A Banca do André fica! |

A Banca do André fica!

Coloquei a Banca à venda depois de anos de resistência, mas vocês me convenceram do contrário, então vamos junto dar o grito: A BANCA DO ANDRÉ FICA!

Projeto por: ANDRE MORAES BREVES
R$ 52.710,00
arrecadado
meta R$ 120.000,00

549 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

ANDRE MORAES BREVES

ANDRE MORAES BREVES
R$ 15
Agradecimento nas redes
126 benfeitores apoiando
Muito obrigado pelo seu apoio! Apoiando com esse valor, você terá o seu nome nas nossas redes sociais.
R$ 50
Vai passar!
143 benfeitores apoiando
Quando tudo isso passar, você receberá uma Long Neck Classic Ipa da Three Monkey como forma de agradecimento pelo seu apoio.
R$ 50
Vem na Poesia com Nelson Sargento
10 benfeitores apoiando
Parceria com a Casa da Árvore > Livro lindo de Nelson Sargento. Prisioneiro do Mundo são versos sábios como a música desse notável compositor mangueirense, cruz-maltino, carioca, brasileiro e, acima de tudo, universal. Há, neste livro, poder crítico, originário de notável senso de realidade. Prisão, morte e senso de realidade não conspiram, como pode parecer, para um livro triste, pelo contrário. Nelson mostra ao leitor, no cativeiro que nos cerca, muitas possibilidades amorosas, e o amor é um dos temas mais visitados, em várias de suas faces

indisponível.
R$ 60
A Casa Porto ta com a gente!
29 benfeitores apoiando
Nossos amigos e irmãos entraram com a gente nessa, e colaborando com essa faixa de valor, você colabora com a Banca do André, garante a melhor moela à milanesa da cidade pra você, e uma quentinha feita com amor pra quem ta nas ruas. (A moela é pra comer lá na Casa Porto)

indisponível.
R$ 60
Casa Porto *Ainda Tem*
40 benfeitores apoiando
Galera, neste combo, vc garante a moela milanesa que vc só encontra na casa porto e garante uma refeição deles, maravilhosa e acolhedora para uma pessoa que esta sem teto, na rua, relento... vai vendo.. e ajuda a Banca também. Saúde e a Moela é só la no sobradin .
R$ 60
Casa Porto Vegetariano
6 benfeitores apoiando
Pipoca de Beringela da Casa porto e uma refeição pra quem está em situação de Rua. Você participa da Banca, da Casa Porto e de sua Cidade!!
R$ 70
Camisa Use Fábrica
3 benfeitores apoiando
Com essa faixa e com o apoio da @usefabrica vc leva uma camisa dos caras de alta quaidade. Tenho 3 estampas aqui, tamanho G.

indisponível.
R$ 100
Ilustra da Banca
18 benfeitores apoiando
Além dos agradecimentos , você garante uma ilustração da Banca do André numerada e feita pela maravilhosa @crstinia

indisponível.
R$ 100
Primeiras geladas!
106 benfeitores apoiando
Apoiando com esse valor, você receberá as 07 primeiras geladas (L.N ) nos 7 primeiros eventos! E ainda recebe uma carteirinha de apoiador da nossa Banca. (é uma cerveja por evento galera!)
R$ 150
Cavaquinho ou violão de 7 cordas?
3 benfeitores apoiando
Colaborando com a gente nessa faixa, você garante 1 aula de cavaquinho ou de violão de 7 cordas com o mestre Wellington Monteiro, pelo zoom!

16 disponíveis.
R$ 150
Colaboração para a rede!
8 benfeitores apoiando
Aqui é dobradinha da colaboração!! Você colabora com a gente e com a rede de ambulantes, num evento específico pra eles, onde garante um combo de 2 cervejas + 01 caipirinha
R$ 170
Eu vou pra Ladeira celebrar!
6 benfeitores apoiando
Nossos amigos da Ladeira das Artes também somaram com a gente, e garantiram um voucher com 5 entradas VIPS nos eventos da casa! Garante logo, porque olha, vamos comemorar demaaaaais quando pudermos! (cada voucher dá direito a 5 entradas vips para os eventos do Ladeira das Artes)

13 disponíveis.
R$ 180
Proibido Estacionar na Vida
4 benfeitores apoiando
Com essa faixa de apoio eu te ofereço uma Arte numerada de @iam.not.fr. Placas esmaltadas em aço galvanizado. Um projeto bem cuidado, bem intencionado, com a nossa energia. As embalagens são lindas! * A retirada da recompensa acontecerá na nossa Banca, com data a combinar.

indisponível.
R$ 200
Cerveja liberada
43 benfeitores apoiando
Cerveja liberada em um dos 5 primeiros eventos. O controle será feita com uma pulseira numerada.
R$ 1.000
Aulas de Surf
3 benfeitores apoiando
05 Aulas de Surf com o 3x Campeão Marcelo Freitas.

