[RJ] Jacarezinho Contra O Coronavírus |

[RJ] Jacarezinho Contra O Coronavírus

Precisamos da sua ajuda na luta pela preservação da vida nas favelas! Seja nosso aliado na luta pelo Jacarezinho!

Projeto por: Seimour Pereira de Souza Filho
R$ 30.533,00
arrecadado
meta R$ 28.890,00

110 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Seimour Pereira de Souza Filho

Seimour Pereira de Souza Filho
R$ 30
Adesivos Jaca Contra O Corona
15 benfeitores apoiando
Adesivos personalizados Jaca Contra O Corona

85 disponíveis.
R$ 100
Kit Jaca 1
6 benfeitores apoiando
Eco bag + adesivo + carta de agradecimento

4 disponíveis.
R$ 200
Kit Jaca 2
2 benfeitores apoiando
ecobag + adesivo + bloco de anotações + carta de agradecimento

3 disponíveis.
R$ 250
Kit Jaca 3
3 benfeitores apoiando
Ecobag + adesivo + bloco de anotações + caneta + carta de agradecimento

2 disponíveis.
R$ 500
Kit Jaca 4
1 benfeitor apoiando
Ecobag + adesivo + bloco de anotações + caneta + moleskini + carta de agradecimento

4 disponíveis.
R$ 1.000
Kit ARR 5
Seja o primeiro a apoiar!
Ecobag + adesivo + bloco de anotações + caneta + moleskini + caneca+ carta de agradecimento

3 disponíveis.
R$ 2.000
Kit Jaca 6
Seja o primeiro a apoiar!
Ecobag + adesivo + bloco de anotações + caneta + moleskini + caneca + camisa + carta de agradecimento

3 disponíveis.

Os resultados que esperamos por meio desta iniciativa e parceria englobam: minimizar os efeitos provocados pela insegurança alimentar e nutricional; multiplicação do conhecimento a respeito da prevenção no combate ao novo coronavírus; fortalecimento da economia local; maior adesão a práticas de higiene pessoal e comunitária; articulação entre os equipamentos situados no território e socialização de informações sobre o acesso a direitos sociais, visando um processo de formação de cidadania, autonomia e emancipação política e social.

As ações acontecerão em 2 dias com a presença de 25 voluntários, com auxílio dos agentes de saúde.

Em meio ao cenário de pandemia, quatro frentes que atuam na favela do Jacarezinho se uniram para pensar ações emergenciais de combate à proliferação do vírus e às consequências socioeconômicas geradas: o NICA (Núcleo Independente Comunitário de Aprendizagem) , formado por uma equipe de professores voluntários que trabalha a partir da educação popular democrática e emancipatória; O Jacaré Basquete , o qual visa oportunizar acesso para crianças e adolescentes através do esporte; o Jacaré Facilitador, o qual promove cursos de maquiagem, cabeleireiro e modelagem, fortalecendo as redes comunitárias, e as Residentes Multiprofissionais , vinculadas à Clínica da Família Anthidio Dias da Silveira e articulado pelo LabJaca , laboratório de comunicação, produção de dados cidadã e formação no Jacarezinho.

O Jacarezinho é um bairro localizado na Zona Norte do município do Rio de Janeiro. No último censo do IBGE realizado em 2010 a estimativa de habitantes no território era de 37.839 mil. Com um dos piores IDH (IBGE) entre os bairros da cidade e com renda per capita em torno de 177 reais, a expectativa de vida é igualmente uma das quatro piores do município do RJ. Além disso, o Jacarezinho enfrenta há anos um outro grave problema: é a favela que possui o maior índice de tuberculose (SMS do RJ) do Rio de Janeiro. Diante do grave quadro de avanço da pandemia do Covid19, esta soma de realidades trágicas torna a população do Jacarezinho refém de um cenário de extrema vulnerabilidade social, no sentido mais letal do termo. Diante do abandono do poder público que reforça a construção de uma invisibilidade das precárias condições de vida, trabalho e lazer de seus moradores (Jacarezinho está fisicamente “escondida” entre uma avenida e um viaduto), precisamos com urgência viabilizar ações de combate ao Covid-19 na comunidade, impedindo, desta forma, uma tragédia anunciada. Neste sentido, é necessário potencializar esforços por meio de ações que se atentem a realidade social, ambiental e política do território, considerando que este há décadas vem sendo invisibilizado pelo poder público.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Seimour Pereira de Souza Filho ainda não publicou nenhuma notícia.

Os resultados que esperamos por meio desta iniciativa e parceria englobam: minimizar os efeitos provocados pela insegurança alimentar e nutricional; multiplicação do conhecimento a respeito da prevenção no combate ao novo coronavírus; fortalecimento da economia local; maior adesão a práticas de higiene pessoal e comunitária; articulação entre os equipamentos situados no território e socialização de informações sobre o acesso a direitos sociais, visando um processo de formação de cidadania, autonomia e emancipação política e social.

As ações acontecerão em 2 dias com a presença de 25 voluntários, com auxílio dos agentes de saúde.

Em meio ao cenário de pandemia, quatro frentes que atuam na favela do Jacarezinho se uniram para pensar ações emergenciais de combate à proliferação do vírus e às consequências socioeconômicas geradas: o NICA (Núcleo Independente Comunitário de Aprendizagem) , formado por uma equipe de professores voluntários que trabalha a partir da educação popular democrática e emancipatória; O Jacaré Basquete , o qual visa oportunizar acesso para crianças e adolescentes através do esporte; o Jacaré Facilitador, o qual promove cursos de maquiagem, cabeleireiro e modelagem, fortalecendo as redes comunitárias, e as Residentes Multiprofissionais , vinculadas à Clínica da Família Anthidio Dias da Silveira e articulado pelo LabJaca , laboratório de comunicação, produção de dados cidadã e formação no Jacarezinho.

O Jacarezinho é um bairro localizado na Zona Norte do município do Rio de Janeiro. No último censo do IBGE realizado em 2010 a estimativa de habitantes no território era de 37.839 mil. Com um dos piores IDH (IBGE) entre os bairros da cidade e com renda per capita em torno de 177 reais, a expectativa de vida é igualmente uma das quatro piores do município do RJ. Além disso, o Jacarezinho enfrenta há anos um outro grave problema: é a favela que possui o maior índice de tuberculose (SMS do RJ) do Rio de Janeiro. Diante do grave quadro de avanço da pandemia do Covid19, esta soma de realidades trágicas torna a população do Jacarezinho refém de um cenário de extrema vulnerabilidade social, no sentido mais letal do termo. Diante do abandono do poder público que reforça a construção de uma invisibilidade das precárias condições de vida, trabalho e lazer de seus moradores (Jacarezinho está fisicamente “escondida” entre uma avenida e um viaduto), precisamos com urgência viabilizar ações de combate ao Covid-19 na comunidade, impedindo, desta forma, uma tragédia anunciada. Neste sentido, é necessário potencializar esforços por meio de ações que se atentem a realidade social, ambiental e política do território, considerando que este há décadas vem sendo invisibilizado pelo poder público.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que o valor de R$30.000 seja alcançado.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Seimour Pereira de Souza Filho ainda não publicou nenhuma notícia.