Encontros - primeiro álbum da artista Lua Mincoff |

Encontros - primeiro álbum da artista Lua Mincoff

Campanha para auxiliar na produção do primeiro álbum da artista Lua Mincoff e no fortalecimento da rede de mulheres parceiras no combate à violência de gênero

Projeto por: Luana Mincoff menegon
R$ 5.040,00
arrecadado
meta R$ 10.000,00

30
benfeitores

50%
arrecadado

11
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

A primeira meta foi batida! O projeto será realizado, mas a arrecadação continua até 19/12/2021 - 23:59

POR

Luana Mincoff menegon

Luana Mincoff menegon
R$ 20
Viva os bons-encontros!
3 benfeitores apoiando
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum
R$ 40
Uma potência aumentada
8 benfeitores apoiando
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum - Um pão de fermentação natural feito artesanalmente na Casa na Janela * Frete incluso apenas para a cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora. * Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.
R$ 80
Estás a la escucha?
7 benfeitores apoiando
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum - Um pão artesanal de fermentação natural feito na Casa na Janela - Um produto a sua escolha da lojinha das Trapeiras - Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela * Frete incluso apenas para a cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora. * Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.
R$ 160
O que nos atravessa?
5 benfeitores apoiando
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum - Um produto a sua escolha da lojinha das Trapeiras - Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (1 pão artesanal + 1 confit/conserva) - Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela * Frete incluso apenas para a cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora. * Sobre os kits, você poderá escolher entre alguns produtos disponíveis em nosso cardápio * Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.
R$ 250
Que seja com acolhimento
2 benfeitores apoiando
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum - Dois produtos a sua escolha da lojinha das Trapeiras - Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (1 pão artesanal + 1 confit/conserva + 1 bebida artesanal) - Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela * Frete incluso apenas para a cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora. * Sobre os kits, você poderá escolher entre alguns produtos disponíveis em nosso cardápio * Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.
R$ 400
Com açúcar e com afeto
2 benfeitores apoiando
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum - Dois produtos a sua escolha da lojinha das Trapeiras - Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (2 pães artesanais + 2 confits/conversas + 1 bebida artesanal) - Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela * Frete incluso apenas para a cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora. * Sobre os kits, você poderá escolher entre alguns produtos disponíveis em nosso cardápio * Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.
R$ 600
Uma experiência para compartilhar
Seja o primeiro a apoiar!
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum - Uma edição especial do álbum em formato de vinil colorido com capa produzido artesanalmente pela MGS Vnil - Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela - Um jantar temático para uma pessoa oferecido na Casa na Janela * Frete incluso apenas para a cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora. * O jantar incluirá uma entrada, prato principal, uma sobremesa e uma bebida de cortesia a ser escolhida aqui (dietas especiais e alergias também serão checadas antes) * Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.

12 disponíveis.
R$ 1.000
Na Casa dos Encontros
1 benfeitor apoiando
- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum - Uma edição especial do álbum em formato de vinil colorido com capa produzido artesanalmente pela MGS Vinil - Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela - Um jantar temático para duas pessoas oferecido na Casa na Janela - Um azeite extravirgem VerOlí produzido artesanalmente na Casa na Janela) * Frete incluso apenas para a cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora. * o jantar incluirá uma entrada, prato principal, uma sobremesa e uma bebida de cortesia a ser escolhida aqui (dietas especiais e alergias também serão checadas antes) * Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.

7 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

A CAMPANHA

Viva! É com muita satisfação que inicio a campanha de financiamento coletivo para auxiliar na gravação de meu primeiro álbum autoral e também no fortalecimento do coletivo As Trapeiras, grupo de mulheres que desenvolvem projetos de prevenção e combate à violência de gênero

Conhecer melhor nossa relação com o mundo é ter a chance de escolher melhor nossos encontros, ser ativo na geração dos afetos, o que alimenta nossa potência em ato para ser e agir. 


Com essa campanha de financiamento coletivo será realizada a gravação, produção e lançamento de meu primeiro álbum "Encontros". Além disso, uma parte da renda levantada será destinada para a rede de mulheres parceiras com quem venho somando a algum tempo, o coletivo As Trapeiras, que trabalham continuamente com projetos de fortalecimento social para a prevenção e para o combate da violência de gênero.

