Centro de Inovação do Cacau |

Centro de Inovação do Cacau

Gostaria de contar um pouco da história do Centro de Inovação do Cacau (CIC). Uma iniciativa voltada para valorização do cacau Brasileiro.


Meta 1: R$ 10.000

Entrega: Vamos utilizar esse valor para gerar oportunidades na nossa região. Nossa ideia é absorver alunos formados nos institutos federais para trabalhar no Centro de Inovação do Cacau.

Celebração: Vamos realizar um grande workshop sobre qualidade de cacau e chocolate. Totalmente aberto ao publico.

Meta 2: R$ 15.000

Entrega: Montar uma equipe de profissionais dedicados a pesquisar e entender o potencial do cacau Brasileiro. Contratar 2 recém doutores da Universidade estadual de Santa Cruz

Celebração: Vamos produzir um vídeo sobre a valorização do cacau no sul da Bahia, contando sua história.

Meta 3: R$ 25.000

Entrega: Com esse recurso vamos poder contratar e absorver pesquisadores formados na nossa região. Oferecendo um serviço cada vez melhor e ajudar o Brasil a entrar no clube dos países produtores de

Celebração: Vamos tentar trazer para o Brasil o congresso do ICCO - The International Cocoa Organization. Organização internacional dedicada ao estudo do cacau fino e aromático, sendo responsável pela indicação do países que produzem cacau de qualidade superior. Colocar o Brasil nesse clube seria extremamente vantajoso para o País.

Meta 4: R$ 50.000

Entrega: Queremos aumentar o potencial de pesquisa do CIC. Pretendemos contratar pesquisadores dedicados a analisar fermentação de cacau e promover inovações nesse segmento.

Celebração: Vamos realizar o primeiro concurso de qualidade de cacau para promoção do cacau brasilleiro. Encaminharemos 3 cartilhas sobre beneficiamento de cacau e qualidade.

Meta 5: R$ 100.000

Entrega: Nossa meta ambiciosa vai nos permitir investir em equipamentos e maquinário para poder ajudar centenas de produtores na nossa região. Levando o nome do cacau do Brasil para o mundo.

Celebração: Vamos realizar em parceria com o festival de chocolate de ilhéus um festival de degustação de chocolates artesanais. Também vamos inserir o nome dos apoiadores na página do CIC. Todos saberão quem são os apoiadores do CIC e como eles nos ajudaram a realizarmos nossas metas.

Olá,

Você sabe o que é financiamento coletivo (crowdfunding)? E financimento coletivo recorrente? 
O financimento recorrete é uma nova forma de você ajudar projetos inovadores. Nessa modalidade é descontado de forma recorrente, ou seja, todo mês um valor do seu cartão de crédito. Dessa forma você pode escolher com quanto contribuir. Não se preocupe, pois é super seguro!!
 

Agora que te expliquei sobre o finacimento recorrente gostaria de falar um pouco mais sobre o nosso projeto. Pode ser?

Z6H1pvD.jpg

Somos uma iniciativa sem fins lucrativos voltada para promoção da qualidade de cacau e do VERDADEIRO CHOCOLATE brasileiro. Você sabe de onde vem o chocolate que você consome? Você sabe como ele é feito? Sabe o percentual de cacau que existe nos chocolates que você oferece aos seus filhos? O CIC quer ajudar você a responder todas estas perguntas. O CIC que ajudar os produtores brasileiros a entender sua matéria prima e agregar valor à sua produção.

 

Você também pode ajudar o CIC a contar essa história. Como iniciativa sem fins lucrativos, dependemos de doações e contribuições dos nossos parceiros para levar inovação e tecnologia aos produtores de cacau brasileiros. Você pode nos apoiar para que possamos continuar essa trajetória. Venha ser um parceiro do CIC e ajudar a promover o cultivo de cacau sustentável no Brasil, fazendo com que  milhares de famílias possam viver de forma digna e sustentável.

Deixe-me contar como sua contribuição pode nos ajudar. Vou falar um pouco sobre quem somos e o que estamos fazendo.

 

Quem somos

Fundado em 2015, o PCTSul é uma instituição sem fins lucrativos, dedicada à promoção do desenvolvimento regional e concentra sua atuação em quatro grandes áreas: Biotecnologia e Alimentos, Engenharias, Transporte e Logística, Cadeias Produtivas Agroflorestais e Tecnologias de Informação e Comunicação. Tem por objetivo a concepção, estruturação e gestão sustentável de um ambiente de negócios capaz de criar e consolidar empreendimentos de classe mundial, através da interação e cooperação entre universidades, empresas, organizações governamentais e não-governamentais. Uma de suas primeiras iniciativas, o Centro de Inovação do Cacau, surge como elemento estratégico na valorização efetiva da amêndoa de cacau e do chocolate brasileiro, promovendo a qualidade, construindo consolidando e difundindo conhecimento sobre o cacau e o chocolate de qualidade, com foco na melhoria da produtividade, qualidade e rastreabilidade das amêndoas. Buscando posicionar o Brasil no mercado mundial de cacau e chocolate de qualidade.

