Ajude a iluminar a aldeia Itanhaém |

Ajude a iluminar a aldeia Itanhaém

Instituto Profarma e Litro de Luz iluminando a aldeia Itanhaém.

Projeto por: Associação Um Litro de Luz Brasil
R$ 4.695,00
arrecadado
meta R$ 5.000,00

34 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Associação Um Litro de Luz Brasil

Associação Um Litro de Luz Brasil
R$ 10
1 LED
16 benfeitores apoiando
Enviaremos para seu email fotos da comunidade sendo iluminada e mensagem de agradecimento da comunidade.
R$ 50
Tinta e canos PVC!
10 benfeitores apoiando
Enviaremos para seu email fotos da comunidade sendo iluminada e mensagem de agradecimento da comunidade.
R$ 100
Uma Bateria!
6 benfeitores apoiando
Enviaremos para seu email fotos da comunidade sendo iluminada e mensagem de agradecimento da comunidade.
R$ 200
Uma placa solar!
1 benfeitor apoiando
Enviaremos para seu email fotos da comunidade sendo iluminada e mensagem de agradecimento da comunidade.
R$ 500
Um poste solar completo!
2 benfeitores apoiando
Enviaremos para seu email fotos da comunidade sendo iluminada, mensagem de agradecimento da comunidade e um manual online de montagem do poste solar.

No dia 21 de outubro será comemorado o "Dia Mundial da Iluminação".

Em comemoração a essa data, o Instituto ProFarma de Responsabilidade Social, instituição que já participou de diversas iniciativas que beneficiaram milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade, irá apoiar o Litro de Luz Brasil em um projeto de recuperação da iluminação de comunidades indígenas em Santa Catarina que foram afetadas pelo ciclone bomba que ocorreu esse ano.

No mês de junho a região Sul do Brasil  foi atingida  por um ciclone bomba, que provocou fortes chuvas e rajadas de vento que ultrapassaram 130km/h, e causou estragos em mais de 135 municípios da região. Duas comunidades atendidas pelo Litro de Luz sofreram danos: as aldeias indígenas Itanhaém, em Tijucas, e Itaty, em Palhoça.

Houve destelhamento de algumas casas de moradores e também estragos em locais de convivência, como a Casa de Reza e a escola, no caso da Aldeia Itanhaém. Além disso, alguns dos postes de iluminação solar que o Litro de Luz havia instalado nas comunidades também foram danificados pela ação dos ventos. Na Aldeia Itanhaém (Morro da Palha) foram derrubados oito postes, e na Aldeia Itaty (Morro dos Cavalos) todos os postes pararam de funcionar.

Os recursos obtidos nesta campanha serão utilizados para recuperar os postes danificados pelo ciclone e para atualizar baterias desgastadas na Aldeia Itanhaém.

 

  • Sobre o Litro de Luz

O Litro de Luz é uma organização mundial que visa levar iluminação   até moradores de comunidades que não possuem acesso adequado à energia elétrica ou que vivem sem luz em suas casas e ruas. Para isso é utilizada uma tecnologia simples e econômica, composta por garrafas plásticas, painéis solares, baterias e lâmpadas LED.

Presente em cinco continentes e em mais de 20 países, o Litro de Luz Brasil desenvolve três tipos de fontes de luz solar: lampião, poste e a iluminação interna.

No Brasil, o projeto teve início em março de 2015 e está presente nas cinco regiões. A organização já atuou em comunidades em situação de vulnerabilidade social de diversos estados, impactando mais de 15 mil pessoas.

A organização também criou uma Metodologia de Desenvolvimento Social, “O Nosso Jeito”, que condensa a forma como se dá a busca, seleção, relacionamento e ação dentro das diversas comunidades atendidas. O objetivo da metodologia é desenvolver uma aproximação com empatia para ouvir e entender as reais necessidades da comunidade, conhecer suas características e particularidades e estabelecer uma relação de confiança entre moradores e Litro de Luz, conquistando benefícios para a comunidade e melhorando a qualidade de vida por meio do trabalho coletivo.

