Impulsionando jovens comunicadores |

Impulsionando jovens comunicadores

O Instituto Repartir une estudantes em vulnerabilidade financeira, social e emocional a organizações sociais que não podem pagar por projetos de comunicação.

Projeto por: Emerson Couto
R$ 8.680,00
arrecadado
meta R$ 25.000,00

59
benfeitores

34%
arrecadado

32
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 23/11/2021 - 23:59

POR

Emerson Couto

Emerson Couto
R$ 25
QUERO APOIAR
9 benfeitores apoiando
Contribuindo com R$ 25, você tem nossa imensa gratidão e seu nome na lista dos apoiadores publicada no site do Instituto Repartir
R$ 50
QUERO APOIAR
15 benfeitores apoiando
Contribuindo com R$ 50, você tem nossa imensa gratidão e seu nome na lista dos apoiadores publicada no site do Instituto Repartir
R$ 100
QUERO APOIAR
16 benfeitores apoiando
Contribuindo com R$ 100, você tem nossa imensa gratidão e seu nome na lista dos apoiadores publicada no site do Instituto Repartir
R$ 200
QUERO APOIAR
15 benfeitores apoiando
Contribuindo com R$ 200, você tem nossa imensa gratidão e seu nome na lista dos apoiadores publicada no site do Instituto Repartir
R$ 500
QUERO INDICAR UMA ORGANIZAÇÃO
4 benfeitores apoiando
Contribuindo com R$ 500, você tem nossa imensa gratidão, seu nome na lista dos apoiadores publicada no site e pode indicar uma organização social em situação de vulnerabilidade financeira para receber uma PALESTRA sobre comunicação.
R$ 1.000
QUERO INDICAR UMA ORGANIZAÇÃO
1 benfeitor apoiando
Contribuindo com R$ 1.000, você tem nosso imensa gratidão, seu nome na lista dos apoiadores publicada no site e pode indicar uma organização social em situação de vulnerabilidade financeira para receber uma CONSULTORIA de comunicação.
R$ 3.000
QUERO INDICAR UMA ORGANIZAÇÃO
Seja o primeiro a apoiar!
Contribuindo com R$ 3.000, você tem nossa imensa gratidão, seu nome na lista dos apoiadores publicada no site e pode indicar uma organização social em situação de vulnerabilidade financeira para receber um PLANEJAMENTO em comunicação.
R$ 5.000
QUERO INDICAR UMA ORGANIZAÇÃO
Seja o primeiro a apoiar!
Contribuindo com R$ 5.000, você tem nossa imensa gratidão, seu nome na lista dos apoiadores publicada no site e pode indicar uma organização social em situação de vulnerabilidade financeira para receber um PLANEJAMENTO em comunicação e um PRODUTO (website ou vídeo institucional).

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

Muitos estudantes de comunicação transbordam talento e desejo de contar histórias que ajudem a fazer do mundo um lugar mais justo. Mas desistem do sonho de atuar na área por falta de oportunidade e pela necessidade urgente de sobreviver. Trocam a carreira por trabalhos geralmente precários.  

Não basta chegar à faculdade com uma bolsa de estudos. Outros custos, como alimentação e transporte, pesam demais. A pandemia agravou a situação e fez muitos jovens abandonarem a faculdade para cuidar financeiramente da família. 

Em outra margem, organizações sociais transformadoras, sobretudo as de pequeno porte, deixam de contar suas histórias, de engajar os públicos em lindas causas, porque não têm recursos financeiros e humanos para investir em comunicação. Uma em cada 5 entidades do Terceiro Setor não faz qualquer tipo de comunicação. 

O Instituto Repartir existe para ser esta ponte. 

A jornada gera oportunidade de aprendizado, trabalho digno e renda para estudantes de comunicação em situação de vulnerabilidade financeira, social e emocional, que canalizam sua potência transformadora no apoio a organizações sociais que não podem pagar por projetos de comunicação. 

O Repartir é uma organização social sem fins lucrativos e foi fundada em agosto de 2021 pelos jornalistas Emerson Couto e Luciana Alvarez. 

O Instituto Repartir está alinhado a cinco Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), iniciativa promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em especial ao Objetivo 10, que aborda a redução das desigualdades. 

Além do combate central às desigualdades, o projeto respeita critérios de representatividade da sociedade brasileira, buscando um grupo formado por menos 50% de mulheres, 60% de pessoas autodeclaradas negras e 20% autodeclaradas LGBTQIA+. 

O financiamento coletivo tem por objetivo arrecadar recursos para a manutenção de três jovens no projeto por um período de seis meses - entre outubro de 2021 e março de 2022 (fase 1). Estes jovens terão vínculo de estágio de 25 horas semanais, com bolsa-auxílio, benefícios e estrutura necessária para realização de atividades de capacitação e prática.  

Para 2022, a proposta do Repartir é fortalecer a geração de renda própria do Instituto, por meio da prestação de serviços remunerados a organizações do Terceiro Setor que podem pagar por tais projetos, colaborando assim para o financiamento da jornada social e garantindo a sustentabilidade do Repartir. 

Saiba mais em http://www.institutorepartir.com.br

Emerson Couto ainda não publicou nenhuma notícia.

Muitos estudantes de comunicação transbordam talento e desejo de contar histórias que ajudem a fazer do mundo um lugar mais justo. Mas desistem do sonho de atuar na área por falta de oportunidade e pela necessidade urgente de sobreviver. Trocam a carreira por trabalhos geralmente precários.  

Não basta chegar à faculdade com uma bolsa de estudos. Outros custos, como alimentação e transporte, pesam demais. A pandemia agravou a situação e fez muitos jovens abandonarem a faculdade para cuidar financeiramente da família. 

Em outra margem, organizações sociais transformadoras, sobretudo as de pequeno porte, deixam de contar suas histórias, de engajar os públicos em lindas causas, porque não têm recursos financeiros e humanos para investir em comunicação. Uma em cada 5 entidades do Terceiro Setor não faz qualquer tipo de comunicação. 

O Instituto Repartir existe para ser esta ponte. 

A jornada gera oportunidade de aprendizado, trabalho digno e renda para estudantes de comunicação em situação de vulnerabilidade financeira, social e emocional, que canalizam sua potência transformadora no apoio a organizações sociais que não podem pagar por projetos de comunicação. 

O Repartir é uma organização social sem fins lucrativos e foi fundada em agosto de 2021 pelos jornalistas Emerson Couto e Luciana Alvarez. 

O Instituto Repartir está alinhado a cinco Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), iniciativa promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), em especial ao Objetivo 10, que aborda a redução das desigualdades. 

Além do combate central às desigualdades, o projeto respeita critérios de representatividade da sociedade brasileira, buscando um grupo formado por menos 50% de mulheres, 60% de pessoas autodeclaradas negras e 20% autodeclaradas LGBTQIA+. 

O financiamento coletivo tem por objetivo arrecadar recursos para a manutenção de três jovens no projeto por um período de seis meses - entre outubro de 2021 e março de 2022 (fase 1). Estes jovens terão vínculo de estágio de 25 horas semanais, com bolsa-auxílio, benefícios e estrutura necessária para realização de atividades de capacitação e prática.  

Para 2022, a proposta do Repartir é fortalecer a geração de renda própria do Instituto, por meio da prestação de serviços remunerados a organizações do Terceiro Setor que podem pagar por tais projetos, colaborando assim para o financiamento da jornada social e garantindo a sustentabilidade do Repartir. 

Saiba mais em http://www.institutorepartir.com.br

Emerson Couto ainda não publicou nenhuma notícia.