Elis - A Musical |

Elis - A Musical

"Elis - A Musical" é resultado de uma prática de montagem teatral promovida pela CEFTEM (Centro de Estudos e Formação de Teatro Musical).

Projeto por: Diana Cataldo
R$ 10.301,00
arrecadado
meta R$ 8.500,00

77 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Diana Cataldo

Diana Cataldo

Designer, artista, libriana, tijucana.

R$ 25
Fazer o Bem sem ver a Quem
4 benfeitores apoiando
- Aquele agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais.
R$ 50
Fazer o Bem sem ver a Quem II
7 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Agradecimento no palco, no último dia de espetáculo
R$ 50
"Eu já estou com o pé nessa estrada"
Seja o primeiro a apoiar!
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Oficina de canto e composição popular com Gustavo Fagundes (ator do espetáculo).

10 disponíveis.
R$ 55
Conta comigo, jovem!
2 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Uma aula de reforço em matemática para ensino fundamental/ensino médio, com Karine von Brandenburg (atriz do espetáculo). 1 hora de duração.

2 disponíveis.
R$ 55
Uma energia dessas, bicho
4 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Uma sessão completa de aplicação de Reiki, com Diana Cataldo (atriz do espetáculo). 45 minutos de duração.

indisponível.
R$ 58
Sua avó com bastante ciúme
2 benfeitores apoiando
- Aquele agradecimento cheio de amor nas redes sociais - Uma aula de crochê com Lívia Fraga (atriz do espetáculo), para iniciantes, intermediários ou avançados, dependendo do nível de conhecimento que cada aluno tenha. 3 horas de duração.

6 disponíveis.
R$ 60
Chorus Line
Seja o primeiro a apoiar!
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Workshop de Jazz para musicais com Giu Mallen (atriz do espetáculo, bailarina e professora de jazz).

15 disponíveis.
R$ 60
Eu sou a diva que você quer copiar ;)
1 benfeitor apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Aulão de Jazz Dance com Moira Osório (atriz do espetáculo, bailarina e professora de jazz). 2 horas de duração.

14 disponíveis.
R$ 75
Inspira, Expira...
1 benfeitor apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Oficina de meditação e prática de Mindfulness, facilitado pela psicóloga e instrutora sênior da técnica, Jaqueline Orenbuch.

14 disponíveis.
R$ 75
Pensou que o blog ia dominar o mundo é?
4 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Uma oficina de encadernação artesanal tipo brochura (material incluso), com Diana Cataldo (atriz do espetáculo). 3 horas de duração.

2 disponíveis.
R$ 80
OPTCHÁ!
2 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Uma sessão de baralho cigano, com Diana Cataldo (atriz do espetáculo). 1 hora de duração.

01 disponível.
R$ 80
Tirando onda de contador
Seja o primeiro a apoiar!
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - 1 Aulão de utilização do E-Social, (escrituração digital das obrigações fiscais, previdenciárias e trabalhistas) para ficar em dia com os direitos trabalhistas da sua funcionária doméstica. Será realizado pela contadora Meyse Von Brandenburg. Terça-feira ou quinta-feira (à combinar com a facilitadora.)

6 disponíveis.
R$ 85
When the Moon is In the Seventh House
4 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Uma mandala astral com os posicionamentos, gráfico com aspectos, um resumo da personalidade básica (sol, ascendente e lua) e características mais marcantes do mapa. Foco em relacionamentos (interpessoal e intrapessoal) e assuntos profissionais (carreira). Realizada por Felipe Durão (ator do espetáculo).

01 disponível.
R$ 100
De frente com Délia Fischer
5 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - 1 ingresso - Bate Papo com nossa diretora musical, Délia Fischer, sobre o processo do musical brasileiro, audições, dicas sobre itens que o profissional pode trabalhar para lapidar seus talentos. 3 horas de duração.

15 disponíveis.
R$ 100
SER OU NÃO SER?
9 benfeitores apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - 1 ingresso - Oficina de Interpretação em Teatro Musical Brasileiro, explanações e exercícios práticos com nosso diretor Pedro Rothe. 4 horas de duração.

7 disponíveis.
R$ 120
"Solto a voooz nas estraadaaas..."
1 benfeitor apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - Aula de canto para iniciantes com Karine von Brandenburg (atriz do espetáculo). 1 hora de duração.

3 disponíveis.
R$ 280
Constelação para um Universo de Soluções
2 benfeitores apoiando
Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais *1 ingresso *1 Constelação Familiar, individual ou em grupo, em consultório no Largo do Machado, facilitado pela terapeuta, consteladora e theta healer Rachel Buscacio.

indisponível.
R$ 290
AGORA VAI!
1 benfeitor apoiando
- Agradecimento cheio de amor nas nossas redes sociais - 1 ingresso - 1 sessão de baralho cigano - 1 sessão de Theta Healing - 1 alinhamento dos chakras com Reiki.

01 disponível.

Só de você estar aqui lendo sobre esse projeto, O NOSSO MUITO OBRIGADX ! <3

Elis - A Musical, é uma obra baseada em musical homônimo realizado de 2013 a 2014, sobre essa grande estrela, uma das maiores cantoras do Brasil (e do mundo), que respondia pelo nome de Elis Regina. Agora está sendo remontado por estudantes e profissionais de teatro musical no Rio de Janeiro, através do CEFTEM (Centro de Estudos e Formação de Teatro Musical). O espetáculo é uma biografia musical, que não só nos conta a história dessa gaúcha, como também a de um Brasil que jamais seria o mesmo após sua existência. Aliás, aqui é impossível mencionar uma sem mencionar o outro. Elis em sua curta e meteórica vida, perpassou barulhentamente com sua voz e temperamento tempestuosos, neste país já efervescente por festivais, jovens guardas, bossas novas, guitarras elétricas, ditaduras, tropicálias, e todos os seus atores. Inesquecível e muitas vezes desafiador o ser artista entre as décadas de 50 e 80 e a nossa heroína soube muito bem costurar esta colcha de tantos fatores, algumas vezes mocinha, outras antagonista, mas sempre como protagonista da própria vida. 

