Festival de Artes em Imbariê |

Festival de Artes em Imbariê

O FAIM é um espaço de exposição de artes, troca de ideias e oficinas de artes. Tudo isto na Periferia do Rio de Janeiro. Sim, é Arte na Periferia!

Projeto por: Osmar Paulino da Silva Junior
R$ 1.286,00
arrecadado
meta R$ 6.000,00

21 benfeitores
apoiaram essa campanha

Não foi dessa vez :/

A meta de arrecadação não foi atingida e todas as colaborações foram estornadas. Obrigado pelo apoio ainda assim!

POR

Osmar Paulino da Silva Junior

Osmar Paulino da Silva Junior

R$ 20
Tamo Junto!
2 benfeitores apoiando
Seu nome aparecerá nos agradecimentos das redes sociais do FAIM
R$ 50
Eu acredito na rapaziada.
4 benfeitores apoiando
Copo, adesivo e broche do FAIM + Nome nos agradecimentos nas redes sociais do FAIM *O frete não está incluído.
R$ 100
Arte Salva
2 benfeitores apoiando
Ecobag do FAIM 2019 + Nome nos agradecimentos nas redes sociais do FAIM *O frete não está incluído
R$ 200
A Periferia Grita
1 benfeitor apoiando
Camiseta "A Periferia Grita" + Broche do FAIM 2019 + Zine de poesia do Slam Poético *O frete não está incluído
R$ 500
Vai FAIM!
Seja o primeiro a apoiar!
Camisa do FAIM 2019 + Ecobag do FAIM 2019 + Broche do FAIM 2019 *O frete não está incluído
R$ 1.000
Sim, é Arte na Periferia!
Seja o primeiro a apoiar!
Camisa do FAIM 2019 + Camisa A Periferia Grita +Copo FAIM 2019 + Ecobag FAIM 2019 + Broche FAIM 2019 *O frete não está incluído

O QUE É O FAIM?

O FAIM (Festival de Artes em Imbariê) é um espaço de exposição de artes, mas é acima de tudo um espaço de afeto e encontros. 

(vídeo)

O FAIM (Festival de Artes em Imbariê) tem três objetivos. O primeiro é expor obras de artistas, principalmente, da Baixada Fluminense, pois apesar de haver uma produção pulsante a região carece de espaços de exposição. O segundo é ser um espaço de trocas por isso organizamos rodas de bate papos sobre temas que atravessam a vida artística e cultural da periferia, tais como feminismo e funk, o negro e a arte, etc. O terceiro é a educação artística e para isso desenvolvemos uma série de oficinas de artes em escolas públicas, que já começamos a fazer desde Maio. Mas para fazer tudo isto precisamos da parceria de vocês, pois não temos nenhum patrocinador. Sim, É Arte na Periferia. 

 

 

 

Os objetivos para esse ano é expor o maior número possível de artistas como também organizar rodas de bate-papo que seja um espaço potente de fala e escuta de todos, cujo o tema será "O Funk". Nossa ideia é fazer, também, uma programação incrível para a criançada e os adolescentes, com distribuição gratuita de gibis e livros infantis, assim como espetáculos de palhaçaria e contação de histórias. O mais legal é que queremos fazer tudo isto com a sua parceria, pois o FAIM é produzido por um coletivo de amigos e entendemos que todos juntos podemos fazer coisas incríveis. E sim, é Arte na Periferia! 

  

 

  

RECOMPENSAS E CUSTOS

Dividimos nossa campanha de financiamento coletivo em duas etapas, em duas metas. A primeira é de R$ 5.000 (cinco mil reais) que já garante um dia de festival com as rodas de bate papo, e as exposições de artes. a segunda meta é de R$ 6.000 (seis mil reais) que garante mais um dia de festival, a produção de mil exemplares de um livro infantil e de mil gibis para serem distribuidos para as crianças e adoslencentes, além de possibilitar as apresentações musicais, performaces e de contação de histórias e palhaçaria para as crianças. Enfim, É Arte na Periferia!  

 

Abaixo apresentamos um gráfico simplificado da distribuição dos recursos para o FAIM 2019.  

                                                 

                                               

                                                                                                          

 

 

Osmar Paulino da Silva Junior ainda não publicou nenhuma notícia.

O QUE É O FAIM?

O FAIM (Festival de Artes em Imbariê) é um espaço de exposição de artes, mas é acima de tudo um espaço de afeto e encontros. 

(vídeo)

O FAIM (Festival de Artes em Imbariê) tem três objetivos. O primeiro é expor obras de artistas, principalmente, da Baixada Fluminense, pois apesar de haver uma produção pulsante a região carece de espaços de exposição. O segundo é ser um espaço de trocas por isso organizamos rodas de bate papos sobre temas que atravessam a vida artística e cultural da periferia, tais como feminismo e funk, o negro e a arte, etc. O terceiro é a educação artística e para isso desenvolvemos uma série de oficinas de artes em escolas públicas, que já começamos a fazer desde Maio. Mas para fazer tudo isto precisamos da parceria de vocês, pois não temos nenhum patrocinador. Sim, É Arte na Periferia. 

 

 

 

Os objetivos para esse ano é expor o maior número possível de artistas como também organizar rodas de bate-papo que seja um espaço potente de fala e escuta de todos, cujo o tema será "O Funk". Nossa ideia é fazer, também, uma programação incrível para a criançada e os adolescentes, com distribuição gratuita de gibis e livros infantis, assim como espetáculos de palhaçaria e contação de histórias. O mais legal é que queremos fazer tudo isto com a sua parceria, pois o FAIM é produzido por um coletivo de amigos e entendemos que todos juntos podemos fazer coisas incríveis. E sim, é Arte na Periferia! 

  

 

  

RECOMPENSAS E CUSTOS

Dividimos nossa campanha de financiamento coletivo em duas etapas, em duas metas. A primeira é de R$ 5.000 (cinco mil reais) que já garante um dia de festival com as rodas de bate papo, e as exposições de artes. a segunda meta é de R$ 6.000 (seis mil reais) que garante mais um dia de festival, a produção de mil exemplares de um livro infantil e de mil gibis para serem distribuidos para as crianças e adoslencentes, além de possibilitar as apresentações musicais, performaces e de contação de histórias e palhaçaria para as crianças. Enfim, É Arte na Periferia!  

 

Abaixo apresentamos um gráfico simplificado da distribuição dos recursos para o FAIM 2019.  

                                                 

                                               

                                                                                                          

 

 

Osmar Paulino da Silva Junior ainda não publicou nenhuma notícia.