Cidade Espetáculo - Teatro Jogo |

Cidade Espetáculo - Teatro Jogo

Ações culturais e educativas no Teatro Nacional Cláudio Santoro: teatro jogo imersivo e sensorial voltado a estudantes e público em geral de Brasília - DF.

Projeto por: Célio Rodrigues de Lima Pontes
R$ 14.850,00
arrecadado
meta R$ 165.600,00

52
benfeitores

8%
arrecadado

31
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 16/01/2020 - 23:59


POR

Célio Rodrigues de Lima Pontes

Célio Rodrigues de Lima Pontes

R$ 15
O CHAMADO
5 benfeitores apoiando
Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!
R$ 30
O ENCONTRO
11 benfeitores apoiando
+ Seu nome constará em painel de agradecimentos durante a realização do projeto; + Você receberá um cartaz Lambe Lambe temático exclusivo! + Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!
R$ 60
A TRAVESSIA
7 benfeitores apoiando
+ Contribua e receba uma Ilustração digital temática; + Ganhe um monóculo com imagem do Teatro Nacional. + Seu nome constará em painel de agradecimentos durante a realização do projeto; + Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!
R$ 100
A ALIANÇA
17 benfeitores apoiando
+ Participação como público-jogador em ensaio do Teatro Jogo; + Colar exclusivo de Guardião do Teatro. + Seu nome constará em painel de agradecimentos durante a realização do projeto; + Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!
R$ 180
A APROXIMAÇÃO
3 benfeitores apoiando
+ Com esta contribuição você vai ganhar a inscrição para o Workshop de Acrobacias Aéreas. + Ganhe 02 ingressos para uma sessão do Cidade Espetáculo - Teatro Jogo. + Seu nome constará em painel de agradecimentos durante a realização do projeto; + Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!
R$ 250
O DESAFIO
1 benfeitor apoiando
+ Com esta contribuição você participará de uma experiência sinestésica exclusiva, na qual poderá descobrir a cidade de uma forma diferente. + Seu nome constará em painel de agradecimentos durante a realização do projeto; + Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!
R$ 400
A CONQUISTA
3 benfeitores apoiando
+ Com esta contribuição você ganhará uma Xilogravura temática exclusiva; + Vivência com a natureza em um local de Brasília. + Seu nome constará em painel de agradecimentos durante a realização do projeto; + Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!
R$ 1.000
A TRANSFORMAÇÃO
Seja o primeiro a apoiar!
+ Com esta contribuição você ganhará uma publicação especial do artista Athos Bulcão, criador dos painéis da fachada do nosso Teatro Nacional; + Além de um “Pic Nic Cênico” na área externa do Teatro Nacional Claudio Santoro. + Seu nome constará em painel de agradecimentos durante a realização do projeto; + Seu nome aparecerá como agradecimento especial em nossas redes sociais!

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

Projetado para ser o principal espaço cultural de Brasília, o Teatro Nacional Cláudio Santoro está fechado há cinco anos.

A tarefa de reviver esse patrimônio mundial da humanidade é de todos. Nós queremos ocupar o teatro com arte e cultura e chamar a atenção da sociedade para a importância desse equipamento cultural para a vida da cidade.

Para isso, estamos preparando um espetáculo em forma de jogo!

O Cidade Espetáculo - Teatro Jogo é uma ação artística patrimonial que vai além de uma simples visita ou espetáculo convencional. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento de uma relação de pertencimento do público jovem com o local.

E você pode ajudar a financiar esta ação! Por isso estamos aqui lançando esta campanha de financiamento coletivo. 

Vamos juntos reviver Teatro Nacional Claudio Santoro e mostrar como o coração da nossa cidade pulsa como um grande espetáculo!

 

Nosso sonho é ver o Teatro Nacional Cláudio Santoro cheio de vida novamente.

É atrair novas plateias para a Arte, mostrando como o coração da nossa cidade pulsa como um grande espetáculo!

Com seu apoio será possível encantar jovens estudantes de Brasília com uma experiência mágica pelo fazer teatral. Por meio de uma visita teatralizada, o Cidade Espetáculo convida o público jogador a vivenciar uma aventura pelo patrimônio cultural, (re)descobrindo o amor pela cultura do lugar.

 

 

A experiência é um jogo onde todos ganham. Não há perdedores.  

