Junta no Moinho | Vamos Sonhar Juntos |

Junta no Moinho | Vamos Sonhar Juntos

A Junta Local agora tem um endereço: o Moinho Fluminense, na Gamboa. Venha com a gente fazer desse lugar um verdadeiro mercado local da cidade.

Projeto por: Thiago Gomide Nasser
R$ 133.894,00
arrecadado
meta R$ 100.000,00

377 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Thiago Gomide Nasser

Thiago Gomide Nasser
R$ 30
Da Comuna ao Moinho: 7 anos de Junta
20 benfeitores apoiando
E-book que passa a limpo os 7 anos da Junta Local, a serem completos em agosto, com fotos de Samuel Antonini, cartazes de feiras e agradecimento a todos os benfeitores que se ajuntaram na campanha. Recompensa vem acompanhada de cupom de 10 reais para uso na Sacola da Junta.
R$ 50 + FRETE
Kit Fanzoca Local
17 benfeitores apoiando
Pendure, cole e mostre por aí sua apreciação pela Junta. Você receberá uma cartela de adesivo, um cartaz especial, um broche da Junta, mais o nosso e-book comemorativo.
R$ 90 + FRETE
Sacola de feira da Junta
66 benfeitores apoiando
Uma boa sacola de feira é essencial para quem é fã da Junta. Em parceria com a Piola desenvolvemos uma linda sacola, bonita e prática. Inclui o e-book comemorativo.
R$ 115 + FRETE
Bolsa térmica por Piola Bags
31 benfeitores apoiando
Um bela bolsa térmica feita pela Piola Bags. Grande, espaçosa e linda, capaz de garantir a alegria de sua geladeira ao sair de nossa feira.
R$ 120
Ajuntados de Carteirinha (A)
10 benfeitores apoiando
Seja uma ajuntado de carteirinha! Você receberá, literalmente, uma carteirinha e fará parte de um cadastro que dará acesso a descontos na Sacola da Junta (2 cupons de 15 reais por mês) e numa rede de parceiros de outubro a dezembro de 2021.
R$ 120
Ajuntados de Carteirinha (B)
14 benfeitores apoiando
Seja uma ajuntado de carteirinha! Você receberá, literalmente, uma carteirinha e fará parte de um cadastro que dará acesso a descontos na Sacola da Junta e Pede Junta (6% em qualquer compra) e numa rede de parceiros de outubro a dezembro de 2021.

01 disponível.
R$ 120 + FRETE
Camiseta da Junta!
47 benfeitores apoiando
Vamos vestir a camiseta da Junta! Apoiadores poderão escolher entre dois modelos com a nossa nova identidade visual. Você escolherá entre P, M e G (infantil), ou P, M, G ou GG (adulto) e receberá também o Kit Fanzoca Local + e-book. Pós-campanha e-mail será enviado para que você escollha.
R$ 150
CORTE no PAPO CABELO
8 benfeitores apoiando
Um corte de cabelo incrível a combinar com a Raisa, do Papo Cabelo.

indisponível.
R$ 150
Kit Dariquim Terruás da Canastra + Vídeo
6 benfeitores apoiando
Nesse kitizim vem um pedacinho de diferentes queijos representando os terroirs da Canastra. Ainda por cima um dos produtores vai mandar um vídeo diretim lá da fazenda, agradecendo seu apoio.

indisponível.
R$ 150
Kit Doce Doce Local
8 benfeitores apoiando
Kit com o melhor da confeitaria da Junta Local. União, cooperação e doçura. Itens: massa de cookie da Bel Trufas (200g), 2 pães de mel da Santa Favo, 8 caramelos da Caminha Confeitaria, 1 Torta de Caramelo vegana da Thais Lucchetti (9cm), 10 marshmallows de baunilha da .me Confeitaria

2 disponíveis.
R$ 160 + FRETE
Pochete por AVA
8 benfeitores apoiando
Pochete de náilon (quadriculado preto e branco) com etiqueta da Junta Local. Inclui e book e Kit Fanzoca Local
R$ 210
Kit de Cervejas Gatos Cariocas Oceânicos
7 benfeitores apoiando
Kit com cervejas artesanais (+ brindes + growler + abridor) simbolizando a união da Junta Local com a cervejaria artesanal carioca. W-Kattz: 2 x Califórnia 473ml (IPA) + Copo + Ecobag. Cariocas: 1 Cariocaholic Amber Ale + Cariocaholic Blonde Ale. Cervejaria Oceânica 2 x Easy Dive (Witbier). Junta Local: Growler + Abridor.