O álbum tem lançamento previsto para o início de 2022, porém algumas faixas já estão sendo lançadas agora em 2021. A previsão é de 8 faixas com letras que trazem o mote dos encontros, passando pela beleza ímpar da filosofia de Spinoza e sua pesquisa acerca dos afetos e também pelas investigações e projetos pessoais da compositora, dentro da Música, do Teatro (do oprimido, dos afetos, entre outros) e da Educação.
 
Com duração de 45 dias (04 de novembro até 19 de dezembro de 2021), a campanha visa captar até R$25.000,00. Uma parcela deste valor será destinada ao fortalecimento da rede de mulheres e a outra parte será destinada para pagar toda a equipe envolvida no projeto do álbum, que engloba produção musical (musicistas, estúdio de gravação, mixagem e masterização); identidade visual (designers, produção e edição de vídeos, fotos, etc...); comunicação e divulgação, além da taxa de 10,5% do Benfeitoria + a produção e o envio das recompensas.
 
LEMBRETE!
 
A campanha está sendo realizada no formato PONTUAL, mais conhecido como TUDO OU NADA. Ou seja: caso a meta mínima (R$ 5.000,00) não seja atingida, o dinheiro volta totalmente para os/as colaboradores/as e o projeto não acontece. 
 

SOBRE A ARTISTA

Artista, cantora, musicista, educadora e produtora, Lua Mincoff iniciou sua trajetória musical aprendendo piano aos 5 anos de idade. Na sua adolescência teve encontros potentes com o violão, o canto e o teatro, além de aprofundar sua conexão musical em sua própria casa, escutando diariamente os vinis de seus pais, que iam da MPB a música regional/caipira, passando pelo Rock e o Jazz. Nesse momento também estreita sua relação com a música brasileira, aprendendo acordes e melodias ricas em complexidade e poesia (com destaque especial para Raul Seixas, com quem chorava emocionada ao escutar suas canções e dizia querer ser filha durante boa parte de sua infância).


rO7Cn2Y.jpg



Se forma como atriz em 2007 no curso de Comunicação das Artes do Corpo pela PUC/SP e realiza uma pós-graduação em Artes e Ação Social na Escola Massana/UAB e um mestrado em Estudos Teatrais na UAB, ambos em Barcelona. Durante esta década realiza diversos cursos na área musical, como violão clássico, canto, ukulele e percussão brasileira. A partir dessas experiências encontra seu caminho, transitando entre múltiplas linguagens artísticas e pesquisando as possibilidades de intersecção entre palco e plateia, a fim de trazer a música e a arte como aliadas poderosas para conectar artista e público.

Em seu retorno ao Brasil, segue trabalhando conjuntamente com o teatro, a música, a dança e a educação e realiza também alguns trabalhos de trilha sonora para o teatro e para o cinema, além de integrar a banda Outras Firulas Sonoras e o Duo Farfalla 88.

Entre 2012 e 2014 funda o Espaço Búfalo d’Água em parceria com um coletivo de artistas, onde coordena e produz inúmeros eventos de integração artística, com destaque para as muitas bandas e musicistas que por ali passaram. Já em 2015 funda o espaço Casa na Janela, um local para encontros artísticos, cursos, estúdio de gravação/filmagem, entre outros, onde coordena até hoje coletivo artísticos e projetos ligados à música e às artes em geral.

Vem realizando também múltiplos projetos sociais nas áreas da Educação e do Teatro do Oprimido, somando forças com coletivos diversos como o Coletivo Garoa, onde realiza atualmente a gestão do curso de pós-graduação em Teatro do Oprimido e Processos Grupais na Psicologia Social e mais recentemente com o coletivo As Trapeiras. Todas essas vivências sócio-políticas exercem grande influencia em seu fazer musical, onde a letra e a mensagem carregam grande importância, e os processos criativos e artísticos se dão sempre da forma mais coletiva e horizontal possível. Por isso também a importância de seguir fortalecendo essas redes que tecem nosso fazer artístico, buscando manter projetos ativos e pulsando em tempos de tanta escassez de verba e incentivo à arte e à cultura. 


