Descendo a Babilônia |

Descendo a Babilônia

A história e o cotidiano do Morro da Babilônia (RJ) e de seus moradores são o tema do livro-reportagem "Descendo a Babilônia".

Projeto por: Amanda Andrade
R$ 5.200,00
arrecadado
meta R$ 900,00

73 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Amanda Andrade

Amanda Andrade

Estudante de jornalismo, apaixonada por música, teatro e leitura. Alguém com muita vontade de conhecer diferentes mundos – e as pessoas que vivem neles.

R$ 10
Caixa d'Água
19 benfeitores apoiando
Nome citado na página de agradecimentos, no fim do livro.
R$ 30
Santo Amaro
12 benfeitores apoiando
Nome citado na página de agradecimentos, no fim do livro + post de agradecimento nas redes sociais + pdf do livro + foto da Babilônia (de sua escolha) revelada em 10x15, com dedicatória escrita à mão.
R$ 50
Rodinho
22 benfeitores apoiando
Nome citado na página de agradecimentos, no fim do livro + post de agradecimento nas redes sociais + pdf do livro + kit com foto da Babilônia (de sua escolha) revelada em 10x15, com dedicatória escrita à mão, e um exemplar impresso do livro, também com dedicatória escrita à mão.
R$ 75
Ladeira
1 benfeitor apoiando
Nome citado na página de agradecimentos, no fim do livro + post de agradecimento nas redes sociais + pdf do livro + leia um capítulo antes da publicação do livro + kit com foto da Babilônia (de sua escolha) revelada em 10x15, com dedicatória escrita à mão, e um exemplar impresso do livro, também com dedicatória escrita à mão.
R$ 100
Sossego
24 benfeitores apoiando
Nome citado na página de agradecimentos, no fim do livro + post de agradecimento nas redes sociais + pdf do livro + leia um capítulo antes da publicação + kit com foto da Babilônia (de sua escolha) revelada em 10x15, com dedicatória escrita à mão, um exemplar impresso do livro, também com dedicatória escrita à mão, e presente surpresa, comprado na Babilônia.

"Descendo a Babilônia" é um livro-reportagem que convida o leitor a passear pela comunidade, conhecendo seus moradores, paisagens e sua história – da qual faz parte um passado militar que teve consequências para o desenvolvimento do morro até os dias de hoje. No livro, há um resgate desse histórico e do papel que ele desempenhou ao ajudar a traçar o destino do Morro da Babilônia. Para contar a história da comunidade, é preciso, é claro, contar as histórias dos moradores, que dividem um pouco do seu passado, presente e seus desejos para o futuro. Além disso, o cotidiano no morro é descrito levando em conta aspectos culturais, sociais e políticos, como a instalação da UPP e a atual relação da Babilônia com o militarismo.

Quem sou eu

Oi! Eu sou a Amanda Andrade, estudante de jornalismo da Universidade Positivo (Curitiba - PR) que se forma no fim deste ano. Decidi me envolver neste projeto por ter vontade de vivenciar uma realidade diferente da minha, conhecer as pessoas inseridas nessa realidade e contar as histórias delas. Quando descobri sobre o passado interessantíssimo dessa comunidade, fiquei ainda mais motivada a compartilhar essa narrativa.

Aquela ali atrás da câmera sou eu. Estava na Vila Pantanal, em Curitiba, fazendo gravações para um projeto da faculdade, ao qual minha colega e eu demos o nome de "Nos Trilhos do Pantanal". Eu também gosto bastante de audiovisual, mas, neste projeto aqui, o "Descendo a Babilônia", vou me dedicar totalmente à escrita (e também à fotografia, já que quero compartilhar com os leitores algumas imagens do morro e dos moradores). Se quiser conferir aquele meu trabalho da Vila Pantanal, pode ver neste link: https://bit.ly/2RKpZMt.