3 disponíveis.
R$ 210 + FRETE
Sacola DE FEIRA + CAMISETA
47 benfeitores apoiando
Vamos vestir a camiseta da Junta! Apoiadores poderão escolher entre dois modelos com a nossa nova identidade visual. Você escolherá entre P, M e G (infantil), ou P, M, G ou GG (adulto), garanta a sacola de feira e receberá também o Kit Fanzoca Local + e-book. Pós-campanha e-mail será enviado para que você escollha.
R$ 220 + FRETE
Avental por AVA
3 benfeitores apoiando
Avental de brin da Junta por AVA com alças transpassadas e bolsões. Tamanho único. Inclui e book e Kit Fanzoca Local
R$ 250 + FRETE
Foto impressa e assinada Samuel Antonini
1 benfeitor apoiando
Foto impressa (26 x 40cm) assinada por Samuel Antonini, fotógrafo oficial da Junta Local. São três opções representativas da Junta Local e do talento de Samuel (veja quais as opções nas nossas redes sociais). Para emoldurar e colocar na parede! Ao final da campanha você receberá um e-mail para fazer a sua escolha.

19 disponíveis.
R$ 300
DIA NO CAMPO MANACÁ
1 benfeitor apoiando
Uma dia com os produtores Wagner e Susana para conhecer a plantação orgânica do Manacá, distrito de Vieira, Teresópolis. O passeio guiado, que começa com um lanche e termina com um almoço, inclui uma visita à horta, ao galinheiro, e uma curta trilha até uma cachoeira. A visita está agendada para o dia 24 de outubro, das 10h às 16h, podendo ser reagendada por razões climáticas. Não inclui transporte.

24 disponíveis.
R$ 320
Locale Pizza + Wine It! + Santo Favo
10 benfeitores apoiando
Um incrível jantar para dois na pizzaria mais local e ajuntada da cidade, a Locale Pizza! Duas pizzas exclusivas feitas com ingredientes da Junta, uma garrafa de vinho tinto nacional escolhida a dedo pela Wine It! e sobremesa da Santo Favo. Data: a combinar (presencial ou delivery) a partir do final da campanha até dezembro.

indisponível.
R$ 350
EXPERIÊNCIA TORRE SEU CAFÉ COM O LEO
6 benfeitores apoiando
Esta recompensa é para que aprecia um bom café e sabe da importância da torra. O premiado barista Leo Gonçalves, do Cafe ao Leu, está abrindo seu espaço de torra para uma imersão de três horas de aprendizado. São duas possíveis datas de agendamento: 15 ou 22/9. Você ainda sairá de lá com um pacote de café da sua torra!

indisponível.
R$ 350 + FRETE
Kit 1 InformalDiscos+SupernutMaraRecords
Seja o primeiro a apoiar!
Seleção de vinis raros dos nossos parceiros de feira, Informal Discos e Supermaranut Records. Para ajuntados aficionados por boas bolachas. Kit 1: El Concierto para Bangladesh // Tom Jobim Terra Brasilia // Vinicius de Moraes Box 4 Lps

01 disponível.
R$ 360
Jantar Local Roberta Sudbrack
10 benfeitores apoiando
Jantar para duas pessoas (entrada, prato principal e sobremesa) inspirado na Junta Local, por Roberta Sudbrack. Com ingredientes da Maravilhas São José e Orgânicos da Fátima. O jantar será preparado no Sud, o Pássaro Verde e será entregue em sua casa! Quem escolher a recompensa poderá fazer o pedido, com 48 horas de antecedência, e receber entre os dias 1 e 15 de Setembro.

indisponível.
R$ 360 + FRETE
Kit2 InformalDiscos+SupernutMaraRecords
Seja o primeiro a apoiar!
Seleção de vinis raros dos nossos parceiros de feira, Informal Discos e Supermaranut Records. Para ajuntados aficionados por boas bolachas. Kit 2 The Story of Blues (coletânea), The Last Waltz (The Band), Triplo LP Velloso Bethânia Gil

01 disponível.
R$ 360 + FRETE
Par de Bowls Junta Local - Joana Toledo
4 benfeitores apoiando
Edição limitada do Ateliê de Cerâmica Joana Toledo. Par bowls de com logo da Junta Local. Perfeito para usar em casa e também para levar para a feira.