Parte do grupo, e nossa mascote preferida, a Lilás

 

SERVIÇO 

SERVIÇO Elis - A Musical Teatro Prudential (Rua do Russel, 804 - Glória, Rio de Janeiro - RJ)

Estreamos em 9 de julho, ficando em curta temporada às terças e quartas, até o final deste mês. Dias 9 e 10, 16 e 17, 23 e 24, 31 e 31 de julho.

Classificação indicativa: 12 anos (contém palavras inapropriadas) 

Moira Osório e Victoria Orenbuch

CROWDFUNDING

Todo espetáculo de teatro, especialmente em se tratando de teatro MUSICAL, é muito caro de ser orçado, por utilizar equipamentos muito específicos e operadores muito especializados para operar tais equipamentos. Para se ter uma ideia precisamos de sonorização, caixas de som, cabos, equipamentos de luz, mesa de operação, microfones para todos os atores do espetáculo, que estarão se revezando entre músicas, falas e coros. Some-se à estes custos, a situação difícil que o artista brasileiro vive hoje, com uma escassez do apoio de diversos setores, ora empresas, ora autoridades. A verdade é que nunca foi fácil ser artista no Brasil, no entanto ultimamente temos necessitado ser cada vez mais criativos, loucos, ou malabaristas para conseguir fazer, o que para muitos, parece improvável ou até impossível.

O Ministério da Saúde Adverte: cigarros, só para fazer foto caracterizando Elis. Na imagem, as atrizes Giu Mallen, Diana Cataldo e Moira Osório.

Nós, assim como muitos excelentes espetáculos espalhados pelo Brasil, estamos literalmente "passando o chapéu",necessitando da ajuda do público para seguir podendo levar a Arte adiante, como não só forma de entretenimento, mas de fornecer História, Cultura e até Cura. 

E é aí que entra o Crowdfunding.O financiamento coletivo ou a boa e velha "vaquinha", é uma ferramenta online que ajuda produtores - designers, inventores, artistas e profissionais de muitos outros setores - a financiar os seus projetos de forma independente e baseado na participação do coletivo.

Nosso diretor, Pedro Rothe.

RECOMPENSAS

Agora, se você pensa que nós estamos pedindo apenas doações, está muito enganado! :D

Esse crowdfunding funciona em cima de dois pilares principais: o APOIO e a RECOMPENSA. Você apoia o projeto com uma quantia prevista e recebe uma recompensa de acordo com esse valor.

Nosso pianista regente Antônio Fischer-Band, nossa coreógrafa Clara da Costa, e as atrizes Giu Mallen e Moira Osório

Nós nos esmeramos em reunir as melhores recompensas que podemos oferecer, pautadas em talentos e habilidades que desenvolvemos em paralelo ao teatro, as vezes até profissionalmente! Ou seja, nossas recompensas não têm só a ver com teatro musical e Elis, estamos entrando com tudo o que sabemos fazer, em todas as áreas que sabemos atuar, para podermos levantar este valor que necessitamos, de forma digna e justa.

Gustavo Fagundes e Moira Osório

Tudo porque realmente não queremos que vocês só nos doem dinheiro, mas sim, se sintam igualmente recompensados, pelo que estão fazendo por nós, e por igualmente estarem contribuindo para a Arte no país. Porque ajudando projetos sem patrocínio, você está ajudando não só o projeto em si e seus atores, mas também gerando emprego para diversos profissionais que atuam indiretamente no processo, como os que citamos acima, e também profissionais de montagem/desmontagem, frete, figurino, e mais uma gama enorme de pessoas que têm seus trabalhos direta e indiretamente financiados pela Cultura.

Como nós achamos que conhecimento (e auto conhecimento) são os melhores presentes que podemos oferecer, nosso Benfeitoria está recheado de workshops, aulas e consultas para que você possa não só ver um espetáculo feito com muito amor, como também se presentear com bem-estar, mais qualidade de vida, um novo caminho, ou até um novo hobbie. 

Karine von Brandenburg e Marina Malfacini

Como posso retirar minhas recompensas?

Esses serviços podem ser dados no CEFTEM (espaço onde está nascendo nossa prática de montagem) ou em local a combinar com o facilitador.

O CEFTEM se situa na Rua Santo Amaro, n°4, sala 301, Glória, Rio de Janeiro/RJ – 22.270-070 (Pertinho do Metro – Estação Glória). Se você tiver qualquer dúvida, é só  falar conosco através do nosso instagram (@elis_amusical), ou procurar a produção que estará recepcionando o público. em qualquer dia de espetáculo no próprio Teatro quando for nos assistir.

Os atores Celso Luz e Eduardo Lanzini

OBJETIVOS

  1. Realizar a apresentação de uma curta temporada no final do mês de junho no Teatro Cesgranrio;
  2. Ser capaz de financiar essa temporada, sem depender do apoio das leis de incentivo federal, estadual ou municipal;
  3. Incentivar a ida ao teatro, trazendo cada vez mais relevância para o a cena do Musical brasileiro, como um dos formadores de caráter, cultura, entretenimento e informação do grande público;
  4. Promover a cultura brasileira, por meio de artistas nacionais falando sobre uma das maiores vozes e intérpretes do Brasil;
  5. Gerar de emprego e trabalho para profissionais direta e indiretamente envolvidos com o setor da Arte;
  6. Prover mais portifólio e experiência profissional para estudantes e profissionais da área do teatro que compõem o elenco deste projeto.