10 disponíveis.
R$ 1.500
Seu single prontinho!
1 benfeitor apoiando
Pros artistas que sempre colam! Colaborando com a gente nessa, sua recompensa é gravar seu single no WM Estúdio e receber ele pronto: mixado, masterizado e com arranjos!

01 disponível.
R$ 4.000
Música para os nossos ouvidos
Seja o primeiro a apoiar!
Mandou muitooo! Com essa recompensa, você garante a gravação de um single seu no estúdio , e o lançamento num show na nossa querida Banca!

2 disponíveis.
R$ 4.500
Tela Allan Sieber
1 benfeitor apoiando
1 tela pintada por Allan Sieber, medindo 110 x 80 cm.

indisponível.
R$ 5.000
A Roda de Samba para você!
Seja o primeiro a apoiar!
Se o seu negócio é Roda de Samba, você pode garantir uma pro seu evento, com direito a 2 sets + Saidera! (Nossas parceiras da Flor do Samba, Samba da Gambiarra e Samba que Elas Querem estão aqui pra você escolher - eu chamaria as três hein!)

01 disponível.
R$ 5.000
Vai ter Roda de Choro e Moqueca!
Seja o primeiro a apoiar!
Imagina ter na sua comemoração ou evento uma Roda de Choro com direito a Moqueca Capixaba para 20 pessoas? Vem com a gente então! *não inclui louças para servir a moqueca, é a roda e panela cheia!

01 disponível.

Logo após os nossos 10 anos recebemos esse ano de 2020 e vimos o tempo fechar. A nossa Banca, por estar entre prédios que hoje estão vazios, por conta do “novo” normal, após ser arrombada e perder sua principal fonte de faturamento estava prestes a fechar a porta.

O corte da Luz foi o limite. Sem música não podemos ficar. E aquela esquina, aquela rua, aquelas pedras portuguesas não podem ficar sozinhas. Samba, Choro, Cinema, feira de Independentes, aonde vamos achar?

Não fui quem disse, mas milhares ontem me enviaram mensagens de apoio e pedindo para não deixar este espaço de democracia, convívio, trocas e conversas acabar. Amizades, amores, paixões e reencontros aconteceram sob nossas luzes. Não vamos deixar aquele espaço vazio!

Nesses tempos na Cinelândia já presenciamos tanto encontro Bacana que vale relembrar pra quem está chegando agora. Seja bem-vindo. Quando vi a banca não podia imaginar como faria tantos amigos e conheceria tantas pessoas. Todos Bambas e assim espero ter tratado todos, já passaram por ali: TNG Duo, uma dupla do RS perfeita, Bambas do Instrumento : Mestre Hulk, Mestre Siqueira, Dani Spilmann, Edu Neves, Alexandre Maionese, Guga Pelicciotti e tantos outros que serei injusto de não lembrar todos.

Quantos grupos? Irmão, Samba que Elas Querem, Samba da Gambiarra e Flor do Samba, vindo com Samba Independente dos Bons Costumes pra fechar essa primeira lapada de energia boa e batucada. Isso tudo na Rua, acesso a Todos, Todas e Todes, geral estava lá. Aniversários vários, incríveis, procure saber. 7 de uma vez, todos geminianes; 2 mulheres poderosas que param aquilo ali depois das 23hs dois anos seguidos cantando parabéns, Meus Cabelos Brancos, Jolt, o primeirão que colocou uma guitarra e nos alcançou com o Blues.

Tantos, tantos e por isso somos tão diversos, tão unidos quando o assunto é Banca. Aqui é um lugar de muito conforto e segurança pra muita gente. 
 

Preciso também compartilhar com vocês como cheguei até aqui, sem poesia ,cru e nu. A situação galera, calma....

No dia 13 de  março deste ano fizemos o Flor do Samba (Lindo, Incrível, 6 Mulheres Siniras!!), tudo bem, vários boletos, várias contas pendentes, mas vamos lá, não é nada, vai passar rápido e vou conseguir segurar. Pano rápido.

Pane Geral no sistema do Autônomo aqui, as contas na semana seguinte já chegaram com força, fiquei por 2 meses gastando uma gordura que não podia, apertando o cinto e não percebi que estava cada vez faturando menos. Achava que logo estaríamos todos juntos com a mão pra cima celebrando nós. Consegui manter nosso braço direito Matheus, tentei por algum tempo fazer delivery de tabacaria, consegui um pouco, mas a tabacaria só correspondia a 10% do faturamento. Consegui negociar algumas dívidas, até com grande empresas, mas desde abril/maio eu não consegui enxergar aonde estava indo, desculpa. Só percebi que precisava de ajuda há dois dias quando cortaram a luz da Banca e eu ouvi do outro lado do telefone as batidas retirando o relógio.

Na hora o mundo lógico que cai e ao perceber onde estava, eu só pensei em passar adiante, pagar as contas e ir pra algum lugar, algum dia pintava outra história, mas, porém, entretanto, contudo, várias pessoas, peraí.

