[SP] Apoie Dos Afros Pro Mundo |

[SP] Apoie Dos Afros Pro Mundo

Colabore na recuperação de pelo menos 100 negócios de afro empreendedores de diversos segmentos das periferias de São Paulo após a crise do coronavírus.

Projeto por: Yan Ragede Santos Barros
R$ 30.085,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

27 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Yan Ragede Santos Barros

Yan Ragede Santos Barros
R$ 10
Obrigada!
2 benfeitores apoiando
Seu apoio é muito importante para nós!
R$ 30
Gratidão!
6 benfeitores apoiando
Nosso eterno agradecimento <3
R$ 50
Que incrível!
2 benfeitores apoiando
Uau! Muito obrigada pela sua colaboração.
R$ 100
Muito obrigada!
2 benfeitores apoiando
Gratidão enorme pelo seu apoio!
R$ 500
Sucesso!
Seja o primeiro a apoiar!
Seu apoio é fundamental!
R$ 1.000
Mega impacto!
1 benfeitor apoiando
Mil vezes obrigada por estar conosco nessa!
R$ 5.000
Sem palavras!
Seja o primeiro a apoiar!
Não temos como descrever o quanto estamos gratos por seu apoio!

COMO APOIAR A SUSTENTABILIDADE DOS PEQUENOS NEGÓCIOS APÓS O CORONAVÍRUS ?
As grandes e médias empresas já começaram a se preparar para suas recuperações quando os comércios forem abertos novamente, mas para os pequenos empreendedores que sofrem mais com essas variações drásticas por terem dificuldade de acesso a crédito e frágil ou nenhum capital de giro, esse cenário de recuperação é muito incerto e até desanimador. Por conta disso, a rede Dos Afros Pro Mundo está lançando sua campanha no Matchfunding Enfrente para que após a crise do coronavírus possamos realizar  nosso evento online e offline de inovação sócio-racial, com destinação de prêmios para 4 categorias, promoção e comercialização de produtos e serviços, palestras e bate-papos sobre gestão, marketing e atualizações sobre as novas tendências do comércio pós coronavírus. 

Participaram pelo menos 100 afro empreendedores que serão selecionados a partir de curadoria que contará com critérios pré estabelecidas. O evento Dos Afros Pro Mundo tem como objetivo a melhoria da atividade econômica e social dos afro empreendedores paulistanos. A iniciativa promove uma série de atividades para fortalecer o ecossistema, além de estimular a inclusão produtiva, acesso a mercado e o desenvolvimento econômico local.

COMO SERÁ REALIZADA A ENTREGA ?
A entrega será realizada em etapas, ainda durante a crise será feito o cadastramento dos empreendedores para seleção, quando o decreto de isolamento social for suspenso e o comércio voltar a funcionar normalmente, será definida as datas e locais do evento, respeitando ainda os critérios estabelecidos pela OMS e Ministério da Saúde, assim juntamente com parceiros (espaços privados e públicos como: shoppings, auditórios, praças entre outros) e com uma distância no mínimo quinzenal entre uma edição e outra realizaremos nossa ação.

O valor será usado para: 1.Divulgação nas redes sociais e assessoria de imprensa; 2.Locação do mobiliário, equipamentos e utensílios necessários ao evento 3.Prêmios para o vencedor da premiação de Inovação Sócio-Racial  4.Pagamento de mão de obra, equipe e fornecedores (cuja maioria é também das periferias de São Paulo). 

Em todas as edições serão feitas fotos e vídeos que serão compartilhadas nas redes sociais junto com o resultado de umas pesquisa que será realizada com os empreendedores para avaliar os resultados. 

#DOSAFROSPROMUNDO
O evento Dos Afros Pro Mundo será uma importante fonte de geração de renda para os afro empreendedores paulistanos e de preparação para o pós crise do coronavirus. Uma parcela significativa dessas pessoas vive da produção e venda de artigos artesanais e de outros produtos desenvolvidos. O conjunto de ações previstas vai impulsionar o setor e mostrar toda a riqueza e a diversidade da produção da cidade de São Paulo.
 

Dos Afros Pro Mundo é uma nova iniciativa, que se coloca como uma rede de inovação que pauta a questão social e racial com o propósito de dar visibilidade e apoio aos negócios inovadores e organizações que de alguma forma contribuem para igualdade racial, assim buscamos promover esses negócio online e fisicamente através do Evento do Afros Pro Mundo. 