01 disponível.
R$ 380
Caixa Curada Local
28 benfeitores apoiando
A curadoria é destaque aqui na Junta, temos o poder de poder de identificar e compartilhar o melhor da produção local e fornecer experiências gastronômicas incríveis. Escolhendo a Caixa Curada você receberá em casa uma seleção de produtos inéditos de acordo com três propostas. 1) Harmonização, 2) Pique-nique, 3) Café da Manhã. A escolha será feita pós encerramento da campanha. E-book comemorativo incluído.
R$ 460
Kit Cerveja Fim de Feira
7 benfeitores apoiando
A Fim de Feira é a cerveja oficial da Junta e está de volta. Levinha e saborosa, perfeita para dar aquela descontraída ao final do expediente. Para o produtor e para o ajuntado. Receba 4 caixas com 6 latinhas de 269ml da nova versão da famosa cerveja Fim de Feira. Leve ainda: um abridor e growler para garantir acesso contínuo ao melhor da cerveja artesanal da cidade.E-book + Ajuntado de Carteirinha (A)
R$ 480
Kit Vou à Feira
11 benfeitores apoiando
Essa recompensa é para quem quer passar o dia na feira sem abrir mão da sustentabilidade. Vamos continuar na nossa missão de zerar os resíduos da nossa feira e contamos com você! Receba: uma canga para piquenique, uma caneca esmaltada com a logo da Junta, uma bolsa térmica, uma marmita, a sacola da feira e um guardanapo de pano). E-book + Ajuntado de Carteirinha (A) também.
R$ 520
Kit Junta em Casa
4 benfeitores apoiando
Quem curte a Junta compra na feira, faz a Sacola online e faz a festa em casa. Essa recompensa é para trazer a Junta para a sua casa, e especialmente a sua cozinha. Receba: uma caixa para colecionar receitas, um íma de geladeira, pano de prato com logo, pano de cera para guardar alimentos e o nosso avental. E-book + Ajuntado de Carteirinha (A) incluído.
R$ 550
Kit Sou Feirante
10 benfeitores apoiando
Essa é especial para os produtores da Junta mas quem quiser pode escolher esta também! O kit Sou Feirante! inclui uma caixa de feira com a logo da Junta, uma pochete, um chapéu, um avental com bolso, e um caderno de anotações e uma caneta. E-book + Ajuntado de Carteirinha (A) incluído.
R$ 900
Caixa Curada Vezes Três
9 benfeitores apoiando
Apoiadores receberão uma mini-assinatura de três meses da nossa caixa curada com uma seleção de produtos novos, combinações e criações especiais. Envio será feito mensalmente.
R$ 1.500
IMERSÃO NA SLOW
7 benfeitores apoiando
Dois dias na padaria da The Slow Bakery, vivendo a rotina das padeiras padeiros, sob a batuta de Rafa Brito Pereira, aprendendo a fazer pão junto com a equipe. Data: melhor agenda para ambos no período de 1 ano após o final da campanha.

indisponível.
R$ 2.000
ANJO LOCAL # 1
7 benfeitores apoiando
OBRIGADO POR CHEGAR JUNTO! Seu nome estará no nosso coração e na nossa lona da gratidão. A lona ficará suspensa no nosso galpão no Moinho. Entraremos em contato para entregar camiseta, sacola, avental, chapéu, pochete e mais um dos kits, à sua escolha, exceto a caixa curada X 3.
R$ 3.000
ANJO LOCAL # 2
1 benfeitor apoiando
OBRIGADO POR CHEGAR JUNTO! Seu nome estará no nosso coração e na nossa lona da gratidão. Ela ficará suspensa no nosso galpão no Moinho. Entraremos em contato para entregar camiseta, sacola, avental, chapéu, pochete e mais DOIS dos kits, à sua escolha, exceto a caixa curada X 3.
R$ 5.000
ANJO LOCAL # 3
2 benfeitores apoiando
OBRIGADO POR CHEGAR JUNTO! Seu nome estará no nosso coração e na nossa lona da gratidão. Ela ficará suspensa no nosso galpão no Moinho. Entraremos em contato para entregar camiseta, sacola, avental, chapéu, pochete e TODOS nossos kits.


JUNTA NO MOINHO | O Futuro Mercado Local do Rio 

Venha com a Junta Local ocupar o Moinho Fluminense. Queremos transformar esse lugar histórico num verdadeiro mercado local e assim ir mais longe na nossa missão de revolucionar o sistema alimentar local e tornar a nossa cidade melhor!


A ocupação da Junta começou em março de 2021 e para lá transferimos nossa operação e escritório. Mas temos espaço para sonhar com muito mais. Além de ser a nossa sede e ponto de encontro, queremos fazer do Moinho Fluminense um entreposto expandido para a Sacola da Junta (nossa plataforma online), um local para a realização das nossas feiras, e a base a partir da qual ampliaremos nossas ações sociais e de comunicação. Ou seja, vamos construir juntos um verdadeiro mercado local! 

Com esta campanha, você que nos apoia, poderá se ajuntar também. Vamos sonhar juntos?  


O futuro da comida e da cidade

A cidade está em transformação e a comida está no centro dela. O que comemos, de onde vem essa comida, como a compramos e onde a compramos têm impactos profundos. Da devastação das florestas por causa de pastagens às doenças crônicas causadas pela comida ultraprocessada, tudo tem conexão com o atual sistema alimentar: monoculturas, grandes corporações, fast food, praças de alimentação e supermercados anódinos. Pouca variedade, pouco sabor. A comida como mercadoria e não como direito, cultura, transformação. 

Com a pandemia vieram outras mudanças: êxodo urbano, fechamento de negócios, uso intenso de aplicativos de comida (e consequentemente o trabalho precarizado de entregadores), aprofundamento da desigualdade e o retorno da fome. 


