CEPODI - Orgânico pra quem planta e pra quem come! |

CEPODI - Orgânico pra quem planta e pra quem come!

Imagine poder se alimentar com comida de verdade? Imaginou? Agora CEPODI!

Projeto por: CEPODI Brasília
R$ 40.285,00
arrecadado
meta R$ 40.000,00

80 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

CEPODI Brasília

CEPODI Brasília
R$ 35
Super acessível
8 benfeitores apoiando
- Agradecimento especial no insta - Adesivo CEPODI
R$ 50
Quero brinde surpresa!
22 benfeitores apoiando
- Agradecimento especial no insta - Adesivo CEPODI - Brinde surpresa na sua primeira compra
R$ 100
Bora de camiseta!
41 benfeitores apoiando
- Agradecimento especial no insta - Adesivo CEPODI - Camiseta Cogumelo
R$ 500
Morador CEPODI
5 benfeitores apoiando
- Agradecimento especial no insta - Adesivo CEPODI - Camiseta cogumelo - carteirinha morador amigo da casa CEPODI - (5% de desconto no ECOAA durante o período 1 ano) - Desconto pra um amigo em sua primeira compra
R$ 1.000
Morador Amigo
3 benfeitores apoiando
- Agradecimento especial no insta - Adesivo CEPODI - Camiseta cogumelo - Carteirinha morador amigo (5% de desconto por um ano no ECOAA) - Estadia de um final de semana com acompanhante na Casa de Campo CEPODI
R$ 2.500
Morador Colaborador
Seja o primeiro a apoiar!
- Post de agradecimento especial no insta - Adesivo CEPODI - Camiseta cogumelo - Carteirinha Colaborador da casa CEPODI (5% de desconto por um ano em todos os Espaços da CEPODI) - Assinatura na placa de fundadores da CEPODI - Estadia de dois finais de semana com acompanhante na Casa de Campo CEPODI - Visita guiada na propriedade Terramana orgânicos
R$ 5.000
Morador Fundador
Seja o primeiro a apoiar!
- Post de agradecimento especial no insta - Adesivo CEPODI - Camiseta cogumelo - Carteirinha fundador (5% de desconto VITALÍCIO em todos os espaços, cursos e eventos da CEPODI) - Assinatura com agradecimento especial na placa dos Fundadores da CEPODI - Visita guiada na chácara Terramana orgânicos - Adição de placa de colaborador permanente (foto e mensagem) junto aos produtores colaboradores da CEPODI - "Chave" da casa do Campo para uma estadia com até 30 pessoas por um fim de semana.

 

 

 


O VENENO x O ANTÍDOTO

Em contextos atuais de crises política, econômica, social, ambiental e sanitária, a ideia de que comer é um ato político (pensando em âmbito socioambiental, ético e cultural), para além de um ato biológico e de simples prazer, se tornou um apelo cada vez mais urgente em nossa sociedade.


Para que isto ocorra, é fundamental que passemos a consumir através de uma nova forma, optando por alimentos de verdade, em detrimento daqueles provenientes do sistema agroalimentar moderno (agricultura convencional), responsáveis por grandes impactos socioambientais e à nossa saúde.


Mas o que é comida de verdade? É comida sem veneno, fresca, local e variada. Esta comida é produzida em sistemas de produção orgânica e de base agroecológica que cultivam alimentos saudáveis para todos:  quem planta, quem colhe, quem come, os animais, as plantas e o planeta. Isso implica que devemos passar a apoiar com mais seriedade quem produz a comida que abastece nossa cidade. São os povos indígenas e comunidades tradicionais, assentados, agricultores familiares, extrativistas, agrofloresteiros, neo rurais, e todas as pessoas que produzem esse tipo de comida, na construção da soberania alimentar e conservação ambiental, tudo ao mesmo tempo.