Ao percorrer um roteiro dinâmico, o público jogador tem o objetivo de contribuir com a construção coletiva de narrativas. O Teatro Jogo é uma metodologia inovadora que une a potência do fazer teatral com as inúmeras possibilidades dos Jogos de Interpretação de Papéis, conhecidos como RPG (Role Playing Games).

  

Nessa experiência sensorial imersiva, as histórias são vivenciadas.

Dessa forma, é possivel combinar reflexão e criatividade, desenvolver a argumentação e a ética. É também um espetáculo no qual o público, se desejar, pode participar ativamente no desenrolar da aventura ou simplesmente apreciar assistindo. 

Os jogadores são livres para interagir com atores-personagens, administrar recursos e definir estratégias para avançar na trama. 

O objetivo é a superação de desafios,  buscando encontrar soluções para as diversas questões que dialogam com nossos dramas contemporâneos. 

 

E o resultado?

 

O resultado é uma diversão reflexiva, que parte do conceito de aprender brincando, como caminho para uma cidadania ativa. Buscamos o reconhecimento pelos jovens, da importância de suas ações num contexto de formação sociocultural. Acreditamos que o Teatro Jogo é um lastro fundamental para construção de uma formação mais humanizada e holística.​

 

O Teatro Jogo como uma experiência de gameficação do espetáculo cênico vem sendo realizado em diversos equipamentos e patrimônios culturais. Funciona como uma potente ferramenta de Educação Patrimonial.​

O nosso Cidade Espetáculo conta com os mesmos criadores do Proscenium! Teatro Jogo,  experiência cênica realizada em 2018 e 2019 no Teatro de Santa Isabel, teatro monumento do Recife, PE.

Divulgação Proscenium! Teatro Jogo. Teatro de Santa Isabel, 2018, Recife - PE.

 

A temporada consolidou expressivo alcance e aceitação entre estudantes, professores, turistas e público em geral.

DEPOIMENTOS DO PÚBLICO TEATRO JOGO

 
Duração: 1 min
 
 
Duração: 1:40 min
 
 
Duração: 1 min
 
Duração: 0:35 seg
 
Duração: 0:54 seg

 

O TEATRO DO CORAÇÃO DO BRASIL

O Teatro Nacional Cláudio Santoro, situado no Eixo Monumental de Brasília-DF, foi inaugurado em 1966.

Compõe relevante monumento no conjunto urbano tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.

Foi concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer, com jardins de Burle Marx e painéis externos do artista plástico Athos Bulcão.

Possui estrutura com forma de pirâmide irregular. No seu interior, destacam-se as salas Martins Pena, Villa-Lobos e Alberto Nepomuceno, onde eram realizados numerosos espetáculos em linguagens artísticas diversas.

Atualmente, o Teatro Nacional encontra-se fechado ao público e, desde 2015, aguarda por reforma.

Enquanto isso, desejamos sensibilizar a sociedade sobre a importância do Teatro Nacional como um patrimônio para vida das pessoas.

Foyer do Teatro Nacional Cláudio Santoro. Escultura A Contorcionista de Alfredo Ceschiatti.

Nosso objetivo é aproximar o público desse patrimônio da humanidade, possibilitando o acesso de novas plateias e criando uma relação de pertencimento com a cidade.

Durante 4 meses serão realizadas 32 sessões de teatro jogo que acontecerão semanalmente nos espaços internos e externos do Teatro Nacional Cláudio Santoro. 

A experiência é um espetáculo imersivo com capacidade para 50 pessoas por sessão.

É voltado, preferencialmente, ao público jovem, mas também serão bem vindos turistas e a população em geral.

Contará com a participação de atores e técnicos profissionais, além de recursos cênicos especiais que devem contribuir para uma participação ativa do público.

 

Como funciona?

 

1) Os interessados podem realizar INSCRIÇÃO prévia nos canais de atendimento que serão divulgados.

2) Também será disponibilizada uma plataforma virtual de conteúdos e relacionamento, com temas, personagens e desafios importantes como uma PREPARAÇÃO.

3) A culminância como processo de FRUIÇÃO do espetáculo será a participação no jogo teatral propriamente dito.

4) Posteriomente serão realizados bate papos com alunos e professores participantes com o objetivo de criação de DESDOBRAMENTOS. 

5) O ciclo encerra quando são concretizadas possibilidades de RETORNO espontâneo do público ao teatro.