Nesse momento de crise, ficou mais clara a importância do nosso pequeno porém resiliente sistema alimentar local, composto por pequenos agricultores, produtores artesanais e empreendedores. São estes que cuidam da terra e das tradições. São estes que inovam, que trazem comida boa à mesa e vida às ruas e bairros da cidade.

Ficou mais evidente também a necessidade deste sistema alimentar local estar preparado para o futuro. Navegar entre o online e o offline, aumentar a facilidade e conveniência, mas sem perder o propósito e a conexão real proporcionada pela relação direta e presencial. É preciso ser flexível e se adaptar a um futuro cada vez mais incerto, e isto não pode ser uma exclusividade dos grandes negócios.

É por isso que as cidades precisam integrar melhor campo, cidade, cozinha e comunidade apoiando negócios locais, com mais mercados, feiras e canais de relação direta.  O Pacto Milão da ONU coloca o sistema alimentar local como uma prioridade para as cidades. Não é só comida boa, é democracia. 
 
É nisso que a Junta Local acredita. É por isso que estamos sonhando o futuro mercado local da cidade. 

A Junta Local

A Junta Local nasceu em 2014 com a missão de aproximar quem come e quem faz . Ao longo dos últimos 6 anos realizamos feiras e desenvolvemos uma plataforma online de venda direta, a Sacola da Junta. Além disso, buscamos apoiar os produtores produzindo muito conteúdo para contar as suas histórias e identificar suas necessidades coletivas. Sempre buscamos a relação direta, o preço justo, a transparência e a união. Dessa união nasceu uma verdadeira comunidade de "ajuntados" que é como chamamos os mais de 150 produtores da Junta Local. Juntos desenvolvemos nossa Carta de Valores e Princípios e enfrentamos os muitos desafios de se mudar o sistema alimentar e ao mesmo tempo manter a sustentabilidade.   

Sacola da Junta

A Sacola da Junta é uma sistema online de relação direta com produtores. Por lá, o consumidor pode comprar diretamente dos produtores da nossa comunidade O sistema é feito sob medida para quem quer comer bem e para o produtor, pois as duas coisas andam juntas.  Para que todos possam comer bem é preciso que nossos canais de relação empoderem o produtor e tornem a comida mais acessível. Antes da pandemia fazíamos entregas em pontos de retirada. Com a pandemia fizemos a transição para um sistema de entregas em casa que veio para ficar. (ainda que possamos voltar a fazer entregas em pontos de retirada no futuro).  O desafio permanente é chegar em mais pessoas com comida boa, local e justa e superar os desafios de tecnologia, logística e organização. Queremos superá-los de forma colaborativa e criativa! 

 

Feiras

Quem é do Rio sabe que um dos melhores programas da cidade são as nossas feiras. Elas aconteciam em diferentes pontos da cidade (Botafogo, Tijuca, Gávea, Museu da República e por aí vai) sempre no mais alto astral.  Nelas era possível comprar direto dos produtores, ampliar seus horizontes gastronômicos e principalmente comer bem e se divertir. Acreditamos que as feiras são uma verdadeira rede social e uma forma muito positiva de se ocupar a cidade.  As feiras estão suspensas desde o início da pandemia. Esperamos em breve poder retomar o calendário, com a inclusão de feiras no Moinho Fluminense.

Comunidade

Mais de 150 produtores fazem parte da Junta Local. Isso significa participar da Sacola da Junta e das feiras, mas muito mais. Criamos em conjunto nossas próprias regras e discutimos os nossos desafios. Somos uma coisa só. 

Ações Sociais

A Junta Local sempre acreditou no potencial de transformação social da comida. Parte disso significa tomar ações concretas de apoio a quem precisa. Na pandemia iniciamos o projeto da Junta Solidária, em parceria com a Gastromotiva, de distribuição de quentinhas com cooperação do projeto de integração de refugiados, o Chega Junto. Também temos uma séria de outros planos que envolvem educação e soberania alimentar, sempre buscando integrar todo mundo que mora na região do Moinho Fluminense. Tudo começará com a nossa horta comunitária, a consolidação da cozinha da Junta Solidária e ações de integração com moradores.  

Comunicação e conteúdo

A Junta Local é pioneira na valorização dos pequenos produtores. Falar de comida não é apenas falar de chefs famosos e restaurantes chiques. É contar a histórias dos produtores, falar sobre o sistema alimentar e mostrar que a comida vai muito além. Basta dar uma olhada nas nossas redes sociais e na Revista da Junta 

 

Os mercados e a cidade 

Toda cidade tem seus mercados e feiras. Havia no Rio de Janeiro o Mercado Municipal da Praça XV que foi demolido para dar passagem à Perimetral. Com a transferência das funções do mercado para outros lugares da cidade, toda uma rede de conexões se desmanchou. Com a evolução do atual sistema alimentar, as grandes redes de varejo passaram a dominar. Já parou para pensar de onde vem a comida destes lugares? 
 
