Mestre Sirso |

Mestre Sirso

Documentário sobre um homem negro, surdo, que encontra na Roda de Capoeira a vibração para romper seu silêncio e ressignificar a sua vida.

Projeto por: ASSOCIACAO DE CAPOEIRA SERPENTE DO OESTE - ARTE LUTA
R$ 26.550,00
arrecadado
meta R$ 152.300,00

131
benfeitores

17%
arrecadado

22
dias restantes

PARCELE SEU PAGAMENTO EM ATÉ 6 VEZES

É tudo ou nada! Precisamos bater a meta até 15/12/2020 - 23:59


POR

ASSOCIACAO DE CAPOEIRA SERPENTE DO OESTE - ARTE LUTA

ASSOCIACAO DE CAPOEIRA SERPENTE DO OESTE - ARTE LUTA
R$ 20
Seu nome na tela
38 benfeitores apoiando
- Ingresso para sessão de pré-estreia online * - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais.
R$ 50
Assista o filme de casa
38 benfeitores apoiando
- Link do filme por 7 dias - Ingresso para sessão de pré-estreia online - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais.
R$ 100
Memória do filme
22 benfeitores apoiando
- Cartaz do filme - Link do filme por 7 dias - Ingresso para sessão de pré-estreia online - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais.
R$ 200
Camisa personalizada
3 benfeitores apoiando
- Camisa do filme - Link do filme por 7 dias - Ingresso para sessão de pré-estreia online - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais.
R$ 500
Caxixi confeccionado por Mestre Sirso
3 benfeitores apoiando
- Caxixi - Link do filme por 7 dias - Ingresso para sessão de pré-estreia online - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais.
R$ 1.000
Berimbau confeccionado por Mestre Sirso
1 benfeitor apoiando
- Berimbau - Link do filme por 7 dias - Ingresso para sessão de pré-estreia online - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais
R$ 5.000
CO-PRODUÇÃO
Seja o primeiro a apoiar!
- Crédito no filme como CO-PRODUÇÃO - Link do filme por 7 dias - Ingresso para sessão de pré-estreia online - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais.
R$ 10.000
PATROCÍNIO
Seja o primeiro a apoiar!
- Crédito no filme como Patrocínio - Vídeo promocional do patrocinador nas nas redes sociais * - Link do filme por 7 dias - Ingresso para sessão de pré-estreia online - Agradecimento nos créditos finais do filme e redes sociais. *a responsabilidade da produção do vídeo é do colaborador

Não encontrou o que queria?

Apoie com qualquer valor

 

A vibração de Mestre Sirso pela vida nos motivou a fazer esta Campanha de Financiamento Coletivo e convidar você para fazer parte da a realização do filme. O documentário propõe dar visibilidade ao protagonismo de Sirso na sua luta por igualdade de direitos, que representa a luta de muitos outros negros e surdos no Brasil. É uma história que revela também como os ouvintes são aliados essenciais para que inclusão de fato aconteça. E você ainda contribui para preservação da memória desse bem cultural da humanidade que é a Capoeira.

Viu a sua importância? 

Vem com a gente!

 

Quando o mundo é silêncio a vibração é Mestre, é o pensamento que guia nossa inspiração na produção do documentário Mestre Sirso. É uma história de resistência que se ressignifica no encontro de Sirso com a Capoeira. Esse encontro trouxe transformações tão significativas na vida dele que merece ir para as telas e inspirar mais pessoas. O filme propõe uma imersão sensorial sonora ao espectador, ao acompanhar a experiência de uma pessoa surda envolvida com os elementos da Capoeira. As cantigas são inspiração nos treinos de Sirso para o desenvolvimento da fala na frente do espelho; o som do berimbau é marcante na construção sonora.

O berimbau é o primeiro instrumento que Sirso aprende a tocar e confeccionar, é também o que comanda o ritmo na Roda. A trajetória de Sirso por si só já tem o brilho próprio, mas é Aristeu Oliveira,o Mestre Mestrinho, o grande aliado de Sirso que aponta o caminho para ele se desenvolver também na roda da vida. 

 

 

A prática da Capoeira vem de mais de 300 anos no Brasil e está entre os bens que contribuíram para a formação da sociedade brasileira. Foi um dos primeiros movimentos de resistência dos negros escravizados e há dez anos reconhecida pelo Iphan como Patrimônio Cultural Imaterial. A história de Mestre Sirso contada por meio de um documentário promove a Capoeira como espaço de inclusão, formação de identidade e pela sua relevância à cultura popular. É também uma contribuição para a preservação da memória desse bem que está presente em cerca de 200 países e tem o reconhecimento da Unesco como Patrimônio Cultural, Imaterial da Humanidade. 

 

 

E o que cada um de nós pode fazer? Nós somos parte de uma rede que acredita na potência da representatividade e dar visibilidade à história de Mestre Sirso é promover uma reflexão sobre os espaços e iniciativas de inclusão para os surdos e negros. O documentário também indica aspectos a se desenvolver em vários espaços, seja na Capoeira, na sala de aula, no mercado de trabalho ou qualquer outro ambiente, a fim de permitir que todos possuam o direito de serem incluídos. 