 

SOBRE O CEFTEM

Com a crescente do mercado musical no brasil, tem crescido também a necessidade por profissionais sempre mais capacitados, sejam os artistas, que precisam saber cantar, dançar e atuar, sejam os demais profissionais envolvidos em todo o processo de uma produção profissional, como figurinistas, cenógrafos, produtores, músicos, dentre outros tantos, que só tem se beneficiado com a grande leva de empregos que esse mercado tem gerado, fazendo crescer, assim, as oportunidades de trabalho.

Observando a necessidade de uma instituição especializada no ramo de preparação e formação de atores completos (que saibam cantar, dançar e atuar) e competentes é que surge o CEFTEM.

O CEFTEM é uma escola especializada no ensino de teatro musical e na montagem de espetáculos com padrão de qualidade dos grandes musicais.

Reunindo em seu corpo docente os melhores profissionais do gênero, a instituição é capaz de formar artistas altamente qualificados nos três segmentos artístico, fazendo com que seus alunos vivam, diária e intensamente a experimentação e imersão dos três ramos de maneira conjunta, que é exatamente o grande diferencial do musical, onde a música se integra na dramaturgia, trazendo a dança para finalizar e complementar os outros dois.

O idealizador do CEFTEM, nosso coordenador pedagógico Reiner Tenente, é considerado uma grande revelação do teatro musical brasileiro, tendo participado de musicais como “Tim Maia – Vale Tudo, o musical” e “Cantando na Chuva” ao lado de nomes como Jarbas Homem de Mello e Cláudia Raia, preparou o elenco de “Rock In Rio – o musical” e “Cazuza – o musical”, tendo ainda dirigido os musicais “Ordinary Days”, onde foi indicado para o prêmio Botequim Cultural, e “Só Por Hoje”, inspirado em sua mãe; João Fonseca, que assina musicais como “Tim Maia – Vale Tudo, o musical”, “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz”, “Cássia Eller – o musical”, “Bilac Vê Estrelas”, que lhe rendeu o prêmio Shell de melhor diretor, “Gota D’água”, que lhe rendeu uma indicação ao prêmio Contigo de Teatro e ao prêmio APTR também como melhor diretor, dentre outros. 

 

O CORPO DOCENTE DE ELIS - A MUSICAL

DIREÇÃO: Pedro Rothe

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO: Theodora França

DIREÇÃO COREOGRÁFICA: Clara da Costa

ASSISTÊNCIA COREOGRÁFICA: Andressa Tristão

DIREÇÃO MUSICAL E ARRANJOS: Delia Fischer

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO MUSICAL E PIANISTA REGENTE: Antônio Fischer

TEXTO: Nelson Motta e Patrícia Andrade 

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: Reiner Tenente

PRODUÇÃO EXECUTIVA: CEFTEM

 

Pedro Rothe

Formado em Artes Cênicas com habilitação em Direção Teatral, onde dirigiu o musical OS MISERÁVEIS (2013) com mais de 40 atores. Trabalha em parceria constante com a Aventura Entretenimento desde 2013, onde exerceu funções de diretor assistente, diretor residente e assistente de direção. Entre seus trabalhos com esta produtora destacam-se: ELIS, A MUSICAL (texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade, direção de Dennis Carvalho); SE EU FOSSE VOCÊ, O MUSICAL (texto de Flávio Marinho, direção de Alonso Barros e supervisão artística de Daniel Filho); diretor assistente e diretor residente em CHACRINHA, O MUSICAL (texto de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira, direção de Andrucha Waddington), onde também foi responsável pela remontagem de todas as turnês; SAMBRA - 100 ANOS DE SAMBA (texto e direção de Gustavo Gasparani); GAROTA DE IPANEMA, O AMOR É BOSSA (texto de Thelma Guedes e direção de Gustavo Gasparani), BOSSA NOVA EM CONCERTO (texto de Rodrigo Faour, direção de Sérgio Módena); VAMP, O MUSICAL (texto de Antônio Calmon, direção de Diego Morais e supervisão de Jorge Fernando); AYRTON SENNA, O MUSICAL (texto de Claudio Lins e Cristiano Gualda, direção de Renato Rocha); MEU DESTINO É SER STAR ao som de Lulu Santos (texto de Diego de Angeli, Leandro Muniz e Renato Rocha, direção de Renato Rocha). Também foi assistente de direção de Gustavo Gasparani em GILBERTO GIL - AQUELE ABRAÇO, O MUSICAL da Chaim Produções. Fora do âmbito de musicais, foi assistente de direção e produtor local de MEU PRÉDIO TEM HISTÓRIA, com direção do inglês Kerry Michael (Theatre Royal Stratford East) dentro do segundo FESTIVAL HOME THEATRE organizado por Marcus Faustini. Como professor/diretor, codirigiu NOITE DE REIS de William Shakespeare no projeto EncenAção do CAP UFRJ e está dirigindo a prática de montagem de ELIS, A MUSICAL no CEFTEM.