No primeiro semestre de 2021 lança sua carreira solo com dois singles autorais: "A Gente Cansa" e "Metade de Ninguém". No segundo semestre lança o primeiro single "Encontros", que integra este projeto do álbum e carrega o mesmo nome.

Sua música tem como uma de suas raízes a cultura popular, além de buscar incorporar muitas brasilidades e latinidades, flertando também com sonoridades mais universais e com poesias acerca de temas sociais.

 
Espero poder contar com vocês para a criação deste álbum e também para seguir fortalecendo essas redes e projetos tão importantes neste momento!
 
Sigam-me nas redes sociais e fiquem por dentro de todos os passos desse projeto, além de poderem conhecer algumas das canções que estarão no álbum.
 

SOBRE O ÁLBUM 

“Encontros” é o primeiro álbum da cantora, compositora e instrumentista Lua Mincoff. Com oito faixas previstas, o álbum tem sua produção musical assinada por Lua Mincoff e Ricardo Bocci e possui previsão de lançamento para o início de 2022. O trabalho apresenta seis faixas originais e duas versões, que trazem como referência sonora a mistura de gêneros musicais brasileiros e latinos (com mais algumas misturinhas e temperos) e letras que passeiam pelas temáticas dos Encontros em toda sua ampla significação. 
 
Nos encontros as relações podem se constituir e aumentar nossa capacidade de agir. Porém, se o encontro não nos afeta, muitas vezes isso pode significar que não estamos de fato presentes. E não podendo estar, também não somos!
Um afeto de alegria pode acontecer quando uma experiência nos leva para uma potência maior de ser e agir no mundo; isso porque encontramos um corpo ou uma situação que combina com a nossa, como o corpo de uma pessoa amada, o abraço de uma grande amizade, a comida que nos nutre e dá prazer, a música que nos chega aos ouvidos, a arte que nos atravessa em forma de experiência... Espinosa chamava isso de bons-encontros.
Os bons encontros são sempre um momento onde nos tornamos mais próximas do mundo e de nós mesmos, ampliando a nossa capacidade de afetar e ser afetado.
Por outro lado, um afeto de tristeza pode acontecer quando uma experiência nos leva para uma condição menor de potência, ou seja, nosso impulso, nossa força para existir e agir, afetar e ser afetada, diminui, como quando nos sentimos humilhadas ou oprimidas por alguém, encontramos com uma pessoa desagradável, somos diagnosticadas com alguma enfermidade ou passamos por uma perda dolorosa. Esta forma de encontros muitas vezes nos afastam da realidade e de nós mesmas, nos limitando, constrangendo e fechando nosso contato com o mundo.
 
A partir destas e outras reflexões, sempre volto para um velho questionamento: como lidar então com estes afetos de tristezas? Ou como diria Espinoza em sua busca por entender os afetos, como produzir paixões alegres e consequentemente ações alegres? Pode parecer fácil em um primeiro momento, mas, na verdade, é muito difícil, já que nossa sociedade parece estar inteiramente constituída para a tristeza, o ódio e a melancolia. O cinza das cidades não parece apropriado para a felicidade, ainda mais quando aliado a um contexto de crescente desigualdade social, intensificado por uma pandemia global que nos coloca em contínuo isolamento físico, distantes de quem amamos e de nossas redes de apoio. Ainda assim, somos afetadas de múltiplas maneiras ao longo do dia, e dentre estes afetos quase sempre se dão alguns bons encontros! Somos ciclos, afetos e ciclos!
 
Através da elaboração e produção destas músicas, busco compartilhar os processos, tanto de cura como de celebração, que estes encontros vem provocando. Um caminho de criação e mergulho, perseguindo o que conheço e o que jamais entendi, com muitas parcerias, uma rede de mulheres incríveis e potentes e um registro para honrar o que veio antes e o que ainda está por vir.
 
Que possamos cada vez mais selecionar nossos encontros e nos afirmarmos no acaso deles, no que queremos e no que não queremos, no que podemos e no que não podemos. Para quais caminhos nossas mentes e corpos/corpas ativas nos levam?
 