Detalhes do projeto

Para fazer o livro (que é o meu TCC), estou realizando viagens ao Rio de Janeiro para vivenciar o cotidiano do Morro da Babilônia, entrevistar moradores e buscar materiais que ajudem a contar as histórias. O livro será escrito no formato de uma grande reportagem, mesclando o passado com o presente, a história do morro e as histórias dos moradores. O objetivo é criar uma narrativa leve e informativa, ao mesmo tempo em que traz alguns elementos da literatura para tornar a leitura ainda mais interessante. O prazo para a finalização do livro é novembro deste ano, quando vou apresentá-lo à minha banca.

Uma das histórias que você vai conhecer no livro é a do Tomás, este aqui da foto, admirando a vista lá de cima do morro. Ele passou os quase 60 anos de sua vida morando na Babilônia e já viu muita coisa por lá. Ah, ele também foi um dos personagens do documentário "Babilônia 2000", do Eduardo Coutinho, que mostra a virada dos anos 2000 na comunidade.

Financiamento coletivo

A meta inicial de arrecadação é de R$ 900 (para realizar a impressão de exemplares para a banca, para instituições do Morro da Babilônia, como a Escola Dona Percília e a Associação de Moradores, e alguns dos moradores que desejam receber um exemplar).

Caso essa meta inicial seja atingida (através de colaborações de R$ 10 a R$ 100), partimos para a segunda meta, que cobre, além da impressão de exemplares, um evento de lançamento na comunidade, com bate-papo sobre os assuntos tratados no livro, além de apresentação cultural e recreação para as crianças.

Então, se essa for atingida, passamos para a terceira meta, que cobre também a doação para a Escola Dona Percília, que atende crianças e adolescentes da comunidade, oferecendo aulas de reforço e de artes.

Atingindo essa, chegamos à quarta meta, que também cobre a doação para a Associação de Moradores, que pretende realizar reformas e criar um acervo de livros, e para a COOP, uma cooperativa que realiza reflorestamento no morro, além de ações de educação ambiental.

Finalmente, chegamos à quinta meta, que cobre, além dos custos já citados, a despesa com impressão de exemplares para comercialização.

Se a meta inicial não for atingida, todo o dinheiro arrecadado retorna para os apoiadores. Se for atingida, os apoiadores recebem as recompensas e o projeto prossegue, tendo a possibilidade de atingir ou não as próximas metas.

Recompensas

Cada recompensa recebeu o nome de um lugar diferente dentro do Morro da Babilônia. As opções de contribuição, descritas na coluna ao lado direito desta página, vão de R$ 10 a R$ 100. Cada valor corresponde a uma recompensa diferente, e quanto maior o valor, mais recompensas. Elas incluem seu nome escrito na página de agradecimentos, no fim do livro; agradecimentos nas minhas redes sociais; pdf do livro completo; uma foto do morro, de sua escolha, impressa e com dedicatória feita à mão; um exemplar impresso, entregue gratuitamente e também com dedicatória; a possibilidade de ler um capítulo na íntegra, antes da publicação do livro; e um presente surpresa, comprado na Babilônia, escolhido por mim exclusivamente para o apoiador.

Esta aqui é uma das fotos que estarão disponíveis, caso você escolha uma das contribuições que dão direito a uma foto impressa. Eu, particularmente, gosto bastante desta porque ela retrata o contraste entre as cores da favela e as cores do asfalto (além de também mostrar a praia de Copacabana). Quem receber a recompensa da foto vai ter acesso a um link com todas as imagens e vai poder escolher uma. É possível escolher antes de ler o livro ou depois. Na legenda, vai estar especificado qual é o local apresentado na foto ou quem é pessoa. Caso o apoiador já tenha lido o livro quando escolher a foto, vai poder decidir por aquela que traz o personagem ou lugar que mais lhe marcou durante a leitura.

Se você mora em Curitiba, suas recompensas serão entregues pessoalmente (junto com abraço meu, hehe). Se você mora no Rio de Janeiro, pode escolher receber pelos Correios (sem custo) ou pessoalmente, quando eu for realizar o lançamento do livro na comunidade, o que vai acontecer, provavelmente, em janeiro de 2020. Se você mora em outra cidade, receberá as recompensas pelos Correios, sem pagar nada.

Orçamento

Meta 1: 100% da arrecadação para impressão de exemplares.

