Escuta Candidata |

Escuta Candidata

Escuta e cuidado de saúde mental para candidatas mulheres.

Project by: Casa 1
R$ 89.731,00
pledged
goal R$ 88.807,00

45 backers
backed this campaign

We did it \o/

Thanks to all backers for another successful project. Now, follow the news and comments on the project

BY

Casa 1

Casa 1
R$ 20
Agradecimento nas Redes Sociais
9 backers
Seu nome em uma super mensagem de agradecimento nas Redes Sociais da Casa 1
R$ 50
Nome na Clínica Social Casa 1
9 backers
Seu nome em um painel lindão na Clínica Social Casa 1
R$ 80
Kit Gráfico 1
8 backers
Marca página + adesivos + arte A5: Lute Como Uma Garota!
R$ 130
Kit Gráfico 2
7 backers
Marca página + adesivo + poster A3 ilustrado pela artista Paola Rodrigues
R$ 300
Combo recompensas
6 backers
Agradecimento nas redes + nome na Clínica + Kit Gráficos com marca páginas, adesivos, artes A5 e A3.
R$ 1.000
Serigrafia de Mônica Nador
1 backer
Duas gravuras em papel criadas pela artista Mônica Nador. Tamanho: 60 cm x 60cm.

01 available.

Escuta Candidata - Projeto de cuidado de mulheres para mulheres na política

Mulheres são maioria na população brasileira e no eleitorado, mas são apenas 12,32% na política institucional, ou seja, 87,68% dos cargos nas câmaras de vereadores, assembleias legislativas, congresso nacional e senado é composta por homens. Isso significa que nossas leis e políticas seguem sendo pensadas por um único grupo de pessoas, em sua maioria branca e masculina e pesquisas mostram que corpos representam sim pautas e as defendem com maior força.

A desigualdade no país tem gênero, raça e classe e muitos projetos já buscam fortalecer candidaturas dos chamados grupos minorizados, no entanto um fator é raro nos apoios: o cuidado com a saúde mental dos e das que lutam para ocupar os espaços políticos institucionais.

Por isso a Clínica Social Casa 1, o braço de saúde mental da Casa 1 pretende, de forma emergencial oferecer apoio para mulheres lésbicas, bissexuais e trans, assim como para mulheres negras heterossexuais e pessoas não binárias neste momento de luta e enfrentamento que são as eleições. A chamada violência política e os ataques físicos e virtuais são impedimentos para que esses corpos cheguem ao poder e promovam a mudança por que tanto lutam. O assassinato da vereadora Marielle Franco, até hoje sem resposta, é um dos casos mais emblemáticos e extremos de onde essa violência chega.

Por isso precisamos da sua ajuda para oferecer plantões de escuta, atendimentos psicoterápicos e aconselhamento jurídico, assim como ferramentas de acesso como pacote de dados para fortalecer as mulheres para a luta que é uma campanha política.

Vale ressaltar que toda a equipe que dará suporte para as candidatas será feminina, visando não só o estabelecimento de um espaço seguro de escuta como o fortalecimento da representatividade e das profissionais de saúde que hoje são maioria mas ocupam muito menos cargos de liderança e recebem 43,5% a menos do que os homens.

Tendo em vista a proximidade das eleições (dia 15 de novembro), nosso tempo de campanha é curto e a meta alta, mas sabemos que com a ajuda de todos, todas e todes vamos conseguir fazer acontecer!

Casa 1 No posted news yet.

Escuta Candidata - Projeto de cuidado de mulheres para mulheres na política

Mulheres são maioria na população brasileira e no eleitorado, mas são apenas 12,32% na política institucional, ou seja, 87,68% dos cargos nas câmaras de vereadores, assembleias legislativas, congresso nacional e senado é composta por homens. Isso significa que nossas leis e políticas seguem sendo pensadas por um único grupo de pessoas, em sua maioria branca e masculina e pesquisas mostram que corpos representam sim pautas e as defendem com maior força.

A desigualdade no país tem gênero, raça e classe e muitos projetos já buscam fortalecer candidaturas dos chamados grupos minorizados, no entanto um fator é raro nos apoios: o cuidado com a saúde mental dos e das que lutam para ocupar os espaços políticos institucionais.

Por isso a Clínica Social Casa 1, o braço de saúde mental da Casa 1 pretende, de forma emergencial oferecer apoio para mulheres lésbicas, bissexuais e trans, assim como para mulheres negras heterossexuais e pessoas não binárias neste momento de luta e enfrentamento que são as eleições. A chamada violência política e os ataques físicos e virtuais são impedimentos para que esses corpos cheguem ao poder e promovam a mudança por que tanto lutam. O assassinato da vereadora Marielle Franco, até hoje sem resposta, é um dos casos mais emblemáticos e extremos de onde essa violência chega.

Por isso precisamos da sua ajuda para oferecer plantões de escuta, atendimentos psicoterápicos e aconselhamento jurídico, assim como ferramentas de acesso como pacote de dados para fortalecer as mulheres para a luta que é uma campanha política.

Vale ressaltar que toda a equipe que dará suporte para as candidatas será feminina, visando não só o estabelecimento de um espaço seguro de escuta como o fortalecimento da representatividade e das profissionais de saúde que hoje são maioria mas ocupam muito menos cargos de liderança e recebem 43,5% a menos do que os homens.

Tendo em vista a proximidade das eleições (dia 15 de novembro), nosso tempo de campanha é curto e a meta alta, mas sabemos que com a ajuda de todos, todas e todes vamos conseguir fazer acontecer!

Casa 1 No posted news yet.