[AC] Chapurys: Agricultura Sustentável |

[AC] Chapurys: Agricultura Sustentável

Ajude a Chapurys a continuar garantindo produtos da agricultura sustentável no Acre.

Projeto por: RODRIGO DO NASCIMENTO GARCIA
R$ 15.030,00
arrecadado
meta R$ 15.000,00

3 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

RODRIGO DO NASCIMENTO GARCIA

RODRIGO DO NASCIMENTO GARCIA
R$ 10
Sinceros agradecimentos
Seja o primeiro a apoiar!
Com esse valor nós ficamos imensamente agradecidos e desejamos muita saúde em sua vida.
R$ 30
Vídeo dos produtores
1 benfeitor apoiando
Vídeo com os produtores falando o quanto sua contribuição foi importante tanto para o negócio quanto para a vida dos envolvidos direta ou indiretamente com a Chapurys. Envio por e-mail e/ou rede social.

99 disponíveis.
R$ 50
Ecobag de juta
Seja o primeiro a apoiar!
Ecobag de juta produzida por artesãs da região do Alto Acre especialmente para a Chapurys. *Frete por conta do colaborador a ser combinado após o fim da campanha.

10 disponíveis.
R$ 100
Doces da Amazônia
Seja o primeiro a apoiar!
Doces da Amazônia: Bombom de cupuaçu, castanha cristalizada, bala de araçá e licor de mutamba (200ml). *Frete por conta do colaborador a ser combinado após o fim da campanha.

10 disponíveis.
R$ 200
Kit Chapurys
1 benfeitor apoiando
Com esse valor você terá direito a um kit contendo os doces da Amazônia, além de uma cesta com frutas, verduras e legumes da Chapurys. *A cesta é exclusiva para moradores de Rio Branco/AC.

9 disponíveis.

Nasci em meio a agricultura das áreas rurais do Acre, aprendi desde muito cedo a lidar com a terra e com plantações de legumes, frutas e verduras e sei a dificuldade que enfrentamos para sobreviver no campo. Vim para a capital acreana para estudar e vi na agricultura familiar uma forma de sobreviver. Comecei a comprar e revender os produtos orgânicos em um ponto físico e depois, com a pandemia, passamos a fazer entregas via redes sociais.

Chapurys está situada no Bairro Vila Acre, bastante afastada do Centro de Rio Branco e atua no entorno dessa área. Nossos produtos são comprados dos produtores locais, que moram em colônias da região, produzindo sua agricultura de forma familiar. Beneficiamos diretamente 8 pessoas que trabalham com a gente, mas também 150 produtores que compramos.

A pandemia prejudicou nossa parte presencial do negócio, tivemos de manter nosso ponto fechado devido às normas sanitárias e isso afetou bastante nossa situação financeira, tendo que repensar as formas de adequar para continuar trabalhando.

A pandemia fez eu ter um outro olhar sobre o meu negócio. Descobri que podemos atuar através das novas tecnologias e isso é muito positivo. Com o valor arrecadado vou investir em um site e em mais entregadores para termos acesso a outros bairros das periferias de Rio Branco, além de pagar dívidas do negócio. Isso vai garantir que o negócio esteja mais adaptável a situações de pandemia e modernidade.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$15.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 1.500.000,00 ( um milhão e 500 mil reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo para recuperação de micro e pequenos negócios das periferias afetados pela pandemia. O Fundo Colaborativo segue aberto para novos parceiros que desejam destinar recursos para as periferias urbanas brasileiras.

RODRIGO DO NASCIMENTO GARCIA ainda não publicou nenhuma notícia.

Nasci em meio a agricultura das áreas rurais do Acre, aprendi desde muito cedo a lidar com a terra e com plantações de legumes, frutas e verduras e sei a dificuldade que enfrentamos para sobreviver no campo. Vim para a capital acreana para estudar e vi na agricultura familiar uma forma de sobreviver. Comecei a comprar e revender os produtos orgânicos em um ponto físico e depois, com a pandemia, passamos a fazer entregas via redes sociais.

Chapurys está situada no Bairro Vila Acre, bastante afastada do Centro de Rio Branco e atua no entorno dessa área. Nossos produtos são comprados dos produtores locais, que moram em colônias da região, produzindo sua agricultura de forma familiar. Beneficiamos diretamente 8 pessoas que trabalham com a gente, mas também 150 produtores que compramos.

A pandemia prejudicou nossa parte presencial do negócio, tivemos de manter nosso ponto fechado devido às normas sanitárias e isso afetou bastante nossa situação financeira, tendo que repensar as formas de adequar para continuar trabalhando.

A pandemia fez eu ter um outro olhar sobre o meu negócio. Descobri que podemos atuar através das novas tecnologias e isso é muito positivo. Com o valor arrecadado vou investir em um site e em mais entregadores para termos acesso a outros bairros das periferias de Rio Branco, além de pagar dívidas do negócio. Isso vai garantir que o negócio esteja mais adaptável a situações de pandemia e modernidade.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$15.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 1.500.000,00 ( um milhão e 500 mil reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo para recuperação de micro e pequenos negócios das periferias afetados pela pandemia. O Fundo Colaborativo segue aberto para novos parceiros que desejam destinar recursos para as periferias urbanas brasileiras.

RODRIGO DO NASCIMENTO GARCIA ainda não publicou nenhuma notícia.