Estática - Lançamento do Vinil |

Estática - Lançamento do Vinil

Campanha para o lançamento do nosso 1º álbum "Coreografia", um EP de 10''.

Projeto por: ESTÁTICA
R$ 4.095,00
arrecadado
meta R$ 20.000,00

31
benfeitores

20%
arrecadado

24
dias restantes

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 05/01/2019 - 23:59

POR

ESTÁTICA

ESTÁTICA

R$ 10
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 15
Download de 1 música alternativa
2 benfeitores apoiando
Versão alternativa de uma das músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + panfleto informativo sobre essa versão
R$ 30
Adesivo + Pacth + botton
Seja o primeiro a apoiar!
2 de cada "mimo" + 1 música com o link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + panfleto informativo
R$ 40
Pôster A2
1 benfeitor apoiando
- Pôster A2 + 1 música com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + panfleto informativo
R$ 50
Não quero receber nada em troca!
4 benfeitores apoiando
Você que quer dar aquela força ajude também conhencendo a banda escutando nossas músicas e lendo nossas letras: Musicas com Link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte.
R$ 60
Camiseta
3 benfeitores apoiando
Uma peita da hora da banda Estática! Pode escolher entre duas estampas. E ainda o Link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte.
R$ 75
Vinil 10''
7 benfeitores apoiando
-Compra antecipada do álbum em vinil. E ainda leva de brinde o link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte.
R$ 100
Vinil 10'' + Kit "mimos"
4 benfeitores apoiando
-Compra antecipada do álbum em vinil + Músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte. + 2 bottons + 2 patchs + 2 adesivos
R$ 120
Vinil 10''+ Pôster
Seja o primeiro a apoiar!
-Compra antecipada do álbum em vinil + Músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte + Pôster A2
R$ 130
Vinil 10'' + 1 camiseta
2 benfeitores apoiando
-Compra antecipada do álbum em vinil. + músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte. + 1 camiseta
R$ 160
Vinil 10''+ camiseta + pôster
Seja o primeiro a apoiar!
-Compra antecipada do álbum em vinil + Músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte + Camiseta + Pôster A2
R$ 170
Vinil 10''+Camiseta+ Postêr+ kit Mimos
Seja o primeiro a apoiar!
-Compra antecipada do álbum em vinil + Músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte + Camiseta + Pôster A2 + Kit mimos ( 2 adesivos, 2 bottons e 2 pacths)
R$ 180
Vinil 10''+ De tudo !
1 benfeitor apoiando
-Compra antecipada do álbum em vinil + Músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte + Camiseta + Pôster A2 + Kit mimos ( 2 adesivos, 2 bottons e 2 pacths) + versão alternativa de uma música + panfleto informativo da versão
R$ 200
Vinil 10''+ De Tudo 2
5 benfeitores apoiando
Compra antecipada do álbum em vinil + Músicas com link e código para download (opções mp3,wave ou flac) + pdf do encarte + Camiseta + Pôster A2 + Kit mimos ( 2 adesivos, 2 bottons e 2 pacths) + versão alternativa de uma música + panfleto informativo da versão + super patch de costas inteira em couro artificial, estilo fim do mundo
R$ 500
Pocket-show do Estática na sua sala
Seja o primeiro a apoiar!
Mas atenção amiguinhos: Vale para Belo Horizonte, Rio de janeiro ou São Paulo.
R$ 1.500
Show do Estática Completo
Seja o primeiro a apoiar!
Mas atenção amiguinhos: Para a região sudeste

Somos o Estática. Apesar de parecermos uma banda como qualquer outra, desejamos muito mais que fazer e tocar música; desejamos formas mais cuidadosas e sustentáveis de nos relacionar e de habitar nesse mundo.  Somos amigos há muito tempo e alguns de nós têm projetos musicais juntos desde 1995. Naquela época, em nosso meio, discos de vinil e outros materiais eram distribuídos pela própria banda através de cartas e pessoalmente nas “banquinhas” durante os shows. Uma tradição comum na música independente dos anos 90, que promovia uma relação bem mais direta entre quem toca e quem ouve música.

Assim como as feiras orgânicas de hoje em dia nos possibilitam adquirir o alimento de quem plantou e colheu, comprar direto de quem faz significa reduzir os intermediários e os custos, além de propiciar um contato direto com o produtor no aqui e agora - conhecer o seu processo, suas motivações, seus sonhos e desafios. Nas banquinhas e através de cartas conhecíamos novas bandas e nos inteirávamos dos últimos lançamentos. Por nossas mãos amizades eram seladas e projetos concretizados, e criava-se uma rede de informação que era não apenas eficaz, mas também íntima; nos sentíamos como se estivéssemos entre nossa família mais querida.