 

 

 

Projeto aprovado pelo BNDES!

 

 

O nosso Cidade Espetáculo foi selecionado pelo edital de financiamento coletivo do Banco Nacional de Desenvolvimento Social - BNDES

O Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural é um programa inovador de financiamento a projetos culturais.

O programa é o primeiro do setor público a adotar um modelo de financiamento combinado, unindo o aporte direto do BNDES ao financiamento coletivo, também conhecido como Crowdfunding.

 

É TUDO OU NADA!

Imagine que para cada R$ 1 doado, o BNDES aporta + R$ 2!

Então se você doar R$ 100,00 o BNDES investe mais R$ 200,00 - podendo triplicar a meta inicial do nosso projeto cultural.

Mas para receber os recursos efetivamente, a campanha  de financiamento coletivo deverá atingir sua meta mínima de arrecadação.

 

Caso a meta não seja atingida, o dinheiro será devolvido aos doadores.

 

Veja como é simples fazer a sua colaboração:

 

 

 

Como iremos aplicar os recursos?

 

 

 

Quais as recompensas?

 

 

Então seja nosso parceiro e da cultura brasileira. Torne-se um Guardião do Teatro Nacional!

 

Vamos nos conhecer melhor?

A Associação Cultural, Esportiva e Turística - ASCETUR é uma organização sem fins lucrativos. Desenvolve projetos nas áreas de promoção da cultura e assistência social; na defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico; como também na preservação e conservação do meio ambiente e promoção do desenvolvimento sustentável, entre outras ações.

Pontes Culturais é uma empresa que tem como valor principal a Cultura como vetor estratégico de desenvolvimento. Sediada no Recife PE, existe oficialmente desde 2013, possui profissionais experientes na produção cultural nacional. Atuam nas áreas de pesquisa, consultoria em gestão de equipamentos culturais, gestão e produção cultural. Tem como principais parceiros de percurso: Prefeitura do Recife, IDG - Instituto de Desenvolvimento e Gestão, Serviço Social do Comércio SESC, Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco - FUNDARPE, Secretaria de Cultura de Pernambuco, entre outros. Mais em: https://prezi.com/view/V4bDez0AaK5UrKD5C0Ya/

Mediato Diálogo com Espectadores é um projeto que, por meio de uma experiência artística educativa, cria relações entre o espectador e uma obra artística. O Mediato surgiu em 2014, com o desejo de proporcionar encontros entre o público e espetáculos de teatro. Desde então, já aproximou mais de nove mil pessoas a espetáculos produzidos no Distrito Federal, sendo que a maior parte deste público estava indo ao teatro pela primeira vez. O Mediato cria situações para que o espectador se sinta motivado e capaz de dialogar com a obra. Esse trabalho acontece por meio da mediação, que são experiências artísticas educativas - uma vivência prática - que acontece antes e depois do contato com a obra de arte.

 

EQUIPE PRINCIPAL

Ana Sofia Lamas

Gestão e Produção

Turismóloga com Pós Graduação pela Universidade Católica de Brasília e graduada pelo Centro de Universitário de Brasília - UNICEUB. Artista Circense, Professora de acrobacias aéreas há 19 anos e criadora da modalidade Fit Fly. É presidente da Associação Cultural, Esportiva e Turística - ASCETUR desde 2008 desenvolvendo projetos projetos culturais, sociais e ambientais como gestora, administradora e captadora de recursos. Desenvolve projetos sociais voltados à instituições de ensino e centros sociais. Foi coordenadora de diversos projetos, com destaque para: Arte e Cidadania, Arte e Educação, Circo e Cidadania e Circo Social. Todos com o patrocínio do Fundo de Apoio a Cultura- FAC do Distrito Federal. É Fundadora do Grupo Trupe de Argonautas onde trabalha como intérprete de espetáculos e acompanhamento de projetos desde 2005. Como artista já se apresentou com espetáculos no Teatro Nacional, Sesc DF, Funarte, Circo de Portugal, Circo do Marcos Frota, entre outros.

