[DF] Latinidades Pretas |

[DF] Latinidades Pretas

Criação de plataforma online para gerar renda e dar suporte à empreendimentos de mulheres negras da economia criativa

Projeto por: Instituto Afrolatinas
R$ 31.093,00
arrecadado
meta R$ 30.000,00

49 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.


POR

Instituto Afrolatinas

 Instituto Afrolatinas
R$ 10
Colabore com 10 reais!
1 benfeitor apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 30
Colabore com 30 reais!
2 benfeitores apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 50
Colabore com 50 reais!
5 benfeitores apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 100
Colabore com 100 reais!
7 benfeitores apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 200
Colabore com 200 reais!
1 benfeitor apoiando
Seu apoio é fundamental!
R$ 400
Colabore com 400 reais!
1 benfeitor apoiando
Seu apoio é fundamental!

“Tempo de cuidar de si, do outro e do todo”

O planeta todo sofre com os efeitos do novo Coronavírus, mas sabemos que o impacto da pandemia nas periferias é ainda mais grave - seja na saúde física e emocional da população, seja nos desdobramentos econômicos impostos pela quarentena.

Com a necessária suspensão de eventos culturais, fechamento de estabelecimentos comerciais e outras medidas para garantir o isolamento social, ficou ainda mais evidente a vulnerabilidade das trabalhadoras da economia criativa: empreendedoras, produtoras, artistas, artesãs, escritoras, chefes de cozinha, mães, trabalhadoras domésticas, intelectuais, mulheres negras e indígenas autônomas. Notamos que a produção e disponibilização de conteúdos on-line têm priorizado como objetivo o entrenimento e a capacitação das pessoas que estão em quarentena, porém, acreditamos na necessidade de ir além e criar estratégias para a monetização/geração de renda para as conteudistas negras. Sabemos que empreendedoras negras não possuem fundos de reserva para o próprio sustento, geram renda para outras famílias e, em geral, ainda são arrimos de família.

Por isso, lançamos essa campanha de Financiamento Coletivo!

Queremos criar uma plataforma on-line para gerar renda e dar suporte à empreendimentos de mulheres negras da economia criativa, como forma de contribuir para a redução dos impactos econômicos do COVID-19. As conteudistas serão selecionadas por meio de um trabalho de curadoria, tendo como critérios gerais ser negra, empreendedora criativa e atuar em regiões periféricas, em qualquer uma das regiões brasileiras. Cada empreendedora receberá R$ 500,00 por conteúdo gerado. Além de gerar renda, pretendemos dar visibilidade para os saberes e fazeres de empreendedoras negras, democratizar informação e conhecimento e formar público.

Contamos com a sua colaboração para transformarmos em realidade!

O Instituto Afrolatinas é uma rede criada a partir da articulação do Festival Latinidades, maior festival de mulheres negras da América Latina, e que se tornou uma associação sediada no Distrito Federal, que atua em formação técnica e política, empreendedorismo, impacto social, geração de renda e empoderamento de mulheres e meninas negras, especialmente nas periferias.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que a meta mínima da campanha de arrecadação seja atingida.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Instituto Afrolatinas ainda não publicou nenhuma notícia.

“Tempo de cuidar de si, do outro e do todo”

O planeta todo sofre com os efeitos do novo Coronavírus, mas sabemos que o impacto da pandemia nas periferias é ainda mais grave - seja na saúde física e emocional da população, seja nos desdobramentos econômicos impostos pela quarentena.

Com a necessária suspensão de eventos culturais, fechamento de estabelecimentos comerciais e outras medidas para garantir o isolamento social, ficou ainda mais evidente a vulnerabilidade das trabalhadoras da economia criativa: empreendedoras, produtoras, artistas, artesãs, escritoras, chefes de cozinha, mães, trabalhadoras domésticas, intelectuais, mulheres negras e indígenas autônomas. Notamos que a produção e disponibilização de conteúdos on-line têm priorizado como objetivo o entrenimento e a capacitação das pessoas que estão em quarentena, porém, acreditamos na necessidade de ir além e criar estratégias para a monetização/geração de renda para as conteudistas negras. Sabemos que empreendedoras negras não possuem fundos de reserva para o próprio sustento, geram renda para outras famílias e, em geral, ainda são arrimos de família.

Por isso, lançamos essa campanha de Financiamento Coletivo!

Queremos criar uma plataforma on-line para gerar renda e dar suporte à empreendimentos de mulheres negras da economia criativa, como forma de contribuir para a redução dos impactos econômicos do COVID-19. As conteudistas serão selecionadas por meio de um trabalho de curadoria, tendo como critérios gerais ser negra, empreendedora criativa e atuar em regiões periféricas, em qualquer uma das regiões brasileiras. Cada empreendedora receberá R$ 500,00 por conteúdo gerado. Além de gerar renda, pretendemos dar visibilidade para os saberes e fazeres de empreendedoras negras, democratizar informação e conhecimento e formar público.

Contamos com a sua colaboração para transformarmos em realidade!

O Instituto Afrolatinas é uma rede criada a partir da articulação do Festival Latinidades, maior festival de mulheres negras da América Latina, e que se tornou uma associação sediada no Distrito Federal, que atua em formação técnica e política, empreendedorismo, impacto social, geração de renda e empoderamento de mulheres e meninas negras, especialmente nas periferias.

Match-funding é como uma vaquinha turbinada: uma nova modalidade de fomento, que mistura o financiamento coletivo (ou crowd-funding) com aporte de parceiros, que multiplicam a arrecadação. Para cada R$ 1 arrecadado pelos projetos selecionados por intermédio da plataforma da Benfeitoria, o Fundo Colaborativo Enfrente contribui com mais R$ 2, até que a meta mínima da campanha de arrecadação seja atingida.

O Fundo Colaborativo Enfrente, composto pela Fundação Tide Setubal e demais parceiros (vide aba “Parceiros” em benfeitoria.com/enfrente) poderá aportar o total de mais R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais) para triplicar a arrecadação de campanhas de financiamento coletivo de iniciativas que enfrentem os efeitos do Coronavírus nas periferias urbanas brasileiras. Por se tratar de um Fundo Colaborativo e aberto a novos parceiros, o montante destinado a triplicação dos projetos pode ainda aumentar, possibilitando um número maior de iniciativas contempladas.

Instituto Afrolatinas ainda não publicou nenhuma notícia.