[SP] Ajude a Gica! |

[SP] Ajude a Gica!

A Gislene é dona da Gica Semijoias e com esse negócio ajuda toda sua família a se manter, desenvolvendo o trabalho de revenda de semijoias.

Projeto por: Gislene Souza
R$ 540,00
arrecadado
meta R$ 15.000,00

4
benfeitores

3%
arrecadado

21
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

Ajude-nos a bater nossa meta até 14/08/2021 - 23:59


POR

Gislene Souza

Gislene Souza
R$ 15
Cartão de agradecimento!
2 benfeitores apoiando
Cartão de agradecimento assinado por todas pessoas que trabalham com a Gica Semijoias Neste Cartão iremos demonstrar nossa gratidão e te mostrar que não é preciso muito para impactar vidas diversas vidas! Previsão de entrega: Será postado nos correios 2 semanas após o encerramento da campanha. Frete por nossa conta.

18 disponíveis.
R$ 30
Cartão e video de agradecimento
Seja o primeiro a apoiar!
Cartão de Agradecimento + Seu nome no Vídeo de agradecimento que será veiculado em todas as nossas redes sociais. Iremos fazer um vídeo falando o nome de cada pessoa que colaborou, agradecendo quem acreditou e fortaleceu nossa campanha. Previsão de entrega: Iremos veicular dias após o encerramento da capanha.

20 disponíveis.
R$ 50
Bolsinha personalizada
3 benfeitores apoiando
Bolsinha necessiere multiuso com zíper personalizada com nome da pessoa que colaborou. Medidas: Largura 15cm, altura10cm, profundidade 2 cm. Material Nylon. Previsão de entrega: Será postado nos correios 2 semanas após o encerramento da campanha. Frete por conta do doador.

17 disponíveis.
R$ 100
Pingente de Prata Personalizado
Seja o primeiro a apoiar!
Pingente de Prata 925, você pode informar nome ou apelido até 5 letras. Tamanho 2 cm x 0,5cm 0, 42 gramas. Previsão de entrega: Será postado nos correios 2 semanas após o encerramento da campanha. Frete por conta do doador.

20 disponíveis.

Não encontrou o que queria?

Outro valor

 

A Gica Semijoias foi criada em 2014 por mim, Gislene Souza afroempreendedora na periferia de Itapevi, cidade da região metropolitana de São Paulo. O objetivo desse negócio além de gerar renda para a empreendedora, sempre foi de democratizar o uso das semijoias principalmente de Prata que parecia tão distante da realidade de muitas mulheres periféricas. Hoje esse negócio impacta a vida de muitas mulheres da minha família que trabalham revendendo junto comigo ou me indicando para novos clientes.

Com a pandemia, perdemos volume de vendas, nossas clientes são a pessoas mais vulneráveis na cadeia produtiva do mercado de trabalho: mulheres pretas. E muitas delas perderam sua única fonte de renda ou optaram por não usufruir de semijoias neste momento delicado de suas vidas financeiras. O maior impacto que a Gica faz no bairro que está localizada, é sem dúvida geração de renda. Trabalhando com vendas por consignado conseguimos fazer com a economia local esteja sempre movimentada, afinal quem vende nossas joias gera renda, compra nas mercearias, mercados e salões de beleza do bairro. Além disso, ofereço o espaço das minhas redes sociais para impulsionar os negócios locais do meu bairro fortalecendo a minha rede de negócios, pois sou consumidora dos serviços de muitas clientes.

Na Gica trabalhamos com vendas online, envios por motoboy ou correios. Todas as peças são higienizadas com álcool 70% antes de chegar nas mãos das clientes. Nossas parceiras de vendas por consignado também são orientadas a higienizar seus produtos. Além disso nós confeccionamos máscaras personalizadas para todas as colaboradoras. Em todas as compras nós damos de brinde para nossos clientes 1 sachê de álcool em gel e uma mensagem de conscientização sobre a importância de higienizar as mãos.

 

 

Com a perda de volume de vendas durante a pandemia, acumulamos dividas com cartão de crédito e nosso estoque de peças baixou significativamente. Além disso, não conseguimos investir em mais vendas por consignação, que é o nosso carro chefe, pois precisamos estar sempre renovando os produtos que nossas parceiras usam como mostruário, aumentando as chances de vendas.

