[BA] Desabafo Social |

[BA] Desabafo Social

Colabore para ajudarmos pelo menos 80 pessoas e projetos de prevenção e combate ao coronavírus, do Nordeste de Amaralina, periferia de Salvador.

Projeto por: Monique Evelle
R$ 34.201,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

54 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Monique Evelle

Monique Evelle
R$ 10
Você faz parte!
8 benfeitores apoiando
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 20
Você faz parte!
5 benfeitores apoiando
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 50
Você faz parte!
5 benfeitores apoiando
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 100
Você faz parte!
7 benfeitores apoiando
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 500
Você faz parte!
1 benfeitor apoiando
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 1.000
Você faz parte!
Seja o primeiro a apoiar!
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 5.000
Você faz parte!
Seja o primeiro a apoiar!
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 10.000
Você faz parte!
Seja o primeiro a apoiar!
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!
R$ 20.000
Você faz parte!
Seja o primeiro a apoiar!
Você está ajudando a gente a apoiar 80 iniciativas e queremos apoiar mais!

VOCÊ NOS APOIA E NÓS APOIAMOS PESSOAS E PROJETOS DO NORDESTE DE AMARALINA, PERIFERIA DE SALVADOR.

O Desabafo Social é um laboratório de tecnologias sociais aplicadas à geração de renda, comunicação e educação. 

Construímos uma comunidade de inteligência coletiva para resolução de problemas através de desafios sociais plataforma ItsNoon. Remuneramos as ideias e soluções por meio de micropagamentos. 

Neste período de pandemia, já levantamos R$ 70 mil e apoiamos mais de 1.500 pessoas e famílias, distribuindo uma média de R$ 40 - R$ 200 por família, em 5 dias.

Garantimos o dinheiro no bolso e também o poder de decisão. As famílias tiveram a possibilidade de escolher se queriam comprar alimentos, itens de higiene pessoal, pagar uma dívida ou outras nuances existentes nos território periféricos.

Precisamos de você para apoiar outras pessoas e projetos de prevenção e combate ao coronavírus, do Nordeste de Amaralina, periferia de Salvador!

POR QUE NORDESTE DE AMARALINA?

Com mais de 200 mil habitantes, a periferia do Nordeste de Amaralina (composta pelos bairros do Nordeste, Santa Cruz, Vale das Pedrinhas e Chapada do Rio Vermelho), vem sofrendo com o corte de abastecimento de água e está com diferentes casos de suspeita de coronavírus. 

De acordo com o Censo do IBGE 2010, 33% dos moradores têm entre 30 a 49 anos, 65% das mulheres são as chefes de família, tendo entre 20 a 49 anos, e recebem em média um salário mínimo como autônomas ou empregos de baixa remuneração com carteira assinada.

Além disso, a pesquisa realizada pelo grupo de estudo GeoCombate COVID-19 BA, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), destacou os bairros periféricos com maior risco de contágio do coronavírus, entre eles está a Santa Cruz, que faz parte do complexo. O principal motivo é que a região está mais próxima dos bairros de classe média de Salvador, que estão com os maiores casos de infecção pelo coronavírus. 

QUAIS TIPOS DE INICIATIVAS SERÃO APOIADAS?

- Estratégias de comunicação para prevenção

- Entregas de itens de higiene pessoal

- Alimentação

- Pagamento de contas básicas  (luz, água, gás e internet)

- Apoio psicológico e jurídico

E outras iniciativas criativas e que gerem impacto de conscientização e acolhimento para as pessoas do Nordeste de Amaralina.

COMO AS INICIATIVAS SERÃO APOIADAS?

Vamos convocar pessoas e projetos do Nordeste de Amaralina, para gravarem um vídeo contando a ideia de prevenção e combate ao coronavírus que estão realizando ou querem realizar. 

Elas subirão os vídeos na plataforma ItsNoon. Nosso time fará curadoria das iniciativas e apoiará financeiramente.