 

Célio Pontes

Coordenação e Direção Artística

Artista, Arte educador, Pesquisador e Gestor Cultural. Mestre em Educação, Culturas e Identidades pela Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE e Fundação Joaquim Nabuco FUNDAJ, pós graduado em Gestão e Políticas Culturais pela Universidade de Girona (ESP) e Itaú Cultural (2015), especialista em Economia da Cultura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS e Fundação Joaquim Nabuco – FUNDAJ (2009), possui graduação em Educação Artística pela Universidade Federal de Pernambuco (2002) e Técnico em Desenho de Artes Gráficas pela Escola Estadual Professor Agamemnon Magalhães – ETEPAM (1990). Atualmente, é diretor executivo da Pontes Culturais, coordenou e integrou, recentemente, a equipe de criação do projeto Teatrando! Programa Educativo e Cultural do Teatro de Santa Isabel com uma metodoligia inovadora intitulada Teatro Jogo. Foi gestor e consultor no IDG - Instituto de Desenvolvimento e Gestão, entre outras conceituadas instituições culturais. Atua ainda como professor de teatro, designer gráfico e diretor de arte para espetáculos, projetos de audiovisual e produção de artes visuais.

 

Arlene von Sohsten

Arte educação

Coordenadora Pedagógica de Projetos Educativos em Artes Cênicas desde 2012 e em Artes Visuais desde 2010, tendo realizado o Educativo de exposições no Museu Nacional Honestino Guimarães, no Palácio do Planalto e no Congresso Nacional concebendo e coordenando o Programa Pedagógico. Em 2014 concebeu e realizou projeto de mediação em teatro Mediato Diálogo com Espectadores, que já atendeu mais de 9 mil espetadores-estudantes de 27 escolas do DF. É coordenadora das ações formativas (mediação e oficina) do Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul desde 2018 e também professora da Educação Básica na Secretaria de Estado e Educação do DF desde 2014. Entre 2006 e 2010 trabalhou como supervisora pedagógica e mediadora no Programa Educativo no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. Lecionou Teatro na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, 2016-2017. É mestre em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília. Pesquisadora independente na área de recepção teatral e estética tendo participado de congressos nacionais e internacionais, com publicação de artigo em periódico A1.

 

Luênia Guedes

Comunicação

Artista-educadora, atriz, cenógrafa e pesquisadora. Graduada em Tecnologia em Produção Publicitária - Faculdades Integradas ICESP (2008). Possui Licenciatura em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília - UnB (2016). Faz a coordenação técnica do projeto Crianças Protagonistas: Arte Cênicas e Diversidade Cultural na Escola do Núcleo de Pesquisa Imagens (em) Cena na UnB, na coordenação de pesquisadores de graduação e no planejamento de atividades pedagógicas. É artista-educadora no Projeto Mediato - Diálogo com espectadores (2014), onde atua na capacitação de mediadores, desenvolvimento de metodologias, coordenação de equipe e mediações. É membro-fundadora do Coletivo Entrevazios (2014) que pesquisa as poéticas do corpo e cidade, em 2019 fez a direção geral do projeto De Ver Cidade, Brasília numa caixa de brincar. Atuou na concepção de um programa educativo com mediações na cidade. Atualmente é mestranda do Programa de Pós-graduação de Departamento de Artes Cênicas da Universidade de Brasília PPGCEN - UNB, na linha de pesquisa Cultura e Saberes em Artes Cênicas, numa pesquisa com crianças, a fim de subsidiar novas políticas de relações entre adultos e crianças no âmbito do ensino-aprendizagem.

 

NOSSO JOGO É LANÇAR LUZ NA PLATEIA DO TEATRO!

 

 

 

Célio Rodrigues de Lima Pontes ainda não publicou nenhuma notícia.

Projetado para ser o principal espaço cultural de Brasília, o Teatro Nacional Cláudio Santoro está fechado há cinco anos.

A tarefa de reviver esse patrimônio mundial da humanidade é de todos. Nós queremos ocupar o teatro com arte e cultura e chamar a atenção da sociedade para a importância desse equipamento cultural para a vida da cidade.

Para isso, estamos preparando um espetáculo em forma de jogo!

O Cidade Espetáculo - Teatro Jogo é uma ação artística patrimonial que vai além de uma simples visita ou espetáculo convencional. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento de uma relação de pertencimento do público jovem com o local.

E você pode ajudar a financiar esta ação! Por isso estamos aqui lançando esta campanha de financiamento coletivo. 

Vamos juntos reviver Teatro Nacional Claudio Santoro e mostrar como o coração da nossa cidade pulsa como um grande espetáculo!