Video Lyric de meu primeiro single "A Gente Cansa" lançando em maio de 2021



 

SOBRE AS TRAPEIRAS

Coletivo de teatro, arte e educação integrado por mulheres diversas, que há seis anos buscam provocar a reflexão ativa sobre questões sociais urgentes relacionados ao gênero, tendo atendido mais de sete mil mulheres, visando fortalecê-las e ativar suas redes em espaços públicos e privados, estimulando a responsabilidade social das pessoas e instituições ao acolhimento de gênero.

NNGXLbr.jpg

Olá! Nós somos As Trapeiras, e nos unimos para combater o machismo que oprime mulheres - cis e trans - no atual sistema patriarcal, auxiliando no reconhecimento e geração de redes de apoio e estratégias de luta e libertação. Para isso, utilizamos nossas bagagens pessoais, como o teatro, a contação de histórias, a dança, o canto - em oficinas, peças teatrais e Rodas de Conversa. Atualmente, nos aprofundamos nas técnicas do Teatro do Oprimido para mulheres e público misto, a partir de 10 até 98 anos de idade.


Links de Redes Sociais onde podem acompanhar o trabalho das Trapeiras


Site: https://www.astrapeiras.com/

Instagram: @astrapeiras // https://www.instagram.com/astrapeiras/

Facebook: www.facebook.com/astrapeiras

Youtube: www.youtube.com/channel/UCrDAharuzeZCtg7tazFJGHw/featured


SOBRE OS PROJETOS CONTÍNUOS DAS TRAPEIRAS

As Trapeiras é um coletivo de Teatro e Educação autogestionado e que tem como foco temático o combate à violência contra a mulher por meio da Arte. O coletivo busca viabilizar essas ações através de projetos culturais/fomentos públicos ou privados, convites de escolas, centros culturais. Vale ressaltar que nosso principal público atendido, tanto por espetáculo quanto oficinas/atividades artístico-pedagógicas, são as mulheres pelos Serviços Especializados de Atendimento à Mulher - CDCM, CCM e CRM - onde nós Trapeiras, oferecemos experiências visando fortalecê-las a si próprias e suas redes de apoio para o combate da situação de violência doméstica.


O ORÇAMENTO

PdklZxy.jpg
 
O orçamento total do projeto é R$ 25.000,00. Ao ser arrecadado, uma parte deste valor será destinada ao fortalecimento da rede de mulheres e a outra parte será destinada a pagar a equipe e todos os demais gastos da produção do álbum. Para este projeto serão consideradas 4 divisões: produção musical, identidade visual, comunicação/ divulgação e campanha (que inclui a taxa de 10,5% do Benfeitoria + o percentual necessário para a criação e envio das recompensas físicas às pessoas colaboradoras).
 
 
 

METAS

 aG1VaJp.jpg

META 1: R$ 5.000,00 - É uma meta simples para que a campanha saia do "TUDO OU NADA" e que possibilita o início das gravações e envio das recompensas físicas (porém não cobre toda a produção musical e outros aspectos do projeto)
 
 
META 2: R$ 10.000,00 - Teremos música e rede de parceiras na prevenção da violência contra a mulher fortalecida! O alcance dessa meta garante toda a produção musical + gastos com a campanha e recompensas
 
 
META 3: RS 18.000,00 - Estamos quase lá! O alcance dessa meta garante a produção musical + identidade visual + gastos com a campanha e recompensas + rede de parceiras bem fortalecida
 
 
META 4: R$ 25.000,00 - Sucesso absoluto! O alcance dessa meta garante a realização de TODAS as etapas de criação do álbum. Ou seja: Produção musical + Identidade visual + Comunicação/ divulgação + gastos com a campanha/recompensas + rede de parceiras super fortalecida


RECOMPENSAS


Colaboração 1 - Viva os bons-encontros - R$20,00 

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum


Colaboração 2 - Uma potência aumentada -  R$40,00 

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Um pão de fermentação natural feito artesanalmente na Casa na Janela


bNOJIYo.jpg


Colaboração 3 - Estás a la escucha? R$80,00 

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Um pão de fermentação natural feito artesanalmente na Casa na Janela

- Um produto a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela


PqgAPXx.jpg


Colaboração 4 - O que nos atravessa? R$160,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Um produto a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (1 pão artesanal + 1 confit/conserva)

