Marcus Toscano na Royal |

Marcus Toscano na Royal

Levar Marcus à Royal Academy of Music e torná-lo o 3o brasileiro a conseguir esse feito

Projeto por: Marcus Toscano
R$ 66.035,00
arrecadado
meta R$ 60.000,00

381 benfeitores
apoiaram essa campanha

Conseguimos \o/

Obrigado a todos os Benfeitores por mais um projeto bem sucedido. Agora, acompanhe as novidades e comentários do projeto.

POR

Marcus Toscano

Marcus Toscano

R$ 10
Apoiando com R$ 10,00 ou mais
88 benfeitores apoiando
Agradecimento especial por email e (caso aceite) receber notícias, imagens e curiosidades dessa jornada durante os 2 anos na Royal Academy em Londres.
R$ 25
Apoiando com R$ 25,00 ou mais
86 benfeitores apoiando
Além das recompensas acima + uma música gravada especialmente para os apoiadores do projeto.
R$ 60
Apoiando com R$ 60,00 ou mais
50 benfeitores apoiando
Todas as recompensas acima + uma cadeira em um dos recitais em SP, Sorocaba ou Rio de Janeiro a confirmar data + mais um link para um show ao vivo online direto da Royal Academy (Skype ou Google Hangout)
R$ 100
Apoiando com R$ 100,00 ou mais
87 benfeitores apoiando
Todas as recompensas acima + 1 cadeira (total 2) nos recitais em SP, Sorocaba ou Rio de Janeiro a confirmar data + cartão personalizado enviado da Royal Academy
R$ 500
Apoiando com R$ 500,00 ou mais
8 benfeitores apoiando
Todas as recompensas acima + 3 cadeiras (total 5) nos recitais em SP + Sorocaba ou Rio de Janeiro + vídeo especial com duas músicas a serem gravadas em Londres + um bate papo sobre a experiência ou uma aula de violão personalizada por Skype ou Google Hangout.
R$ 1.000
Apoiando com R$ 1.000,00 ou mais
1 benfeitor apoiando
Todas as recompensas acima + 5 cadeiras (total 10) nos recitais em São Paulo, Sorocaba ou Rio de Janeiro a confirmar data + citação do nome do apoiador no programa do recital + cópia da carta da Royal Academy of Music.
R$ 5.000
Apoiando com R$ 5.000,00 ou mais
Seja o primeiro a apoiar!
Além das recompensas acima, + 15 cadeiras (total 20) nos recitais em São Paulo, Sorocaba ou Rio de Janeiro, + uma carta timbrada oficial de agradecimento da Royal Academy com o nome do apoiador entregue por correio na residência ou empresa + 1 recital fechado para apoiador ou empresa (despesas de transporte inclusas apenas para São Paulo e Interior região Sorocaba)
R$ 10.000
Apoiando com R$ 10.000,00 ou mais
1 benfeitor apoiando
Além das recompensas acima, cadeiras nos recitais em São Paulo, Sorocaba ou Rio de Janeiro (mínimo 20 - total a combinar); + 3 recitais fechados (total 4 - 2 antes e 2 depois da formação da Royal Academy - (despesas de transporte inclusas apenas para São Paulo e Interior região Sorocaba)
R$ 60.000
Apoiando com R$ 60.000,00 ou mais
Seja o primeiro a apoiar!
Todas as recompensas acima e ainda garanto que corto e envio meus dreads em homenagem. :))

"Tenho acompanhado a ascedente trajetória artística de Marcus Toscano nos últimos anos, como pesquisador e intérprete dedicado ao repertório brasileiro violonístico e original para violão, e não tenho dúvidas que seu caminho está traçado na direção precisa para se tornar um dos grandes solistas do instrumento."

Paulo Bellinati   

Apresentação

Meu nome é Marcus Toscano, tenho 27 anos, nasci na cidade de Sorocaba, interior do Estado de São Paulo.