O Centro de Inovação do Cacau - CIC

O Centro de Inovação do Cacau, inaugurado em março de 2017, faz análises variadas em amêndoas de cacau e em chocolate. Trata-se de um laboratório dedicado à prestação de serviços a produtores de variados portes e à indústria processadora. São testes de qualidade para detectar defeitos, classificar e avaliar a fermentação, medir o nível de acidez, percentual de gordura, índice de oxidação de gordura e vários outros. A partir de setembro, a expectativa é de oferecer também análises sensoriais e formulação de chocolates.

Para o mercado, o ganho é o monitoramento da qualidade do cacau brasileiro. Com laudos em mãos, os produtores de boas amêndoas podem pedir preços mais justos por seus produtos no mercado internacional, sem deixá-los cair no caldo grosso das commodities. Além disso, pode ser feito o controle dos lotes, de acordo com as variedades do cacau e o tipo de fermentação das amêndoas, detalhamento que já acontece no mundo do café especial.

 

“O Centro de Inovação do Cacau, iniciativa do Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia, faz análises variadas em amêndoas de cacau para ajudar desenvolvimento do mercado, aproximando compradores de produtores de cacau de qualidade"


Iniciativas Estratégicas do CIC

Umas das principais iniciativas do CIC em 2016 foi a implementação da Rede de cooperação para o desenvolvimento sustentável da cadeia produtiva do cacau e chocolate do sul da Bahia, para cacau, da qual fazem parte a Associação Cacau Sul Bahia, a Rede Povos da Mata, a Associação de produtores de chocolate do Sul da Bahia e o Instituto Arapyaú. Essa rede está envolvida na governança dos projetos que temos em comum, dedicada a organizar as nossas iniciativas e evitando o sombreamento de atividades. Como uma das estratégias adotadas, firmamos parceria com a Associação Cacau Sul Bahia que é responsável pela implementação e gestão da Indicação Geográfica do Sul da Bahia, levando capacitação ao campo, controlando os critérios de qualidade e viabilizando programas para agregar valor à região através de seus inúmeros atrativos naturais, culturais e gastronômicos, expressões da diferenciação histórico-cultural própria de uma indicação de procedência. Nosso papel nesse processo é o de ser uma entidade certificadora da qualidade das amêndoas produzidas pelos associados, ajudando na divulgação da Associação e contribuindo para melhoria da qualidade do cacau da Bahia.

Estamos constantemente buscando oportunidades para promover o cacau e o chocolate do Brasil. Uma das parcerias recentes e que está promovendo uma revolução na valorização do cacau é a Dengo do Brasil, empresa dedicada a fazer a ponte entre o consumidor e o produtor, entre o cacau e o chocolate, entre o pé de café e o cafezinho. Focados em promover uma rede de pequenos e médios produtores de cacau e café de qualidade que vive do cultivo e do consumo consciente. Eles representam um jeito novo de fazer negócios de impacto social e nós apoiamos essa ideia.

 

O CIC na mídia

Desde a sua inauguração o Centro de Inovação do Cacau esteve presente em diversas reportagens em mídia escrita e televisiva, gerando divulgação às ações do PCTSul e de seus parceiros. Foram mais de 30 matérias escritas sobre o CIC, dentre estas, destacamos as duas que saíram no caderno paladar do Estadão como as que tiveram a maior repercussão nacional.

 

Caderno Paladar o Estadão: Laboratório de ponta na Bahia ajuda a desenvolver cacau brasileiro. http://paladar.estadao.com.br/noticias/comida,laboratorio-de-ponta-na-bahia-ajuda-a-desenvolver-cacau-brasileiro,70001700723

 

O Estadão: A Bahia faz chocolate http://paladar.estadao.com.br/noticias/comida,a-bahia-faz-chocolate,70001947757

 

 

Aguarde, carregando...



R$ 20,00
arrecadado por mês
meta R$ 10.000
1
assinantes
0%
arrecadado





Financiamento Recorrente

Faça parte desse projeto!
Vire um assinante mensal.



assinar com este valor
R$20 por mês

1 assinantes mensais

assinar com este valor
R$40 por mês

Seja o primeiro assinante

assinar com este valor
R$60 por mês

Seja o primeiro assinante

assinar com este valor
R$100 por mês

Seja o primeiro assinante

É uma forma de viabilizar projetos de impacto positivo. Essa não é uma compra. É um ato de confiança.

A Benfeitoria não pode assegurar a execução do projeto nem a entrega das recompensas. Essa é uma responsabilidade direta dos realizadores. Estamos empenhados em fazer uma nova economia acontecer. Vamos juntos?

Saiba mais sobre as responsabilidades

  • ASSOCIACAO PARQUE CIENTIFICO E TECNOLOGICO DO SUL DA BAHIA
  • Categoria: Inovação, Empreendedorismo, Inclusão Social

ASSOCIACAO PARQUE CIENTIFICO E TECNOLOGICO DO SUL DA BAHIA

Fundado em 2015, o PCTSul é uma instituição sem fins lucrativos, dedicada à promoção do desenvolvimento regional e concentra sua atuação em quatro grandes áreas: Biotecnologia e Alimentos, Transporte e Logística, Cadeias Produtivas Agroflorestais e Tecnologias de Informação e Comunicação.

Cristiano Villela Dias