Em todas partes do mundo, cidades estão redescobrindo suas feiras ou reconstruindo seus mercados. Por que o mesmo não pode acontecer no Rio de Janeiro? 
 

 

O Moinho Fluminense

A Junta no Moinho é a realização de um antigo sonho. Desde o começo da Junta Local rodamos a cidade fazendo feiras, distribuindo nossas Sacolas de comida boa, local e justa e promovendo encontros entre nossa comunidade de produtores e a cidade. Mas sempre sentimos falta de um espaço nosso. Um espaço para cumprir de forma plena nossa missão de revolucionar o sistema alimentar local, conectar as pessoas, facilitar a vida dos nossos produtores, tornar nosso megafone mais alto e sonoro e estar mais perto desta cidade pela qual somos apaixonados.
 

Eis que surge o Moinho Fluminense, um complexo histórico encravado na Gamboa, na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Por lá já passaram de fábricas têxteis e moinhos e silos de trigo. Este é o nosso endereço agora e queremos devolvê-lo para a cidade, com a nossa energia. 

Mas queremos ir muito mais longe. Queremos que o Moinho Fluminense seja a casa da nossa comunidade e parte do futuro da comida na cidade. Temos espaço, mas precisamos de estrutura para poder aumentar nossa capacidade de receber, armazenar e enviar produtos e oferecer mais serviços para os atuais e futuros membros da nossa comunidade. Queremos fazer feiras incríveis no espaço, com muito conteúdo e com nossas próprias barracas, trazendo mais informação, aproximação e e conforto para o público.

Queremos aprofundar nossa capacidade de educar, aprender e transformar, ampliando a Junta Solidária, e trabalhando para garantir a soberania alimentar de quem mora na região, através da nossa horta comunitária, equipando melhor as nossas cozinhas e integrando tudo isso a ações educativas. Queremos, por fim, produzir mais conteúdo para espalhar a nossa missão. 


Para isso precisamos de investimento e que toda a cidade venha junto.  

 

Metas da campanha



 

 

Descrição das metas

 

Meta 1: Nossa primeira meta é conseguir adquirir as estruturas que nos tornará um verdadeiro entreposto do nosso sistema alimentar local.  Com isso poderemos apoiar mais nossos produtores na distribuição, logística e venda, sem cair nas armadilhas do sistema alimentar tradicional, expandir a Sacola da Junta e contemplar novas formas de venda, como para restaurantes, escolas e empresas (B2B). Tudo isso requer estrutura. Começaremos pela cadeia fria, essencial para trabalhar com congelados e preservar o frescor de produtos de ponta a ponta. Os recursos serão destinados à compra de uma câmara fria, com resfriamento e congelamento, geladeiras expositoras e outros equipamentos para manter a temperatura lá em baixo e a satisfação de produtores e clientes lá em cima.   
 
Meta 2: Nossa segunda meta também tem como objetivo estruturar nosso entreposto. Para acomodar melhor os produtos e aumentar a capacidade de armazenamento, precisamos de mais prateleiras e materiais essenciais para a triagem (caixas, módulos de separação, etc). Ser um entreposto não significa apenas estocar, mas também embalar e oferecer uma série de outros serviços, que vão da fotografia como a intermediação financeira. Por isso, pretendemos adquirir materiais para um sistema de embalagens sustentável, adequado à logística reversa, e também equipamento de fotografia e informática, além de capital de giro para suprir lacunas entre pagamento e recebimento.  

Meta 3:  A terceira meta consiste na aquisição das nossas próprias barracas para a realização de feiras. Estamos desenvolvendo um protótipo junto com o escritório de arquitetura Grua. Mais do que uma barraca feita sob medida para os nossos produtores, bonita, desmontável e facilmente transportável, ela representa um passo adiante na nossa sustentabilidade, pois não teremos mais que arcar com custos semanais de aluguel de barraca. Assim o nosso modelo ficará ainda mais sustentável. 
   


Estudo de barraca: Grua

Meta 4:
Nossa terceira meta é aprofundar nossa capacidade de nos integrar ao entorno do Moinho através das nossas ações sociais, tendo como fio condutor a soberania alimentar, a integração através da educação e o aprofundamento das nossas ações com a Junta Solidária. O ponto de partida será a criação de uma horta comunitária na área externa. A horta não apenas produzirá insumos frescos e saudáveis, mas será um espaço de aprendizado voltado principalmente para crianças e jovens da região. Além disso, continuamos com a Junta Solidária em parceria com o Chega Junto. Para expandir nossa capacidade de produção de quentinhas solidária e de capacitação, precisamos de alguns equipamentos para melhorar nossa capacidade receber doações e aproveitar sobras que são geradas pelas feiras e Sacola da Junta. 

 
Meta 5: Para incrementar nossa capacidade audio-visual, pretendemos investir em equipamentos de gravação e emissão. Podcasts, webinars, vídeos, transmissões online. Para que o Moinho se transforme num verdadeiro ponto difusor de conhecimento sobre a comida precisamos ampliar o nosso som e visão. E, claro, não poderá falta boa música nas nossas feiras. 
  