 

Clara da Costa

É bailarina, coreógrafa e educadora. Graduada na SEAD, em Salzburg, Áustria, também estudou na Tisch School of the Arts – NYU, Nova Iorque, EUA  e fez  Workshops com David Zambrano, Frey Faust, Les Slovaks Dance Collective, entre outros. 
Ministrou Workshop para Cirque de Soleil em Salzburg , Áustria.  Participou de projetos e performances com os coreografo(a)s Martin Kilvady, Christine Gouzelis , Paul Blackman, Leo Lachky, Nicolas Vladyslav, Zsuzsana Rozsavölgyi, Tucge Tuna, Tomaz Simatovic, entre outros.  Seus trabalhos mais recentes são: "p r e SENTE" - lab.performance (RJ) “Experimental Colorful Genies Flying on Buterflies“(AUSTRIA), ”Lil´C” (NY), “Rush” (PR), “SPL" (AUSTRIA) e “Praia dos Frades,43” (RJ). 
No Teatro Musical seus trabalhos recentes são “Tudo ao contrário” (Dir. João  Fonseca e Reinar Tenente), “Elis, a Musical” (for. Pedro Rothe, “ Pequena Miss Sunshine (Dir. Sérgio Modena), “Rapsódia, o musical” ( Dir. Mau Alves, “Aconteceu de Acontecer assim"(Dir. Thadeu Torres) “Yank!” e “Tudo ao Contrário”. Coreógrafa assistente em “60!Uma década de arromba!doc.musical" onde foi também diretora residente e também em “70? Divino Maravilhoso doc.musical”.
 Desde 2003, facilita o workshop Corpo Único (dança contemporânea  e  improvisação) no  Brasil  e  Europa.  
Além de aulas regulares de dança para atores econsciência corporal, onde faz um trabalho de preparação de personagens para peças teatrais, dança e teatro musical.

 

Delia Fischer

É compositora, cantora,pianista e arranjadora. Lançou-se profissionalmente com o grupo ‘Duo Fenix’, formado por Delia e Claudio Dauelsberg.Com o ‘Duo Fenix’, Delia participou dos importantes festivais de jazz como ‘Montreaux Jazz Festival’ - na edição de 1988 com Barrosinho e 1989 com Duo Fenix - e ‘Sofia Jazz Festival’, na Bulgária. Em 1999, Delia lançou seu primeiro álbum solo ‘Antonio’ sob o importante selo alemão ‘Carmo/ECM Records’ de Egberto Gismonti. Nesse período atuou e gravou com Toninho Horta, Ed Motta, Nivaldo Ornelas, Nico Assumpção, Erasmo Carlos, Bob Baldwin (EUA) e Thiago de Mello (EUA). Delia atuou como cantora e compositora ao lado de Maria Petersen, na Dinamarca onde apresentaram-se nos renomados festivais como ‘Copenhagen Jazz festival’. Em 2007 foi convidada para fazer as orquestrações de espetáculos como ‘7 - O Musical’ de Ed Motta, Claudio Botelho e Charles Möeller. Em outubro de 2009 apresentou-se no ‘Maison de La Dance’ (Lyon – França) com o espetáculo ‘Beatles num Céu de Diamantes’ de Claudio Botelho e Charles Möeller. Em 2010 assinou a direção musical do espetáculo Era no Tempo do Rei com composições de Carlos Lyra e Aldir Blanc e direção de João Fonseca. Delia também integrou diversos elencos desde atuação até os arranjos para se firmar, em 2012, como diretora musical. Com Claudio e Möeller integrou o elenco de ‘Beatles num céu de diamantes’ e ‘Milton nascimento - Nada será como antes’. No mesmo ano recebeu o Prêmio Shell de Teatro na categoria ‘Música’ pelos arranjos deste espetáculo. Em 2010, Delia lançou seu segundo CD solo ‘Presente’ pela gravadora ‘Dubas’ que traz parcerias com Thiago Picchi, Sergio Natureza e Camila Costa. Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal e as cantoras Lisa Nilsson e Ana Carolina participam especialmente deste CD. Em 2011 recebeu o ‘Prêmio Sesc Rio de Fomento à Cultura’, através do qual realizou o projeto do CD ‘Saudações Egberto’. Em junho do mesmo ano realizou uma temporada de lançamento deste CD no Espaço SESC Copacabana. Também encomendou para Ronaldo Bastos a letra do clássico ‘Pêndulo’, que se tornou ‘Um Outro Olhar’ que conta com o vocal de Paulinho Moska. Egberto Gismonti toca violão de 10 cordas na faixa título do disco.Delia integrou a banda do projeto Ensaio de Cores da cantora Ana Carolina e, em 2012, foi convidada para “Milton Nascimento - Nada Será como Antes” - da dupla Möeller e Botelho – onde atuou como arranjadora, pianista e integrante do elenco principal como cantora; Delia também assinou a direção musical e arranjos do “Rock in Rio, o musical”, da Aventura Entretenimento. Em 2013 foi indicada ao Prêmio APTR - Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro - na categoria ‘Melhor Música’ para o espetáculo ‘Milton Nascimento - Nada Será Como Antes’. Também foi vencedora do Prêmio Cenym 2013 na categoria ‘Melhor trilha sonora’ e ‘Melhor canção’ por ‘Milton Nascimento – Nada Será Como Antes’.Também em 2013 fez os arranjos e direção musical do show ‘Tributo a Raul Seixas’ na edição anual do Rock in Rio, executado pela banda Detonautas Roque Clube, com participação de Zelia Duncan e Zeca Baleiro. Também em 2014 assinou a direção musical de “Chacrinha, O Musical” com direção de Andrucha Waddington e texto de Pedro Bial. Em 2014 concorreu ao ‘Prêmio Shell de Teatro’ na categoria e foi vencedora do ‘Prêmio Cesgranrio de Teatro’ na categoria ‘Melhor Direção Musical por ‘Elis - A Musical”, dirigido por Dennis Carvalho com texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade. Ainda neste prêmio foi indicada na categoria ‘ Melhor direção musical’ pelos arranjos de “Rock in Rio – O Musical”. Foi vencedora do Anual ‘Prêmio Cenym’ 2014 na categoria “Melhor trilha sonora’ e ‘melhor canção’ por ‘Elis – A Musical’. No mesmo ano foi indicada ao ‘Prêmio Bibi Ferreira’ pela direção musical de ‘Elis – A Musical’ e relançou o CD ‘Saudações Egberto’, pelo Selo Rob Digital, na Sala Cecília Meireles (RJ) em 2015. 2017 Delia fez em parceria com o compositor Ronaldo Bastos sobre parte do poema de Carlos Drummond de Andrade a canção 'Tempo de Amar" na rede Globo para novela homónima das seis .Música feita especialmente para a voz de Milton Nascimento Em 2018 Delia recebe o prêmio em Nova Yorke no IMA "The Independent Music Awards" pelo seu single 'Mercado" produzido por ela em conjunto com Antonio Fischer-Band e Matias Correa.Nesse mesmo ano assina a direção musical e arranjos do novo show de Simone com Ivan Lins " Simone encontra Ivan Lins".