Esses produtores guardam suas próprias sementes, produzem seus insumos agrícolas sem dependência de empresas estrangeiras e cultivam a maior parte do que comemos com grandes desafios, desde o momento do plantio, da certificação de sua produção orgânica, até o momento da venda. Além de darmos mais atenção ao que colocamos para dentro do nosso organismo, precisamos também nos preocupar com a qualidade de vida e bem estar desses produtores. Quando eles vivem com dignidade, somos nós, toda a população, que passamos a ganhar independência e soberania alimentar. Passamos a fazer parte dos sistemas que integram as sementes e florestas; a água e as ervas medicinais; a flora e a fauna; o patrimônio alimentar local. Essa construção é o que desejamos para nossa cidade. Nesse contexto, visando solucionar tanto o problema do acesso à comercialização dos pequenos produtores e do acesso aos consumidores à comida de verdade, nasceu a CEPODI.

 

A serviço de uma cidade mais saudável e democrática, que oferece mais oportunidades (para quem planta e para quem come), mais acesso a alimentos de verdade a preços justos, a CEPODI - Central de Produtos Orgânicos Direto do Produtor é uma iniciativa colaborativa que busca desenvolver propostas agroecológicas para as relações comerciais no Distrito Federal. É uma ação formada por Produtores e a partir da perspectiva destes, que propõe arranjos interativos baseados nos princípios da Economia Solidária e da Economia Circular para uma comercialização mais justa, agroecológica, emancipadora, sustentável e integrativa. 

 

 

Mais que uma loja colaborativa, entendemos a CEPODI como uma Ação Política colocada a serviço da comunidade. Um movimento agroecológico que busca criar novas dinâmicas locais, considerando os direitos às dimensões essenciais da vida: saúde, ambiente e alimentação saudável, abrigo, lazer e felicidade.




ONDE ESTAMOS E COMO FUNCIONA A CEPODI?

A CEPODIcomo espaço integrativo e colaborativo, agrega diversas iniciativas integradas de diferentes formas. Todas dispostas em um mesmo espaço físico localizado na SHCGN 707, bloco B, casa 44. Sendo elas:

 


É o local destinado a comercialização de gêneros alimentícios, incluindo produtos in natura, processados secos, resfriados e congelados. Este espaço permite ao produtor a comercialização de seus produtos de forma direta, preservando a sua identidade, e fornecendo produtos orgânicos de alta qualidade a preços acessíveis.



É um espaço de aprofundamento do consumo consciente onde as pessoas são estimuladas a participar do processo de redução do desperdício. Neste espaço estarão expostos os produtos oriundos do excedente de produção (excesso da produção no campo não comercializada), o produto de exposição prolongada e os produtos com pequenos defeitos, vendidos a um preço mais baixo. O recurso da venda será dividido entre todos os participantes colaboradores do Espaço (EECI). 

 


Este espaço é destinado aos produtos para a saúde, higiene e bem estar. Compreende um espaço especial, destinado aos produtos artesanais, preferencialmente sem uso de conservantes, aditivos e elaborados a partir de matéria prima orgânica. Valoriza o trabalho de elaboradores que utilizam produtos locais e desenvolvem formulações exclusivas a partir de processos que priorizam o máximo de cuidado com o ser.

 


Neste espaço opera a nossa cozinha afetiva, integrada à toda a produção e aos produtores atuantes na CEPODI. Nela contamos com a presença e participação ativa da chef de cozinha à frente do Restaurante Manjuá, no compromisso da oferta de uma alimentação agroecológica, com uso de ingredientes orgânicos, plantas alimentícias não convencionais e produtos artesanais produzidos localmente.

 


Esta é uma área baseada no modelo de cotrabalho (coworking), reservada à profissionais atuantes no ramo das práticas integrativas, nutrição, saúde, dentre outras. A proposta visa oferecer um espaço adequado para o profissional que busca a integração de suas atividades em um ambiente pautado na sustentabilidade, oferecendo uma opção de serviços diversos aos frequentadores da CEPODI.

 

 


Local voltado para o encontro e convivência dos frequentadores. Esta área se apresenta como um espaço acolhedor, com oferta de um bom café e comidinhas orgânicas, com produtos únicos e especialmente preparados para esse fim.