Você pode conhecer mais sobre nosso trabalho nesse vídeo aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=KnzIVeENyOc&t

Ou visitando nosso site e Instagram:

https://www.litrodeluz.com/

@litrodeluzbrasil

  • Sobre o Instituto Profarma

O Instituto Profarma de Responsabilidade Ssocial foi criado em 2006 com o objetivo de contribuir para a saúde e a educação das crianças brasileiras, que, por questões socioeconômicas, passaram a ter seu acesso limitado.

O Instituto atua em todas as áreas do Brasil em que o Grupo Profarma possui centro de distribuição e conta com mais de 70 Embaixadores do Bem, colaboradores da companhia que participam ativamente de suas estratégias e ações.

Mais informações: www.institutoprofarma.com.br.

Sobre a comunidade beneficiada por esta campanha:

Aldeia Itanhaém (Morro da Palha): É uma reserva indígena localizada entre os municípios de Biguaçu e Tijucas, na região da Grande Florianópolis (Santa Catarina). Hoje vivem no local cerca de 24 famílias (cerca de 108 pessoas) da etnia Guarani Mbya. A liderança da comunidade é exercida pelo cacique e pelo vice-cacique.   

A aldeia possui uma escola dentro de seu território: a Escola Indígena de Ensino Fundamental Taguato. 

O Litro de Luz realizou sua primeira ação nessa comunidade em julho de 2018, instalando 25 postes de iluminação solar.

(https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/acao-de-voluntarios-instala-25-postes-alimentados-com-energia-solar-em-comunidade-de-palhoca.ghtml)

Ação na Aldeia Itanhaém (Morro da Palha, Santa Catarina) em Julho de 2018

 

Para onde vai o seu dinheiro?

A sua colaboração financeira será utilizada para um projeto de restauração da iluminação dessa comunidade por meio da compra de materiais que serão utilizados para realizar a manutenção e/ou montar novos postes de iluminação solar nas aldeias. 

Abaixo seguem os principais materiais utilizados em nossos postes:

 

Garrafa PET     LEDS         Tinta e Canos PVC         Bateria                   Placa Solar

                        ~ 10 reais      ~50 reais                      ~ 100 reais               ~ 200 reais     

 

Também serão utilizados componentes eletrônicos, ferramentas para a instalação e outros materiais como cimento, cola, tinta, entre outros..

 

No momento, devido a pandemia de COVID-19, todas as visitas e atividades em comunidades indígenas estão proibidas pelos Órgãos competentes. O projeto será executado após a liberação e avaliação de que não existem riscos para as comunidades e para voluntários envolvidos.

Nós do Litro de Luz, e em nome de todos moradores das comunidades, agradecemos pelos seus minutinhos de atenção e pela sua contribuição!

“Nos ajude a iluminar o mundo! Uma garrafa de cada vez!”

               

Associação Um Litro de Luz Brasil ainda não publicou nenhuma notícia.

No dia 21 de outubro será comemorado o "Dia Mundial da Iluminação".

Em comemoração a essa data, o Instituto ProFarma de Responsabilidade Social, instituição que já participou de diversas iniciativas que beneficiaram milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade, irá apoiar o Litro de Luz Brasil em um projeto de recuperação da iluminação de comunidades indígenas em Santa Catarina que foram afetadas pelo ciclone bomba que ocorreu esse ano.

No mês de junho a região Sul do Brasil  foi atingida  por um ciclone bomba, que provocou fortes chuvas e rajadas de vento que ultrapassaram 130km/h, e causou estragos em mais de 135 municípios da região. Duas comunidades atendidas pelo Litro de Luz sofreram danos: as aldeias indígenas Itanhaém, em Tijucas, e Itaty, em Palhoça.

Houve destelhamento de algumas casas de moradores e também estragos em locais de convivência, como a Casa de Reza e a escola, no caso da Aldeia Itanhaém. Além disso, alguns dos postes de iluminação solar que o Litro de Luz havia instalado nas comunidades também foram danificados pela ação dos ventos. Na Aldeia Itanhaém (Morro da Palha) foram derrubados oito postes, e na Aldeia Itaty (Morro dos Cavalos) todos os postes pararam de funcionar.

Os recursos obtidos nesta campanha serão utilizados para recuperar os postes danificados pelo ciclone e para atualizar baterias desgastadas na Aldeia Itanhaém.

