Ajude no empoderamento da cultura negra |

Ajude no empoderamento da cultura negra

Vamos ajudar a trancista Neth Santos a construir seu sonho de ter seu negócio funcionando e continuar a levar a autoestima e empoderamento as mulheres negras.

Projeto por: IvaneteDos Santos Rosa
R$ 14.625,00
arrecadado
meta R$ 15.000,00

22 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

IvaneteDos Santos Rosa

IvaneteDos Santos Rosa
R$ 10
Cartas com agradecimentos
Seja o primeiro a apoiar!

10 disponíveis.
R$ 20
Vídeo de agradecimento
1 benfeitor apoiando
Vídeo de agradecimentos + foto na rede social. Será disponibilizado no instagram ou facebook. Previsão de entrega: Durante ou depois da campanha

4 disponíveis.
R$ 40
Dois kit de acessórios para tranças
1 benfeitor apoiando
Retirada em Águas lindas. Previsão de entrega: Após o final da campanha

01 disponível.
R$ 100
Aula das tranças box braids
5 benfeitores apoiando
Aula das tranças box braids, disponibilizadas em redes sociais. Previsão de entrega: final da campanha

indisponível.
R$ 200
Consultoria online
1 benfeitor apoiando
Uma consultoria online de empoderamento da beleza negra para auxiliar na escolha das tranças. Previsão de entrega: final da campanha

3 disponíveis.
R$ 300
Uma oficina online sobre tranças
2 benfeitores apoiando
Uma oficina online sobre tranças e sua história. Será feita uma live direto do Espaço Neth Santos em Agradecimento a todo os colaboradores pela página facebook. Previsão da entrega : Final da campanha, data a marcar.

01 disponível.
R$ 700
Passeio Cachoeira Santa Barbara
Seja o primeiro a apoiar!
Passeio a uma cachoeira localizada no município de Cavalcante/GO, gratuito com um guia turístico. As despesas da viagem são de responsabilidade do colaborador. Previsão de entrega: Final da Campanha

5 disponíveis.

 

As tranças rastafáris e box braids que hoje tornaram meu negócio de empoderamento e resgate da cultura afro brasileira, surgiu ainda quando eu tinha 12 anos pela necessidade. Moradora de uma comunidade quilombola no município de Cavalcante/GO sonhava em ter cabelos grandes e trançados, meu cabelo é crespo e curto o que me incentivou a começar em mim mesma, já que na comunidade não tinham pessoas que fizessem esse trabalho. Sem dinheiro para ir a cidade e pagar alguém que pudesse colocar em mim as tranças, senti a necessidade de aprender a trançar cabelos para realizar o meu sonho e de outras crianças.

Aos 15 anos me mudei para Brasília e já sabia trançar e vi nelas uma forma de ganhar uns trocados, cobrando um preço bem abaixo do mercado fui conquistando clientes. Em 2016 me mudei para Águas Lindas em um bairro periférico e continuei a trabalhar com as tranças conquistando clientes que me proporcionou a ter um pequeno espaço para atender mulheres, homens e crianças em sua maioria negras, que buscam a autoestima e empoderamento restabelecendo a cultura e tendo as tranças como ferramenta de resgate e reafirmando sua identidade.

Com esse trabalho ganhei um premio da Fundação Palmares - Edital Arte do Quilombo - que me ajudou muito na compra de materiais e pude ajudar algumas pessoas da minha comunidade com produtos e serviços. Mas com a pandemia a procura pelos meus serviços diminuiu muito, tendo em vista que meus clientes em sua maioria perdeu seu emprego, afetando bastante o meu negócio que também está com atendimento limitado seguindo todas as orientações dos órgãos de saúde. O que também tornou os insumos mais caros, dificultando a compra e consequentemente o crescimento do negócio. 

