Carnaval 2017 - Chroma Aqui na Minha mão |

Carnaval 2017 - Chroma Aqui na Minha mão

Com o financiamento coletivo, queremos fazer o bloco Chroma Aqui na Minha Mão desfilar em grande estilo no seu 4º carnaval!

Projeto por: Bloco Chroma aqui na minha mão
R$ 1.294,00
arrecadado
meta R$ 1.200,00

16 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Bloco Chroma aqui na minha mão

Bloco Chroma aqui na minha mão
R$ 10
AMOR AO BLOCO
1 benfeitor apoiando
Agradecimentos no microfone do bloco!
R$ 28
CAMISETA
14 benfeitores apoiando
Agradecimento no microfone do bloco! + Camiseta (previamente M - para mudar tamanho , enviar email com a solicitação)
R$ 55
CAMISETA + ADEREÇO CHAPÉU
Seja o primeiro a apoiar!
Agradecimento no microfone do bloco! + Camiseta (previamente M - para mudar tamanho , enviar email com a solicitação) + Chapéu do malandro

20 disponíveis.
R$ 55
CAMISETA + ADEREÇO TIARA
6 benfeitores apoiando
Agradecimento no microfone do bloco! + Camiseta (previamente M - para mudar tamanho , enviar email com a solicitação) + Tiara costumizada

14 disponíveis.
R$ 97
OFICINA PERCUSSÃO
Seja o primeiro a apoiar!
Agradecimento no microfone do bloco! + Camiseta (previamente M - para mudar tamanho , enviar email com a solicitação) + 1 oficina de percussão uma semana antes do bloco sair

10 disponíveis.
R$ 210
OFICINA PERCUSSÃO + TAMBORIM
Seja o primeiro a apoiar!
Agradecimento no microfone do bloco! + Camiseta (previamente M - para mudar tamanho , enviar email com a solicitação) + 1 oficina de percussão uma semana antes do bloco sair + 1 tamborim personalizado do bloco

5 disponíveis.
R$ 600
PATROCINE O BLOCO
Seja o primeiro a apoiar!
Agradecimento no microfone do bloco! + Logo da Empresa na Camisa do Bloco (costas) + 5 Camisetas (previamente M - para mudar tamanho , enviar e-mail com a solicitação)

3 disponíveis.

O bloco de carnaval Chroma Aqui na Minha Mão surgiu de conversas de bar de colegas que se reuniam em happy hour toda a quarta-feira.

 

Trabalhamos em uma empresa pública de comunicação que tem veículos de rádio, TV, agência de notícias, sendo que as áreas são isoladas por serem diferentes. Porém, esses encontros começaram a agregar os trabalhadores de áreas diferentes e as pessoas começaram a se conhecer e estreitar os laços.

 

Os talentos foram se mostrando num cavaquinho aqui, pandeiro alí, poesias acolá, voz, dança, animação, muito bom humor e de repente, tínhamos o nome do bloco e primeiro samba.

 

Em 2014, combinamos de fazer uma festa na última quarta-feira antes do carnaval e preparamos uma surpresa para os colegas. Tínhamos camisetas do bloco, chamamos uma bateria de escola de samba do bairro onde a empresa fica localizada e colocamos uma estrutura de áudio com um microfone. Distribuímos as letras e no final estavam todos cantando o samba que ironizava as dificuldades do dia a dia da empresa, sob a ótica de profissionais de diferentes setores.

 

Isso uniu muito os colegas e a partir de então seguimos nos reunindo nos bares da Lapa, guardando versos durante o ano para formar o samba do ano seguinte. As pessoas chegam a comentar no corredor: “isso vai pro samba do bloco”, quando algo muito estranho ou absurdo acontece.

 

 

 

Nos anos que passaram fomos fazendo algumas aquisições como instrumentos musicais, e equipamentos de áudio já que há cavaquinistas e cantores. No carnaval de 2016, as mulheres tomaram a frente da bateria e se arriscaram nos tamborins, surdo e caixa, que foi ainda mais legal, pois houve um grande reconhecimento dos colegas por estarmos fazendo tudo com a nossa motivação.

 

 

Depois disso, prometemos que a qualidade da bateria melhoraria ainda mais e assim, começamos a fazer oficinas de percussão para aprender a tocar melhor.

 

Durante esses anos, os colegas mais envolvidos do bloco fazem festa junina, campanhas de doação para arrecadar dinheiro para os investimentos que o bloco precisa. Este ano gostaríamos de fazer algo maior, com produção de alegorias para os foliões, compra de caixas de som, mesa de áudio e alguns instrumentos, para que as pessoas mais envolvidas não precisem fazer esforços além do que podem financeiramente para a festa acontecer.

