CORES E FLORES PARA TITA |

CORES E FLORES PARA TITA

Uma homenagem a um jovem homem trans suicidado aos 15 anos, um manifesto contra a transfobia e pelo amor. Um filme em busca de finalização.

Projeto por: Susan Kalik
R$ 3.210,00
arrecadado
meta R$ 8.000,00

34 benfeitores
apoiaram essa campanha

Não foi dessa vez :/

A meta de arrecadação não foi atingida e todas as colaborações foram estornadas. Obrigado pelo apoio ainda assim!

POR

Susan Kalik

Susan Kalik

R$ 15
CARD
1 benfeitor apoiando
Card especial “Aqui se respira luta”, padronizado com sua foto, para divulgação nas redes sociais! Dá uma olhada na descrição das recompensas, como fica massa!
R$ 20
INGRESSO VIRTUAL - PARA VER EM CASA
Seja o primeiro a apoiar!
É um ingresso virtual, com ele você recebe um link para ver o filme pela internet. Essa recompensa começa a valer em 27/10/16, mas se você já apoiou em outras categoria acima de R$ 20,00, não se preocupe, você vai receber também!
R$ 30
CRÉDITOS NO FILME
2 benfeitores apoiando
Agradecimentos nos créditos do filme. + Card especial
R$ 60
DVD CORES E FLORES PARA TITA
Seja o primeiro a apoiar!
Vamos te enviar o DVD do documentário “Cores e Flores para Tita” logo que for finalizado e com dedicatória de um dos entrevistados. + Créditos do filme + Card especial
R$ 100
BLOQUINHO
Seja o primeiro a apoiar!
Bloquinho “Aqui se respira luta!”. Um lindo bloquinho de anotações para você lembrar que a luta continua todos os dias! + DVD Cores e Flores para Tita + Créditos do filme + Card especial
R$ 200
CAMISETA
Seja o primeiro a apoiar!
Camiseta “Aqui se respira luta!” pra você levar a luta no coração. + Bloquinho + DVD Cores e Flores para Tita + Créditos do filme + Card especial
R$ 200
WORKSHOP
Seja o primeiro a apoiar!
Um workshop de 02 dias com a diretora/produtora Susan Kalik e o diretor/roteirista/montador Thiago Gomes, sobre realização audiovisual: produção, roteiro e elaboração de projetos para leis de incentivo. * Será em Salvador/BA, e vamos combinar data, local e horário com você. Estimativa de data do curso: Março/2017 ** Não há pré-requisitos. *** O curso é em grupo e provavelmente terá a presença de mais alunos. + Bloquinho + DVD Cores e Flores para Tita + Créditos do filme + Card especial

10 disponíveis.
R$ 500
EXIBIÇÃO + BATE-PAPO
Seja o primeiro a apoiar!
Exibição do filme + bate-papo. (válido para realização em Salvador/BA) + Bloquinho + DVD Cores e Flores para Tita + Créditos do filme + Card especial
R$ 1.500
APOIO CULTURAL
Seja o primeiro a apoiar!
Sua logomarca nos créditos finais do filme, sob a chancela APOIO CULTURAL. + 5 Bloquinhos + 5 DVD Cores e Flores para Tita + Card especial
R$ 5.000
PATROCÍNIO
Seja o primeiro a apoiar!
Sua logomarca na ABERTURA do filme, sob a chancela APRESENTA. Aplicação “eterna” da sua logomarca em todo o material de divulgação do filme, como APOIO FINANCEIRO. + 10 Bloquinhos + 10 DVD Cores e Flores para Tita + Card especial

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

O FILME

O filme Cores e Flores para Tita é um documentário de 110 minutos produzido de forma completamente independente. E que agora, precisa de recursos para custear sua finalização de cor, som e mixagem, garantindo seu lançamento no dia 05 de outubro de 2016, no evento DE TRANS PRA FRENTE, em Salvador, Bahia, e daí em diante, viabilizando sua possibilidade de participação em Festivais, exibição em Mostra e eventos de cinema, gênero contribuir na luta contra a Transfobia e na construção de um mundo com mais amor e respeito.

Ao documentar a foto-ativista, Andréa Magnoni, na construção de uma exposição em homenagem ao seu tio Renato “Tita”, homem trans morto em 1973, o filme aborda a Transgeneridade através dos fatos sobre o tio, que ela traz à tona: sua real identidade de gênero, um provável estupro, e as consequências que o levaram ao suicídio aos 15 anos.