 

Antonio Fischer-Band

É produtor/diretor musical, multi-instrumentista, compositor, orquestrador, arranjador, preparador vocal e cantor.
Estudou Harmonia com Antônio Guerreiro, piano clássico com Linda Bustani/Fernanda Canaud, percepção musical com Ignez Perdigão, e guitarra com Mark Lambert. Atualmente cursa Bacharelado em Composição na Uni-Rio. Produziu a música “Mercado” vencedora do prêmio IMA na categoria “Best Latin song” e “Vox Pop”. Compositor da cena “Fúria” da Coletivo (IN)Experiência. Músico da Simone Mazzer no projeto “Simone Mazzer + Ant-Art”. Compositor da trilha sonora e músico da peça “A Peça Escocesa”

 

Andressa Tristão

É atriz, bailarina, cantora e roteirista. Iniciou seus estudos pela dança e interpretação em Juiz de Fora desde muito nova, no ano de 2016 mudou-se para o Rio de Janeiro a fim de aprofundar sua formação como atriz, se formando ao final de 2017 em teatro musical no CEFTEM. Como atriz já trabalhou com nomes como: João Fonseca, Reiner Tenente, Sergio Modena, Roumer Canhães, Jorge Fernando e Cininha de Paula. Seus últimos trabalhos foram, “Vem Buscar-me que ainda sou teu” de João Fonseca, “Vamp, o musical” dirigido por Jorge Fernando e “Abracadabra - Um circo musical”. 
Atuou também como assistente de direção e coreografia em “Rapsódia - Um novo musical”, dirigiu junto com Mau Alvez o espetáculo “A admirável consciência de uma azarada” e atualmente é roterista do canal “Luccas Neto” no Youtube.

 

Diana Cataldo ainda não publicou nenhuma notícia.

Só de você estar aqui lendo sobre esse projeto, O NOSSO MUITO OBRIGADX ! <3

Elis - A Musical, é uma obra baseada em musical homônimo realizado de 2013 a 2014, sobre essa grande estrela, uma das maiores cantoras do Brasil (e do mundo), que respondia pelo nome de Elis Regina. Agora está sendo remontado por estudantes e profissionais de teatro musical no Rio de Janeiro, através do CEFTEM (Centro de Estudos e Formação de Teatro Musical). O espetáculo é uma biografia musical, que não só nos conta a história dessa gaúcha, como também a de um Brasil que jamais seria o mesmo após sua existência. Aliás, aqui é impossível mencionar uma sem mencionar o outro. Elis em sua curta e meteórica vida, perpassou barulhentamente com sua voz e temperamento tempestuosos, neste país já efervescente por festivais, jovens guardas, bossas novas, guitarras elétricas, ditaduras, tropicálias, e todos os seus atores. Inesquecível e muitas vezes desafiador o ser artista entre as décadas de 50 e 80 e a nossa heroína soube muito bem costurar esta colcha de tantos fatores, algumas vezes mocinha, outras antagonista, mas sempre como protagonista da própria vida. 

Parte do grupo, e nossa mascote preferida, a Lilás

 

SERVIÇO 

SERVIÇO Elis - A Musical Teatro Prudential (Rua do Russel, 804 - Glória, Rio de Janeiro - RJ)

Estreamos em 9 de julho, ficando em curta temporada às terças e quartas, até o final deste mês. Dias 9 e 10, 16 e 17, 23 e 24, 31 e 31 de julho.

Classificação indicativa: 12 anos (contém palavras inapropriadas) 

Moira Osório e Victoria Orenbuch

CROWDFUNDING

Todo espetáculo de teatro, especialmente em se tratando de teatro MUSICAL, é muito caro de ser orçado, por utilizar equipamentos muito específicos e operadores muito especializados para operar tais equipamentos. Para se ter uma ideia precisamos de sonorização, caixas de som, cabos, equipamentos de luz, mesa de operação, microfones para todos os atores do espetáculo, que estarão se revezando entre músicas, falas e coros. Some-se à estes custos, a situação difícil que o artista brasileiro vive hoje, com uma escassez do apoio de diversos setores, ora empresas, ora autoridades. A verdade é que nunca foi fácil ser artista no Brasil, no entanto ultimamente temos necessitado ser cada vez mais criativos, loucos, ou malabaristas para conseguir fazer, o que para muitos, parece improvável ou até impossível.

O Ministério da Saúde Adverte: cigarros, só para fazer foto caracterizando Elis. Na imagem, as atrizes Giu Mallen, Diana Cataldo e Moira Osório.

Nós, assim como muitos excelentes espetáculos espalhados pelo Brasil, estamos literalmente "passando o chapéu",necessitando da ajuda do público para seguir podendo levar a Arte adiante, como não só forma de entretenimento, mas de fornecer História, Cultura e até Cura. 

E é aí que entra o Crowdfunding.O financiamento coletivo ou a boa e velha "vaquinha", é uma ferramenta online que ajuda produtores - designers, inventores, artistas e profissionais de muitos outros setores - a financiar os seus projetos de forma independente e baseado na participação do coletivo.

Nosso diretor, Pedro Rothe.