 

Pretendemos usar o valor que arrecadarmos com o crowdfunding da seguinte maneira: 30% vai para a INVESTIMENTO NO BLOCO, 5% para custo financeiros, 8% para custos o portal, 52% de recompensas e 5% de margem para algum erro.

 

Contamos com seu apoio!

 

Clique aqui do lado, escolha sua recompensa e caia na folia.

 

Nossa concentração para saída do bloco será no dia 23/02/17, uma quinta feira, às 18:00 na rua Gomes Freire, 474. Antes disso, ensaiaremos toda quinta feira, no bar Cacimba, esquina da Mem de Sá com Gomes Freire, na Lapa, Rio de Janeiro.

 

Para qualquer dúvida e para escolher o tamanho da sua camisa, envie um email para chromaaquinaminhamao@gmail.com.

 

Te vemos no bloco!

---

 

Bloco Chroma aqui na minha mão ainda não publicou nenhuma notícia.

O bloco de carnaval Chroma Aqui na Minha Mão surgiu de conversas de bar de colegas que se reuniam em happy hour toda a quarta-feira.

 

Trabalhamos em uma empresa pública de comunicação que tem veículos de rádio, TV, agência de notícias, sendo que as áreas são isoladas por serem diferentes. Porém, esses encontros começaram a agregar os trabalhadores de áreas diferentes e as pessoas começaram a se conhecer e estreitar os laços.

 

Os talentos foram se mostrando num cavaquinho aqui, pandeiro alí, poesias acolá, voz, dança, animação, muito bom humor e de repente, tínhamos o nome do bloco e primeiro samba.

 

Em 2014, combinamos de fazer uma festa na última quarta-feira antes do carnaval e preparamos uma surpresa para os colegas. Tínhamos camisetas do bloco, chamamos uma bateria de escola de samba do bairro onde a empresa fica localizada e colocamos uma estrutura de áudio com um microfone. Distribuímos as letras e no final estavam todos cantando o samba que ironizava as dificuldades do dia a dia da empresa, sob a ótica de profissionais de diferentes setores.

 

Isso uniu muito os colegas e a partir de então seguimos nos reunindo nos bares da Lapa, guardando versos durante o ano para formar o samba do ano seguinte. As pessoas chegam a comentar no corredor: “isso vai pro samba do bloco”, quando algo muito estranho ou absurdo acontece.

 

 

 

Nos anos que passaram fomos fazendo algumas aquisições como instrumentos musicais, e equipamentos de áudio já que há cavaquinistas e cantores. No carnaval de 2016, as mulheres tomaram a frente da bateria e se arriscaram nos tamborins, surdo e caixa, que foi ainda mais legal, pois houve um grande reconhecimento dos colegas por estarmos fazendo tudo com a nossa motivação.

 

 

Depois disso, prometemos que a qualidade da bateria melhoraria ainda mais e assim, começamos a fazer oficinas de percussão para aprender a tocar melhor.

 

Durante esses anos, os colegas mais envolvidos do bloco fazem festa junina, campanhas de doação para arrecadar dinheiro para os investimentos que o bloco precisa. Este ano gostaríamos de fazer algo maior, com produção de alegorias para os foliões, compra de caixas de som, mesa de áudio e alguns instrumentos, para que as pessoas mais envolvidas não precisem fazer esforços além do que podem financeiramente para a festa acontecer.

 

Pretendemos usar o valor que arrecadarmos com o crowdfunding da seguinte maneira: 30% vai para a INVESTIMENTO NO BLOCO, 5% para custo financeiros, 8% para custos o portal, 52% de recompensas e 5% de margem para algum erro.

 

Contamos com seu apoio!

 

Clique aqui do lado, escolha sua recompensa e caia na folia.

 

Nossa concentração para saída do bloco será no dia 23/02/17, uma quinta feira, às 18:00 na rua Gomes Freire, 474. Antes disso, ensaiaremos toda quinta feira, no bar Cacimba, esquina da Mem de Sá com Gomes Freire, na Lapa, Rio de Janeiro.

 

Para qualquer dúvida e para escolher o tamanho da sua camisa, envie um email para chromaaquinaminhamao@gmail.com.

 

Te vemos no bloco!

---

 

Bloco Chroma aqui na minha mão ainda não publicou nenhuma notícia.