 

Nosso sonho é ver o Teatro Nacional Cláudio Santoro cheio de vida novamente.

É atrair novas plateias para a Arte, mostrando como o coração da nossa cidade pulsa como um grande espetáculo!

Com seu apoio será possível encantar jovens estudantes de Brasília com uma experiência mágica pelo fazer teatral. Por meio de uma visita teatralizada, o Cidade Espetáculo convida o público jogador a vivenciar uma aventura pelo patrimônio cultural, (re)descobrindo o amor pela cultura do lugar.

 

 

A experiência é um jogo onde todos ganham. Não há perdedores.  

Ao percorrer um roteiro dinâmico, o público jogador tem o objetivo de contribuir com a construção coletiva de narrativas. O Teatro Jogo é uma metodologia inovadora que une a potência do fazer teatral com as inúmeras possibilidades dos Jogos de Interpretação de Papéis, conhecidos como RPG (Role Playing Games).

  

Nessa experiência sensorial imersiva, as histórias são vivenciadas.

Dessa forma, é possivel combinar reflexão e criatividade, desenvolver a argumentação e a ética. É também um espetáculo no qual o público, se desejar, pode participar ativamente no desenrolar da aventura ou simplesmente apreciar assistindo. 

Os jogadores são livres para interagir com atores-personagens, administrar recursos e definir estratégias para avançar na trama. 

O objetivo é a superação de desafios,  buscando encontrar soluções para as diversas questões que dialogam com nossos dramas contemporâneos. 

 

E o resultado?

 

O resultado é uma diversão reflexiva, que parte do conceito de aprender brincando, como caminho para uma cidadania ativa. Buscamos o reconhecimento pelos jovens, da importância de suas ações num contexto de formação sociocultural. Acreditamos que o Teatro Jogo é um lastro fundamental para construção de uma formação mais humanizada e holística.​

 

O Teatro Jogo como uma experiência de gameficação do espetáculo cênico vem sendo realizado em diversos equipamentos e patrimônios culturais. Funciona como uma potente ferramenta de Educação Patrimonial.​

O nosso Cidade Espetáculo conta com os mesmos criadores do Proscenium! Teatro Jogo,  experiência cênica realizada em 2018 e 2019 no Teatro de Santa Isabel, teatro monumento do Recife, PE.

Divulgação Proscenium! Teatro Jogo. Teatro de Santa Isabel, 2018, Recife - PE.

 

A temporada consolidou expressivo alcance e aceitação entre estudantes, professores, turistas e público em geral.

DEPOIMENTOS DO PÚBLICO TEATRO JOGO

 
Duração: 1 min
 
 
Duração: 1:40 min
 
 
Duração: 1 min
 
Duração: 0:35 seg
 
Duração: 0:54 seg

 

O TEATRO DO CORAÇÃO DO BRASIL

O Teatro Nacional Cláudio Santoro, situado no Eixo Monumental de Brasília-DF, foi inaugurado em 1966.

Compõe relevante monumento no conjunto urbano tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN.

Foi concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer, com jardins de Burle Marx e painéis externos do artista plástico Athos Bulcão.

Possui estrutura com forma de pirâmide irregular. No seu interior, destacam-se as salas Martins Pena, Villa-Lobos e Alberto Nepomuceno, onde eram realizados numerosos espetáculos em linguagens artísticas diversas.

Atualmente, o Teatro Nacional encontra-se fechado ao público e, desde 2015, aguarda por reforma.

Enquanto isso, desejamos sensibilizar a sociedade sobre a importância do Teatro Nacional como um patrimônio para vida das pessoas.

Foyer do Teatro Nacional Cláudio Santoro. Escultura A Contorcionista de Alfredo Ceschiatti.

Nosso objetivo é aproximar o público desse patrimônio da humanidade, possibilitando o acesso de novas plateias e criando uma relação de pertencimento com a cidade.

Durante 4 meses serão realizadas 32 sessões de teatro jogo que acontecerão semanalmente nos espaços internos e externos do Teatro Nacional Cláudio Santoro. 

A experiência é um espetáculo imersivo com capacidade para 50 pessoas por sessão.

É voltado, preferencialmente, ao público jovem, mas também serão bem vindos turistas e a população em geral.

Contará com a participação de atores e técnicos profissionais, além de recursos cênicos especiais que devem contribuir para uma participação ativa do público.