A proposta da rede é também de oferecer e produzir conteúdos que auxiliem os criadores de mudança (empreendedores, produtores, artistas, entre outros) a refletir e implementar inovações sócio-raciais dentro de suas atividades ou pensar em produtos e serviços que gerem impacto para comunidade negra, contribuindo para igualdade racial.

Saiba mais em: http://www.dosafrospromundo.com.br 

No meio dessa crise provocada pelo Coronavírus, a grande maioria dos mais vulneráveis são negros moradores da periferia, e quando falamos dos pequenos empreendedores que moram nas periferias a saúde financeira desses sofre com variações drásticas como a atual, e a sobrevivência no mercado se torna cada vez mais difícil.

POR QUE EMPREENDEDORES NEGROS?
De acordo com o Global Entrepreneurship Monitor de 2017, pesquisa realizada em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), negros correspondem a 51% dos empresários do país, mas quase nunca são lembrados como cases de sucesso e também têm dificuldade em reverter o impacto que promovem em lucro. Fora isso, a realidade se mostra ainda mais desafiadora para essa população, que costuma abrir o negócio por necessidade, impulsionada principalmente pela pela busca de uma fonte complementar de renda e desemprego que de acordo com pesquisa do IBGE os pretos e pardos somam dois terços dos desempregados.

POR QUE AS PERIFERIAS DE SÃO PAULO?
Segundo Levantamento da Secretaria Municipal de Promoção e Igualdade Racial(2015) a  população negra está concentrada na periferia de São Paulo, e estudo da Fundação Seade revela também que São Paulo conta com a maior população negra e parda do País .

QUAIS OS DESAFIOS DO PEQUENO EMPREENDEDOR DA PERIFERIA?
Para pequenos empreendedores, o isolamento é mais difícil, e muitos fazem entregas em locais públicos como metrô, e consequentemente com a diminuição das vendas devido a crise econômica causada pela pandemia do coronavírus e ao isolamento social no qual muitas pessoas não querem se arriscar, esse empreendedores enfrentam um grande dilema, ou se fica vulnerável ao vírus, ou não se paga as contas básicas. Parar significa uma tragédia em uma população já vulnerável.

Precisamos, por causa desse cenário, olhar para a realidade tanto durante e após a crise do coronavírus, e pensar em soluções para que após essa catástrofe esses pequenos empreendedores possam se recolocar no mercado. Sabemos que durante a crise a maioria está com o foco na sobrevivência e na proteção de suas famílias, e a urgência do presente faz com que a maioria não tenha condições de se preparar para o pós-crise e planejar seu negócio para se recolocar no mercado.
 

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

COLABORAÇÕES EXTERNAS

R$1.000,00

colaborador

A campanha [SP] Apoie Dos Afros Pro Mundo captou os valores acima através de ações de arrecadação independentes, ou seja, fora da plataforma Benfeitoria. Ficou com dúvidas? Clique aqui

Yan Ragede Santos Barros ainda não publicou nenhuma notícia.

COMO APOIAR A SUSTENTABILIDADE DOS PEQUENOS NEGÓCIOS APÓS O CORONAVÍRUS ?
As grandes e médias empresas já começaram a se preparar para suas recuperações quando os comércios forem abertos novamente, mas para os pequenos empreendedores que sofrem mais com essas variações drásticas por terem dificuldade de acesso a crédito e frágil ou nenhum capital de giro, esse cenário de recuperação é muito incerto e até desanimador. Por conta disso, a rede Dos Afros Pro Mundo está lançando sua campanha no Matchfunding Enfrente para que após a crise do coronavírus possamos realizar  nosso evento online e offline de inovação sócio-racial, com destinação de prêmios para 4 categorias, promoção e comercialização de produtos e serviços, palestras e bate-papos sobre gestão, marketing e atualizações sobre as novas tendências do comércio pós coronavírus. 

Participaram pelo menos 100 afro empreendedores que serão selecionados a partir de curadoria que contará com critérios pré estabelecidas. O evento Dos Afros Pro Mundo tem como objetivo a melhoria da atividade econômica e social dos afro empreendedores paulistanos. A iniciativa promove uma série de atividades para fortalecer o ecossistema, além de estimular a inclusão produtiva, acesso a mercado e o desenvolvimento econômico local.