Construindo um diálogo entre o vilipêndio vivenciado por Tita, 40 anos atrás, e a luta contra a transfobia nos dias atuais, o filme traz à luz depoimentos de pessoas trans que foram fotografadas para a composição da exposição fotográfica de mesmo nome, realizada por Magnoni em maio de 2016. São quatro mulheres trans/travestis e quatro homens trans em diferentes idades e vivências, em depoimentos sobre suas conquistas, suas dores, descobertas e, principalmente, seu amor e a coragem de lutar para serem quem são.

O filme conta com depoimentos de importantes agentes da representatividade trans e travesti, entre eles, Keila Simpson, mulher trans/travesti, com cinquenta e poucos anos, ela é presidenta da Antra - Associação Nacional de Travestis e Transexuais; com o jovem homem trans, Diego Nascimento, que aos 15 anos já é Coordenador do núcleo IBRAT/BA - Instituto Brasileiro de Transmasculinidade, com Viviane Vergueiro, mulher trans/travesti e pesquisadora e mestra pela UFBA, integrante do CUS - Grupo de Pesquisa em Cultura e Sexualidade, com a blogueira Sofia Favero, uma das figuras jovens de maior alcance quando se fala em visibilidade trans, dona da página Travesti Reflexiva, já reúne mais de 200 mil seguidores.

Juntes elas e eles abordam questões sobre a feminilidade trans, travestilidade e vulnerabilidade social, aspectos históricos, sociais e conflito de classes, violência contra a mulher, estupro, masculinidade x machismo x o papel do homem trans na nova sociedade, nome social, terapia hormonal, mastectomia masculinizadora, cirurgia de redesignação genital, hormônio terapia, família, mercado de trabalho, entre outros temas. Além de depoimentos muito sensíveis sobre a construção de suas identidades, suas lutas, suas vitórias, medos, alegrias e pessoalidades.

 

VÍDEO PROMO

 

EM QUE PÉ ESTAMOS

As gravações foram realizadas entre janeiro e maio de 2016, com 12 pessoas entrevistados. Forma quase 20 horas de material bruto, e o primeiro corte do documentário tinha 2h13 minutos! Agora em sua versão final, o filme tem 92 minutos, um tamanho excelente para um longa documental. 

Agora, o filme encontra-se em finalização, ou seja, nas etapas de correção de cor, com trabalho de melhoria de sua iluminação, uniformização das cores, correção de ruídos de imagem, e também de finalização de som, com a correção de ambiências sonoras, melhoria dos diálogos, remoção de ruídos, e também mixagem com a trilha e efeitos. 

Essa é uma etapa DETERMINANTE para nosso filme, pois como sabemos, em se tratando de audiovisual, é preciso que o filme atenda as especificações e qualidade técnica necessária para que ele "possa ter vida", ou seja, poder participar de exibições em festivai, mostras, ou ter sua exibição em TV, ou salas de cinema, por exemplo.

E é aí que precisamos de você, pois este é um FILME INDEPENDENTE e como tal, foi produzido por uma equipe muito reduzida, sem todos os aparatos de câmera e som, cujo valor, inviabilizariam sua feitura. Sendo assim, há correções de cor e de som importantes que precisam ser feitas, e para isso, o filme precisa de colaboração financeira para ser finalizado.

 

PREMIÈRE EM SALVADOR

Faremos uma exibição em Salvador, no dia 05/outubro/16, 18h no Teatro Gregório de Mattos, pelo projeto DE TRANS PRA FRENTE, uma ação muito bacana, produzida majoritariamente por pessoas trans e que teve sua edição primeira edição realizada na exposição fotográfica "Cores e Flores para Tita". O evento é tão bacana, que já tem realização mensal, e estaremos lá na edição de outubro.

 

Essa primeira exibição, será feita com o filme em "work in progress" ou seja, a essência do filme já está lá, em sua edição final, mas ainda sem correção de cor e som. 

Lembre, o filme ainda não tem finalização (contamos com você pra isso!). 

Será um momento bacana para que as pessoas presentes possam conhecer o filme, e colaborar em sua finalização. 

 

 

METAS X ORÇAMENTO

  • META 01 - FINALIZAÇÃO - R$ 8MIL

    Contempla a finalização do filme, arcando com as despesas de finalização do longa, como correção de cor e mixagem de som, possibilitando a inscrição do filme em festivais e sua circulação/exibição. Além da confecção e envio das recompensas e também as taxas do "Benfeitoria e taxa da integradora financeira para o repasse dos valores da campanha".
     

  • META 02 - EXIBIÇÕES EM SALVADOR -  R$ 10MIL

    E ainda mais!

    Lançamento em Salvador, com a exibição em 03 salas/teatros com bate-papo, material de divulgação e 100 dvd´s para distribuição em escolas públicas e instituições de luta LGBT. Além da produção de material para divulgação como cartazes e cartões-postais.
     