 

Como funciona?

 

1) Os interessados podem realizar INSCRIÇÃO prévia nos canais de atendimento que serão divulgados.

2) Também será disponibilizada uma plataforma virtual de conteúdos e relacionamento, com temas, personagens e desafios importantes como uma PREPARAÇÃO.

3) A culminância como processo de FRUIÇÃO do espetáculo será a participação no jogo teatral propriamente dito.

4) Posteriomente serão realizados bate papos com alunos e professores participantes com o objetivo de criação de DESDOBRAMENTOS. 

5) O ciclo encerra quando são concretizadas possibilidades de RETORNO espontâneo do público ao teatro.

 

 

 

Projeto aprovado pelo BNDES!

 

 

O nosso Cidade Espetáculo foi selecionado pelo edital de financiamento coletivo do Banco Nacional de Desenvolvimento Social - BNDES

O Matchfunding BNDES+ Patrimônio Cultural é um programa inovador de financiamento a projetos culturais.

O programa é o primeiro do setor público a adotar um modelo de financiamento combinado, unindo o aporte direto do BNDES ao financiamento coletivo, também conhecido como Crowdfunding.

 

É TUDO OU NADA!

Imagine que para cada R$ 1 doado, o BNDES aporta + R$ 2!

Então se você doar R$ 100,00 o BNDES investe mais R$ 200,00 - podendo triplicar a meta inicial do nosso projeto cultural.

Mas para receber os recursos efetivamente, a campanha  de financiamento coletivo deverá atingir sua meta mínima de arrecadação.

 

Caso a meta não seja atingida, o dinheiro será devolvido aos doadores.

 

Veja como é simples fazer a sua colaboração:

 

 

 

Como iremos aplicar os recursos?

 

 

 

Quais as recompensas?

 

 

Então seja nosso parceiro e da cultura brasileira. Torne-se um Guardião do Teatro Nacional!

 

Vamos nos conhecer melhor?

A Associação Cultural, Esportiva e Turística - ASCETUR é uma organização sem fins lucrativos. Desenvolve projetos nas áreas de promoção da cultura e assistência social; na defesa e conservação do patrimônio histórico e artístico; como também na preservação e conservação do meio ambiente e promoção do desenvolvimento sustentável, entre outras ações.

Pontes Culturais é uma empresa que tem como valor principal a Cultura como vetor estratégico de desenvolvimento. Sediada no Recife PE, existe oficialmente desde 2013, possui profissionais experientes na produção cultural nacional. Atuam nas áreas de pesquisa, consultoria em gestão de equipamentos culturais, gestão e produção cultural. Tem como principais parceiros de percurso: Prefeitura do Recife, IDG - Instituto de Desenvolvimento e Gestão, Serviço Social do Comércio SESC, Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco - FUNDARPE, Secretaria de Cultura de Pernambuco, entre outros. Mais em: https://prezi.com/view/V4bDez0AaK5UrKD5C0Ya/

Mediato Diálogo com Espectadores é um projeto que, por meio de uma experiência artística educativa, cria relações entre o espectador e uma obra artística. O Mediato surgiu em 2014, com o desejo de proporcionar encontros entre o público e espetáculos de teatro. Desde então, já aproximou mais de nove mil pessoas a espetáculos produzidos no Distrito Federal, sendo que a maior parte deste público estava indo ao teatro pela primeira vez. O Mediato cria situações para que o espectador se sinta motivado e capaz de dialogar com a obra. Esse trabalho acontece por meio da mediação, que são experiências artísticas educativas - uma vivência prática - que acontece antes e depois do contato com a obra de arte.

 

EQUIPE PRINCIPAL

Ana Sofia Lamas

Gestão e Produção

Turismóloga com Pós Graduação pela Universidade Católica de Brasília e graduada pelo Centro de Universitário de Brasília - UNICEUB. Artista Circense, Professora de acrobacias aéreas há 19 anos e criadora da modalidade Fit Fly. É presidente da Associação Cultural, Esportiva e Turística - ASCETUR desde 2008 desenvolvendo projetos projetos culturais, sociais e ambientais como gestora, administradora e captadora de recursos. Desenvolve projetos sociais voltados à instituições de ensino e centros sociais. Foi coordenadora de diversos projetos, com destaque para: Arte e Cidadania, Arte e Educação, Circo e Cidadania e Circo Social. Todos com o patrocínio do Fundo de Apoio a Cultura- FAC do Distrito Federal. É Fundadora do Grupo Trupe de Argonautas onde trabalha como intérprete de espetáculos e acompanhamento de projetos desde 2005. Como artista já se apresentou com espetáculos no Teatro Nacional, Sesc DF, Funarte, Circo de Portugal, Circo do Marcos Frota, entre outros.