Claro, o tempo passa, as coisas mudam, e certamente não queremos habitar um passado nostálgico que, em parte, já se foi. Hoje se conhece e se ouve música muito mais pela internet do que pelas cartas e shows de antigamente, e não há nada de errado com isso. Na verdade, foi justamente essa mudança que tornou possível desenvolver novos meios de produção e financiamento. E isso nos permitiu tornar nosso próprio processo criativo algo público e coletivo, além de criar uma rede de apoio onde as pessoas investem, com aquilo que podem, para estimular os projetos que acreditam e ajudar a concretizá-los.

 

O que propomos então?

Queremos, portanto, lhe chamar para ser um possibilitador desse projeto. A dividir com você o suor do nosso ensaio, o esforço da nossa gravação, os calos das nossas mãos.  Em troca, nos comprometemos a entregar-lhe uma cópia do disco pronto além de quaisquer outros materiais que escolher da nossa “banquinha”. Nossa proposta é então a pré-venda de um vinil através dessa plataforma - um investimento sem risco, tanto pra você quanto para nós artistas. Caso consigamos nossa meta inicial básica, você irá receber o vinil em sua casa ao fim desta campanha como um presente para você. Caso não alcancemos a soma necessária para tal, você receberá seu dinheiro de volta.

 

Porque vinil?

Nós crescemos ouvindo discos de vinil e fitas gravadas. É uma relação profunda, que nos inspira dia após dia. Para ouvir um disco na vitrola é preciso parar o que se esta fazendo, tirá-lo da capa com cuidado, colocar na plataforma da vitrola, ligar o motor e delicadamente pôr a agulha para tocar.  Em um cenário contemporâneo onde ouvir música por pequenas caixinhas de som ou mesmo pelo celular se tornou muito comum e prático, ouvir um disco de vinil pode ser uma experiência rara, incomum, e por isso preciosa. Além disso, a quantidade de camadas e timbres, graves e agudos, que se perdem nessas pequenas caixinhas escondem muito do que um processo de gravação pode oferecer.

Foram muitos anos pesquisando cada equipamento que usamos, os amplificadores valvulados, as guitarras personalizadas, os instrumentos antigos e analógicos, etc., para chegar na sonoridade quente e específica que buscamos; por isso nos parece evidente lançar nossa música em vinil.  E para quem não possui vitrola, haverá também uma versão digital para download, com a mesma capa de papelão recheada com um encarte cheio de imagens, textos e as letras das músicas, para que se possa acompanhar da mesma maneira. Queremos que esteja estampado em nosso encarte essa sensação de intimidade, também transmitida pelo musica que tocamos. Queremos realizar de forma sincera e independente, inspirando e sendo inspirados por outros grupos que dividem essa rede de apoio conosco.

Lançar um material desta maneira vai muito além de divulgar nossa própria música. Desejamos com isso incentivar outros jeitos de fazer e sobreviver nesse mundo, e queremos lutar pela possibilidade de fazer o que gostamos. Queremos sobreviver disso, ou pelo menos fazer com que que isso sobreviva. Para no fim das contas inspirar outras pessoas a ver que é possível fazer o mesmo; que para se ter uma banda e lançar um disco não é preciso ser escolhido entre milhares de outros concorrentes em um reality show. Basta ter disposição e força de vontade, e conhecer outras pessoas que querem fazer o mesmo que você. Queremos mostrar que, embora o tempo passe, a banquinha de materiais ainda sobrevive!

Muito prazer, nós somos o Estática. E não se iluda, nós fazemos exatamente o mesmo que você. Mas se o mundo onde vivemos é um mundo onde as bandas devem contar apenas com seus próprios meios para se manterem de pé, então estamos todos fadados a queimar na atmosfera terrestre, como estrelas cadentes que não conseguiram manter sua luz na disputada abóboda celeste. Somente desenvolvendo outros modos de financiamento e uma sólida rede de trocas e incentivos mútuos, é que conseguiremos ofuscar o brilho cego dos holofotes industriais com nossas estrelas de papelão. É esse o nosso chamado. É essa a nossa estática.

 

 

Somos o Estática. Apesar de parecermos uma banda como qualquer outra, desejamos muito mais que fazer e tocar música; desejamos formas mais cuidadosas e sustentáveis de nos relacionar e de habitar nesse mundo.  Somos amigos há muito tempo e alguns de nós têm projetos musicais juntos desde 1995. Naquela época, em nosso meio, discos de vinil e outros materiais eram distribuídos pela própria banda através de cartas e pessoalmente nas “banquinhas” durante os shows. Uma tradição comum na música independente dos anos 90, que promovia uma relação bem mais direta entre quem toca e quem ouve música.