RECOMPENSAS

Agora, se você pensa que nós estamos pedindo apenas doações, está muito enganado! :D

Esse crowdfunding funciona em cima de dois pilares principais: o APOIO e a RECOMPENSA. Você apoia o projeto com uma quantia prevista e recebe uma recompensa de acordo com esse valor.

Nosso pianista regente Antônio Fischer-Band, nossa coreógrafa Clara da Costa, e as atrizes Giu Mallen e Moira Osório

Nós nos esmeramos em reunir as melhores recompensas que podemos oferecer, pautadas em talentos e habilidades que desenvolvemos em paralelo ao teatro, as vezes até profissionalmente! Ou seja, nossas recompensas não têm só a ver com teatro musical e Elis, estamos entrando com tudo o que sabemos fazer, em todas as áreas que sabemos atuar, para podermos levantar este valor que necessitamos, de forma digna e justa.

Gustavo Fagundes e Moira Osório

Tudo porque realmente não queremos que vocês só nos doem dinheiro, mas sim, se sintam igualmente recompensados, pelo que estão fazendo por nós, e por igualmente estarem contribuindo para a Arte no país. Porque ajudando projetos sem patrocínio, você está ajudando não só o projeto em si e seus atores, mas também gerando emprego para diversos profissionais que atuam indiretamente no processo, como os que citamos acima, e também profissionais de montagem/desmontagem, frete, figurino, e mais uma gama enorme de pessoas que têm seus trabalhos direta e indiretamente financiados pela Cultura.

Como nós achamos que conhecimento (e auto conhecimento) são os melhores presentes que podemos oferecer, nosso Benfeitoria está recheado de workshops, aulas e consultas para que você possa não só ver um espetáculo feito com muito amor, como também se presentear com bem-estar, mais qualidade de vida, um novo caminho, ou até um novo hobbie. 

Karine von Brandenburg e Marina Malfacini

Como posso retirar minhas recompensas?

Esses serviços podem ser dados no CEFTEM (espaço onde está nascendo nossa prática de montagem) ou em local a combinar com o facilitador.

O CEFTEM se situa na Rua Santo Amaro, n°4, sala 301, Glória, Rio de Janeiro/RJ – 22.270-070 (Pertinho do Metro – Estação Glória). Se você tiver qualquer dúvida, é só  falar conosco através do nosso instagram (@elis_amusical), ou procurar a produção que estará recepcionando o público. em qualquer dia de espetáculo no próprio Teatro quando for nos assistir.

Os atores Celso Luz e Eduardo Lanzini

OBJETIVOS

  1. Realizar a apresentação de uma curta temporada no final do mês de junho no Teatro Cesgranrio;
  2. Ser capaz de financiar essa temporada, sem depender do apoio das leis de incentivo federal, estadual ou municipal;
  3. Incentivar a ida ao teatro, trazendo cada vez mais relevância para o a cena do Musical brasileiro, como um dos formadores de caráter, cultura, entretenimento e informação do grande público;
  4. Promover a cultura brasileira, por meio de artistas nacionais falando sobre uma das maiores vozes e intérpretes do Brasil;
  5. Gerar de emprego e trabalho para profissionais direta e indiretamente envolvidos com o setor da Arte;
  6. Prover mais portifólio e experiência profissional para estudantes e profissionais da área do teatro que compõem o elenco deste projeto.

 

SOBRE O CEFTEM

Com a crescente do mercado musical no brasil, tem crescido também a necessidade por profissionais sempre mais capacitados, sejam os artistas, que precisam saber cantar, dançar e atuar, sejam os demais profissionais envolvidos em todo o processo de uma produção profissional, como figurinistas, cenógrafos, produtores, músicos, dentre outros tantos, que só tem se beneficiado com a grande leva de empregos que esse mercado tem gerado, fazendo crescer, assim, as oportunidades de trabalho.

Observando a necessidade de uma instituição especializada no ramo de preparação e formação de atores completos (que saibam cantar, dançar e atuar) e competentes é que surge o CEFTEM.

O CEFTEM é uma escola especializada no ensino de teatro musical e na montagem de espetáculos com padrão de qualidade dos grandes musicais.

Reunindo em seu corpo docente os melhores profissionais do gênero, a instituição é capaz de formar artistas altamente qualificados nos três segmentos artístico, fazendo com que seus alunos vivam, diária e intensamente a experimentação e imersão dos três ramos de maneira conjunta, que é exatamente o grande diferencial do musical, onde a música se integra na dramaturgia, trazendo a dança para finalizar e complementar os outros dois.

O idealizador do CEFTEM, nosso coordenador pedagógico Reiner Tenente, é considerado uma grande revelação do teatro musical brasileiro, tendo participado de musicais como “Tim Maia – Vale Tudo, o musical” e “Cantando na Chuva” ao lado de nomes como Jarbas Homem de Mello e Cláudia Raia, preparou o elenco de “Rock In Rio – o musical” e “Cazuza – o musical”, tendo ainda dirigido os musicais “Ordinary Days”, onde foi indicado para o prêmio Botequim Cultural, e “Só Por Hoje”, inspirado em sua mãe; João Fonseca, que assina musicais como “Tim Maia – Vale Tudo, o musical”, “Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz”, “Cássia Eller – o musical”, “Bilac Vê Estrelas”, que lhe rendeu o prêmio Shell de melhor diretor, “Gota D’água”, que lhe rendeu uma indicação ao prêmio Contigo de Teatro e ao prêmio APTR também como melhor diretor, dentre outros. 