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela  


jdKXO3X.jpg


Colaboração 5 - Que seja com acolhimento R$250,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Dois produtos a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (1 pão artesanal + 1 confit/conserva + 1 bebida artesanal)

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 



gHIbQ2C.jpg


Colaboração 6 - Com açúcar e com e afeto -  R$400,00 -  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Dois produtos a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (2 pães artesanais + 2 confits/conversas + 1 bebida artesanal)

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 


0VDA1Ve.jpg


Colaboração 7 - Uma experiência para compartilhar -  R$600,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Uma edição especial do álbum em formato de vinil colorido com capa produzido artesanalmente

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 

- Um jantar temático para uma pessoa oferecido na Casa na Janela 


lSB6vai.jpg


Colaboração 8 - Na Casa dos Encontros - R$1000,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Uma edição especial do álbum em formato de vinil colorido com capa produzido artesanalmente

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 

- Um jantar temático para duas pessoas oferecido na Casa na Janela 

- Um azeite extravirgem VerOlí produzido artesanalmente na Serra da Mantiqueira

 


Prazos e entregas das recompensas

* Sobre os kits de produtos artesanais, você poderá escolher entre alguns produtos disponíveis em nosso cardápio

* O jantar incluirá uma entrada, prato principal, uma sobremesa e uma bebida de cortesia a ser escolhida aqui (dietas especiais e alergias também serão checadas antes)

* As entregas dos produtos incluem apenas frete dentro da cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora

* Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.


Luana Mincoff menegon ainda não publicou nenhuma notícia.

A CAMPANHA

Viva! É com muita satisfação que inicio a campanha de financiamento coletivo para auxiliar na gravação de meu primeiro álbum autoral e também no fortalecimento do coletivo As Trapeiras, grupo de mulheres que desenvolvem projetos de prevenção e combate à violência de gênero

Conhecer melhor nossa relação com o mundo é ter a chance de escolher melhor nossos encontros, ser ativo na geração dos afetos, o que alimenta nossa potência em ato para ser e agir. 


Com essa campanha de financiamento coletivo será realizada a gravação, produção e lançamento de meu primeiro álbum "Encontros". Além disso, uma parte da renda levantada será destinada para a rede de mulheres parceiras com quem venho somando a algum tempo, o coletivo As Trapeiras, que trabalham continuamente com projetos de fortalecimento social para a prevenção e para o combate da violência de gênero.

O álbum tem lançamento previsto para o início de 2022, porém algumas faixas já estão sendo lançadas agora em 2021. A previsão é de 8 faixas com letras que trazem o mote dos encontros, passando pela beleza ímpar da filosofia de Spinoza e sua pesquisa acerca dos afetos e também pelas investigações e projetos pessoais da compositora, dentro da Música, do Teatro (do oprimido, dos afetos, entre outros) e da Educação.
 
Com duração de 45 dias (04 de novembro até 19 de dezembro de 2021), a campanha visa captar até R$25.000,00. Uma parcela deste valor será destinada ao fortalecimento da rede de mulheres e a outra parte será destinada para pagar toda a equipe envolvida no projeto do álbum, que engloba produção musical (musicistas, estúdio de gravação, mixagem e masterização); identidade visual (designers, produção e edição de vídeos, fotos, etc...); comunicação e divulgação, além da taxa de 10,5% do Benfeitoria + a produção e o envio das recompensas.
 
LEMBRETE!
 
A campanha está sendo realizada no formato PONTUAL, mais conhecido como TUDO OU NADA. Ou seja: caso a meta mínima (R$ 5.000,00) não seja atingida, o dinheiro volta totalmente para os/as colaboradores/as e o projeto não acontece. 
 

