[SP] Aquilombando contra o Covid-19 |

[SP] Aquilombando contra o Covid-19

Fortaleça nossas ações na comunidade Estância Jaraguá! Doe para mantermos as doações de itens de higiene, alimentos e ações de comunicação.

Projeto por: Instituto Esperança Garcia - Educação, Arte e Cultura
R$ 18.480,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

47 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Instituto Esperança Garcia - Educação, Arte e Cultura

Instituto Esperança Garcia - Educação, Arte e Cultura
R$ 20
Apoie essa campanha com R$ 20!
4 benfeitores apoiando
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 50
Apoie essa campanha com R$ 50!
3 benfeitores apoiando
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 80
Apoie essa campanha com R$ 80!
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 100
Apoie essa campanha com R$ 100!
2 benfeitores apoiando
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 200
Apoie essa campanha com R$ 200!
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 300
Apoie essa campanha com R$ 300!
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 500
Apoie essa campanha com R$ 500!
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 1.000
Apoie essa campanha com R$ 1000!
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pelo seu apoio!
R$ 3.000
Apoie essa campanha com R$ 3000!
Seja o primeiro a apoiar!
Obrigada pelo seu apoio!

Serão 60 famílias beneficiadas que correspondem àquelas que participam das atividades do centro cultural Quilombo da Parada, sede do coletivo Esperança Garcia, localizado na comunidade Estância Jaraguá. O objetivo é que essas famílias recebam este apoio por 3 meses, totalizando, aproximadamente 200 kits, pois há famílias que necessitarão de 2 kits por mês, pois são famílias numerosas. Já temos um cadastro dessas famílias o que facilitará nossa comunicação e organização da logística de entrega, de forma a evitar aglomerações.

As famílias atendidas estão numa área de morro onde não existe asfalto, o que dificulta a logística de toda e qualquer ação. Articulamos pontos estratégicos para a logística das ações que vêm acontecendo, que são as casas de moradores que se tornaram ponto de apoio da nossa sede. A Amanda e o seu João são esses moradores que disponibilizaram suas residências e quintais para a realização dessas ações. Além deles, outros moradores se envolverão na logística, ajudando a carregar as cestas e a organizar a distribuição. Para esses moradores, será oferecida uma ajuda de custo.

Paralelamente, daremos continuidade às ações de comunicação orientando sobre o COVID-19 através de mensagens virtuais e por meio de produção de “lambe-lambes” a serem colados em paredes e postes do bairro. Também continuaremos a orientar sobre como acessar os benefícios emergenciais do governo - maioria das famílias é chefiada por mulheres, com crianças na rede pública de ensino.

O Instituto Esperança Garcia – Educação, Arte e Cultura, tem como origem o Coletivo Cultural Esperança Garcia com 10 anos de atuação em toda cidade de São Paulo. Temos como missão fomentar ações que colaboram para o protagonismo de mulheres negras, entendemos que com isso, e enquanto agentes de transformação contribuímos para que a sociedade se desenvolva embasada em valores que permitam justiça, equidade e solidariedade.

A sede do Instituto Esperança Garcia está instalada na comunidade Estância Jaraguá onde, desde 2015, realiza atividades educacionais, culturais e ambientais para a comunidade e escolas do entorno.

Neste momento, devido à crise gerada pela epidemia, estamos nos mobilizando para buscar ajuda básica para a comunidade impactada: alimentos, itens de higiene e ações de comunicação junto a comunidade para conscientização sobre a pandemia e orientação para acessar os benefícios emergenciais disponibilizados pelo governo.

Também buscamos apoio financeiro para manter os custos fixos da organização e conseguir ampliar a equipe para este trabalho de articulação, produção, logística, mapeamento e cadastro das famílias da Comunidade Estância Jaraguá.

No Estância Jaraguá, bairro localizado no noroeste da cidade de São Paulo estimamos que vivam 6 mil pessoas sem condições básicas de saneamento. Ou seja, sem acesso à água encanada, coleta de esgoto e coleta de resíduos. Lá também não chega asfalto nem transporte público e o centro comercial mais próximo está há 30 minutos de caminhada. A maioria dos moradores são prestadores de serviços autônomos com baixa escolaridade e boa parcela das famílias contam com 3 a 6 crianças e adolescentes em idade escolar, que acabam por trocar as aulas pelo trabalho, desde cedo, para ajudar financeiramente dentro de casa.