Meta 2: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será 100% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural.

Meta 3: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será dividido em: 50% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural; e 50% doado à Escola Dona Percília.

Meta 4: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será dividido em: 30% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural; 30% doado à Escola Dona Percília; 20% doado à Associação de Moradores; e R$ 20% doado à COOP.

Meta 5: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será dividido em: 20% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural; 30% doado à Escola Dona Percília; 20% doado à Associação de Moradores; R$ 20% doado à COOP; e R$ 10 destinado à impressão de exemplares para comercialização.

Contato

Se quiser tirar dúvidas, trocar uma ideia sobre o projeto, fazer sugestões ou acompanhar o andamento do livro, pode me enviar um e-mail (andradeamanda.n@gmail.com) ou entrar em contato através das minhas redes sociais. Instagram: @andradeamanda3. Facebook: facebook.com/andrade.mandy.

Amanda Andrade ainda não publicou nenhuma notícia.

"Descendo a Babilônia" é um livro-reportagem que convida o leitor a passear pela comunidade, conhecendo seus moradores, paisagens e sua história – da qual faz parte um passado militar que teve consequências para o desenvolvimento do morro até os dias de hoje. No livro, há um resgate desse histórico e do papel que ele desempenhou ao ajudar a traçar o destino do Morro da Babilônia. Para contar a história da comunidade, é preciso, é claro, contar as histórias dos moradores, que dividem um pouco do seu passado, presente e seus desejos para o futuro. Além disso, o cotidiano no morro é descrito levando em conta aspectos culturais, sociais e políticos, como a instalação da UPP e a atual relação da Babilônia com o militarismo.

Quem sou eu

Oi! Eu sou a Amanda Andrade, estudante de jornalismo da Universidade Positivo (Curitiba - PR) que se forma no fim deste ano. Decidi me envolver neste projeto por ter vontade de vivenciar uma realidade diferente da minha, conhecer as pessoas inseridas nessa realidade e contar as histórias delas. Quando descobri sobre o passado interessantíssimo dessa comunidade, fiquei ainda mais motivada a compartilhar essa narrativa.

Aquela ali atrás da câmera sou eu. Estava na Vila Pantanal, em Curitiba, fazendo gravações para um projeto da faculdade, ao qual minha colega e eu demos o nome de "Nos Trilhos do Pantanal". Eu também gosto bastante de audiovisual, mas, neste projeto aqui, o "Descendo a Babilônia", vou me dedicar totalmente à escrita (e também à fotografia, já que quero compartilhar com os leitores algumas imagens do morro e dos moradores). Se quiser conferir aquele meu trabalho da Vila Pantanal, pode ver neste link: https://bit.ly/2RKpZMt.

Detalhes do projeto

Para fazer o livro (que é o meu TCC), estou realizando viagens ao Rio de Janeiro para vivenciar o cotidiano do Morro da Babilônia, entrevistar moradores e buscar materiais que ajudem a contar as histórias. O livro será escrito no formato de uma grande reportagem, mesclando o passado com o presente, a história do morro e as histórias dos moradores. O objetivo é criar uma narrativa leve e informativa, ao mesmo tempo em que traz alguns elementos da literatura para tornar a leitura ainda mais interessante. O prazo para a finalização do livro é novembro deste ano, quando vou apresentá-lo à minha banca.

Uma das histórias que você vai conhecer no livro é a do Tomás, este aqui da foto, admirando a vista lá de cima do morro. Ele passou os quase 60 anos de sua vida morando na Babilônia e já viu muita coisa por lá. Ah, ele também foi um dos personagens do documentário "Babilônia 2000", do Eduardo Coutinho, que mostra a virada dos anos 2000 na comunidade.

Financiamento coletivo

A meta inicial de arrecadação é de R$ 900 (para realizar a impressão de exemplares para a banca, para instituições do Morro da Babilônia, como a Escola Dona Percília e a Associação de Moradores, e alguns dos moradores que desejam receber um exemplar).

