Casa 1 |

Casa 1

A Casa 1 é um centro de acolhida de jovens LGBT expulsos de casa pela família, um centro cultural e uma clínica social no centro da cidade de São Paulo.


Projeto por: Casa 1
R$ 66.879,00
arrecadado por mês
meta R$ 81.000,00

1684
assinantes

83%
arrecadado

Faça parte desse projeto!
Vire um assinante mensal.



ASSINATURAS
R$ 10 por mês
432 assinantes mensais
R$ 20 por mês
447 assinantes mensais
R$ 30 por mês
263 assinantes mensais
R$ 50 por mês
282 assinantes mensais
R$ 80 por mês
56 assinantes mensais
R$ 150 por mês
114 assinantes mensais
POR

Casa 1

Casa 1

A Casa 1 conta com três espaços na região central de São Paulo: o primeiro deles, uma residência para 20 jovens LGBT expulsos de casa, uma biblioteca comunitária pública e uma sala de atendimento para população em situação de rua com distribuição de roupas e produtos de higiene pessoal. 

Os outros dois espaços são o Galpão Casa 1 que funciona diariamente, das 10h às 22h com programações socioeducativas (aulas de inglês, espanhol, cursinho preparatório para o ENEM, lutas, costura, modelagem, canto, yoga e muito mais). E também a Clínica Social com atendimentos psicoterápicos gratuitos e de baixo custo. 

No total são atendidas pela Casa 1 aproximadamente 3.500 pessoas mensalmente.

Com a pandemia do coronavírus, o projeto segue existindo e resistindo, a acolhida atende hoje com residência cinco jovens permitindo assim o distanciamento social e segurança de quem precisa do projeto e a biblioteca funciona com distribuição de kits escolares para crianças da região e programação online. 

Já o atendimento à população em situação de rua acontece no Galpão Casa 1, com distribuição de água e máscaras. O espaço também é nosso espaço de atendimento ao público (sempre seguindo protocolos sanitários). 

Desde o começo da pandemia já distribuímos cerca de 40 toneladas de produtos Mãe Terra, 5 mil cestas básicas e 10 mil máscaras 

E por fim, a Clínica Social, mais necessária do que nunca, segue com atendimentos online e seu prédio segue sendo utilizado pela pesquisa PrEP 15-19, com atendimentos a jovens LGBT+ entre 15 e 19 anos. 

Porém, dado ao panorama sanitário, econômico e político, as demandas aumentam mês a mês, ao passo que as arrecadações diminuem, por isso precisamos muito da ajuda de todos, todas e todes. 

Até o final da pandemia, nosso financiamento recorrente seguirá uma nova estrutura. O valor que já arrecadamos mensalmente, que gira em torno de 69 mil reais, continuará a ser utilizado para manutenção das atividades da casa e nossas novas metas têm como objetivo, ampliar a entrega de cestas básicas. 

É muito importante que as contribuições sigam mensalmente, porque permite que seja feito um trabalho continuado com as pessoas e famílias que atendemos. 

Caso você opte por uma doação única, basta acessar o site casaum.org  com todas as ferramentas que vão de pix até transferências via carteiras digitais. Pedimos apenas que caso você queria que as doações sejam exclusivas para cestas básicas encaminhe o recibo para financeiro@casaum.org sinalizando para que possamos direcionar o valor para esse fim específico. 

 

Para quem contribuir com valores entre 10 e 140 reais recebe periodicamente um agradecimento nas nossas redes sociais assim como um boletim das nossas atividades via e-mail. Já quem optar pela contribuição acima de 150 reais, vai receber em casa todos os meses uma obra de um artista plástico LGBT parceiro da Casa 1. 

 

 

 

Casa 1 ainda não publicou nenhuma notícia.

A Casa 1 conta com três espaços na região central de São Paulo: o primeiro deles, uma residência para 20 jovens LGBT expulsos de casa, uma biblioteca comunitária pública e uma sala de atendimento para população em situação de rua com distribuição de roupas e produtos de higiene pessoal. 

Os outros dois espaços são o Galpão Casa 1 que funciona diariamente, das 10h às 22h com programações socioeducativas (aulas de inglês, espanhol, cursinho preparatório para o ENEM, lutas, costura, modelagem, canto, yoga e muito mais). E também a Clínica Social com atendimentos psicoterápicos gratuitos e de baixo custo. 

No total são atendidas pela Casa 1 aproximadamente 3.500 pessoas mensalmente.

Com a pandemia do coronavírus, o projeto segue existindo e resistindo, a acolhida atende hoje com residência cinco jovens permitindo assim o distanciamento social e segurança de quem precisa do projeto e a biblioteca funciona com distribuição de kits escolares para crianças da região e programação online. 

Já o atendimento à população em situação de rua acontece no Galpão Casa 1, com distribuição de água e máscaras. O espaço também é nosso espaço de atendimento ao público (sempre seguindo protocolos sanitários). 

Desde o começo da pandemia já distribuímos cerca de 40 toneladas de produtos Mãe Terra, 5 mil cestas básicas e 10 mil máscaras 

E por fim, a Clínica Social, mais necessária do que nunca, segue com atendimentos online e seu prédio segue sendo utilizado pela pesquisa PrEP 15-19, com atendimentos a jovens LGBT+ entre 15 e 19 anos. 

Porém, dado ao panorama sanitário, econômico e político, as demandas aumentam mês a mês, ao passo que as arrecadações diminuem, por isso precisamos muito da ajuda de todos, todas e todes. 

Até o final da pandemia, nosso financiamento recorrente seguirá uma nova estrutura. O valor que já arrecadamos mensalmente, que gira em torno de 69 mil reais, continuará a ser utilizado para manutenção das atividades da casa e nossas novas metas têm como objetivo, ampliar a entrega de cestas básicas. 

É muito importante que as contribuições sigam mensalmente, porque permite que seja feito um trabalho continuado com as pessoas e famílias que atendemos. 

Caso você opte por uma doação única, basta acessar o site casaum.org  com todas as ferramentas que vão de pix até transferências via carteiras digitais. Pedimos apenas que caso você queria que as doações sejam exclusivas para cestas básicas encaminhe o recibo para financeiro@casaum.org sinalizando para que possamos direcionar o valor para esse fim específico. 

 

Para quem contribuir com valores entre 10 e 140 reais recebe periodicamente um agradecimento nas nossas redes sociais assim como um boletim das nossas atividades via e-mail. Já quem optar pela contribuição acima de 150 reais, vai receber em casa todos os meses uma obra de um artista plástico LGBT parceiro da Casa 1. 

 

 

 

Casa 1 ainda não publicou nenhuma notícia.