 

  • Sobre o Litro de Luz

O Litro de Luz é uma organização mundial que visa levar iluminação   até moradores de comunidades que não possuem acesso adequado à energia elétrica ou que vivem sem luz em suas casas e ruas. Para isso é utilizada uma tecnologia simples e econômica, composta por garrafas plásticas, painéis solares, baterias e lâmpadas LED.

Presente em cinco continentes e em mais de 20 países, o Litro de Luz Brasil desenvolve três tipos de fontes de luz solar: lampião, poste e a iluminação interna.

No Brasil, o projeto teve início em março de 2015 e está presente nas cinco regiões. A organização já atuou em comunidades em situação de vulnerabilidade social de diversos estados, impactando mais de 15 mil pessoas.

A organização também criou uma Metodologia de Desenvolvimento Social, “O Nosso Jeito”, que condensa a forma como se dá a busca, seleção, relacionamento e ação dentro das diversas comunidades atendidas. O objetivo da metodologia é desenvolver uma aproximação com empatia para ouvir e entender as reais necessidades da comunidade, conhecer suas características e particularidades e estabelecer uma relação de confiança entre moradores e Litro de Luz, conquistando benefícios para a comunidade e melhorando a qualidade de vida por meio do trabalho coletivo.

Você pode conhecer mais sobre nosso trabalho nesse vídeo aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=KnzIVeENyOc&t

Ou visitando nosso site e Instagram:

https://www.litrodeluz.com/

@litrodeluzbrasil

  • Sobre o Instituto Profarma

O Instituto Profarma de Responsabilidade Ssocial foi criado em 2006 com o objetivo de contribuir para a saúde e a educação das crianças brasileiras, que, por questões socioeconômicas, passaram a ter seu acesso limitado.

O Instituto atua em todas as áreas do Brasil em que o Grupo Profarma possui centro de distribuição e conta com mais de 70 Embaixadores do Bem, colaboradores da companhia que participam ativamente de suas estratégias e ações.

Mais informações: www.institutoprofarma.com.br.

Sobre a comunidade beneficiada por esta campanha:

Aldeia Itanhaém (Morro da Palha): É uma reserva indígena localizada entre os municípios de Biguaçu e Tijucas, na região da Grande Florianópolis (Santa Catarina). Hoje vivem no local cerca de 24 famílias (cerca de 108 pessoas) da etnia Guarani Mbya. A liderança da comunidade é exercida pelo cacique e pelo vice-cacique.   

A aldeia possui uma escola dentro de seu território: a Escola Indígena de Ensino Fundamental Taguato. 

O Litro de Luz realizou sua primeira ação nessa comunidade em julho de 2018, instalando 25 postes de iluminação solar.

(https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/acao-de-voluntarios-instala-25-postes-alimentados-com-energia-solar-em-comunidade-de-palhoca.ghtml)

Ação na Aldeia Itanhaém (Morro da Palha, Santa Catarina) em Julho de 2018

 

Para onde vai o seu dinheiro?

A sua colaboração financeira será utilizada para um projeto de restauração da iluminação dessa comunidade por meio da compra de materiais que serão utilizados para realizar a manutenção e/ou montar novos postes de iluminação solar nas aldeias. 

Abaixo seguem os principais materiais utilizados em nossos postes:

 

Garrafa PET     LEDS         Tinta e Canos PVC         Bateria                   Placa Solar

                        ~ 10 reais      ~50 reais                      ~ 100 reais               ~ 200 reais     

 

Também serão utilizados componentes eletrônicos, ferramentas para a instalação e outros materiais como cimento, cola, tinta, entre outros..

 

No momento, devido a pandemia de COVID-19, todas as visitas e atividades em comunidades indígenas estão proibidas pelos Órgãos competentes. O projeto será executado após a liberação e avaliação de que não existem riscos para as comunidades e para voluntários envolvidos.

Nós do Litro de Luz, e em nome de todos moradores das comunidades, agradecemos pelos seus minutinhos de atenção e pela sua contribuição!

“Nos ajude a iluminar o mundo! Uma garrafa de cada vez!”

               

Associação Um Litro de Luz Brasil ainda não publicou nenhuma notícia.