é realidade <3 Estamos mais perto do sonho de comprar nossa casa e garantir finalmente que o espaço é nosso! Gratidão por seu apoio!

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

O PROJETO AMOR E ESPERANÇA é uma instituição sem fins lucrativos que trabalha com educação infantil através de aulas de reforço e aulas de música com foco em crianças, jovens e adolescentes. Com o objetivo de dar uma vida mais digna para eles fazemos acompanhamento com as mães ensinando artesanato no intuito de dar uma renda extra para as famílias.

Com a conta de luz atrasada em 2 meses, Nadjane, fundadora do projeto, mantem o Amor e Esperança vendendo roupas que recebe em doações, fazendo doces e comidas para vender em marmitas, tendo todo mês ainda o imenso desafio para pagar os 600 reais de aluguel do espaço.
 
Há cerca de um ano, o projeto ganhou 60 mil reais, como um prêmio, em um evento beneficente de Recife, o Baile dos Namorados. Esse dinheiro pagou obras emergenciais, além de algumas dividas. O resto, cerca de 40 mil, está guardado para, quem sabe, um dia, ajudar na compra do imóvel onde a ONG funciona hoje.


Nadjane Cristina, 54 anos, nasceu no bairro Nova Descoberta, uma das regiões mais carentes de Recife, Pernambuco. Sua mãe, dona Zizinha, era costureira. Filha do meio de uma família com 6 irmãos, ela cresceu com o exemplo dessa mãe que, mesmo muito pobre, comprava retalhos de pano e produzia roupinhas para as crianças do bairro. Nadjane conta que essa foi a semente do que faz hoje: a preocupação de sua mãe com o próximo.
 
Há quinze anos, Nadjane assistiu uma reportagem no Jornal Nacional que apontava a região onde ela viva era a pior do país para uma criança crescer. O índice de homicídios de crianças e adolescentes era alto. O tráfico de drogas controlava a região.
 
Nadjane já tinha 3 filhas (2 gêmeas), frutos de uma relação com traços abusivos. Seu marido sempre fez questão de acabar com a auto estima dela. Até hoje, Nadjane tem vergonha de seus dentes, e leva a mão à boca sempre que sorri. Mas ela resolveu agir para melhorar a comunidade onde nasceu e cresceu: com o pouco dinheiro que tinha, comprou algumas prendas e chamou um grupo de 8 crianças para casa dela, onde contaria histórias sobre heróis da bíblia. Em pouco mais de um mês, já eram quase 50 crianças. Nasceu o projeto Amor e Esperança. Como ela mesma conta, Nadjane, que tem o ensino médio completo, tirou pós-graduação como pedinte. Durante alguns anos, a igreja que ela frequentava a ajudava a manter a ONG. Mas, há pelo menos 6 anos, ela toca o barco apenas com o que ganha em doações.
 
Quem ajuda Nadjane são suas duas filhas gêmeas, de 26 anos, além de alguns voluntários e alguns poucos doadores esporádicos. Na nossa pesquisa, ela contou, depois de muito insistirmos, que sonha em poder comprar roupas novas e se cuidar um pouco, coisa que não faz há muitos anos. Também gostaria muito de cursar serviços sociais. E sua maios aflição em relação às crianças é a falta de comida.

 

 

https://www.facebook.com/ProjetoAmoreEsperanca/
 

Projeto Amor e Esperança ainda não publicou nenhuma notícia.

O PROJETO AMOR E ESPERANÇA é uma instituição sem fins lucrativos que trabalha com educação infantil através de aulas de reforço e aulas de música com foco em crianças, jovens e adolescentes. Com o objetivo de dar uma vida mais digna para eles fazemos acompanhamento com as mães ensinando artesanato no intuito de dar uma renda extra para as famílias.

Com a conta de luz atrasada em 2 meses, Nadjane, fundadora do projeto, mantem o Amor e Esperança vendendo roupas que recebe em doações, fazendo doces e comidas para vender em marmitas, tendo todo mês ainda o imenso desafio para pagar os 600 reais de aluguel do espaço.
 
Há cerca de um ano, o projeto ganhou 60 mil reais, como um prêmio, em um evento beneficente de Recife, o Baile dos Namorados. Esse dinheiro pagou obras emergenciais, além de algumas dividas. O resto, cerca de 40 mil, está guardado para, quem sabe, um dia, ajudar na compra do imóvel onde a ONG funciona hoje.


Nadjane Cristina, 54 anos, nasceu no bairro Nova Descoberta, uma das regiões mais carentes de Recife, Pernambuco. Sua mãe, dona Zizinha, era costureira. Filha do meio de uma família com 6 irmãos, ela cresceu com o exemplo dessa mãe que, mesmo muito pobre, comprava retalhos de pano e produzia roupinhas para as crianças do bairro. Nadjane conta que essa foi a semente do que faz hoje: a preocupação de sua mãe com o próximo.
 
Há quinze anos, Nadjane assistiu uma reportagem no Jornal Nacional que apontava a região onde ela viva era a pior do país para uma criança crescer. O índice de homicídios de crianças e adolescentes era alto. O tráfico de drogas controlava a região.
 
Nadjane já tinha 3 filhas (2 gêmeas), frutos de uma relação com traços abusivos. Seu marido sempre fez questão de acabar com a auto estima dela. Até hoje, Nadjane tem vergonha de seus dentes, e leva a mão à boca sempre que sorri. Mas ela resolveu agir para melhorar a comunidade onde nasceu e cresceu: com o pouco dinheiro que tinha, comprou algumas prendas e chamou um grupo de 8 crianças para casa dela, onde contaria histórias sobre heróis da bíblia. Em pouco mais de um mês, já eram quase 50 crianças. Nasceu o projeto Amor e Esperança. Como ela mesma conta, Nadjane, que tem o ensino médio completo, tirou pós-graduação como pedinte. Durante alguns anos, a igreja que ela frequentava a ajudava a manter a ONG. Mas, há pelo menos 6 anos, ela toca o barco apenas com o que ganha em doações.
 
Quem ajuda Nadjane são suas duas filhas gêmeas, de 26 anos, além de alguns voluntários e alguns poucos doadores esporádicos. Na nossa pesquisa, ela contou, depois de muito insistirmos, que sonha em poder comprar roupas novas e se cuidar um pouco, coisa que não faz há muitos anos. Também gostaria muito de cursar serviços sociais. E sua maios aflição em relação às crianças é a falta de comida.

 

 

https://www.facebook.com/ProjetoAmoreEsperanca/
 

Projeto Amor e Esperança ainda não publicou nenhuma notícia.