Recompensas

Conheça um pouco das nossas recompensas! Aos poucos iremos anunciando novas, com muita colaboração da nossa comunidade!
 

Ajuntados de Carteirinha

Seja um ajuntado também! Esta recompensa inaugura um novo projeto da Junta Local em que consumidores passam a a fazer oficialmente parte da nossa comunidade. Mais que um apoiador contínuo, o Ajuntado de Carteirinha usufrui de benefícios na Junta Local e também em toda uma rede de parceiros. Trata-se de uma forma de fortalecer muitos empreendedores, produtores e comércios que dinamizam os bairros e ruas do Rio de Janeiro. Comida, cidade, cozinha e campo, juntos.


 

Adesivos [Kit Fanzoca Local

 
Sacola de feira

 

 

Camiseta

 

 

 


 

Latinhas de Fim de Feira e Growler [Kit Cerveja Fim de Feira]


Guardanapo e Sacola Térmica [Kit Vou à Feira]

 


Chapéu e Pochete [Kit Sou Feirante]

 

Avental [Kit Sou Feirante e Junta em Casa]

 

Caixa curada:


 

 

 

 

 

 

Fiquem atentos! Ao longo da campanha teremos muitas outras recompensas oferecidas pela nossa comunidade!

 

 


Vamos sonhar juntos?

 

 

 

 

Thiago Gomide Nasser ainda não publicou nenhuma notícia.


JUNTA NO MOINHO | O Futuro Mercado Local do Rio 

Venha com a Junta Local ocupar o Moinho Fluminense. Queremos transformar esse lugar histórico num verdadeiro mercado local e assim ir mais longe na nossa missão de revolucionar o sistema alimentar local e tornar a nossa cidade melhor!


A ocupação da Junta começou em março de 2021 e para lá transferimos nossa operação e escritório. Mas temos espaço para sonhar com muito mais. Além de ser a nossa sede e ponto de encontro, queremos fazer do Moinho Fluminense um entreposto expandido para a Sacola da Junta (nossa plataforma online), um local para a realização das nossas feiras, e a base a partir da qual ampliaremos nossas ações sociais e de comunicação. Ou seja, vamos construir juntos um verdadeiro mercado local! 

Com esta campanha, você que nos apoia, poderá se ajuntar também. Vamos sonhar juntos?  


O futuro da comida e da cidade

A cidade está em transformação e a comida está no centro dela. O que comemos, de onde vem essa comida, como a compramos e onde a compramos têm impactos profundos. Da devastação das florestas por causa de pastagens às doenças crônicas causadas pela comida ultraprocessada, tudo tem conexão com o atual sistema alimentar: monoculturas, grandes corporações, fast food, praças de alimentação e supermercados anódinos. Pouca variedade, pouco sabor. A comida como mercadoria e não como direito, cultura, transformação. 

Com a pandemia vieram outras mudanças: êxodo urbano, fechamento de negócios, uso intenso de aplicativos de comida (e consequentemente o trabalho precarizado de entregadores), aprofundamento da desigualdade e o retorno da fome. 


Nesse momento de crise, ficou mais clara a importância do nosso pequeno porém resiliente sistema alimentar local, composto por pequenos agricultores, produtores artesanais e empreendedores. São estes que cuidam da terra e das tradições. São estes que inovam, que trazem comida boa à mesa e vida às ruas e bairros da cidade.

Ficou mais evidente também a necessidade deste sistema alimentar local estar preparado para o futuro. Navegar entre o online e o offline, aumentar a facilidade e conveniência, mas sem perder o propósito e a conexão real proporcionada pela relação direta e presencial. É preciso ser flexível e se adaptar a um futuro cada vez mais incerto, e isto não pode ser uma exclusividade dos grandes negócios.

É por isso que as cidades precisam integrar melhor campo, cidade, cozinha e comunidade apoiando negócios locais, com mais mercados, feiras e canais de relação direta.  O Pacto Milão da ONU coloca o sistema alimentar local como uma prioridade para as cidades. Não é só comida boa, é democracia. 
 
É nisso que a Junta Local acredita. É por isso que estamos sonhando o futuro mercado local da cidade. 

A Junta Local

A Junta Local nasceu em 2014 com a missão de aproximar quem come e quem faz . Ao longo dos últimos 6 anos realizamos feiras e desenvolvemos uma plataforma online de venda direta, a Sacola da Junta. Além disso, buscamos apoiar os produtores produzindo muito conteúdo para contar as suas histórias e identificar suas necessidades coletivas. Sempre buscamos a relação direta, o preço justo, a transparência e a união. Dessa união nasceu uma verdadeira comunidade de "ajuntados" que é como chamamos os mais de 150 produtores da Junta Local. Juntos desenvolvemos nossa Carta de Valores e Princípios e enfrentamos os muitos desafios de se mudar o sistema alimentar e ao mesmo tempo manter a sustentabilidade.   