O primeiro passo vai ser destinar 30% dos recursos arrecadados para quitar dívidas, 10% vamos investir em mídias pagas para impulsionar nosso negócio e fazer com que outras mulheres periféricas possam nos conhecer. Vamos destinar 30% para reserva de emergência e 20% para compra de estoque e materiais que complementam nosso trabalho como embalagens de joias, caixas de correio etc.

Acredito que distribuindo dessa maneira em 3 meses a Gica voltará suas contas para o azul e poderemos investir com nosso próprio dinheiro, fruto das vendas futuras em novas melhorias para nosso negócio, incluindo a contratação de mais mulheres periféricas nas vendas consignadas.

 

 

Para você que colaborar com essa campanha linda irá receber essas preciosidades na sua casa.

 

  

 

 

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$15.000 seja alcançado.

 

 

 

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 1.500.000,00 ( um milhão e 500 mil reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo para recuperação de micro e pequenos negócios das periferias afetados pela pandemia. O Fundo Colaborativo segue aberto para novos parceiros que desejam destinar recursos para as periferias urbanas brasileiras.

 

 

Gislene Souza ainda não publicou nenhuma notícia.

 

A Gica Semijoias foi criada em 2014 por mim, Gislene Souza afroempreendedora na periferia de Itapevi, cidade da região metropolitana de São Paulo. O objetivo desse negócio além de gerar renda para a empreendedora, sempre foi de democratizar o uso das semijoias principalmente de Prata que parecia tão distante da realidade de muitas mulheres periféricas. Hoje esse negócio impacta a vida de muitas mulheres da minha família que trabalham revendendo junto comigo ou me indicando para novos clientes.

Com a pandemia, perdemos volume de vendas, nossas clientes são a pessoas mais vulneráveis na cadeia produtiva do mercado de trabalho: mulheres pretas. E muitas delas perderam sua única fonte de renda ou optaram por não usufruir de semijoias neste momento delicado de suas vidas financeiras. O maior impacto que a Gica faz no bairro que está localizada, é sem dúvida geração de renda. Trabalhando com vendas por consignado conseguimos fazer com a economia local esteja sempre movimentada, afinal quem vende nossas joias gera renda, compra nas mercearias, mercados e salões de beleza do bairro. Além disso, ofereço o espaço das minhas redes sociais para impulsionar os negócios locais do meu bairro fortalecendo a minha rede de negócios, pois sou consumidora dos serviços de muitas clientes.

Na Gica trabalhamos com vendas online, envios por motoboy ou correios. Todas as peças são higienizadas com álcool 70% antes de chegar nas mãos das clientes. Nossas parceiras de vendas por consignado também são orientadas a higienizar seus produtos. Além disso nós confeccionamos máscaras personalizadas para todas as colaboradoras. Em todas as compras nós damos de brinde para nossos clientes 1 sachê de álcool em gel e uma mensagem de conscientização sobre a importância de higienizar as mãos.

 

 

Com a perda de volume de vendas durante a pandemia, acumulamos dividas com cartão de crédito e nosso estoque de peças baixou significativamente. Além disso, não conseguimos investir em mais vendas por consignação, que é o nosso carro chefe, pois precisamos estar sempre renovando os produtos que nossas parceiras usam como mostruário, aumentando as chances de vendas.

O primeiro passo vai ser destinar 30% dos recursos arrecadados para quitar dívidas, 10% vamos investir em mídias pagas para impulsionar nosso negócio e fazer com que outras mulheres periféricas possam nos conhecer. Vamos destinar 30% para reserva de emergência e 20% para compra de estoque e materiais que complementam nosso trabalho como embalagens de joias, caixas de correio etc.

Acredito que distribuindo dessa maneira em 3 meses a Gica voltará suas contas para o azul e poderemos investir com nosso próprio dinheiro, fruto das vendas futuras em novas melhorias para nosso negócio, incluindo a contratação de mais mulheres periféricas nas vendas consignadas.

 

 

Para você que colaborar com essa campanha linda irá receber essas preciosidades na sua casa.

 

  

 

 

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$15.000 seja alcançado.

 

 

 

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 1.500.000,00 ( um milhão e 500 mil reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo para recuperação de micro e pequenos negócios das periferias afetados pela pandemia. O Fundo Colaborativo segue aberto para novos parceiros que desejam destinar recursos para as periferias urbanas brasileiras.

 

 

Gislene Souza ainda não publicou nenhuma notícia.