SOBRE A ARTISTA

Artista, cantora, musicista, educadora e produtora, Lua Mincoff iniciou sua trajetória musical aprendendo piano aos 5 anos de idade. Na sua adolescência teve encontros potentes com o violão, o canto e o teatro, além de aprofundar sua conexão musical em sua própria casa, escutando diariamente os vinis de seus pais, que iam da MPB a música regional/caipira, passando pelo Rock e o Jazz. Nesse momento também estreita sua relação com a música brasileira, aprendendo acordes e melodias ricas em complexidade e poesia (com destaque especial para Raul Seixas, com quem chorava emocionada ao escutar suas canções e dizia querer ser filha durante boa parte de sua infância).


rO7Cn2Y.jpg



Se forma como atriz em 2007 no curso de Comunicação das Artes do Corpo pela PUC/SP e realiza uma pós-graduação em Artes e Ação Social na Escola Massana/UAB e um mestrado em Estudos Teatrais na UAB, ambos em Barcelona. Durante esta década realiza diversos cursos na área musical, como violão clássico, canto, ukulele e percussão brasileira. A partir dessas experiências encontra seu caminho, transitando entre múltiplas linguagens artísticas e pesquisando as possibilidades de intersecção entre palco e plateia, a fim de trazer a música e a arte como aliadas poderosas para conectar artista e público.

Em seu retorno ao Brasil, segue trabalhando conjuntamente com o teatro, a música, a dança e a educação e realiza também alguns trabalhos de trilha sonora para o teatro e para o cinema, além de integrar a banda Outras Firulas Sonoras e o Duo Farfalla 88.

Entre 2012 e 2014 funda o Espaço Búfalo d’Água em parceria com um coletivo de artistas, onde coordena e produz inúmeros eventos de integração artística, com destaque para as muitas bandas e musicistas que por ali passaram. Já em 2015 funda o espaço Casa na Janela, um local para encontros artísticos, cursos, estúdio de gravação/filmagem, entre outros, onde coordena até hoje coletivo artísticos e projetos ligados à música e às artes em geral.

Vem realizando também múltiplos projetos sociais nas áreas da Educação e do Teatro do Oprimido, somando forças com coletivos diversos como o Coletivo Garoa, onde realiza atualmente a gestão do curso de pós-graduação em Teatro do Oprimido e Processos Grupais na Psicologia Social e mais recentemente com o coletivo As Trapeiras. Todas essas vivências sócio-políticas exercem grande influencia em seu fazer musical, onde a letra e a mensagem carregam grande importância, e os processos criativos e artísticos se dão sempre da forma mais coletiva e horizontal possível. Por isso também a importância de seguir fortalecendo essas redes que tecem nosso fazer artístico, buscando manter projetos ativos e pulsando em tempos de tanta escassez de verba e incentivo à arte e à cultura. 


No primeiro semestre de 2021 lança sua carreira solo com dois singles autorais: "A Gente Cansa" e "Metade de Ninguém". No segundo semestre lança o primeiro single "Encontros", que integra este projeto do álbum e carrega o mesmo nome.

Sua música tem como uma de suas raízes a cultura popular, além de buscar incorporar muitas brasilidades e latinidades, flertando também com sonoridades mais universais e com poesias acerca de temas sociais.

 
Espero poder contar com vocês para a criação deste álbum e também para seguir fortalecendo essas redes e projetos tão importantes neste momento!
 
Sigam-me nas redes sociais e fiquem por dentro de todos os passos desse projeto, além de poderem conhecer algumas das canções que estarão no álbum.
 

SOBRE O ÁLBUM 

“Encontros” é o primeiro álbum da cantora, compositora e instrumentista Lua Mincoff. Com oito faixas previstas, o álbum tem sua produção musical assinada por Lua Mincoff e Ricardo Bocci e possui previsão de lançamento para o início de 2022. O trabalho apresenta seis faixas originais e duas versões, que trazem como referência sonora a mistura de gêneros musicais brasileiros e latinos (com mais algumas misturinhas e temperos) e letras que passeiam pelas temáticas dos Encontros em toda sua ampla significação. 
 
Nos encontros as relações podem se constituir e aumentar nossa capacidade de agir. Porém, se o encontro não nos afeta, muitas vezes isso pode significar que não estamos de fato presentes. E não podendo estar, também não somos!
Um afeto de alegria pode acontecer quando uma experiência nos leva para uma potência maior de ser e agir no mundo; isso porque encontramos um corpo ou uma situação que combina com a nossa, como o corpo de uma pessoa amada, o abraço de uma grande amizade, a comida que nos nutre e dá prazer, a música que nos chega aos ouvidos, a arte que nos atravessa em forma de experiência... Espinosa chamava isso de bons-encontros.
Os bons encontros são sempre um momento onde nos tornamos mais próximas do mundo e de nós mesmos, ampliando a nossa capacidade de afetar e ser afetado.
Por outro lado, um afeto de tristeza pode acontecer quando uma experiência nos leva para uma condição menor de potência, ou seja, nosso impulso, nossa força para existir e agir, afetar e ser afetada, diminui, como quando nos sentimos humilhadas ou oprimidas por alguém, encontramos com uma pessoa desagradável, somos diagnosticadas com alguma enfermidade ou passamos por uma perda dolorosa. Esta forma de encontros muitas vezes nos afastam da realidade e de nós mesmas, nos limitando, constrangendo e fechando nosso contato com o mundo.
 