COMO SERÁ REALIZADA A ENTREGA ?
A entrega será realizada em etapas, ainda durante a crise será feito o cadastramento dos empreendedores para seleção, quando o decreto de isolamento social for suspenso e o comércio voltar a funcionar normalmente, será definida as datas e locais do evento, respeitando ainda os critérios estabelecidos pela OMS e Ministério da Saúde, assim juntamente com parceiros (espaços privados e públicos como: shoppings, auditórios, praças entre outros) e com uma distância no mínimo quinzenal entre uma edição e outra realizaremos nossa ação.

O valor será usado para: 1.Divulgação nas redes sociais e assessoria de imprensa; 2.Locação do mobiliário, equipamentos e utensílios necessários ao evento 3.Prêmios para o vencedor da premiação de Inovação Sócio-Racial  4.Pagamento de mão de obra, equipe e fornecedores (cuja maioria é também das periferias de São Paulo). 

Em todas as edições serão feitas fotos e vídeos que serão compartilhadas nas redes sociais junto com o resultado de umas pesquisa que será realizada com os empreendedores para avaliar os resultados. 

#DOSAFROSPROMUNDO
O evento Dos Afros Pro Mundo será uma importante fonte de geração de renda para os afro empreendedores paulistanos e de preparação para o pós crise do coronavirus. Uma parcela significativa dessas pessoas vive da produção e venda de artigos artesanais e de outros produtos desenvolvidos. O conjunto de ações previstas vai impulsionar o setor e mostrar toda a riqueza e a diversidade da produção da cidade de São Paulo.
 

Dos Afros Pro Mundo é uma nova iniciativa, que se coloca como uma rede de inovação que pauta a questão social e racial com o propósito de dar visibilidade e apoio aos negócios inovadores e organizações que de alguma forma contribuem para igualdade racial, assim buscamos promover esses negócio online e fisicamente através do Evento do Afros Pro Mundo. 

A proposta da rede é também de oferecer e produzir conteúdos que auxiliem os criadores de mudança (empreendedores, produtores, artistas, entre outros) a refletir e implementar inovações sócio-raciais dentro de suas atividades ou pensar em produtos e serviços que gerem impacto para comunidade negra, contribuindo para igualdade racial.

Saiba mais em: http://www.dosafrospromundo.com.br 

No meio dessa crise provocada pelo Coronavírus, a grande maioria dos mais vulneráveis são negros moradores da periferia, e quando falamos dos pequenos empreendedores que moram nas periferias a saúde financeira desses sofre com variações drásticas como a atual, e a sobrevivência no mercado se torna cada vez mais difícil.

POR QUE EMPREENDEDORES NEGROS?
De acordo com o Global Entrepreneurship Monitor de 2017, pesquisa realizada em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), negros correspondem a 51% dos empresários do país, mas quase nunca são lembrados como cases de sucesso e também têm dificuldade em reverter o impacto que promovem em lucro. Fora isso, a realidade se mostra ainda mais desafiadora para essa população, que costuma abrir o negócio por necessidade, impulsionada principalmente pela pela busca de uma fonte complementar de renda e desemprego que de acordo com pesquisa do IBGE os pretos e pardos somam dois terços dos desempregados.

POR QUE AS PERIFERIAS DE SÃO PAULO?
Segundo Levantamento da Secretaria Municipal de Promoção e Igualdade Racial(2015) a  população negra está concentrada na periferia de São Paulo, e estudo da Fundação Seade revela também que São Paulo conta com a maior população negra e parda do País .

QUAIS OS DESAFIOS DO PEQUENO EMPREENDEDOR DA PERIFERIA?
Para pequenos empreendedores, o isolamento é mais difícil, e muitos fazem entregas em locais públicos como metrô, e consequentemente com a diminuição das vendas devido a crise econômica causada pela pandemia do coronavírus e ao isolamento social no qual muitas pessoas não querem se arriscar, esse empreendedores enfrentam um grande dilema, ou se fica vulnerável ao vírus, ou não se paga as contas básicas. Parar significa uma tragédia em uma população já vulnerável.

Precisamos, por causa desse cenário, olhar para a realidade tanto durante e após a crise do coronavírus, e pensar em soluções para que após essa catástrofe esses pequenos empreendedores possam se recolocar no mercado. Sabemos que durante a crise a maioria está com o foco na sobrevivência e na proteção de suas famílias, e a urgência do presente faz com que a maioria não tenha condições de se preparar para o pós-crise e planejar seu negócio para se recolocar no mercado.
 

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Yan Ragede Santos Barros ainda não publicou nenhuma notícia.