Sacola da Junta

A Sacola da Junta é uma sistema online de relação direta com produtores. Por lá, o consumidor pode comprar diretamente dos produtores da nossa comunidade O sistema é feito sob medida para quem quer comer bem e para o produtor, pois as duas coisas andam juntas.  Para que todos possam comer bem é preciso que nossos canais de relação empoderem o produtor e tornem a comida mais acessível. Antes da pandemia fazíamos entregas em pontos de retirada. Com a pandemia fizemos a transição para um sistema de entregas em casa que veio para ficar. (ainda que possamos voltar a fazer entregas em pontos de retirada no futuro).  O desafio permanente é chegar em mais pessoas com comida boa, local e justa e superar os desafios de tecnologia, logística e organização. Queremos superá-los de forma colaborativa e criativa! 

 

Feiras

Quem é do Rio sabe que um dos melhores programas da cidade são as nossas feiras. Elas aconteciam em diferentes pontos da cidade (Botafogo, Tijuca, Gávea, Museu da República e por aí vai) sempre no mais alto astral.  Nelas era possível comprar direto dos produtores, ampliar seus horizontes gastronômicos e principalmente comer bem e se divertir. Acreditamos que as feiras são uma verdadeira rede social e uma forma muito positiva de se ocupar a cidade.  As feiras estão suspensas desde o início da pandemia. Esperamos em breve poder retomar o calendário, com a inclusão de feiras no Moinho Fluminense.

Comunidade

Mais de 150 produtores fazem parte da Junta Local. Isso significa participar da Sacola da Junta e das feiras, mas muito mais. Criamos em conjunto nossas próprias regras e discutimos os nossos desafios. Somos uma coisa só. 

Ações Sociais

A Junta Local sempre acreditou no potencial de transformação social da comida. Parte disso significa tomar ações concretas de apoio a quem precisa. Na pandemia iniciamos o projeto da Junta Solidária, em parceria com a Gastromotiva, de distribuição de quentinhas com cooperação do projeto de integração de refugiados, o Chega Junto. Também temos uma séria de outros planos que envolvem educação e soberania alimentar, sempre buscando integrar todo mundo que mora na região do Moinho Fluminense. Tudo começará com a nossa horta comunitária, a consolidação da cozinha da Junta Solidária e ações de integração com moradores.  

Comunicação e conteúdo

A Junta Local é pioneira na valorização dos pequenos produtores. Falar de comida não é apenas falar de chefs famosos e restaurantes chiques. É contar a histórias dos produtores, falar sobre o sistema alimentar e mostrar que a comida vai muito além. Basta dar uma olhada nas nossas redes sociais e na Revista da Junta 

 

Os mercados e a cidade 

Toda cidade tem seus mercados e feiras. Havia no Rio de Janeiro o Mercado Municipal da Praça XV que foi demolido para dar passagem à Perimetral. Com a transferência das funções do mercado para outros lugares da cidade, toda uma rede de conexões se desmanchou. Com a evolução do atual sistema alimentar, as grandes redes de varejo passaram a dominar. Já parou para pensar de onde vem a comida destes lugares? 
 
Em todas partes do mundo, cidades estão redescobrindo suas feiras ou reconstruindo seus mercados. Por que o mesmo não pode acontecer no Rio de Janeiro? 
 

 

O Moinho Fluminense

A Junta no Moinho é a realização de um antigo sonho. Desde o começo da Junta Local rodamos a cidade fazendo feiras, distribuindo nossas Sacolas de comida boa, local e justa e promovendo encontros entre nossa comunidade de produtores e a cidade. Mas sempre sentimos falta de um espaço nosso. Um espaço para cumprir de forma plena nossa missão de revolucionar o sistema alimentar local, conectar as pessoas, facilitar a vida dos nossos produtores, tornar nosso megafone mais alto e sonoro e estar mais perto desta cidade pela qual somos apaixonados.
 

Eis que surge o Moinho Fluminense, um complexo histórico encravado na Gamboa, na Zona Portuária do Rio de Janeiro. Por lá já passaram de fábricas têxteis e moinhos e silos de trigo. Este é o nosso endereço agora e queremos devolvê-lo para a cidade, com a nossa energia. 

Mas queremos ir muito mais longe. Queremos que o Moinho Fluminense seja a casa da nossa comunidade e parte do futuro da comida na cidade. Temos espaço, mas precisamos de estrutura para poder aumentar nossa capacidade de receber, armazenar e enviar produtos e oferecer mais serviços para os atuais e futuros membros da nossa comunidade. Queremos fazer feiras incríveis no espaço, com muito conteúdo e com nossas próprias barracas, trazendo mais informação, aproximação e e conforto para o público.