O Brasil tem mais 20 milhões de pessoas surdas. Para afirmar esse espaço de inclusão, o documentário terá a janela de libras e legenda descritiva para os surdos, e uma versão com audiodescrição às pessoas com deficiência visual. O filme também terá uma versão com tradução para a língua inglesa.  "Mestre Sirso" será exibido em Festivais e Mostras de Cinema, que são importantes vitrines da produção audiovisual brasileira e internacional. Além, é claro, das plataformas de streaming e canais de TV. 

 


A diretora do filme Emanuela Palma conheceu o Mestre Sirso e, inspirada pela sua história decidiu contá-la de forma independente. Convidou a diretora de fotografia, Bia Herbst, para juntas viajarem do Rio de Janeiro à Cascavel. A proposta também entusiasmou Mayara Pasqualini e a Andressa Scardua, que fizeram parte da equipe de filmagem, 100% feminina. A produção começou com recursos próprios e a primeira parceria para contar essa história veio de Aristeu Oliveira, Mestrinho, que acreditou no projeto e vem apoiando desde então.

 



 

Hoje a Palma Imagem, Capoeira Arte e Luta e a Carnevale Produções somam forças a essa équipe na realização do documentário. Com atuação em projetos de impacto que aliam as artes, a promoção da cultura, educação em direitos humanos, uma prática construída na ética e respeito à diversidade. 

Emanuela Palma, Mestrinho Aristeu Oliveira e Leo Carnevale são os condutores desta parceria. Juntos eles acreditam que a arte é ferramenta fundamental de transformação do ser humano. O Documentário “Mestre Sirso: quando o mundo é silêncio a vibração é mestre”, vem reafirmar os esforços de promover ações que viabilizem a inclusão e a promoção da cultura popular como espaço de formação e construção de identidade.

 


Nosso projeto é um dos contemplados pelo edital “Matchfunding BNDES+” pelo novo formato de financiamento coletivo chamado Matchfunding. A dinâmica da campanha ocorre da seguinte forma: para cada R$ 1 (um real) arrecadado com pessoas, empresas e ONGs, o BNDES investe mais R$ 2 (dois reais). O impacto da sua colaboração é triplicado! ;) 

 

 

Nossa primeira meta é captar R$ 152.300,00 até dia 15 de dezembro! É desafiador, mas confiamos na potência do coletivo.

Quer saber mais do projeto? Mande e-email para: mestresirso.filme@gmail.com

 

 

E assim que os recursos do nosso projeto serão distribuídos. Ele será para pagar a edição, a montagem, o design de som, os profissionais de libras...

 

E pelo seu apoio, nós retribuiremos com recompensas incríveis! Veja-as aqui:

 

 

 

Esperamos que você também tenha se apaixonado por essa história e também queira conta-la para o mundo. Venha com a gente e ajude-nos na realização desse sonho/projeto! Compartilhe com seus amigos e familiares e faça você também esta Benfeitoria!

Aproveite para acompanhar o desenvolvimento de todo o documentário através de nossas redes sociais:
 

https://mestresirsofilme.com/

http://www.capoeiraarteluta.com.br/

https://www.facebook.com/aristeu.mestrinho 

https://www.instagram.com/aristeumestrinho/ 

https://www.facebook.com/mestresirsofilme/ 

https://www.facebook.com/sirso.carlosazevedoneiva  

https://www.instagram.com/mestresirsofilme/

Gratidão!

 

ASSOCIACAO DE CAPOEIRA SERPENTE DO OESTE - ARTE LUTA ainda não publicou nenhuma notícia.

 

A vibração de Mestre Sirso pela vida nos motivou a fazer esta Campanha de Financiamento Coletivo e convidar você para fazer parte da a realização do filme. O documentário propõe dar visibilidade ao protagonismo de Sirso na sua luta por igualdade de direitos, que representa a luta de muitos outros negros e surdos no Brasil. É uma história que revela também como os ouvintes são aliados essenciais para que inclusão de fato aconteça. E você ainda contribui para preservação da memória desse bem cultural da humanidade que é a Capoeira.

Viu a sua importância? 

Vem com a gente!

 

Quando o mundo é silêncio a vibração é Mestre, é o pensamento que guia nossa inspiração na produção do documentário Mestre Sirso. É uma história de resistência que se ressignifica no encontro de Sirso com a Capoeira. Esse encontro trouxe transformações tão significativas na vida dele que merece ir para as telas e inspirar mais pessoas. O filme propõe uma imersão sensorial sonora ao espectador, ao acompanhar a experiência de uma pessoa surda envolvida com os elementos da Capoeira. As cantigas são inspiração nos treinos de Sirso para o desenvolvimento da fala na frente do espelho; o som do berimbau é marcante na construção sonora.