  • META 03 - EXIBIÇÃO EM SALVADOR + RECIFE + RIO DE JANEIRO + SÃO PAULO E BRASÍLIA - R$ 15MIL


    Mais e mais lugares!

    Realizar 04 exibições fora da Bahia em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Brasília, para fomentar a visibilidade, parcerias e possibilidades e distribuição do filme. Cobrindo as despesas de divulgação, exibição, passagem e logística.
     

RECOMPENSAS

 

PORQUE APOIAR

O filme tem por objetivo colaborar para a dessensibilização sistemática das imposições normativas culturais vigentes e com isso, estimular os diálogos, o respeito e a liberdade do existir individual e único de cada ser dentro da diversidade.

Além do gatilho dramático do roteiro, guiado pela história do jovem Renato Tita, que vai sendo contada ao longo do filme, Cores e Flores para Tita, dialóga com questões que sabemos ainda serem tabus ou sofrerem com o preconceito em grande faixa das empresas patrocinadoras, como as diversas dissidências de gênero, o papel e a relação das performances de gênero versus atribuições sociais, as relações familiares, sociais e políticas; LGBTfobias e violências, e muitos outros assuntos que são abordados no filme. Por isso precisamos do seu apoio, para que este filme possa EXISTIR DE FORMA INDEPENDENTE.

Acompanhe nosso facebook: www.facebook.com/coresefloresparatitadoc

Assista ao vídeo promo: www.facebook.com/coresefloresparatitadoc

Vá a Première em Salvador, dia 05/10/16, ou acompanhe os depoimentos que publicaremos aqui em nosso Benfeitoria.

Apoie este projeto!

 

O FILME

O filme Cores e Flores para Tita é um documentário de 110 minutos produzido de forma completamente independente. E que agora, precisa de recursos para custear sua finalização de cor, som e mixagem, garantindo seu lançamento no dia 05 de outubro de 2016, no evento DE TRANS PRA FRENTE, em Salvador, Bahia, e daí em diante, viabilizando sua possibilidade de participação em Festivais, exibição em Mostra e eventos de cinema, gênero contribuir na luta contra a Transfobia e na construção de um mundo com mais amor e respeito.

Ao documentar a foto-ativista, Andréa Magnoni, na construção de uma exposição em homenagem ao seu tio Renato “Tita”, homem trans morto em 1973, o filme aborda a Transgeneridade através dos fatos sobre o tio, que ela traz à tona: sua real identidade de gênero, um provável estupro, e as consequências que o levaram ao suicídio aos 15 anos.

Construindo um diálogo entre o vilipêndio vivenciado por Tita, 40 anos atrás, e a luta contra a transfobia nos dias atuais, o filme traz à luz depoimentos de pessoas trans que foram fotografadas para a composição da exposição fotográfica de mesmo nome, realizada por Magnoni em maio de 2016. São quatro mulheres trans/travestis e quatro homens trans em diferentes idades e vivências, em depoimentos sobre suas conquistas, suas dores, descobertas e, principalmente, seu amor e a coragem de lutar para serem quem são.

O filme conta com depoimentos de importantes agentes da representatividade trans e travesti, entre eles, Keila Simpson, mulher trans/travesti, com cinquenta e poucos anos, ela é presidenta da Antra - Associação Nacional de Travestis e Transexuais; com o jovem homem trans, Diego Nascimento, que aos 15 anos já é Coordenador do núcleo IBRAT/BA - Instituto Brasileiro de Transmasculinidade, com Viviane Vergueiro, mulher trans/travesti e pesquisadora e mestra pela UFBA, integrante do CUS - Grupo de Pesquisa em Cultura e Sexualidade, com a blogueira Sofia Favero, uma das figuras jovens de maior alcance quando se fala em visibilidade trans, dona da página Travesti Reflexiva, já reúne mais de 200 mil seguidores.

Juntes elas e eles abordam questões sobre a feminilidade trans, travestilidade e vulnerabilidade social, aspectos históricos, sociais e conflito de classes, violência contra a mulher, estupro, masculinidade x machismo x o papel do homem trans na nova sociedade, nome social, terapia hormonal, mastectomia masculinizadora, cirurgia de redesignação genital, hormônio terapia, família, mercado de trabalho, entre outros temas. Além de depoimentos muito sensíveis sobre a construção de suas identidades, suas lutas, suas vitórias, medos, alegrias e pessoalidades.

 

VÍDEO PROMO

 

EM QUE PÉ ESTAMOS

As gravações foram realizadas entre janeiro e maio de 2016, com 12 pessoas entrevistados. Forma quase 20 horas de material bruto, e o primeiro corte do documentário tinha 2h13 minutos! Agora em sua versão final, o filme tem 92 minutos, um tamanho excelente para um longa documental. 