Queremos aprofundar nossa capacidade de educar, aprender e transformar, ampliando a Junta Solidária, e trabalhando para garantir a soberania alimentar de quem mora na região, através da nossa horta comunitária, equipando melhor as nossas cozinhas e integrando tudo isso a ações educativas. Queremos, por fim, produzir mais conteúdo para espalhar a nossa missão. 


Para isso precisamos de investimento e que toda a cidade venha junto.  

 

Metas da campanha



 

 

Descrição das metas

 

Meta 1: Nossa primeira meta é conseguir adquirir as estruturas que nos tornará um verdadeiro entreposto do nosso sistema alimentar local.  Com isso poderemos apoiar mais nossos produtores na distribuição, logística e venda, sem cair nas armadilhas do sistema alimentar tradicional, expandir a Sacola da Junta e contemplar novas formas de venda, como para restaurantes, escolas e empresas (B2B). Tudo isso requer estrutura. Começaremos pela cadeia fria, essencial para trabalhar com congelados e preservar o frescor de produtos de ponta a ponta. Os recursos serão destinados à compra de uma câmara fria, com resfriamento e congelamento, geladeiras expositoras e outros equipamentos para manter a temperatura lá em baixo e a satisfação de produtores e clientes lá em cima.   
 
Meta 2: Nossa segunda meta também tem como objetivo estruturar nosso entreposto. Para acomodar melhor os produtos e aumentar a capacidade de armazenamento, precisamos de mais prateleiras e materiais essenciais para a triagem (caixas, módulos de separação, etc). Ser um entreposto não significa apenas estocar, mas também embalar e oferecer uma série de outros serviços, que vão da fotografia como a intermediação financeira. Por isso, pretendemos adquirir materiais para um sistema de embalagens sustentável, adequado à logística reversa, e também equipamento de fotografia e informática, além de capital de giro para suprir lacunas entre pagamento e recebimento.  

Meta 3:  A terceira meta consiste na aquisição das nossas próprias barracas para a realização de feiras. Estamos desenvolvendo um protótipo junto com o escritório de arquitetura Grua. Mais do que uma barraca feita sob medida para os nossos produtores, bonita, desmontável e facilmente transportável, ela representa um passo adiante na nossa sustentabilidade, pois não teremos mais que arcar com custos semanais de aluguel de barraca. Assim o nosso modelo ficará ainda mais sustentável. 
   


Estudo de barraca: Grua

Meta 4:
Nossa terceira meta é aprofundar nossa capacidade de nos integrar ao entorno do Moinho através das nossas ações sociais, tendo como fio condutor a soberania alimentar, a integração através da educação e o aprofundamento das nossas ações com a Junta Solidária. O ponto de partida será a criação de uma horta comunitária na área externa. A horta não apenas produzirá insumos frescos e saudáveis, mas será um espaço de aprendizado voltado principalmente para crianças e jovens da região. Além disso, continuamos com a Junta Solidária em parceria com o Chega Junto. Para expandir nossa capacidade de produção de quentinhas solidária e de capacitação, precisamos de alguns equipamentos para melhorar nossa capacidade receber doações e aproveitar sobras que são geradas pelas feiras e Sacola da Junta. 

 
Meta 5: Para incrementar nossa capacidade audio-visual, pretendemos investir em equipamentos de gravação e emissão. Podcasts, webinars, vídeos, transmissões online. Para que o Moinho se transforme num verdadeiro ponto difusor de conhecimento sobre a comida precisamos ampliar o nosso som e visão. E, claro, não poderá falta boa música nas nossas feiras. 
  

Recompensas

Conheça um pouco das nossas recompensas! Aos poucos iremos anunciando novas, com muita colaboração da nossa comunidade!
 

Ajuntados de Carteirinha

Seja um ajuntado também! Esta recompensa inaugura um novo projeto da Junta Local em que consumidores passam a a fazer oficialmente parte da nossa comunidade. Mais que um apoiador contínuo, o Ajuntado de Carteirinha usufrui de benefícios na Junta Local e também em toda uma rede de parceiros. Trata-se de uma forma de fortalecer muitos empreendedores, produtores e comércios que dinamizam os bairros e ruas do Rio de Janeiro. Comida, cidade, cozinha e campo, juntos.


 

Adesivos [Kit Fanzoca Local

 
Sacola de feira

 

 

Camiseta

 

 

 


 

Latinhas de Fim de Feira e Growler [Kit Cerveja Fim de Feira]


Guardanapo e Sacola Térmica [Kit Vou à Feira]

 


Chapéu e Pochete [Kit Sou Feirante]

 

Avental [Kit Sou Feirante e Junta em Casa]

 

Caixa curada:


 

 

 

 

 

 

Fiquem atentos! Ao longo da campanha teremos muitas outras recompensas oferecidas pela nossa comunidade!

 

 


Vamos sonhar juntos?

 

 

 

 

Thiago Gomide Nasser ainda não publicou nenhuma notícia.