VÁRIAS PESSOAS me mandaram mensagem, falaram entre si, puxaram a minha orelha, pessoas que torceram e torcem pela Banca, galera de Goiás, Brasília, Belém e de fora me ligaram. Não posso fechar e ir pro mato. Vamos trabalhar mais um pouco.

Preparei as recompensas com muito carinho, junto a uma rede sem igual de parceiros! Colaborando com a Banca, a gente faz essa roda girar, e seguimos todos juntos!

 

 



Quer sugerir ou oferecer alguma, fale com a gente. Comigo. Agora sou eu e vocês. Muito Obrigado!

Vem com a gente gritar "A Banca do André fica!"

@bancadoandre
www.facebook.com/bancadoandre 

ANDRE MORAES BREVES ainda não publicou nenhuma notícia.

Logo após os nossos 10 anos recebemos esse ano de 2020 e vimos o tempo fechar. A nossa Banca, por estar entre prédios que hoje estão vazios, por conta do “novo” normal, após ser arrombada e perder sua principal fonte de faturamento estava prestes a fechar a porta.

O corte da Luz foi o limite. Sem música não podemos ficar. E aquela esquina, aquela rua, aquelas pedras portuguesas não podem ficar sozinhas. Samba, Choro, Cinema, feira de Independentes, aonde vamos achar?

Não fui quem disse, mas milhares ontem me enviaram mensagens de apoio e pedindo para não deixar este espaço de democracia, convívio, trocas e conversas acabar. Amizades, amores, paixões e reencontros aconteceram sob nossas luzes. Não vamos deixar aquele espaço vazio!

Nesses tempos na Cinelândia já presenciamos tanto encontro Bacana que vale relembrar pra quem está chegando agora. Seja bem-vindo. Quando vi a banca não podia imaginar como faria tantos amigos e conheceria tantas pessoas. Todos Bambas e assim espero ter tratado todos, já passaram por ali: TNG Duo, uma dupla do RS perfeita, Bambas do Instrumento : Mestre Hulk, Mestre Siqueira, Dani Spilmann, Edu Neves, Alexandre Maionese, Guga Pelicciotti e tantos outros que serei injusto de não lembrar todos.

Quantos grupos? Irmão, Samba que Elas Querem, Samba da Gambiarra e Flor do Samba, vindo com Samba Independente dos Bons Costumes pra fechar essa primeira lapada de energia boa e batucada. Isso tudo na Rua, acesso a Todos, Todas e Todes, geral estava lá. Aniversários vários, incríveis, procure saber. 7 de uma vez, todos geminianes; 2 mulheres poderosas que param aquilo ali depois das 23hs dois anos seguidos cantando parabéns, Meus Cabelos Brancos, Jolt, o primeirão que colocou uma guitarra e nos alcançou com o Blues.

Tantos, tantos e por isso somos tão diversos, tão unidos quando o assunto é Banca. Aqui é um lugar de muito conforto e segurança pra muita gente. 
 

Preciso também compartilhar com vocês como cheguei até aqui, sem poesia ,cru e nu. A situação galera, calma....

No dia 13 de  março deste ano fizemos o Flor do Samba (Lindo, Incrível, 6 Mulheres Siniras!!), tudo bem, vários boletos, várias contas pendentes, mas vamos lá, não é nada, vai passar rápido e vou conseguir segurar. Pano rápido.

Pane Geral no sistema do Autônomo aqui, as contas na semana seguinte já chegaram com força, fiquei por 2 meses gastando uma gordura que não podia, apertando o cinto e não percebi que estava cada vez faturando menos. Achava que logo estaríamos todos juntos com a mão pra cima celebrando nós. Consegui manter nosso braço direito Matheus, tentei por algum tempo fazer delivery de tabacaria, consegui um pouco, mas a tabacaria só correspondia a 10% do faturamento. Consegui negociar algumas dívidas, até com grande empresas, mas desde abril/maio eu não consegui enxergar aonde estava indo, desculpa. Só percebi que precisava de ajuda há dois dias quando cortaram a luz da Banca e eu ouvi do outro lado do telefone as batidas retirando o relógio.

Na hora o mundo lógico que cai e ao perceber onde estava, eu só pensei em passar adiante, pagar as contas e ir pra algum lugar, algum dia pintava outra história, mas, porém, entretanto, contudo, várias pessoas, peraí.

VÁRIAS PESSOAS me mandaram mensagem, falaram entre si, puxaram a minha orelha, pessoas que torceram e torcem pela Banca, galera de Goiás, Brasília, Belém e de fora me ligaram. Não posso fechar e ir pro mato. Vamos trabalhar mais um pouco.

Preparei as recompensas com muito carinho, junto a uma rede sem igual de parceiros! Colaborando com a Banca, a gente faz essa roda girar, e seguimos todos juntos!

 

 



Quer sugerir ou oferecer alguma, fale com a gente. Comigo. Agora sou eu e vocês. Muito Obrigado!

Vem com a gente gritar "A Banca do André fica!"

@bancadoandre
www.facebook.com/bancadoandre 

ANDRE MORAES BREVES ainda não publicou nenhuma notícia.