Caso essa meta inicial seja atingida (através de colaborações de R$ 10 a R$ 100), partimos para a segunda meta, que cobre, além da impressão de exemplares, um evento de lançamento na comunidade, com bate-papo sobre os assuntos tratados no livro, além de apresentação cultural e recreação para as crianças.

Então, se essa for atingida, passamos para a terceira meta, que cobre também a doação para a Escola Dona Percília, que atende crianças e adolescentes da comunidade, oferecendo aulas de reforço e de artes.

Atingindo essa, chegamos à quarta meta, que também cobre a doação para a Associação de Moradores, que pretende realizar reformas e criar um acervo de livros, e para a COOP, uma cooperativa que realiza reflorestamento no morro, além de ações de educação ambiental.

Finalmente, chegamos à quinta meta, que cobre, além dos custos já citados, a despesa com impressão de exemplares para comercialização.

Se a meta inicial não for atingida, todo o dinheiro arrecadado retorna para os apoiadores. Se for atingida, os apoiadores recebem as recompensas e o projeto prossegue, tendo a possibilidade de atingir ou não as próximas metas.

Recompensas

Cada recompensa recebeu o nome de um lugar diferente dentro do Morro da Babilônia. As opções de contribuição, descritas na coluna ao lado direito desta página, vão de R$ 10 a R$ 100. Cada valor corresponde a uma recompensa diferente, e quanto maior o valor, mais recompensas. Elas incluem seu nome escrito na página de agradecimentos, no fim do livro; agradecimentos nas minhas redes sociais; pdf do livro completo; uma foto do morro, de sua escolha, impressa e com dedicatória feita à mão; um exemplar impresso, entregue gratuitamente e também com dedicatória; a possibilidade de ler um capítulo na íntegra, antes da publicação do livro; e um presente surpresa, comprado na Babilônia, escolhido por mim exclusivamente para o apoiador.

Esta aqui é uma das fotos que estarão disponíveis, caso você escolha uma das contribuições que dão direito a uma foto impressa. Eu, particularmente, gosto bastante desta porque ela retrata o contraste entre as cores da favela e as cores do asfalto (além de também mostrar a praia de Copacabana). Quem receber a recompensa da foto vai ter acesso a um link com todas as imagens e vai poder escolher uma. É possível escolher antes de ler o livro ou depois. Na legenda, vai estar especificado qual é o local apresentado na foto ou quem é pessoa. Caso o apoiador já tenha lido o livro quando escolher a foto, vai poder decidir por aquela que traz o personagem ou lugar que mais lhe marcou durante a leitura.

Se você mora em Curitiba, suas recompensas serão entregues pessoalmente (junto com abraço meu, hehe). Se você mora no Rio de Janeiro, pode escolher receber pelos Correios (sem custo) ou pessoalmente, quando eu for realizar o lançamento do livro na comunidade, o que vai acontecer, provavelmente, em janeiro de 2020. Se você mora em outra cidade, receberá as recompensas pelos Correios, sem pagar nada.

Orçamento

Meta 1: 100% da arrecadação para impressão de exemplares.

Meta 2: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será 100% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural.

Meta 3: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será dividido em: 50% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural; e 50% doado à Escola Dona Percília.

Meta 4: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será dividido em: 30% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural; 30% doado à Escola Dona Percília; 20% doado à Associação de Moradores; e R$ 20% doado à COOP.

Meta 5: R$ 900 para impressão de exemplares. O excedente será dividido em: 20% destinado ao evento de lançamento, cujos custos incluem aluguel do estabelecimento onde será realizado o evento e cachê para profissionais de recração infantil e para artistas que farão a apresentação cultural; 30% doado à Escola Dona Percília; 20% doado à Associação de Moradores; R$ 20% doado à COOP; e R$ 10 destinado à impressão de exemplares para comercialização.

Contato

Se quiser tirar dúvidas, trocar uma ideia sobre o projeto, fazer sugestões ou acompanhar o andamento do livro, pode me enviar um e-mail (andradeamanda.n@gmail.com) ou entrar em contato através das minhas redes sociais. Instagram: @andradeamanda3. Facebook: facebook.com/andrade.mandy.

Amanda Andrade ainda não publicou nenhuma notícia.