Apoie o JM |

Apoie o JM

#ApoieoJM – Financiar a mídia independente é lutar pela liberdade de imprensa, ajude o Jornal Metamorfose a continuar resistindo


Projeto por: Jornal Metamorfose
R$ 0,00
arrecadado por mês
meta R$ 18.880,00

0
assinantes

0%
arrecadado

Faça parte desse projeto!
Vire um assinante mensal.



ASSINATURAS
R$ 10 por mês
Seja o primeiro assinante
R$ 30 por mês
Seja o primeiro assinante
R$ 50 por mês
Seja o primeiro assinante
R$ 80 por mês
Seja o primeiro assinante
R$ 100 por mês
Seja o primeiro assinante
POR

Jornal Metamorfose

sigametamorfose@gmail.com

Jornal Metamorfose

Quem somos


O Jornal Metamorfose é um coletivo de jornalismo independente, criado em 2016 na cidade de Goiânia, Goiás. O JM nasceu da latente necessidade de noticiar aquilo que não era divulgado na grande mídia goiana.

 

Com as convulsões da primavera estudantil e as ocupações em várias universidades e rádios, alguns jornalistas se uniram para construir uma mídia online em que houvesse liberdade para um tipo de jornalismo experimental, com enfoque em cultura e sociedade.

 

Em 4 anos, o JM fez grandes coberturas na cultura, acompanhando importantes shows, festivais de música e cinema em estados como Destrito Federal, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

 

Nesses mesmos estados, em capitais e interiores, realizamos intensas coberturas políticas, noticiando as principais manifestações por direitos que aconteceram no Brasil desde 2017, como o #OcupaBsb em 2017, e o Vidas Negras Importam em 2020. Além das eleições de 2018 e 2020, com entrevistas com candidatos e análises.

 

APOIE A LIBERDADE DE IMPRENSA

 

No Brasil de Jair Bolsonaro, com a ascensão de ataques recorrentes à mídia, entendemos que o jornalismo independente se torna mais importante do que nunca. Não podemos nos calar.

 

É um revival da corja que empurrou o Brasil para o precipício de 1964 a 1985, Bolsonaro é autoritário, e os militares já estão no poder. Precisamos nos preparar para o que virá.

 

Somente nos últimos 9 meses do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) levantou que foram 299 ataques diretos à imprensa.

 

Em sua grande maioria, os jornalistas que sofrem ameaças e ataques produziam pautas relacionadas à corrupção, políticas públicas ou crime organizado, em cidades de pequeno e médio porte em todo o país.

 

Acreditamos em uma mídia independente, sem amarras institucionais e com liberdade para questionar, sempre buscando a veracidade dos fatos. É necessário lutar pela liberdade de imprensa, e assim, garantir o acesso à informação.

 

Precisamos voar entre o céu habitado por barões da comunicação que não querem que você saiba o que acontece embaixo de seu umbigo. E a razão pela qual isto acontece é simples: interesse. Sem dúvida, o texto que você lê nos principais veículos está contaminado pela velha lógica do capital.

 

A verdade não pode ser comercializada, notícia não é e nem deveria ser mercadoria. Informação é um direito.

 

É necessário um movimento de jornalistas unidos para quebrar as notícias repletas de interesses, mentiras, descontextualização dos fatos e da história. Pela liberdade de todes.





Você quer apoiar de outra forma? Entre em contato pelo e-mail: sigametamorfose@gmail.com




Queride leitor, você pode mandar dúvidas, ideias de pautas, vídeos, fotos, textos, arte, releases de assessoria de imprensa, propostas financeiras e de apoio pelo e-mail. Se sinta livre para se comunicar com o JM, esse é um jornal feito com liberdade e compromisso com você, queride leitor.

 




JM online: www.jornalmetamorfose.com
Instagram: @jornalmetamorfose
Twitter: @ometamorfose

Pessoas que estão ajudando essa campanha a acontecer.

Seja o primeiro!

Jornal Metamorfose ainda não publicou nenhuma notícia.

Quem somos


O Jornal Metamorfose é um coletivo de jornalismo independente, criado em 2016 na cidade de Goiânia, Goiás. O JM nasceu da latente necessidade de noticiar aquilo que não era divulgado na grande mídia goiana.

 

Com as convulsões da primavera estudantil e as ocupações em várias universidades e rádios, alguns jornalistas se uniram para construir uma mídia online em que houvesse liberdade para um tipo de jornalismo experimental, com enfoque em cultura e sociedade.

 

Em 4 anos, o JM fez grandes coberturas na cultura, acompanhando importantes shows, festivais de música e cinema em estados como Destrito Federal, Bahia, Goiás, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

 

Nesses mesmos estados, em capitais e interiores, realizamos intensas coberturas políticas, noticiando as principais manifestações por direitos que aconteceram no Brasil desde 2017, como o #OcupaBsb em 2017, e o Vidas Negras Importam em 2020. Além das eleições de 2018 e 2020, com entrevistas com candidatos e análises.

 

APOIE A LIBERDADE DE IMPRENSA

 

No Brasil de Jair Bolsonaro, com a ascensão de ataques recorrentes à mídia, entendemos que o jornalismo independente se torna mais importante do que nunca. Não podemos nos calar.

 

É um revival da corja que empurrou o Brasil para o precipício de 1964 a 1985, Bolsonaro é autoritário, e os militares já estão no poder. Precisamos nos preparar para o que virá.

 

Somente nos últimos 9 meses do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), a Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) levantou que foram 299 ataques diretos à imprensa.

 

Em sua grande maioria, os jornalistas que sofrem ameaças e ataques produziam pautas relacionadas à corrupção, políticas públicas ou crime organizado, em cidades de pequeno e médio porte em todo o país.

 

Acreditamos em uma mídia independente, sem amarras institucionais e com liberdade para questionar, sempre buscando a veracidade dos fatos. É necessário lutar pela liberdade de imprensa, e assim, garantir o acesso à informação.

 

Precisamos voar entre o céu habitado por barões da comunicação que não querem que você saiba o que acontece embaixo de seu umbigo. E a razão pela qual isto acontece é simples: interesse. Sem dúvida, o texto que você lê nos principais veículos está contaminado pela velha lógica do capital.

 

A verdade não pode ser comercializada, notícia não é e nem deveria ser mercadoria. Informação é um direito.

 

É necessário um movimento de jornalistas unidos para quebrar as notícias repletas de interesses, mentiras, descontextualização dos fatos e da história. Pela liberdade de todes.





Você quer apoiar de outra forma? Entre em contato pelo e-mail: sigametamorfose@gmail.com




Queride leitor, você pode mandar dúvidas, ideias de pautas, vídeos, fotos, textos, arte, releases de assessoria de imprensa, propostas financeiras e de apoio pelo e-mail. Se sinta livre para se comunicar com o JM, esse é um jornal feito com liberdade e compromisso com você, queride leitor.

 




JM online: www.jornalmetamorfose.com
Instagram: @jornalmetamorfose
Twitter: @ometamorfose

Pessoas que estão ajudando essa campanha a acontecer.

Seja o primeiro!

Jornal Metamorfose ainda não publicou nenhuma notícia.