A partir destas e outras reflexões, sempre volto para um velho questionamento: como lidar então com estes afetos de tristezas? Ou como diria Espinoza em sua busca por entender os afetos, como produzir paixões alegres e consequentemente ações alegres? Pode parecer fácil em um primeiro momento, mas, na verdade, é muito difícil, já que nossa sociedade parece estar inteiramente constituída para a tristeza, o ódio e a melancolia. O cinza das cidades não parece apropriado para a felicidade, ainda mais quando aliado a um contexto de crescente desigualdade social, intensificado por uma pandemia global que nos coloca em contínuo isolamento físico, distantes de quem amamos e de nossas redes de apoio. Ainda assim, somos afetadas de múltiplas maneiras ao longo do dia, e dentre estes afetos quase sempre se dão alguns bons encontros! Somos ciclos, afetos e ciclos!
 
Através da elaboração e produção destas músicas, busco compartilhar os processos, tanto de cura como de celebração, que estes encontros vem provocando. Um caminho de criação e mergulho, perseguindo o que conheço e o que jamais entendi, com muitas parcerias, uma rede de mulheres incríveis e potentes e um registro para honrar o que veio antes e o que ainda está por vir.
 
Que possamos cada vez mais selecionar nossos encontros e nos afirmarmos no acaso deles, no que queremos e no que não queremos, no que podemos e no que não podemos. Para quais caminhos nossas mentes e corpos/corpas ativas nos levam?
 
Video Lyric de meu primeiro single "A Gente Cansa" lançando em maio de 2021



 

SOBRE AS TRAPEIRAS

Coletivo de teatro, arte e educação integrado por mulheres diversas, que há seis anos buscam provocar a reflexão ativa sobre questões sociais urgentes relacionados ao gênero, tendo atendido mais de sete mil mulheres, visando fortalecê-las e ativar suas redes em espaços públicos e privados, estimulando a responsabilidade social das pessoas e instituições ao acolhimento de gênero.

NNGXLbr.jpg

Olá! Nós somos As Trapeiras, e nos unimos para combater o machismo que oprime mulheres - cis e trans - no atual sistema patriarcal, auxiliando no reconhecimento e geração de redes de apoio e estratégias de luta e libertação. Para isso, utilizamos nossas bagagens pessoais, como o teatro, a contação de histórias, a dança, o canto - em oficinas, peças teatrais e Rodas de Conversa. Atualmente, nos aprofundamos nas técnicas do Teatro do Oprimido para mulheres e público misto, a partir de 10 até 98 anos de idade.


Links de Redes Sociais onde podem acompanhar o trabalho das Trapeiras


Site: https://www.astrapeiras.com/

Instagram: @astrapeiras // https://www.instagram.com/astrapeiras/

Facebook: www.facebook.com/astrapeiras

Youtube: www.youtube.com/channel/UCrDAharuzeZCtg7tazFJGHw/featured


SOBRE OS PROJETOS CONTÍNUOS DAS TRAPEIRAS

As Trapeiras é um coletivo de Teatro e Educação autogestionado e que tem como foco temático o combate à violência contra a mulher por meio da Arte. O coletivo busca viabilizar essas ações através de projetos culturais/fomentos públicos ou privados, convites de escolas, centros culturais. Vale ressaltar que nosso principal público atendido, tanto por espetáculo quanto oficinas/atividades artístico-pedagógicas, são as mulheres pelos Serviços Especializados de Atendimento à Mulher - CDCM, CCM e CRM - onde nós Trapeiras, oferecemos experiências visando fortalecê-las a si próprias e suas redes de apoio para o combate da situação de violência doméstica.