 


Espaço pensado para a exposição e comercialização de produtos e insumos agroecológicos, de caráter não alimentício, de interesse do produtor rural e urbano para uso em sua produção. Tem como motivação a proposta de fortalecer a troca de saberes, promover a interação dos produtores e ofertar sementes crioulas, mudas e sementes de

PANC, caldas, formulações, adubos e fertilizantes caseiros, além da divulgação e propagação de outras tecnologias sociais.

 


Um cantinho especial destinado à exposição e comercialização de mudas de espécies nativas, de PANC, hortaliças, ervas aromáticas e medicinais, ornamentais, frutíferas e outras. Além de possibilitar a oferta de plantinhas maravilhosas em seus diversos usos, o espaço ajuda na ambientação e harmonia de toda a CEPODI.

 

Além dos espaços definidos, a CEPODI conta também com os seguintes usuários integrados:

 

Sala Colaborativa para o Associativismo

Atualmente destinada ao funcionamento da Sede da Associação de Produtores e Promotores de Plantas Alimentícias Não Convencionais - ASPANC, que trabalha no desenvolvimento de projetos de fortalecimento da cadeia das PANC;


Serviço de entregas

Iniciativa independente que trabalha na proposta de um serviço de entrega alinhado com os princípios da agroecologia.


 

 

 

O dinheiro arrecadado aqui é essencial para nós e será revertido em serviços de reformas e melhorias do espaço (a casa), que precisa de reparos no telhado, no sistema elétrico, cobertura para a área externa, e sonhamos até com instalação de painéis solares para a geração de energia de todo o espaço. Outra parte importante será revertida em equipamentos (computadores, mesas, cadeiras, maquinário, expositores, freezers, caixas, etc) e outra, ainda, investida em comunicação e pagamento de serviços dos nossos colaboradores. Mas tudo isso depende do nosso esforço comunitário na arrecadação. Quanto maior a soma, mais realização, e todos poderemos colher juntos os frutos dessa semente que estamos plantando agora. Veja abaixo nosso gasto médio previsto para a maior meta (ideal):

 


 

Não chegaríamos até aqui se não fosse a colaboração de dezenas de pessoas, amigos, produtores, comunicadores, advogados, dentre tantos outros. Apoio, conselhos, histórias, dinheiro e talento – um pouco do que recebemos nos últimos meses e continuamos recebendo ainda hoje. Te convidamos também a fazer parte dessa grande Rede Agroecológica, um Movimento Local com carácter de mudar para sempre a forma de venda e consumo de alimentos em Brasília, e agradecemos muito por qualquer forma de engajamento:

1. Ajude financiando o projeto – você escolhe com quanto deseja contribuir. Veja as faixas sugeridas ao lado e as recompensas especiais que preparamos para a comunidade.

2. Ajude divulgando essa campanha – compartilhe nas suas redes sociais, envie para os amigos e, se precisar, nos peça mais material (release, imagens, etc). Ficaremos felizes em lhe fornecer qualquer informação/ material adicional.

Preparamos algumas recompensas muito especiais para os colaboradores que serão entregues após o término da campanha.

 

OBS: as recompensas deverão ser retiradas na loja pelos colaboradores em momento oportuno. Manteremos vocês sempre informados do processo! =)

 

 

 

http://instagram.com/cepodibrasilia

 

cepodibrasilia@gmail.com

 

❤️
 

CEPODI Brasília ainda não publicou nenhuma notícia.

 

 

 


O VENENO x O ANTÍDOTO

Em contextos atuais de crises política, econômica, social, ambiental e sanitária, a ideia de que comer é um ato político (pensando em âmbito socioambiental, ético e cultural), para além de um ato biológico e de simples prazer, se tornou um apelo cada vez mais urgente em nossa sociedade.


Para que isto ocorra, é fundamental que passemos a consumir através de uma nova forma, optando por alimentos de verdade, em detrimento daqueles provenientes do sistema agroalimentar moderno (agricultura convencional), responsáveis por grandes impactos socioambientais e à nossa saúde.