 

O CORPO DOCENTE DE ELIS - A MUSICAL

DIREÇÃO: Pedro Rothe

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO: Theodora França

DIREÇÃO COREOGRÁFICA: Clara da Costa

ASSISTÊNCIA COREOGRÁFICA: Andressa Tristão

DIREÇÃO MUSICAL E ARRANJOS: Delia Fischer

ASSISTÊNCIA DE DIREÇÃO MUSICAL E PIANISTA REGENTE: Antônio Fischer

TEXTO: Nelson Motta e Patrícia Andrade 

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA: Reiner Tenente

PRODUÇÃO EXECUTIVA: CEFTEM

 

Pedro Rothe

Formado em Artes Cênicas com habilitação em Direção Teatral, onde dirigiu o musical OS MISERÁVEIS (2013) com mais de 40 atores. Trabalha em parceria constante com a Aventura Entretenimento desde 2013, onde exerceu funções de diretor assistente, diretor residente e assistente de direção. Entre seus trabalhos com esta produtora destacam-se: ELIS, A MUSICAL (texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade, direção de Dennis Carvalho); SE EU FOSSE VOCÊ, O MUSICAL (texto de Flávio Marinho, direção de Alonso Barros e supervisão artística de Daniel Filho); diretor assistente e diretor residente em CHACRINHA, O MUSICAL (texto de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira, direção de Andrucha Waddington), onde também foi responsável pela remontagem de todas as turnês; SAMBRA - 100 ANOS DE SAMBA (texto e direção de Gustavo Gasparani); GAROTA DE IPANEMA, O AMOR É BOSSA (texto de Thelma Guedes e direção de Gustavo Gasparani), BOSSA NOVA EM CONCERTO (texto de Rodrigo Faour, direção de Sérgio Módena); VAMP, O MUSICAL (texto de Antônio Calmon, direção de Diego Morais e supervisão de Jorge Fernando); AYRTON SENNA, O MUSICAL (texto de Claudio Lins e Cristiano Gualda, direção de Renato Rocha); MEU DESTINO É SER STAR ao som de Lulu Santos (texto de Diego de Angeli, Leandro Muniz e Renato Rocha, direção de Renato Rocha). Também foi assistente de direção de Gustavo Gasparani em GILBERTO GIL - AQUELE ABRAÇO, O MUSICAL da Chaim Produções. Fora do âmbito de musicais, foi assistente de direção e produtor local de MEU PRÉDIO TEM HISTÓRIA, com direção do inglês Kerry Michael (Theatre Royal Stratford East) dentro do segundo FESTIVAL HOME THEATRE organizado por Marcus Faustini. Como professor/diretor, codirigiu NOITE DE REIS de William Shakespeare no projeto EncenAção do CAP UFRJ e está dirigindo a prática de montagem de ELIS, A MUSICAL no CEFTEM.

 

Clara da Costa

É bailarina, coreógrafa e educadora. Graduada na SEAD, em Salzburg, Áustria, também estudou na Tisch School of the Arts – NYU, Nova Iorque, EUA  e fez  Workshops com David Zambrano, Frey Faust, Les Slovaks Dance Collective, entre outros. 
Ministrou Workshop para Cirque de Soleil em Salzburg , Áustria.  Participou de projetos e performances com os coreografo(a)s Martin Kilvady, Christine Gouzelis , Paul Blackman, Leo Lachky, Nicolas Vladyslav, Zsuzsana Rozsavölgyi, Tucge Tuna, Tomaz Simatovic, entre outros.  Seus trabalhos mais recentes são: "p r e SENTE" - lab.performance (RJ) “Experimental Colorful Genies Flying on Buterflies“(AUSTRIA), ”Lil´C” (NY), “Rush” (PR), “SPL" (AUSTRIA) e “Praia dos Frades,43” (RJ). 
No Teatro Musical seus trabalhos recentes são “Tudo ao contrário” (Dir. João  Fonseca e Reinar Tenente), “Elis, a Musical” (for. Pedro Rothe, “ Pequena Miss Sunshine (Dir. Sérgio Modena), “Rapsódia, o musical” ( Dir. Mau Alves, “Aconteceu de Acontecer assim"(Dir. Thadeu Torres) “Yank!” e “Tudo ao Contrário”. Coreógrafa assistente em “60!Uma década de arromba!doc.musical" onde foi também diretora residente e também em “70? Divino Maravilhoso doc.musical”.
 Desde 2003, facilita o workshop Corpo Único (dança contemporânea  e  improvisação) no  Brasil  e  Europa.  
Além de aulas regulares de dança para atores econsciência corporal, onde faz um trabalho de preparação de personagens para peças teatrais, dança e teatro musical.

 