Nosso atendimento é com horário agendado tomando toda as medidas para a prevenção da covid-19, uso de máscaras e álcool gel. Só será feito o atendimento com o uso da máscara, o álcool é disponibilizado pelo Espaço Neth Santos.

 

 

Com o valor arrecadado será utilizado da seguinte forma: R$ 3.000 será para pagar dívidas de produtos do negócio Espaço Neth Santos, R$ 3.500 investimentos em cursos no ramo de beleza, marketing e administração, R$ 4.000 na compra de produtos para atendimento aos clientes, R$ 2.000 pagamento de pessoal que ajudam com o atendimento e o restante pretendo pagar serviços e equipamentos para melhorar o espaço para um atendimento melhor a população.

 

 

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$15.000 seja alcançado.

 

 

 

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 1.500.000,00 ( um milhão e 500 mil reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo para recuperação de micro e pequenos negócios das periferias afetados pela pandemia. O Fundo Colaborativo segue aberto para novos parceiros que desejam destinar recursos para as periferias urbanas brasileiras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IvaneteDos Santos Rosa ainda não publicou nenhuma notícia.

 

As tranças rastafáris e box braids que hoje tornaram meu negócio de empoderamento e resgate da cultura afro brasileira, surgiu ainda quando eu tinha 12 anos pela necessidade. Moradora de uma comunidade quilombola no município de Cavalcante/GO sonhava em ter cabelos grandes e trançados, meu cabelo é crespo e curto o que me incentivou a começar em mim mesma, já que na comunidade não tinham pessoas que fizessem esse trabalho. Sem dinheiro para ir a cidade e pagar alguém que pudesse colocar em mim as tranças, senti a necessidade de aprender a trançar cabelos para realizar o meu sonho e de outras crianças.

Aos 15 anos me mudei para Brasília e já sabia trançar e vi nelas uma forma de ganhar uns trocados, cobrando um preço bem abaixo do mercado fui conquistando clientes. Em 2016 me mudei para Águas Lindas em um bairro periférico e continuei a trabalhar com as tranças conquistando clientes que me proporcionou a ter um pequeno espaço para atender mulheres, homens e crianças em sua maioria negras, que buscam a autoestima e empoderamento restabelecendo a cultura e tendo as tranças como ferramenta de resgate e reafirmando sua identidade.

Com esse trabalho ganhei um premio da Fundação Palmares - Edital Arte do Quilombo - que me ajudou muito na compra de materiais e pude ajudar algumas pessoas da minha comunidade com produtos e serviços. Mas com a pandemia a procura pelos meus serviços diminuiu muito, tendo em vista que meus clientes em sua maioria perdeu seu emprego, afetando bastante o meu negócio que também está com atendimento limitado seguindo todas as orientações dos órgãos de saúde. O que também tornou os insumos mais caros, dificultando a compra e consequentemente o crescimento do negócio. 

Nosso atendimento é com horário agendado tomando toda as medidas para a prevenção da covid-19, uso de máscaras e álcool gel. Só será feito o atendimento com o uso da máscara, o álcool é disponibilizado pelo Espaço Neth Santos.

 

 

Com o valor arrecadado será utilizado da seguinte forma: R$ 3.000 será para pagar dívidas de produtos do negócio Espaço Neth Santos, R$ 3.500 investimentos em cursos no ramo de beleza, marketing e administração, R$ 4.000 na compra de produtos para atendimento aos clientes, R$ 2.000 pagamento de pessoal que ajudam com o atendimento e o restante pretendo pagar serviços e equipamentos para melhorar o espaço para um atendimento melhor a população.

 

 

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$15.000 seja alcançado.

 

 

 

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 1.500.000,00 ( um milhão e 500 mil reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo para recuperação de micro e pequenos negócios das periferias afetados pela pandemia. O Fundo Colaborativo segue aberto para novos parceiros que desejam destinar recursos para as periferias urbanas brasileiras.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IvaneteDos Santos Rosa ainda não publicou nenhuma notícia.