LGBTs da Maré unidos contra o Coronavírus'' |

LGBTs da Maré unidos contra o Coronavírus''

É uma ação estratégica onde buscamos trabalhar pela redução da incidência do vírus no Complexo da Maré, além de dar início à construção da Casa da Diversidade

Projeto por: Grupo Conexão G de Cidadania LGBT de Favelas
R$ 4.070,00
arrecadado
meta R$ 100.000,00

28 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Grupo Conexão G de Cidadania LGBT de Favelas

Grupo Conexão G de Cidadania LGBT de Favelas
R$ 10
DEIZÃO
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 20
Apoiar essa campanha com R$ 20
2 benfeitores apoiando
R$ 50
Apoiar essa campanha com R$ 50
6 benfeitores apoiando
R$ 80
Apoiar essa campanha com R$ 80
1 benfeitor apoiando
R$ 100
Apoiar essa campanha com R$ 100
2 benfeitores apoiando
R$ 200
Apoiar essa campanha com R$ 200
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 300
Apoiar essa campanha com R$ 300
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 500
Apoiar essa campanha com R$ 500
Seja o primeiro a apoiar!
R$ 1.000
Apoiar essa campanha com R$ 1000
1 benfeitor apoiando
R$ 3.000
Apoiar essa campanha com R$ 3000
Seja o primeiro a apoiar!

 

LGTBs da Maré unidos contra o coronavírus, é uma ação estratégica onde buscamos trabalhar pela redução da incidência do vírus e/ou aglomeração de pessoas LGBT, sobretudo travestis e transexuais que continuam nos pontos de prostituição nas entradas das favela, a partir da doação de mantimentos e produtos de limpeza, bem como campanha de conscientização da importância do combate ao vírus, higiene pessoal e luta contra formas de preconceito correlatas que incidem nas subjetividades LGBT de favela. Para isso, queremos propor uma ação estratégica múltipla (com campanhas virtuais, distribuição de alimentos e materiais de limpeza, visita aos pontos de prostituição para disseminação de informação e cuidado, bem como articular os meios digitais para proposta uma resposta eficiente de combate ao vírus). 

Objetivamente, buscamos alcançar diretamente 500 pessoas LGBT do Complexo da Maré e indiretamente pelo menos 4.000 pessoas através de campanhas virtuais, reuniões online com especialistas em saúde coletiva e favela, campanha em pontos de prostituição e amparo imediato, bem como como encaminhamento para o sistema de saúde, das pessoas LGBT em favela que estejam com dificuldades de acessar os mecanismos de promoção e proteção integral da saúde e do sistema de assistência social. Deste modo, pretendemos também oferecer minicursos online de capacitação em agentes locais de promoção ao combate à crise do coronavírus, onde cada pessoa atendida pelo Conexão G se torne uma replicadora de informação concreta no combate ao vírus usando linguagem pajubá (linguagem de travestis e transexuais negras amplamente difundida nos guetos das grandes cidades), como forma metodológica de atingir essas populações na linguagem que elas se sintam representadas e tenham acesso.

Além disso, buscamos o achatamento da curva de infecção pelo novo coronavírus no território da Maré, através de Vídeos de campanha de conscientização de combate ao vírus, higiene e cuidados pessoais, através de folders explicativos com participação de LGBT da favela da Maré; Doação de cestas básicas e materiais de limpeza e higiene pessoal ; Produção lúdica de esquetes para ser divulgado através dos aplicativos de chat (como whatsapp) com informações de combate ao vírus, campanha nos pontos de prostituição ao longo das entradas da favela da Maré e o minicurso com agentes locais (conforme supracitado). Também queremos produzir a gravação de podcasts de informação para pessoas de favela sobre o coronavírus com especialistas em saúde coletiva a fim de levar informação nos mais diferentes veículos para o maior número de pessoas possível.

 

Parte dessa verba também será utilizada para dar início à nossa Casa da Diversidade da Maré, um espaço que buscará abrigar e acolher a popolação LGBTQI+ de favela, com atividades diversas, desde de promoção à saúde, cultura, lazer, empregabilidade até projetos mais pontuais com foco específico no fortalecimento da cidadania, segurança e empoderamento da população LGBT de favela.

A Casa da Diversidade é um sonho que pode se tornar realidade com a sua ajuda!

 



 

Grupo Conexão G de Cidadania LGBT de Favelas ainda não publicou nenhuma notícia.

 

LGTBs da Maré unidos contra o coronavírus, é uma ação estratégica onde buscamos trabalhar pela redução da incidência do vírus e/ou aglomeração de pessoas LGBT, sobretudo travestis e transexuais que continuam nos pontos de prostituição nas entradas das favela, a partir da doação de mantimentos e produtos de limpeza, bem como campanha de conscientização da importância do combate ao vírus, higiene pessoal e luta contra formas de preconceito correlatas que incidem nas subjetividades LGBT de favela. Para isso, queremos propor uma ação estratégica múltipla (com campanhas virtuais, distribuição de alimentos e materiais de limpeza, visita aos pontos de prostituição para disseminação de informação e cuidado, bem como articular os meios digitais para proposta uma resposta eficiente de combate ao vírus). 

Objetivamente, buscamos alcançar diretamente 500 pessoas LGBT do Complexo da Maré e indiretamente pelo menos 4.000 pessoas através de campanhas virtuais, reuniões online com especialistas em saúde coletiva e favela, campanha em pontos de prostituição e amparo imediato, bem como como encaminhamento para o sistema de saúde, das pessoas LGBT em favela que estejam com dificuldades de acessar os mecanismos de promoção e proteção integral da saúde e do sistema de assistência social. Deste modo, pretendemos também oferecer minicursos online de capacitação em agentes locais de promoção ao combate à crise do coronavírus, onde cada pessoa atendida pelo Conexão G se torne uma replicadora de informação concreta no combate ao vírus usando linguagem pajubá (linguagem de travestis e transexuais negras amplamente difundida nos guetos das grandes cidades), como forma metodológica de atingir essas populações na linguagem que elas se sintam representadas e tenham acesso.

Além disso, buscamos o achatamento da curva de infecção pelo novo coronavírus no território da Maré, através de Vídeos de campanha de conscientização de combate ao vírus, higiene e cuidados pessoais, através de folders explicativos com participação de LGBT da favela da Maré; Doação de cestas básicas e materiais de limpeza e higiene pessoal ; Produção lúdica de esquetes para ser divulgado através dos aplicativos de chat (como whatsapp) com informações de combate ao vírus, campanha nos pontos de prostituição ao longo das entradas da favela da Maré e o minicurso com agentes locais (conforme supracitado). Também queremos produzir a gravação de podcasts de informação para pessoas de favela sobre o coronavírus com especialistas em saúde coletiva a fim de levar informação nos mais diferentes veículos para o maior número de pessoas possível.

 

Parte dessa verba também será utilizada para dar início à nossa Casa da Diversidade da Maré, um espaço que buscará abrigar e acolher a popolação LGBTQI+ de favela, com atividades diversas, desde de promoção à saúde, cultura, lazer, empregabilidade até projetos mais pontuais com foco específico no fortalecimento da cidadania, segurança e empoderamento da população LGBT de favela.

A Casa da Diversidade é um sonho que pode se tornar realidade com a sua ajuda!

 



 

Grupo Conexão G de Cidadania LGBT de Favelas ainda não publicou nenhuma notícia.