Delia Fischer

É compositora, cantora,pianista e arranjadora. Lançou-se profissionalmente com o grupo ‘Duo Fenix’, formado por Delia e Claudio Dauelsberg.Com o ‘Duo Fenix’, Delia participou dos importantes festivais de jazz como ‘Montreaux Jazz Festival’ - na edição de 1988 com Barrosinho e 1989 com Duo Fenix - e ‘Sofia Jazz Festival’, na Bulgária. Em 1999, Delia lançou seu primeiro álbum solo ‘Antonio’ sob o importante selo alemão ‘Carmo/ECM Records’ de Egberto Gismonti. Nesse período atuou e gravou com Toninho Horta, Ed Motta, Nivaldo Ornelas, Nico Assumpção, Erasmo Carlos, Bob Baldwin (EUA) e Thiago de Mello (EUA). Delia atuou como cantora e compositora ao lado de Maria Petersen, na Dinamarca onde apresentaram-se nos renomados festivais como ‘Copenhagen Jazz festival’. Em 2007 foi convidada para fazer as orquestrações de espetáculos como ‘7 - O Musical’ de Ed Motta, Claudio Botelho e Charles Möeller. Em outubro de 2009 apresentou-se no ‘Maison de La Dance’ (Lyon – França) com o espetáculo ‘Beatles num Céu de Diamantes’ de Claudio Botelho e Charles Möeller. Em 2010 assinou a direção musical do espetáculo Era no Tempo do Rei com composições de Carlos Lyra e Aldir Blanc e direção de João Fonseca. Delia também integrou diversos elencos desde atuação até os arranjos para se firmar, em 2012, como diretora musical. Com Claudio e Möeller integrou o elenco de ‘Beatles num céu de diamantes’ e ‘Milton nascimento - Nada será como antes’. No mesmo ano recebeu o Prêmio Shell de Teatro na categoria ‘Música’ pelos arranjos deste espetáculo. Em 2010, Delia lançou seu segundo CD solo ‘Presente’ pela gravadora ‘Dubas’ que traz parcerias com Thiago Picchi, Sergio Natureza e Camila Costa. Egberto Gismonti, Hermeto Pascoal e as cantoras Lisa Nilsson e Ana Carolina participam especialmente deste CD. Em 2011 recebeu o ‘Prêmio Sesc Rio de Fomento à Cultura’, através do qual realizou o projeto do CD ‘Saudações Egberto’. Em junho do mesmo ano realizou uma temporada de lançamento deste CD no Espaço SESC Copacabana. Também encomendou para Ronaldo Bastos a letra do clássico ‘Pêndulo’, que se tornou ‘Um Outro Olhar’ que conta com o vocal de Paulinho Moska. Egberto Gismonti toca violão de 10 cordas na faixa título do disco.Delia integrou a banda do projeto Ensaio de Cores da cantora Ana Carolina e, em 2012, foi convidada para “Milton Nascimento - Nada Será como Antes” - da dupla Möeller e Botelho – onde atuou como arranjadora, pianista e integrante do elenco principal como cantora; Delia também assinou a direção musical e arranjos do “Rock in Rio, o musical”, da Aventura Entretenimento. Em 2013 foi indicada ao Prêmio APTR - Associação dos Produtores de Teatro do Rio de Janeiro - na categoria ‘Melhor Música’ para o espetáculo ‘Milton Nascimento - Nada Será Como Antes’. Também foi vencedora do Prêmio Cenym 2013 na categoria ‘Melhor trilha sonora’ e ‘Melhor canção’ por ‘Milton Nascimento – Nada Será Como Antes’.Também em 2013 fez os arranjos e direção musical do show ‘Tributo a Raul Seixas’ na edição anual do Rock in Rio, executado pela banda Detonautas Roque Clube, com participação de Zelia Duncan e Zeca Baleiro. Também em 2014 assinou a direção musical de “Chacrinha, O Musical” com direção de Andrucha Waddington e texto de Pedro Bial. Em 2014 concorreu ao ‘Prêmio Shell de Teatro’ na categoria e foi vencedora do ‘Prêmio Cesgranrio de Teatro’ na categoria ‘Melhor Direção Musical por ‘Elis - A Musical”, dirigido por Dennis Carvalho com texto de Nelson Motta e Patrícia Andrade. Ainda neste prêmio foi indicada na categoria ‘ Melhor direção musical’ pelos arranjos de “Rock in Rio – O Musical”. Foi vencedora do Anual ‘Prêmio Cenym’ 2014 na categoria “Melhor trilha sonora’ e ‘melhor canção’ por ‘Elis – A Musical’. No mesmo ano foi indicada ao ‘Prêmio Bibi Ferreira’ pela direção musical de ‘Elis – A Musical’ e relançou o CD ‘Saudações Egberto’, pelo Selo Rob Digital, na Sala Cecília Meireles (RJ) em 2015. 2017 Delia fez em parceria com o compositor Ronaldo Bastos sobre parte do poema de Carlos Drummond de Andrade a canção 'Tempo de Amar" na rede Globo para novela homónima das seis .Música feita especialmente para a voz de Milton Nascimento Em 2018 Delia recebe o prêmio em Nova Yorke no IMA "The Independent Music Awards" pelo seu single 'Mercado" produzido por ela em conjunto com Antonio Fischer-Band e Matias Correa.Nesse mesmo ano assina a direção musical e arranjos do novo show de Simone com Ivan Lins " Simone encontra Ivan Lins".

 

Antonio Fischer-Band

É produtor/diretor musical, multi-instrumentista, compositor, orquestrador, arranjador, preparador vocal e cantor.
Estudou Harmonia com Antônio Guerreiro, piano clássico com Linda Bustani/Fernanda Canaud, percepção musical com Ignez Perdigão, e guitarra com Mark Lambert. Atualmente cursa Bacharelado em Composição na Uni-Rio. Produziu a música “Mercado” vencedora do prêmio IMA na categoria “Best Latin song” e “Vox Pop”. Compositor da cena “Fúria” da Coletivo (IN)Experiência. Músico da Simone Mazzer no projeto “Simone Mazzer + Ant-Art”. Compositor da trilha sonora e músico da peça “A Peça Escocesa”

 

Andressa Tristão

É atriz, bailarina, cantora e roteirista. Iniciou seus estudos pela dança e interpretação em Juiz de Fora desde muito nova, no ano de 2016 mudou-se para o Rio de Janeiro a fim de aprofundar sua formação como atriz, se formando ao final de 2017 em teatro musical no CEFTEM. Como atriz já trabalhou com nomes como: João Fonseca, Reiner Tenente, Sergio Modena, Roumer Canhães, Jorge Fernando e Cininha de Paula. Seus últimos trabalhos foram, “Vem Buscar-me que ainda sou teu” de João Fonseca, “Vamp, o musical” dirigido por Jorge Fernando e “Abracadabra - Um circo musical”. 
Atuou também como assistente de direção e coreografia em “Rapsódia - Um novo musical”, dirigiu junto com Mau Alvez o espetáculo “A admirável consciência de uma azarada” e atualmente é roterista do canal “Luccas Neto” no Youtube.

 

Diana Cataldo ainda não publicou nenhuma notícia.