Vamos Jogar Juntos contra Covid-19 |

Vamos Jogar Juntos contra Covid-19

Levar alimentação e produtos de higiene à famílias de 50 crianças em vulnerabilidade social, atendidas por projeto social de futebol no agreste pernambucano

Projeto por: Daniel Barreiros dos Santos
R$ 350,00
arrecadado
meta R$ 9.000,00

9 benfeitores
apoiaram essa campanha

Não foi dessa vez :/

A meta de arrecadação não foi atingida e todas as colaborações foram estornadas. Obrigado pelo apoio ainda assim!

POR

Daniel Barreiros dos Santos

Daniel Barreiros dos Santos
R$ 10
Uma foto do time reunido
Seja o primeiro a apoiar!
Simbólico. A foto será uma lembrança de tempos onde podíamos nos reunir expressando a nossa intensa alegria no caminhar juntos.

10 disponíveis.
R$ 20
Uma carta escrita por uma das crianças a
1 benfeitor apoiando
Com alegria de estar sendo assistido convido a você a perceber a diferença de uma atitude simples, porém, altamente importante para cada familia assistida

4 disponíveis.
R$ 50
Açai na Tijela
Seja o primeiro a apoiar!
Acreditamos que sozinhos vamos mais rápidos, mas juntos vamos mais longe.

5 disponíveis.
R$ 100
Óculos Solar
1 benfeitor apoiando
Todos com o mesmo proposito podemos ver uma luz no fim do túnel, e acreditar que os dias melhores virão.

indisponível.
R$ 200
Livro
Seja o primeiro a apoiar!
Equilibro emocional e busca por uma saida de tudo isso é o que mais buscamos nesse tempo. Este é um livro que trata desse assunto.

01 disponível.

Temos atendido semanalmente 50 crianças em situação de risco social e alto indice de pobreza, essas crianças e suas famílias estão expostas a ausência de alimentação e condições básicas de proteção contra a pandemia. A cidade está parada e as fontes de renda, frete, descarregadores de caminhão, empregadas domésticas estão totalmente parados. Assim as famílias estão sem acesso as suas rendas básicas.

Daniel Barreiros dos Santos ainda não publicou nenhuma notícia.

Temos atendido semanalmente 50 crianças em situação de risco social e alto indice de pobreza, essas crianças e suas famílias estão expostas a ausência de alimentação e condições básicas de proteção contra a pandemia. A cidade está parada e as fontes de renda, frete, descarregadores de caminhão, empregadas domésticas estão totalmente parados. Assim as famílias estão sem acesso as suas rendas básicas.

Daniel Barreiros dos Santos ainda não publicou nenhuma notícia.