Manacá Orgânicos |

Manacá Orgânicos

Xô desperdício! Ajude o sítio Manacá a desidratar o excedente da colheita!

Projeto por: Legumes
R$ 16.366,00
arrecadado
meta R$ 15.000,00

77 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Legumes

Legumes

R$ 20
Xô, sacolinha!
14 benfeitores apoiando
Você vai ganhar: Uma ecobag da Manacá Orgânicos.
R$ 30
kit Desiberne Limitado!
14 benfeitores apoiando
Ganhe um kit Desiberne: 2 copos colorados (210 ml) + 2 cervejas Colorado Frete não incluso.

13 disponíveis.
R$ 40
Crocância delícia!
29 benfeitores apoiando
Você vai ganhar: 4 desidratados (1 raladinha + 2 crakers + 1 Nana Nuts), para retirar em Botafogo, no Rio, a partir de 12 de agosto (ou pagando frete para receber em casa).
R$ 60
Kit Sabor é cego
3 benfeitores apoiando
Ganhe um kit sabor é cego: -1 pote de geléia de Jabuticaba do projeto Maria Preta Jabuticaba -2 desidratados (legume e fruta) do projeto Manacá Orgânicos -1 pacote de Café Agroflorestal do Pontal do Paranapanema Torrado e Moído 500g /100% arábica colhido cereja

5 disponíveis.
R$ 80
Fresquinhos delícia!
10 benfeitores apoiando
Você vai ganhar: Uma cesta orgânica (para retirar na loja, em Botafogo, RJ, ou pagando frete para receber em casa, desde que não seja muiiiito longe).
R$ 110
Kit O Sabor é Cego
10 benfeitores apoiando
Você vai ganhar: 1 beer bag Colorado + 2 cervejas (voucher para compra no Empório da Cerveja). Dependendo do lugar onde você mora, pode haver frete!

10 disponíveis.
R$ 120
Oba! Você vai conhecer a nossa cozinha!
3 benfeitores apoiando
Você vai ganhar: Um workshop para aprender a utilizar desidratados no dia a dia + uma apostila com todas as receitas preparadas. O curso será realizado em Botafogo, Rio de Janeiro, onde processamos nossos deliciosos desidratados!
R$ 200
Oba! Você vai conhecer o sítio!
5 benfeitores apoiando
Você vai ganhar: Uma bela visita ao sítio Manacá para conhecer a nossa produção (almoço incluído!) e um workshop sobre consumo de desidratados. Hum! (os custos de transporte são por sua conta!).

A primeira meta já foi batida. Nos ajude a alcançar a meta máxima até o dia 31 de agosto.

Nosso sítio, em Vieira, na região serrana do Rio, começou a produzir hortaliças, verduras, frutas e flores comestíveis em 2011. Começamos entregando de quatro a cinco cestas de produtos orgânicos por semana, para parentes e amigos, e hoje chegamos a mais de 100!

Mas com as surpresas típicas da agricultura – como no fim de semana em que colhemos 200 pés de couve-flor, que amadureceram ao mesmo tempo devido a uma  onda de calor -, passamos a desidratar o excedente da nossa produção. Agora, precisamos ampliar a nossa capacidade de processamento e, para isso, comprar uma máquina desidratadora maior.

Depois das chuvas do verão de 2011, nosso sítio ganhou, com o deslizamento de pedras e terra, uma clareira com solo fértil que nunca tinha sido cultivado. Assim, demos inicio à nossa produção de hortaliças orgânicas.

Depois de muita pesquisa e estudos, e com a ajuda de um engenheiro, obtivemos a certificação orgânica em 2012.

Acreditamos que o uso de compostagem, defensivos naturais à base de pimenta, sabão e caldas descobertas no século passado ainda são eficazes contra pragas, fungos e bactérias.

Ao mesmo tempo em que cuidamos da terra, resgatamos conhecimentos do passado, quando o normal era consumir alimentos frescos.

Produzimos e distribuímos hortaliças, frutas e produtos orgânicos processados. Entregamos em domicílio e a restaurantes da zona sul, Barra, Recreio e Tijuca, no Rio de Janeiro. Também vendemos na plataforma Sacola Virtual e em feiras.

Com o aumento das nossas entregas, fizemos parcerias com outros produtores e diversificamos a oferta de produtos, como arroz, farinha, geleias, sucos, frutas e legumes de polos produtores de orgânicos.