O ORÇAMENTO

PdklZxy.jpg
 
O orçamento total do projeto é R$ 25.000,00. Ao ser arrecadado, uma parte deste valor será destinada ao fortalecimento da rede de mulheres e a outra parte será destinada a pagar a equipe e todos os demais gastos da produção do álbum. Para este projeto serão consideradas 4 divisões: produção musical, identidade visual, comunicação/ divulgação e campanha (que inclui a taxa de 10,5% do Benfeitoria + o percentual necessário para a criação e envio das recompensas físicas às pessoas colaboradoras).
 
 
 

METAS

 aG1VaJp.jpg

META 1: R$ 5.000,00 - É uma meta simples para que a campanha saia do "TUDO OU NADA" e que possibilita o início das gravações e envio das recompensas físicas (porém não cobre toda a produção musical e outros aspectos do projeto)
 
 
META 2: R$ 10.000,00 - Teremos música e rede de parceiras na prevenção da violência contra a mulher fortalecida! O alcance dessa meta garante toda a produção musical + gastos com a campanha e recompensas
 
 
META 3: RS 18.000,00 - Estamos quase lá! O alcance dessa meta garante a produção musical + identidade visual + gastos com a campanha e recompensas + rede de parceiras bem fortalecida
 
 
META 4: R$ 25.000,00 - Sucesso absoluto! O alcance dessa meta garante a realização de TODAS as etapas de criação do álbum. Ou seja: Produção musical + Identidade visual + Comunicação/ divulgação + gastos com a campanha/recompensas + rede de parceiras super fortalecida


RECOMPENSAS


Colaboração 1 - Viva os bons-encontros - R$20,00 

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum


Colaboração 2 - Uma potência aumentada -  R$40,00 

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Um pão de fermentação natural feito artesanalmente na Casa na Janela


bNOJIYo.jpg


Colaboração 3 - Estás a la escucha? R$80,00 

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Um pão de fermentação natural feito artesanalmente na Casa na Janela

- Um produto a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela


PqgAPXx.jpg


Colaboração 4 - O que nos atravessa? R$160,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Um produto a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (1 pão artesanal + 1 confit/conserva)

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela  


jdKXO3X.jpg


Colaboração 5 - Que seja com acolhimento R$250,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Dois produtos a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (1 pão artesanal + 1 confit/conserva + 1 bebida artesanal)

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 



gHIbQ2C.jpg


Colaboração 6 - Com açúcar e com e afeto -  R$400,00 -  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Dois produtos a sua escolha da lojinha das Trapeiras

- Um kit de produtos artesanais produzidos na Casa na Janela (2 pães artesanais + 2 confits/conversas + 1 bebida artesanal)

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 


0VDA1Ve.jpg


Colaboração 7 - Uma experiência para compartilhar -  R$600,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Uma edição especial do álbum em formato de vinil colorido com capa produzido artesanalmente

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 

- Um jantar temático para uma pessoa oferecido na Casa na Janela 


lSB6vai.jpg


Colaboração 8 - Na Casa dos Encontros - R$1000,00  

- Agradecimento nominal em todas as minhas páginas/créditos do álbum

- Uma edição especial do álbum em formato de vinil colorido com capa produzido artesanalmente

- Um show intimista com músicas do álbum e algumas versões ao vivo na Casa na Janela 

- Um jantar temático para duas pessoas oferecido na Casa na Janela 

- Um azeite extravirgem VerOlí produzido artesanalmente na Serra da Mantiqueira

 


Prazos e entregas das recompensas

* Sobre os kits de produtos artesanais, você poderá escolher entre alguns produtos disponíveis em nosso cardápio

* O jantar incluirá uma entrada, prato principal, uma sobremesa e uma bebida de cortesia a ser escolhida aqui (dietas especiais e alergias também serão checadas antes)

* As entregas dos produtos incluem apenas frete dentro da cidade de São Paulo. Para outras localidades o frete ficará por conta da pessoa colaboradora

* Todas as recompensas irão acontecer dentro do período de dezembro de 2021 até abril de 2022.


Luana Mincoff menegon ainda não publicou nenhuma notícia.