As pessoas e projetos poderão sacar o dinheiro que estará em sua carteira digital na plataforma.

Muita coisa aconteceu desde a criação do Desabafo Social. Surgiu em 2011 em forma de grêmio estudantil. Em 2012 se tornou uma organização social com foco em Educação e Comunicação em Direitos Humanos. Rodamos o Brasil, criamos campanhas, ganhamos prêmios e muito mais. 

Em 2019 resolvemos testar um novo modelo. O Desabafo se tornou um projeto editorial com imersão em temas que impactam o comportamento e as relações humanas. Todo mês escolhíamos um tema relevante para aprofundar e criar conteúdo. 

Ficamos quase 10 anos decodificando e explicando diversos assuntos para o nosso público. Passando por gênero, raça, saúde mental, empreendedorismo e muitos mais. Agora chegou a hora de pensar mais 10 anos. Dessa vez vamos estimular a criação de soluções.

Hoje somos um laboratório de tecnologias sociais aplicadas à geração de renda, comunicação e educação.

Geração de renda

Criamos uma comunidade de engajamento cívico, artístico e cultural para resolução de problemas da sociedade. Lançamos desafios sociais e remuneramos as ideias mais criativas através de micropagamentos.

Comunicação

Desenvolvemos projetos editoriais sob demanda para organizações e estratégias para amplificar narrativas e fortalecer a presença digital. Formatos: campanhas, relatórios e pesquisa.

Educação

Construímos pontes entre os saberes acadêmicos e a realidade social e decodificamos contextos para potencializar as habilidades das pessoas e criar novos projetos e negócios sociais. Formatos: treinamento, consultoria e advocacy.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que a meta mínima da campanha de arrecadação seja atingida.

 

META 1: Com R$ 30 mil, conseguimos apoiar uma média de 80 iniciativas de prevenção e combate ao coronavírus. Até esse valor, contamos com o apoio do Fundo Enfrente.

META 2: Com R$ 60 mil, conseguimos apoiar uma média de 120 iniciativas de prevenção e combate ao coronavírus.

META 3: Com R$ 120 mil, conseguimos apoiar uma média de 170 iniciativas de prevenção e combate ao coronavírus.

Quanto mais você nos apoia, mais gente conseguimos apoiar também! A cada meta alcançada, aumentamos o valor do apoio!

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

 

 

 

COLABORAÇÕES EXTERNAS

R$1.000,00

colaborador

A campanha [BA] Desabafo Social captou os valores acima através de ações de arrecadação independentes, ou seja, fora da plataforma Benfeitoria. Ficou com dúvidas? Clique aqui

Monique Evelle ainda não publicou nenhuma notícia.

VOCÊ NOS APOIA E NÓS APOIAMOS PESSOAS E PROJETOS DO NORDESTE DE AMARALINA, PERIFERIA DE SALVADOR.

O Desabafo Social é um laboratório de tecnologias sociais aplicadas à geração de renda, comunicação e educação. 

Construímos uma comunidade de inteligência coletiva para resolução de problemas através de desafios sociais plataforma ItsNoon. Remuneramos as ideias e soluções por meio de micropagamentos. 

Neste período de pandemia, já levantamos R$ 70 mil e apoiamos mais de 1.500 pessoas e famílias, distribuindo uma média de R$ 40 - R$ 200 por família, em 5 dias.

Garantimos o dinheiro no bolso e também o poder de decisão. As famílias tiveram a possibilidade de escolher se queriam comprar alimentos, itens de higiene pessoal, pagar uma dívida ou outras nuances existentes nos território periféricos.

Precisamos de você para apoiar outras pessoas e projetos de prevenção e combate ao coronavírus, do Nordeste de Amaralina, periferia de Salvador!

POR QUE NORDESTE DE AMARALINA?

Com mais de 200 mil habitantes, a periferia do Nordeste de Amaralina (composta pelos bairros do Nordeste, Santa Cruz, Vale das Pedrinhas e Chapada do Rio Vermelho), vem sofrendo com o corte de abastecimento de água e está com diferentes casos de suspeita de coronavírus. 

