Evangélicos, mídia e poder |

Evangélicos, mídia e poder

Quer saber como surgiu e se articulou a bancada evangélica no Congresso Nacional? Ajude na publicação do livro "Evangélicos, mídia e poder".

Projeto por: Guilherme Esteves Galvão Lopes
R$ 1.385,00
arrecadado
meta R$ 500,00

25 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Guilherme Esteves Galvão Lopes

Guilherme Esteves Galvão Lopes
R$ 10
Quero ver o livro publicado!
2 benfeitores apoiando
Com este valor básico, você ajuda, de pouquinho em pouquinho, a chegarmos ao nosso maior objetivo.
R$ 25
Faço parte desta publicação
3 benfeitores apoiando
Aqueles que contribuírem com R$ 25,00 estarão ajudando ainda mais alcançarmos o valor necessário para publicarmos o livro, e por isso prestaremos uma homenagem na versão digital da publicação.
R$ 50
Já quero meu exemplar
19 benfeitores apoiando
Para aqueles que além de ajudar a publicar o estudo ainda quiserem antecipar seu exemplar, que irá, claro, com uma bela dedicatória do autor.

28 disponíveis.

Alçados ao centro do poder nacional, os evangélicos construíram uma trajetória política ao longo das últimas 3 décadas através da ocupação de espaço na mídia e nos cargos parlamentares, desde a redemocratização

O ponto de partida desse processo é o objeto da dissertação de mestrado "Evangélicos, mídia e poder: análise da atuação parlamentar na Assembleia Nacional Constituinte (1987-1988)", que agora pode ser publicada em livro e ficar ao alcance de todos quantos tem interesse pelo tema.

"Evangélicos, mídia e poder" tem foco nas disputas relacionadas às mudanças legais acerca das concessões de rádio e televisão, assim como na presença evangélica no meio político brasileiro e seus vínculos com grupos e veículos de comunicação de massa.

 

Sobre o autor:

Guilherme Esteves Galvão Lopes é Mestre em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e doutorando em História, Política e Bens Culturais pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Carioca, 31 anos e morador do subúrbio do Rio.

 

Guilherme Esteves Galvão Lopes ainda não publicou nenhuma notícia.

Alçados ao centro do poder nacional, os evangélicos construíram uma trajetória política ao longo das últimas 3 décadas através da ocupação de espaço na mídia e nos cargos parlamentares, desde a redemocratização

O ponto de partida desse processo é o objeto da dissertação de mestrado "Evangélicos, mídia e poder: análise da atuação parlamentar na Assembleia Nacional Constituinte (1987-1988)", que agora pode ser publicada em livro e ficar ao alcance de todos quantos tem interesse pelo tema.

"Evangélicos, mídia e poder" tem foco nas disputas relacionadas às mudanças legais acerca das concessões de rádio e televisão, assim como na presença evangélica no meio político brasileiro e seus vínculos com grupos e veículos de comunicação de massa.

 

Sobre o autor:

Guilherme Esteves Galvão Lopes é Mestre em História Política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e doutorando em História, Política e Bens Culturais pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Carioca, 31 anos e morador do subúrbio do Rio.

 

Guilherme Esteves Galvão Lopes ainda não publicou nenhuma notícia.