Comecei meus estudos de violão com meu primo, e como qualquer adolescente, totalmente natural e sem nenhuma pretensão profissional. Aos 16 anos conheci os lps do grande violonista brasileiro Dilermando Reis e dos "monstros sagrados" Andrés Segovia e Julian Bream. A partir desse contato um mundo mágico se abriu para mim. Como poderia imaginar que um simples LP, o famoso bolachão, poderia mudar totalmente a minha forma de enxergar o violão, a música e a vida...

Me criei na cidade de Sorocaba onde tive o apoio incondicional das minha duas amadas avós. Minha iniciação no violão clássico se deu no Espaço Cultural de Sorocaba com o Mestre Pedro Cameron, paralelamente estudava no Conservatório de Tatuí respectivamente nas classes dos exímios violonistas Geraldo Ribeiro e Edson Lopes, na condição de bolsista do Governo do Estado de São Paulo.

Em 2007 direcionei minha formação acadêmica exclusivamente para estudar com o guru do ensino do violão clássico no Brasil: O Professor Henrique Pinto. Pude trabalhar com ele durante 3 anos intensos antes do seu desaparecimento. Ele me ensinou a importância da sonoridade, profissionalismo e dedicação à carreira e a experiência de se expor para tocar em público. Me deu a primeira oportunidade de tocar no MASP, fazer concursos e estar em quase todos os recitais e masterclasses. Fui também bolsista dos ultimos três festivais de Campos do Jordão.

Estudei ínterpretação e violão com o compositor e violonista e grande amigo Marcus Siqueira.

Depois continuei meus estudos com o grande violonista brasileiro Fábio Zanon que me preparou para o exame. Essa ideologia do Henrique Pinto me levou a acreditar numa colocação na Academia Real na Inglaterra. Mesmo sabendo da impossibilidade financeira de arcar com os custos, no fundo tinha certeza de que a maior dificuldade seria a obtenção de uma das duas vagas disponiveis.

Mas meu sonho de poder travar conhecimento com Julian Bream me ajudou a vencer a barreira e conquistar uma das vagas.

O que eu não sabia era como poderia conseguir a quantia necessária... como isso iria acontecer.. pois bem... foi através de uma entrevista local na minha cidade postada por mim no youtube, que o Rafael Cortez (que também foi aluno do HP) acabou vendo esse video e mesmo sem me conhecer e nunca ter ouvido falar em meu nome quis me ajudar de coração na base do CQC (custe o que custar).

Agradeço a essa oportunidade única de mostrar o meu trabalho através do seu talento inato para a comunicação e, acima de tudo, o começo de uma grande amizade sempre amparada pelo nosso bom e velho violão atrás das costas. Afinal... o violão e o coração é tudo o que me move.

Bom pessoal, é isso aí... Agora vocês conhecem um pouco da minha caminhada para chegar até aqui. Preciso de sua colaboração para poder cursar e me graduar nesta academia. Somente outros dois brasileiros conseguiram este feito até hoje .

O valor total do meu projeto é o custo da anuidade e metade da estadia de um ano. O mestrado dura dois anos. O Benfeitoria também me repassa para Royal Academy of Music  o excedente do limite de captação antes dos 90 dias. Se acontecer esse excedente eu terei garantido também o segundo ano do curso.

Tenho o real desejo de poder retribuir a vocês todo o carinho que estão me dando, trazendo futuramente todo o conhecimento adquirido no exterior em pról dos estudantes brasileiros.

E espero sinceramente que este modêlo de "captação" para uma bolsa de estudos na área da música, que pela primeira vez em nosso país está se desenvolvendo através do "crowdfunding" sem qualquer patrocínio público ou privado, possa servir de exemplo para outros jovens que como eu, perseguiram os seus sonhos e tiveram ajuda para conquistá-los.

Dedico esse projeto a memória da minha mãe Marcia Rodrigues Branco da Cruz.

"Tenho acompanhado a ascedente trajetória artística de Marcus Toscano nos últimos anos, como pesquisador e intérprete dedicado ao repertório brasileiro violonístico e original para violão, e não tenho dúvidas que seu caminho está traçado na direção precisa para se tornar um dos grandes solistas do instrumento."