De acordo com o Censo do IBGE 2010, 33% dos moradores têm entre 30 a 49 anos, 65% das mulheres são as chefes de família, tendo entre 20 a 49 anos, e recebem em média um salário mínimo como autônomas ou empregos de baixa remuneração com carteira assinada.

Além disso, a pesquisa realizada pelo grupo de estudo GeoCombate COVID-19 BA, da Universidade Federal da Bahia (UFBA), destacou os bairros periféricos com maior risco de contágio do coronavírus, entre eles está a Santa Cruz, que faz parte do complexo. O principal motivo é que a região está mais próxima dos bairros de classe média de Salvador, que estão com os maiores casos de infecção pelo coronavírus. 

QUAIS TIPOS DE INICIATIVAS SERÃO APOIADAS?

- Estratégias de comunicação para prevenção

- Entregas de itens de higiene pessoal

- Alimentação

- Pagamento de contas básicas  (luz, água, gás e internet)

- Apoio psicológico e jurídico

E outras iniciativas criativas e que gerem impacto de conscientização e acolhimento para as pessoas do Nordeste de Amaralina.

COMO AS INICIATIVAS SERÃO APOIADAS?

Vamos convocar pessoas e projetos do Nordeste de Amaralina, para gravarem um vídeo contando a ideia de prevenção e combate ao coronavírus que estão realizando ou querem realizar. 

Elas subirão os vídeos na plataforma ItsNoon. Nosso time fará curadoria das iniciativas e apoiará financeiramente.

As pessoas e projetos poderão sacar o dinheiro que estará em sua carteira digital na plataforma.

Muita coisa aconteceu desde a criação do Desabafo Social. Surgiu em 2011 em forma de grêmio estudantil. Em 2012 se tornou uma organização social com foco em Educação e Comunicação em Direitos Humanos. Rodamos o Brasil, criamos campanhas, ganhamos prêmios e muito mais. 

Em 2019 resolvemos testar um novo modelo. O Desabafo se tornou um projeto editorial com imersão em temas que impactam o comportamento e as relações humanas. Todo mês escolhíamos um tema relevante para aprofundar e criar conteúdo. 

Ficamos quase 10 anos decodificando e explicando diversos assuntos para o nosso público. Passando por gênero, raça, saúde mental, empreendedorismo e muitos mais. Agora chegou a hora de pensar mais 10 anos. Dessa vez vamos estimular a criação de soluções.

Hoje somos um laboratório de tecnologias sociais aplicadas à geração de renda, comunicação e educação.

Geração de renda

Criamos uma comunidade de engajamento cívico, artístico e cultural para resolução de problemas da sociedade. Lançamos desafios sociais e remuneramos as ideias mais criativas através de micropagamentos.

Comunicação

Desenvolvemos projetos editoriais sob demanda para organizações e estratégias para amplificar narrativas e fortalecer a presença digital. Formatos: campanhas, relatórios e pesquisa.

Educação

Construímos pontes entre os saberes acadêmicos e a realidade social e decodificamos contextos para potencializar as habilidades das pessoas e criar novos projetos e negócios sociais. Formatos: treinamento, consultoria e advocacy.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que a meta mínima da campanha de arrecadação seja atingida.

 

META 1: Com R$ 30 mil, conseguimos apoiar uma média de 80 iniciativas de prevenção e combate ao coronavírus. Até esse valor, contamos com o apoio do Fundo Enfrente.

META 2: Com R$ 60 mil, conseguimos apoiar uma média de 120 iniciativas de prevenção e combate ao coronavírus.

META 3: Com R$ 120 mil, conseguimos apoiar uma média de 170 iniciativas de prevenção e combate ao coronavírus.

Quanto mais você nos apoia, mais gente conseguimos apoiar também! A cada meta alcançada, aumentamos o valor do apoio!

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

 

 

 

 

Monique Evelle ainda não publicou nenhuma notícia.