 

Célio Pontes

Coordenação e Direção Artística

Artista, Arte educador, Pesquisador e Gestor Cultural. Mestre em Educação, Culturas e Identidades pela Universidade Federal Rural de Pernambuco UFRPE e Fundação Joaquim Nabuco FUNDAJ, pós graduado em Gestão e Políticas Culturais pela Universidade de Girona (ESP) e Itaú Cultural (2015), especialista em Economia da Cultura pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS e Fundação Joaquim Nabuco – FUNDAJ (2009), possui graduação em Educação Artística pela Universidade Federal de Pernambuco (2002) e Técnico em Desenho de Artes Gráficas pela Escola Estadual Professor Agamemnon Magalhães – ETEPAM (1990). Atualmente, é diretor executivo da Pontes Culturais, coordenou e integrou, recentemente, a equipe de criação do projeto Teatrando! Programa Educativo e Cultural do Teatro de Santa Isabel com uma metodoligia inovadora intitulada Teatro Jogo. Foi gestor e consultor no IDG - Instituto de Desenvolvimento e Gestão, entre outras conceituadas instituições culturais. Atua ainda como professor de teatro, designer gráfico e diretor de arte para espetáculos, projetos de audiovisual e produção de artes visuais.

 

Arlene von Sohsten

Arte educação

Coordenadora Pedagógica de Projetos Educativos em Artes Cênicas desde 2012 e em Artes Visuais desde 2010, tendo realizado o Educativo de exposições no Museu Nacional Honestino Guimarães, no Palácio do Planalto e no Congresso Nacional concebendo e coordenando o Programa Pedagógico. Em 2014 concebeu e realizou projeto de mediação em teatro Mediato Diálogo com Espectadores, que já atendeu mais de 9 mil espetadores-estudantes de 27 escolas do DF. É coordenadora das ações formativas (mediação e oficina) do Espaço Cultural Renato Russo 508 Sul desde 2018 e também professora da Educação Básica na Secretaria de Estado e Educação do DF desde 2014. Entre 2006 e 2010 trabalhou como supervisora pedagógica e mediadora no Programa Educativo no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília. Lecionou Teatro na Faculdade de Artes Dulcina de Moraes, 2016-2017. É mestre em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília. Pesquisadora independente na área de recepção teatral e estética tendo participado de congressos nacionais e internacionais, com publicação de artigo em periódico A1.

 

Luênia Guedes

Comunicação

Artista-educadora, atriz, cenógrafa e pesquisadora. Graduada em Tecnologia em Produção Publicitária - Faculdades Integradas ICESP (2008). Possui Licenciatura em Artes Cênicas pela Universidade de Brasília - UnB (2016). Faz a coordenação técnica do projeto Crianças Protagonistas: Arte Cênicas e Diversidade Cultural na Escola do Núcleo de Pesquisa Imagens (em) Cena na UnB, na coordenação de pesquisadores de graduação e no planejamento de atividades pedagógicas. É artista-educadora no Projeto Mediato - Diálogo com espectadores (2014), onde atua na capacitação de mediadores, desenvolvimento de metodologias, coordenação de equipe e mediações. É membro-fundadora do Coletivo Entrevazios (2014) que pesquisa as poéticas do corpo e cidade, em 2019 fez a direção geral do projeto De Ver Cidade, Brasília numa caixa de brincar. Atuou na concepção de um programa educativo com mediações na cidade. Atualmente é mestranda do Programa de Pós-graduação de Departamento de Artes Cênicas da Universidade de Brasília PPGCEN - UNB, na linha de pesquisa Cultura e Saberes em Artes Cênicas, numa pesquisa com crianças, a fim de subsidiar novas políticas de relações entre adultos e crianças no âmbito do ensino-aprendizagem.

 

NOSSO JOGO É LANÇAR LUZ NA PLATEIA DO TEATRO!

 

 

 

Célio Rodrigues de Lima Pontes ainda não publicou nenhuma notícia.