Produzir orgânicos é cuidar da terra e da sua biodiversidade, além de buscar minimizar o desperdício. Mas o que fazer quando a produção é maior que a demanda, ou quando temos produtos fora do padrão razoável para venda (como cenouras enormes ou muito pequenas) ou, ainda, quando os produtos amadurecem repentinamente (como a história da couve-flor, acima)?

Foi assim que dois anos atrás passamos a produzir desidratados, de forma artesanal e caseira, com uma desidratadora com capacidade para 4kg. Os desidratados mantêm as propriedades do produto in natura – 50g de produto desidratado equivale a 500g do produto in natura. Com peso reduzido, é fácil de transportar e de guardar. Hoje produzimos snacks e “raladinhas” (desidratados orgânicos) de berinjela, inhame, abóbora e alho-poró. Deliciosos e saudáveis.

Ajude o Manacá Orgânicos a aumentar o processamento de alimentos desidratados e diminuir o desperdício de alimentos! Escolha a sua recompensa na lista aqui ao lado!

Além da compra da desidratadora e da reforma na sala de produção, queremos ampliar a venda dos desidratados para supermercados e lojas de produtos naturais e orgânicos. Por isso, ao atingirmos a nossa meta inicial, vamos seguir com a campanha de financiamento coletivo. Nossa meta para ir além é arrecadar R$ 35 mil.

Legumes ainda não publicou nenhuma notícia.

A primeira meta já foi batida. Nos ajude a alcançar a meta máxima até o dia 31 de agosto.

Nosso sítio, em Vieira, na região serrana do Rio, começou a produzir hortaliças, verduras, frutas e flores comestíveis em 2011. Começamos entregando de quatro a cinco cestas de produtos orgânicos por semana, para parentes e amigos, e hoje chegamos a mais de 100!

Mas com as surpresas típicas da agricultura – como no fim de semana em que colhemos 200 pés de couve-flor, que amadureceram ao mesmo tempo devido a uma  onda de calor -, passamos a desidratar o excedente da nossa produção. Agora, precisamos ampliar a nossa capacidade de processamento e, para isso, comprar uma máquina desidratadora maior.

Depois das chuvas do verão de 2011, nosso sítio ganhou, com o deslizamento de pedras e terra, uma clareira com solo fértil que nunca tinha sido cultivado. Assim, demos inicio à nossa produção de hortaliças orgânicas.

Depois de muita pesquisa e estudos, e com a ajuda de um engenheiro, obtivemos a certificação orgânica em 2012.

Acreditamos que o uso de compostagem, defensivos naturais à base de pimenta, sabão e caldas descobertas no século passado ainda são eficazes contra pragas, fungos e bactérias.

Ao mesmo tempo em que cuidamos da terra, resgatamos conhecimentos do passado, quando o normal era consumir alimentos frescos.

Produzimos e distribuímos hortaliças, frutas e produtos orgânicos processados. Entregamos em domicílio e a restaurantes da zona sul, Barra, Recreio e Tijuca, no Rio de Janeiro. Também vendemos na plataforma Sacola Virtual e em feiras.

Com o aumento das nossas entregas, fizemos parcerias com outros produtores e diversificamos a oferta de produtos, como arroz, farinha, geleias, sucos, frutas e legumes de polos produtores de orgânicos.

Produzir orgânicos é cuidar da terra e da sua biodiversidade, além de buscar minimizar o desperdício. Mas o que fazer quando a produção é maior que a demanda, ou quando temos produtos fora do padrão razoável para venda (como cenouras enormes ou muito pequenas) ou, ainda, quando os produtos amadurecem repentinamente (como a história da couve-flor, acima)?

Foi assim que dois anos atrás passamos a produzir desidratados, de forma artesanal e caseira, com uma desidratadora com capacidade para 4kg. Os desidratados mantêm as propriedades do produto in natura – 50g de produto desidratado equivale a 500g do produto in natura. Com peso reduzido, é fácil de transportar e de guardar. Hoje produzimos snacks e “raladinhas” (desidratados orgânicos) de berinjela, inhame, abóbora e alho-poró. Deliciosos e saudáveis.

Ajude o Manacá Orgânicos a aumentar o processamento de alimentos desidratados e diminuir o desperdício de alimentos! Escolha a sua recompensa na lista aqui ao lado!

Além da compra da desidratadora e da reforma na sala de produção, queremos ampliar a venda dos desidratados para supermercados e lojas de produtos naturais e orgânicos. Por isso, ao atingirmos a nossa meta inicial, vamos seguir com a campanha de financiamento coletivo. Nossa meta para ir além é arrecadar R$ 35 mil.

Legumes ainda não publicou nenhuma notícia.