Mas o que é comida de verdade? É comida sem veneno, fresca, local e variada. Esta comida é produzida em sistemas de produção orgânica e de base agroecológica que cultivam alimentos saudáveis para todos:  quem planta, quem colhe, quem come, os animais, as plantas e o planeta. Isso implica que devemos passar a apoiar com mais seriedade quem produz a comida que abastece nossa cidade. São os povos indígenas e comunidades tradicionais, assentados, agricultores familiares, extrativistas, agrofloresteiros, neo rurais, e todas as pessoas que produzem esse tipo de comida, na construção da soberania alimentar e conservação ambiental, tudo ao mesmo tempo.

Esses produtores guardam suas próprias sementes, produzem seus insumos agrícolas sem dependência de empresas estrangeiras e cultivam a maior parte do que comemos com grandes desafios, desde o momento do plantio, da certificação de sua produção orgânica, até o momento da venda. Além de darmos mais atenção ao que colocamos para dentro do nosso organismo, precisamos também nos preocupar com a qualidade de vida e bem estar desses produtores. Quando eles vivem com dignidade, somos nós, toda a população, que passamos a ganhar independência e soberania alimentar. Passamos a fazer parte dos sistemas que integram as sementes e florestas; a água e as ervas medicinais; a flora e a fauna; o patrimônio alimentar local. Essa construção é o que desejamos para nossa cidade. Nesse contexto, visando solucionar tanto o problema do acesso à comercialização dos pequenos produtores e do acesso aos consumidores à comida de verdade, nasceu a CEPODI.

 

A serviço de uma cidade mais saudável e democrática, que oferece mais oportunidades (para quem planta e para quem come), mais acesso a alimentos de verdade a preços justos, a CEPODI - Central de Produtos Orgânicos Direto do Produtor é uma iniciativa colaborativa que busca desenvolver propostas agroecológicas para as relações comerciais no Distrito Federal. É uma ação formada por Produtores e a partir da perspectiva destes, que propõe arranjos interativos baseados nos princípios da Economia Solidária e da Economia Circular para uma comercialização mais justa, agroecológica, emancipadora, sustentável e integrativa. 

 

 

Mais que uma loja colaborativa, entendemos a CEPODI como uma Ação Política colocada a serviço da comunidade. Um movimento agroecológico que busca criar novas dinâmicas locais, considerando os direitos às dimensões essenciais da vida: saúde, ambiente e alimentação saudável, abrigo, lazer e felicidade.




ONDE ESTAMOS E COMO FUNCIONA A CEPODI?

A CEPODIcomo espaço integrativo e colaborativo, agrega diversas iniciativas integradas de diferentes formas. Todas dispostas em um mesmo espaço físico localizado na SHCGN 707, bloco B, casa 44. Sendo elas:

 


É o local destinado a comercialização de gêneros alimentícios, incluindo produtos in natura, processados secos, resfriados e congelados. Este espaço permite ao produtor a comercialização de seus produtos de forma direta, preservando a sua identidade, e fornecendo produtos orgânicos de alta qualidade a preços acessíveis.



É um espaço de aprofundamento do consumo consciente onde as pessoas são estimuladas a participar do processo de redução do desperdício. Neste espaço estarão expostos os produtos oriundos do excedente de produção (excesso da produção no campo não comercializada), o produto de exposição prolongada e os produtos com pequenos defeitos, vendidos a um preço mais baixo. O recurso da venda será dividido entre todos os participantes colaboradores do Espaço (EECI). 

 


Este espaço é destinado aos produtos para a saúde, higiene e bem estar. Compreende um espaço especial, destinado aos produtos artesanais, preferencialmente sem uso de conservantes, aditivos e elaborados a partir de matéria prima orgânica. Valoriza o trabalho de elaboradores que utilizam produtos locais e desenvolvem formulações exclusivas a partir de processos que priorizam o máximo de cuidado com o ser.

 


Neste espaço opera a nossa cozinha afetiva, integrada à toda a produção e aos produtores atuantes na CEPODI. Nela contamos com a presença e participação ativa da chef de cozinha à frente do Restaurante Manjuá, no compromisso da oferta de uma alimentação agroecológica, com uso de ingredientes orgânicos, plantas alimentícias não convencionais e produtos artesanais produzidos localmente.