O berimbau é o primeiro instrumento que Sirso aprende a tocar e confeccionar, é também o que comanda o ritmo na Roda. A trajetória de Sirso por si só já tem o brilho próprio, mas é Aristeu Oliveira,o Mestre Mestrinho, o grande aliado de Sirso que aponta o caminho para ele se desenvolver também na roda da vida. 

 

 

A prática da Capoeira vem de mais de 300 anos no Brasil e está entre os bens que contribuíram para a formação da sociedade brasileira. Foi um dos primeiros movimentos de resistência dos negros escravizados e há dez anos reconhecida pelo Iphan como Patrimônio Cultural Imaterial. A história de Mestre Sirso contada por meio de um documentário promove a Capoeira como espaço de inclusão, formação de identidade e pela sua relevância à cultura popular. É também uma contribuição para a preservação da memória desse bem que está presente em cerca de 200 países e tem o reconhecimento da Unesco como Patrimônio Cultural, Imaterial da Humanidade. 

 

 

E o que cada um de nós pode fazer? Nós somos parte de uma rede que acredita na potência da representatividade e dar visibilidade à história de Mestre Sirso é promover uma reflexão sobre os espaços e iniciativas de inclusão para os surdos e negros. O documentário também indica aspectos a se desenvolver em vários espaços, seja na Capoeira, na sala de aula, no mercado de trabalho ou qualquer outro ambiente, a fim de permitir que todos possuam o direito de serem incluídos. 

O Brasil tem mais 20 milhões de pessoas surdas. Para afirmar esse espaço de inclusão, o documentário terá a janela de libras e legenda descritiva para os surdos, e uma versão com audiodescrição às pessoas com deficiência visual. O filme também terá uma versão com tradução para a língua inglesa.  "Mestre Sirso" será exibido em Festivais e Mostras de Cinema, que são importantes vitrines da produção audiovisual brasileira e internacional. Além, é claro, das plataformas de streaming e canais de TV. 

 


A diretora do filme Emanuela Palma conheceu o Mestre Sirso e, inspirada pela sua história decidiu contá-la de forma independente. Convidou a diretora de fotografia, Bia Herbst, para juntas viajarem do Rio de Janeiro à Cascavel. A proposta também entusiasmou Mayara Pasqualini e a Andressa Scardua, que fizeram parte da equipe de filmagem, 100% feminina. A produção começou com recursos próprios e a primeira parceria para contar essa história veio de Aristeu Oliveira, Mestrinho, que acreditou no projeto e vem apoiando desde então.

 



 

Hoje a Palma Imagem, Capoeira Arte e Luta e a Carnevale Produções somam forças a essa équipe na realização do documentário. Com atuação em projetos de impacto que aliam as artes, a promoção da cultura, educação em direitos humanos, uma prática construída na ética e respeito à diversidade. 

Emanuela Palma, Mestrinho Aristeu Oliveira e Leo Carnevale são os condutores desta parceria. Juntos eles acreditam que a arte é ferramenta fundamental de transformação do ser humano. O Documentário “Mestre Sirso: quando o mundo é silêncio a vibração é mestre”, vem reafirmar os esforços de promover ações que viabilizem a inclusão e a promoção da cultura popular como espaço de formação e construção de identidade.

 


Nosso projeto é um dos contemplados pelo edital “Matchfunding BNDES+” pelo novo formato de financiamento coletivo chamado Matchfunding. A dinâmica da campanha ocorre da seguinte forma: para cada R$ 1 (um real) arrecadado com pessoas, empresas e ONGs, o BNDES investe mais R$ 2 (dois reais). O impacto da sua colaboração é triplicado! ;) 

 

 

Nossa primeira meta é captar R$ 152.300,00 até dia 15 de dezembro! É desafiador, mas confiamos na potência do coletivo.

Quer saber mais do projeto? Mande e-email para: mestresirso.filme@gmail.com

 

 

E assim que os recursos do nosso projeto serão distribuídos. Ele será para pagar a edição, a montagem, o design de som, os profissionais de libras...

 

E pelo seu apoio, nós retribuiremos com recompensas incríveis! Veja-as aqui:

 

 

 

Esperamos que você também tenha se apaixonado por essa história e também queira conta-la para o mundo. Venha com a gente e ajude-nos na realização desse sonho/projeto! Compartilhe com seus amigos e familiares e faça você também esta Benfeitoria!

Aproveite para acompanhar o desenvolvimento de todo o documentário através de nossas redes sociais:
 

https://mestresirsofilme.com/

http://www.capoeiraarteluta.com.br/

https://www.facebook.com/aristeu.mestrinho 

https://www.instagram.com/aristeumestrinho/ 

https://www.facebook.com/mestresirsofilme/ 

https://www.facebook.com/sirso.carlosazevedoneiva  

https://www.instagram.com/mestresirsofilme/

Gratidão!

 

ASSOCIACAO DE CAPOEIRA SERPENTE DO OESTE - ARTE LUTA ainda não publicou nenhuma notícia.