Assim como as feiras orgânicas de hoje em dia nos possibilitam adquirir o alimento de quem plantou e colheu, comprar direto de quem faz significa reduzir os intermediários e os custos, além de propiciar um contato direto com o produtor no aqui e agora - conhecer o seu processo, suas motivações, seus sonhos e desafios. Nas banquinhas e através de cartas conhecíamos novas bandas e nos inteirávamos dos últimos lançamentos. Por nossas mãos amizades eram seladas e projetos concretizados, e criava-se uma rede de informação que era não apenas eficaz, mas também íntima; nos sentíamos como se estivéssemos entre nossa família mais querida.

Claro, o tempo passa, as coisas mudam, e certamente não queremos habitar um passado nostálgico que, em parte, já se foi. Hoje se conhece e se ouve música muito mais pela internet do que pelas cartas e shows de antigamente, e não há nada de errado com isso. Na verdade, foi justamente essa mudança que tornou possível desenvolver novos meios de produção e financiamento. E isso nos permitiu tornar nosso próprio processo criativo algo público e coletivo, além de criar uma rede de apoio onde as pessoas investem, com aquilo que podem, para estimular os projetos que acreditam e ajudar a concretizá-los.

 

O que propomos então?

Queremos, portanto, lhe chamar para ser um possibilitador desse projeto. A dividir com você o suor do nosso ensaio, o esforço da nossa gravação, os calos das nossas mãos.  Em troca, nos comprometemos a entregar-lhe uma cópia do disco pronto além de quaisquer outros materiais que escolher da nossa “banquinha”. Nossa proposta é então a pré-venda de um vinil através dessa plataforma - um investimento sem risco, tanto pra você quanto para nós artistas. Caso consigamos nossa meta inicial básica, você irá receber o vinil em sua casa ao fim desta campanha como um presente para você. Caso não alcancemos a soma necessária para tal, você receberá seu dinheiro de volta.

 

Porque vinil?

Nós crescemos ouvindo discos de vinil e fitas gravadas. É uma relação profunda, que nos inspira dia após dia. Para ouvir um disco na vitrola é preciso parar o que se esta fazendo, tirá-lo da capa com cuidado, colocar na plataforma da vitrola, ligar o motor e delicadamente pôr a agulha para tocar.  Em um cenário contemporâneo onde ouvir música por pequenas caixinhas de som ou mesmo pelo celular se tornou muito comum e prático, ouvir um disco de vinil pode ser uma experiência rara, incomum, e por isso preciosa. Além disso, a quantidade de camadas e timbres, graves e agudos, que se perdem nessas pequenas caixinhas escondem muito do que um processo de gravação pode oferecer.

Foram muitos anos pesquisando cada equipamento que usamos, os amplificadores valvulados, as guitarras personalizadas, os instrumentos antigos e analógicos, etc., para chegar na sonoridade quente e específica que buscamos; por isso nos parece evidente lançar nossa música em vinil.  E para quem não possui vitrola, haverá também uma versão digital para download, com a mesma capa de papelão recheada com um encarte cheio de imagens, textos e as letras das músicas, para que se possa acompanhar da mesma maneira. Queremos que esteja estampado em nosso encarte essa sensação de intimidade, também transmitida pelo musica que tocamos. Queremos realizar de forma sincera e independente, inspirando e sendo inspirados por outros grupos que dividem essa rede de apoio conosco.

Lançar um material desta maneira vai muito além de divulgar nossa própria música. Desejamos com isso incentivar outros jeitos de fazer e sobreviver nesse mundo, e queremos lutar pela possibilidade de fazer o que gostamos. Queremos sobreviver disso, ou pelo menos fazer com que que isso sobreviva. Para no fim das contas inspirar outras pessoas a ver que é possível fazer o mesmo; que para se ter uma banda e lançar um disco não é preciso ser escolhido entre milhares de outros concorrentes em um reality show. Basta ter disposição e força de vontade, e conhecer outras pessoas que querem fazer o mesmo que você. Queremos mostrar que, embora o tempo passe, a banquinha de materiais ainda sobrevive!

Muito prazer, nós somos o Estática. E não se iluda, nós fazemos exatamente o mesmo que você. Mas se o mundo onde vivemos é um mundo onde as bandas devem contar apenas com seus próprios meios para se manterem de pé, então estamos todos fadados a queimar na atmosfera terrestre, como estrelas cadentes que não conseguiram manter sua luz na disputada abóboda celeste. Somente desenvolvendo outros modos de financiamento e uma sólida rede de trocas e incentivos mútuos, é que conseguiremos ofuscar o brilho cego dos holofotes industriais com nossas estrelas de papelão. É esse o nosso chamado. É essa a nossa estática.

 

 

ESTÁTICA ainda não publicou nenhuma notícia.