 


Esta é uma área baseada no modelo de cotrabalho (coworking), reservada à profissionais atuantes no ramo das práticas integrativas, nutrição, saúde, dentre outras. A proposta visa oferecer um espaço adequado para o profissional que busca a integração de suas atividades em um ambiente pautado na sustentabilidade, oferecendo uma opção de serviços diversos aos frequentadores da CEPODI.

 

 


Local voltado para o encontro e convivência dos frequentadores. Esta área se apresenta como um espaço acolhedor, com oferta de um bom café e comidinhas orgânicas, com produtos únicos e especialmente preparados para esse fim.

 


Espaço pensado para a exposição e comercialização de produtos e insumos agroecológicos, de caráter não alimentício, de interesse do produtor rural e urbano para uso em sua produção. Tem como motivação a proposta de fortalecer a troca de saberes, promover a interação dos produtores e ofertar sementes crioulas, mudas e sementes de

PANC, caldas, formulações, adubos e fertilizantes caseiros, além da divulgação e propagação de outras tecnologias sociais.

 


Um cantinho especial destinado à exposição e comercialização de mudas de espécies nativas, de PANC, hortaliças, ervas aromáticas e medicinais, ornamentais, frutíferas e outras. Além de possibilitar a oferta de plantinhas maravilhosas em seus diversos usos, o espaço ajuda na ambientação e harmonia de toda a CEPODI.

 

Além dos espaços definidos, a CEPODI conta também com os seguintes usuários integrados:

 

Sala Colaborativa para o Associativismo

Atualmente destinada ao funcionamento da Sede da Associação de Produtores e Promotores de Plantas Alimentícias Não Convencionais - ASPANC, que trabalha no desenvolvimento de projetos de fortalecimento da cadeia das PANC;


Serviço de entregas

Iniciativa independente que trabalha na proposta de um serviço de entrega alinhado com os princípios da agroecologia.


 

 

 

O dinheiro arrecadado aqui é essencial para nós e será revertido em serviços de reformas e melhorias do espaço (a casa), que precisa de reparos no telhado, no sistema elétrico, cobertura para a área externa, e sonhamos até com instalação de painéis solares para a geração de energia de todo o espaço. Outra parte importante será revertida em equipamentos (computadores, mesas, cadeiras, maquinário, expositores, freezers, caixas, etc) e outra, ainda, investida em comunicação e pagamento de serviços dos nossos colaboradores. Mas tudo isso depende do nosso esforço comunitário na arrecadação. Quanto maior a soma, mais realização, e todos poderemos colher juntos os frutos dessa semente que estamos plantando agora. Veja abaixo nosso gasto médio previsto para a maior meta (ideal):

 


 

Não chegaríamos até aqui se não fosse a colaboração de dezenas de pessoas, amigos, produtores, comunicadores, advogados, dentre tantos outros. Apoio, conselhos, histórias, dinheiro e talento – um pouco do que recebemos nos últimos meses e continuamos recebendo ainda hoje. Te convidamos também a fazer parte dessa grande Rede Agroecológica, um Movimento Local com carácter de mudar para sempre a forma de venda e consumo de alimentos em Brasília, e agradecemos muito por qualquer forma de engajamento:

1. Ajude financiando o projeto – você escolhe com quanto deseja contribuir. Veja as faixas sugeridas ao lado e as recompensas especiais que preparamos para a comunidade.

2. Ajude divulgando essa campanha – compartilhe nas suas redes sociais, envie para os amigos e, se precisar, nos peça mais material (release, imagens, etc). Ficaremos felizes em lhe fornecer qualquer informação/ material adicional.

Preparamos algumas recompensas muito especiais para os colaboradores que serão entregues após o término da campanha.

 

OBS: as recompensas deverão ser retiradas na loja pelos colaboradores em momento oportuno. Manteremos vocês sempre informados do processo! =)

 

 

 

http://instagram.com/cepodibrasilia

 

cepodibrasilia@gmail.com

 

❤️
 

CEPODI Brasília ainda não publicou nenhuma notícia.