O bairro fica no distrito de Parada de Taipas, próximo à Brasilândia, onde há a maior concentração de mortes decorrentes do covid-19 na cidade de São Paulo. Muitas pessoas não cumprem a quarentena, pois precisam trabalhar ou por falta de informação. Além do risco de contrair a doença, o impacto para essas famílias é econômico e não conseguimos estimar por quanto tempo irão perdurar.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Instituto Esperança Garcia - Educação, Arte e Cultura ainda não publicou nenhuma notícia.

Serão 60 famílias beneficiadas que correspondem àquelas que participam das atividades do centro cultural Quilombo da Parada, sede do coletivo Esperança Garcia, localizado na comunidade Estância Jaraguá. O objetivo é que essas famílias recebam este apoio por 3 meses, totalizando, aproximadamente 200 kits, pois há famílias que necessitarão de 2 kits por mês, pois são famílias numerosas. Já temos um cadastro dessas famílias o que facilitará nossa comunicação e organização da logística de entrega, de forma a evitar aglomerações.

As famílias atendidas estão numa área de morro onde não existe asfalto, o que dificulta a logística de toda e qualquer ação. Articulamos pontos estratégicos para a logística das ações que vêm acontecendo, que são as casas de moradores que se tornaram ponto de apoio da nossa sede. A Amanda e o seu João são esses moradores que disponibilizaram suas residências e quintais para a realização dessas ações. Além deles, outros moradores se envolverão na logística, ajudando a carregar as cestas e a organizar a distribuição. Para esses moradores, será oferecida uma ajuda de custo.

Paralelamente, daremos continuidade às ações de comunicação orientando sobre o COVID-19 através de mensagens virtuais e por meio de produção de “lambe-lambes” a serem colados em paredes e postes do bairro. Também continuaremos a orientar sobre como acessar os benefícios emergenciais do governo - maioria das famílias é chefiada por mulheres, com crianças na rede pública de ensino.

O Instituto Esperança Garcia – Educação, Arte e Cultura, tem como origem o Coletivo Cultural Esperança Garcia com 10 anos de atuação em toda cidade de São Paulo. Temos como missão fomentar ações que colaboram para o protagonismo de mulheres negras, entendemos que com isso, e enquanto agentes de transformação contribuímos para que a sociedade se desenvolva embasada em valores que permitam justiça, equidade e solidariedade.

A sede do Instituto Esperança Garcia está instalada na comunidade Estância Jaraguá onde, desde 2015, realiza atividades educacionais, culturais e ambientais para a comunidade e escolas do entorno.

Neste momento, devido à crise gerada pela epidemia, estamos nos mobilizando para buscar ajuda básica para a comunidade impactada: alimentos, itens de higiene e ações de comunicação junto a comunidade para conscientização sobre a pandemia e orientação para acessar os benefícios emergenciais disponibilizados pelo governo.

Também buscamos apoio financeiro para manter os custos fixos da organização e conseguir ampliar a equipe para este trabalho de articulação, produção, logística, mapeamento e cadastro das famílias da Comunidade Estância Jaraguá.

No Estância Jaraguá, bairro localizado no noroeste da cidade de São Paulo estimamos que vivam 6 mil pessoas sem condições básicas de saneamento. Ou seja, sem acesso à água encanada, coleta de esgoto e coleta de resíduos. Lá também não chega asfalto nem transporte público e o centro comercial mais próximo está há 30 minutos de caminhada. A maioria dos moradores são prestadores de serviços autônomos com baixa escolaridade e boa parcela das famílias contam com 3 a 6 crianças e adolescentes em idade escolar, que acabam por trocar as aulas pelo trabalho, desde cedo, para ajudar financeiramente dentro de casa.

O bairro fica no distrito de Parada de Taipas, próximo à Brasilândia, onde há a maior concentração de mortes decorrentes do covid-19 na cidade de São Paulo. Muitas pessoas não cumprem a quarentena, pois precisam trabalhar ou por falta de informação. Além do risco de contrair a doença, o impacto para essas famílias é econômico e não conseguimos estimar por quanto tempo irão perdurar.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Instituto Esperança Garcia - Educação, Arte e Cultura ainda não publicou nenhuma notícia.