Agora, o filme encontra-se em finalização, ou seja, nas etapas de correção de cor, com trabalho de melhoria de sua iluminação, uniformização das cores, correção de ruídos de imagem, e também de finalização de som, com a correção de ambiências sonoras, melhoria dos diálogos, remoção de ruídos, e também mixagem com a trilha e efeitos. 

Essa é uma etapa DETERMINANTE para nosso filme, pois como sabemos, em se tratando de audiovisual, é preciso que o filme atenda as especificações e qualidade técnica necessária para que ele "possa ter vida", ou seja, poder participar de exibições em festivai, mostras, ou ter sua exibição em TV, ou salas de cinema, por exemplo.

E é aí que precisamos de você, pois este é um FILME INDEPENDENTE e como tal, foi produzido por uma equipe muito reduzida, sem todos os aparatos de câmera e som, cujo valor, inviabilizariam sua feitura. Sendo assim, há correções de cor e de som importantes que precisam ser feitas, e para isso, o filme precisa de colaboração financeira para ser finalizado.

 

PREMIÈRE EM SALVADOR

Faremos uma exibição em Salvador, no dia 05/outubro/16, 18h no Teatro Gregório de Mattos, pelo projeto DE TRANS PRA FRENTE, uma ação muito bacana, produzida majoritariamente por pessoas trans e que teve sua edição primeira edição realizada na exposição fotográfica "Cores e Flores para Tita". O evento é tão bacana, que já tem realização mensal, e estaremos lá na edição de outubro.

 

Essa primeira exibição, será feita com o filme em "work in progress" ou seja, a essência do filme já está lá, em sua edição final, mas ainda sem correção de cor e som. 

Lembre, o filme ainda não tem finalização (contamos com você pra isso!). 

Será um momento bacana para que as pessoas presentes possam conhecer o filme, e colaborar em sua finalização. 

 

 

METAS X ORÇAMENTO

  • META 01 - FINALIZAÇÃO - R$ 8MIL

    Contempla a finalização do filme, arcando com as despesas de finalização do longa, como correção de cor e mixagem de som, possibilitando a inscrição do filme em festivais e sua circulação/exibição. Além da confecção e envio das recompensas e também as taxas do "Benfeitoria e taxa da integradora financeira para o repasse dos valores da campanha".
     

  • META 02 - EXIBIÇÕES EM SALVADOR -  R$ 10MIL

    E ainda mais!

    Lançamento em Salvador, com a exibição em 03 salas/teatros com bate-papo, material de divulgação e 100 dvd´s para distribuição em escolas públicas e instituições de luta LGBT. Além da produção de material para divulgação como cartazes e cartões-postais.
     

  • META 03 - EXIBIÇÃO EM SALVADOR + RECIFE + RIO DE JANEIRO + SÃO PAULO E BRASÍLIA - R$ 15MIL


    Mais e mais lugares!

    Realizar 04 exibições fora da Bahia em São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Brasília, para fomentar a visibilidade, parcerias e possibilidades e distribuição do filme. Cobrindo as despesas de divulgação, exibição, passagem e logística.
     

RECOMPENSAS

 

PORQUE APOIAR

O filme tem por objetivo colaborar para a dessensibilização sistemática das imposições normativas culturais vigentes e com isso, estimular os diálogos, o respeito e a liberdade do existir individual e único de cada ser dentro da diversidade.

Além do gatilho dramático do roteiro, guiado pela história do jovem Renato Tita, que vai sendo contada ao longo do filme, Cores e Flores para Tita, dialóga com questões que sabemos ainda serem tabus ou sofrerem com o preconceito em grande faixa das empresas patrocinadoras, como as diversas dissidências de gênero, o papel e a relação das performances de gênero versus atribuições sociais, as relações familiares, sociais e políticas; LGBTfobias e violências, e muitos outros assuntos que são abordados no filme. Por isso precisamos do seu apoio, para que este filme possa EXISTIR DE FORMA INDEPENDENTE.

Acompanhe nosso facebook: www.facebook.com/coresefloresparatitadoc

Assista ao vídeo promo: www.facebook.com/coresefloresparatitadoc

Vá a Première em Salvador, dia 05/10/16, ou acompanhe os depoimentos que publicaremos aqui em nosso Benfeitoria.

Apoie este projeto!

 

DEPOIMENTOS DE QUEM JÁ ASSISTIU!

Em: 07/10/2016 14:53


Em: 07/10/2016 14:51


DEPOIMENTOS DE QUEM JÁ ASSISTIU

Em: 07/10/2016 14:43