Paulo Bellinati   

Apresentação

Meu nome é Marcus Toscano, tenho 27 anos, nasci na cidade de Sorocaba, interior do Estado de São Paulo.

Comecei meus estudos de violão com meu primo, e como qualquer adolescente, totalmente natural e sem nenhuma pretensão profissional. Aos 16 anos conheci os lps do grande violonista brasileiro Dilermando Reis e dos "monstros sagrados" Andrés Segovia e Julian Bream. A partir desse contato um mundo mágico se abriu para mim. Como poderia imaginar que um simples LP, o famoso bolachão, poderia mudar totalmente a minha forma de enxergar o violão, a música e a vida...

Me criei na cidade de Sorocaba onde tive o apoio incondicional das minha duas amadas avós. Minha iniciação no violão clássico se deu no Espaço Cultural de Sorocaba com o Mestre Pedro Cameron, paralelamente estudava no Conservatório de Tatuí respectivamente nas classes dos exímios violonistas Geraldo Ribeiro e Edson Lopes, na condição de bolsista do Governo do Estado de São Paulo.

Em 2007 direcionei minha formação acadêmica exclusivamente para estudar com o guru do ensino do violão clássico no Brasil: O Professor Henrique Pinto. Pude trabalhar com ele durante 3 anos intensos antes do seu desaparecimento. Ele me ensinou a importância da sonoridade, profissionalismo e dedicação à carreira e a experiência de se expor para tocar em público. Me deu a primeira oportunidade de tocar no MASP, fazer concursos e estar em quase todos os recitais e masterclasses. Fui também bolsista dos ultimos três festivais de Campos do Jordão.

Estudei ínterpretação e violão com o compositor e violonista e grande amigo Marcus Siqueira.

Depois continuei meus estudos com o grande violonista brasileiro Fábio Zanon que me preparou para o exame. Essa ideologia do Henrique Pinto me levou a acreditar numa colocação na Academia Real na Inglaterra. Mesmo sabendo da impossibilidade financeira de arcar com os custos, no fundo tinha certeza de que a maior dificuldade seria a obtenção de uma das duas vagas disponiveis.

Mas meu sonho de poder travar conhecimento com Julian Bream me ajudou a vencer a barreira e conquistar uma das vagas.

O que eu não sabia era como poderia conseguir a quantia necessária... como isso iria acontecer.. pois bem... foi através de uma entrevista local na minha cidade postada por mim no youtube, que o Rafael Cortez (que também foi aluno do HP) acabou vendo esse video e mesmo sem me conhecer e nunca ter ouvido falar em meu nome quis me ajudar de coração na base do CQC (custe o que custar).

Agradeço a essa oportunidade única de mostrar o meu trabalho através do seu talento inato para a comunicação e, acima de tudo, o começo de uma grande amizade sempre amparada pelo nosso bom e velho violão atrás das costas. Afinal... o violão e o coração é tudo o que me move.

Bom pessoal, é isso aí... Agora vocês conhecem um pouco da minha caminhada para chegar até aqui. Preciso de sua colaboração para poder cursar e me graduar nesta academia. Somente outros dois brasileiros conseguiram este feito até hoje .

O valor total do meu projeto é o custo da anuidade e metade da estadia de um ano. O mestrado dura dois anos. O Benfeitoria também me repassa para Royal Academy of Music  o excedente do limite de captação antes dos 90 dias. Se acontecer esse excedente eu terei garantido também o segundo ano do curso.

Tenho o real desejo de poder retribuir a vocês todo o carinho que estão me dando, trazendo futuramente todo o conhecimento adquirido no exterior em pról dos estudantes brasileiros.

E espero sinceramente que este modêlo de "captação" para uma bolsa de estudos na área da música, que pela primeira vez em nosso país está se desenvolvendo através do "crowdfunding" sem qualquer patrocínio público ou privado, possa servir de exemplo para outros jovens que como eu, perseguiram os seus sonhos e tiveram ajuda para conquistá-los.

Dedico esse projeto a memória da minha mãe Marcia Rodrigues Branco da Cruz.

Marcus Toscano ainda não publicou nenhuma notícia.